Conectado com
Suínos e Peixes – Maio

Empresas

Forseed apresenta tecnologia em híbridos na C.Vale

Pela primeira vez no evento, marca traz ao produtor soluções específicas para obter máximo desempenho em campo

Publicado em

em

De 15 a 17 de janeiro, Forseed estará presente no Dia de Campo de Verão da C.Vale, em Palotina (PR)

A Forseed, nova marca da gigante de sementes LongPing High-Tech, inicia o calendário 2019 com a participação em um dos principais encontros do agronegócio brasileiro. De 15 a 17 de janeiro, estará presente no Dia de Campo de Verão da C.Vale, em Palotina (PR), e apresentará seus recém-lançados híbridos de milho, com alto desempenho para altos investimentos e soluções específicas à realidade do produtor.

Na ocasião, os participantes do evento poderão avaliar em áreas demonstrativas a performance do precoce FS500 (alta produtividade) e dos superprecoces 2B210 (excelente sanidade) e FS450 (máximo rendimento). O diferencial da marca está na genética aprimorada e na tecnologia empregada, tendo sempre em conta materiais que respondam às especificidades de cada microclima, tipo de solo, época de plantio e pressão de pragas e doenças. Produtores do Paraná que já testaram os híbridos comprovaram o resultado superior na safra.

“Sabemos da importância deste evento para a região e da sua representatividade para o setor agrícola. Queremos aproveitar a oportunidade para estarmos ainda mais próximos de produtores em busca de inovação e especificidade para alcançar produtividade aliada à estabilidade e qualidade”, afirma Aldenir Sgarbossa, líder de Marketing da Forseed.

Todos os híbridos da Forseed têm tratamento de sementes industrial Cruiser® e Fortenza®Duo, que protege a lavoura em seus estágios iniciais permitindo que a cultivar expresse seu máximo potencial de rendimento e produtividade. Os materiais também contam com a nova tecnologia PowerCore™ Ultra, bem como a consagrada PowerCore™, que agem no controle de pragas e no manejo de plantas daninhas.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 8 =

Empresas Aquacultura

ICC Brazil apresenta resultados de pesquisas com camarões brancos no Congresso APA 2019

Evento que acontece em Chennai, na Índia, reúne referências mundiais do segmento de aquacultura

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A ICC Brazil, empresa pioneira na produção de soluções inovadoras para a nutrição animal à base de aditivos de levedura de cana de açúcar, estará presente no Congresso Asian-Pacific Aquaculture (APA) 2019, que acontece entre os dias 18 e 21 de junho, no Chennai Trade Center, em Chennai, na Índia. O evento, que é anual, contará com palestras e workshops sobre diversos temas da aquacultura mundial.

É a segunda vez que a ICC Brazil participa do Congresso APA. Em 2018, a empresa apresentou os dados das pesquisas com tilápias, em Taiwan. Neste ano, representada pelo gerente técnico Ekachai Jenwitheesuk, a empresa mostrará os resultados de duas pesquisas in vivo: “Efeitos de Hilyses® sobre o crescimento do camarão branco” e “Efeitos de Hilyses® sobre os índices de sobrevivência do camarão branco durante desafio com Vibrio parahaemolyticus”, patógeno causador da EMS (Early Mortality Syndrome).

O Hilyses® é uma fonte de nucleotídeos livres, que são rapidamente absorvidos pelo organismo, ajudando a fortalecer o sistema imunológico e promover um crescimento mais eficiente. Proporciona o desenvolvimento precoce de animais jovens e a habilidade dos reprodutores, melhorando a conversão alimentar e a produtividade geral. Os resultados mostram que os camarões brancos suplementados com Hilyses® apresentaram um crescimento maior se comparados aos animais pertencentes ao grupo controle. Além disso, a suplementação foi eficaz na redução da mortalidade do camarão infectado com a bactéria Vibrio parahemolyticus.

Dr. Ekachai, representante da ICC Brazil no evento, é veterinário especializado em microbiologia. Referência no mercado, com mais de 30 pesquisas publicadas em periódicos, obteve DVM, MSc e Ph.D. na Tailândia e é pós-doutorado na Universidade de Washington em Seattle, nos Estados Unidos.

Fonte: Assessoria da ICC
Continue Lendo

Empresas Vaccinar

Vaccinar marcará presença na Megaleite em Belo Horizonte

Empresa apresentará programa nutricional Lacmaster HD e a Gordura Protegida DairyFat

Publicado em

em

Divulgação

A Vaccinar – Nutrição e Saúde Animal participará da Megaleite, uma das maiores feiras da pecuária leiteira do Brasil, que será realizada entre os dias 19 a 22 de junho, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG). O evento reunirá as principais empresas do setor e pecuaristas de vários países. Já são 16 anos de Megaleite, uma feira que se tornou vitrine das inovações do agronegócio brasileiro e dos avanços genéticos do rebanho bovino no país.

No estande da Vaccinar, a equipe técnica e os representantes comerciais que atuam em todo o estado de Minas Gerais e no Espírito Santo apresentarão as soluções em nutrição animal para os produtores de leite. “Destacaremos a nossa gordura protegida DairyFat e o programa Nutricional Lacmaster HD, desenvolvido com o conceito de nutrição de precisão e que maximiza o desempenho da produção em todas as fases de criação do rebanho leiteiro, afirma o gerente Regional de Vendas da linha Ruminantes, Olinto Diniz.

Há 38 anos no mercado, a Vaccinar possui um amplo portfólio de produtos voltados para nutrição de aves, suínos, bovinos, peixes, pets e outros animais, que atende desde os pequenos produtores até as agroindústrias. O objetivo da empresa é desenvolver conceitos de nutrição inovadores e estratégias de produtos especiais que garantam uma presença sólida e crescente no mercado de agronegócios.

A Megaleite é organizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Girolando e conta com o fomento do Governo de Minas, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) e da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA). A programação contará com julgamentos, torneios leiteiros, leilões, feira de negócios, debates e palestras. Informações pelo site do evento.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Pecuária leiteira:

Uso de suplementos minerais e vitamínicos em vacas aumenta a produção de leite

Biogénesis Bagó apresenta resultados de estudos durante a Megaleite que comprovam o aumento de mais de 4kg de leite/dia por animal

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Um rebanho com vacas saudáveis produz mais leite quando elas são suplementadas durante o período de transição. Foi o que comprovou um estudo realizado no Brasil, feito com 372 vacas apontando que animais que receberam suplementação injetável, contendo vitaminas (A e E) e micro minerais (Cobre, Zinco, Manganês e Selênio) aumentaram a produção em média de 4,3kg de leite/dia. O resultado detalhado será apresentado pela equipe da Biogénesis Bagó durante a Megaleite, maior feira da pecuária leiteira do Brasil, que ocorre de 19 a 22 de junho, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte (MG).

“Ficou comprovada que a suplementação micro mineral e vitamínica contribui com a integridade do úbere, respostas imunológicas, saúde da glândula mamária e consequentemente na produção. Por isso, a utilização de suplementação vitamínica e mineral estratégica é crucial durante o período de transição em vacas secas e confirma ser uma eficiente ferramenta para melhorar a saúde e a produtividade em vacas leiteiras”, afirma Gabriel Campos, Gerente Regional Central da Biogénesis Bagó, que apresentará os resultados na Megaleite, no dia 21 de junho no estande da empresa.

O estudo, publicado no National Mastitis Council, 2018 no Texas, EUA, analisou animais de duas propriedades distintas com as mesmas condições corporais e dieta, com produção média de 34kg de leite/dia na lactação. As vacas foram distribuídas em dois grupos experimentais e completamente aleatórios. O primeiro lote recebeu injeções subcutâneas de 1mL/100kg p.v. de solução salina e o segundo grupo recebeu tratamento com o suplemento mineral Adaptador MIN e suplemento vitamínico Adaptador VIT na dosagem 1 mL/100kg p.v.

Ao final do período do estudo, o lote em tratamento atingiu a produção média de 38,9kg de leite/dia, enquanto o primeiro grupo, que recebeu apenas solução salina, produziu média de 34,6kg leite/dia.

Segundo Campos, o período de transição é considerado crítico, pois há um aumento da concentração plasmática de substâncias oxidativas (radicais livres) que interferem no processo produtivo e imunológico em vacas de leite. “A suplementação extra de micro minerais e vitaminas lipossolúveis são necessárias durante este período porque auxiliam na imunidade de úbere, causando impacto direto na produção e saúde do rebanho”, aponta.

Além dos resultados obtidos no estudo, os visitantes poderão ter acesso às mais variadas técnicas, serviços e soluções da Biogénesis Bagó para o mercado de saúde animal. Na ocasião, será apresentado todo o portfólio da empresa com foco na pecuária leiteira.

Entre os destaques, a Biogénesis Bagó apresenta aos visitantes da Megaleite o Suplenut, Kit Adaptador e Ubresan® Selante, que é indicado como complemento da terapia antimicrobiana de secagem de animais. Na ocasião também serão discutidas as indicações associadas de Ubresan e Kit Adaptador.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Conbrasul 2019
Biochem site – lateral
Evonik – Aminored
AB VISTA Quadrado

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.