Conectado com
Suínos e Peixes – Maio

Empresas Avicultura

O evento Advancia, realizado pela Adisseo, abriu novos horizontes com foco no Butirato: do nutriente ao mensageiro

Mais de 125 participantes fizeram parte do primeiro Advancia Academy 2019, realizado em Roma, Itália, no dia 2 de abril. O evento foi organizado pela Adisseo, antes da 6ª Conferência Internacional de Saúde Intestinal Avícola.

Publicado em

em

Foto: O Presente Rural

Depois de São Paulo em 2016 e Bangcoc em 2017, Roma acolheu o 6º Grupo de Interesse Científico em Saúde Intestinal – IHSIG, agora chamado de Conferência Internacional de Saúde Avícola. Por ocasião deste importante evento, a Adisseo realizou o Advancia Academy 2019, fórum científico em nutrição e saúde animal, cujo foco desta edição foi o Butirato.

“O Butirato é, sem dúvida, um nutriente essencial para as células epiteliais intestinais e, portanto, oferece benefícios para a saúde intestinal. Ele pode ser produzido por bactérias comensais ou suplementado na dieta. Seus benefícios e limites de sua ação, bem como as formas que se pode melhorar o funcionamento intestinal por meio do Butirato endógeno e exógeno são os principais tópicos deste Advancia Academy” afirmou Dr. Pierre-André Geraert, Diretor de Marketing Científico da Adisseo.

 

Butirato – um regulador funcional fundamental: o mensageiro

Para abrir o seminário, Dr. Hervé Blottiere, do INRA & Micalis France, revisou os papéis fundamentais do Butirato na mucosa intestinal. De acordo com o pesquisador, a disbiose ou distúrbio intestinal são frequentemente associados à diminuição de genes e de bactérias associadas à produção de Butirato. O Butirato é essencial na fisiologia intestinal, está envolvido em metabolismo celular, função da barreira, motilidade intestinal, funções endócrinas e regulação imunológica. Seu novo papel como potente ativador do fator de transcrição nuclear faz com que o Butirato seja um importante modulador nas células epiteliais do intestino.

Dr. Petra Louis do Rowett Instituteabordou de forma mais global o metabolismo intestinal microbiano de ácidos graxos de cadeia curta, através do exemplo da microbiota humana. Como a microbiota é influenciada pelos substratos da dieta, particularmente fibras, e como as bactérias alimentam umas às outras. Essas vias metabólicas são elementos-chave que podem nos ajudar a alimentar melhor nossos animais, levando em conta a microbiota.

 

Do estímulo da microbiota butirogênica à forma dietética ideal do Butirato

Prof. Filip van Immerseel da Ghent Universityfocou em formas dietéticas de influenciar a microbiota butirogênica no intestino de aves domésticas através, por exemplo, do efeito prebiótico de oligossacarídeos arabinoxilanos, bem como o benefício de suplementar Butirato na dieta para reduzir o escoamento de patógenos (Salmonella sp, Clostridium perfringens).O Dr. Joshua Gong ilustrou a importância de suplementar a forma protegida do Butirato na dieta. O Butirato também aparentou diminuir a deposição lipídica através da redução das vias lipogênicas. Ele também estimula bactérias benéficas no intestino posterior.

O Prof. Kolapo Ajuwon (Purdue University) abordou mais profundamente a ação do Butirato no intestino, mostrando em particular o efeito no eixo intestino-cérebro e também seus benefícios epigenéticos. Ele também ilustrou a importância em adaptar a suplementação de Butirato de acordo com etapas específicas do crescimento ou fases desafiadoras (desmame, estresse térmico) enfrentadas pelos animais.

Finalizando o seminário, o Dr. Jean-Paul Lalles (INRA) ampliou o campo, expondo os aspectos moleculares e funcionais do Butirato e seus efeitos sobre a fosfatase alcalina intestinal e proteínas de choque térmico, importantes compostos na proteção intestinal contra a inflamação.

Todos os participantes contribuíram, em workshops organizados durante o dia, para melhor entender e questionar o potencial do Butirato endógeno e exógeno de ajudar a fortalecer a saúde intestinal dos animais, colaborando para o desenvolvimento de um sistema de produção de proteína mais sustentável.

Os assuntos abordados no seminário revelaram a importância do Butirato, tanto o produzido por bactérias comensais, como o suplementado na ração. De fato, seu papel como nutriente energético era conhecido há muito tempo, mas suas funções como um mensageiro para o bom funcionamento intestinal têm sido extensivamente demonstradas: da proliferação e diferenciação celular, melhor integridade da fronteira intestinal, melhora da função imunológica intestinal e até o efeito no sistema nervoso local e central.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + seis =

Empresas Bovinos

Trouw Nutrition destaca o cuidado com o fígado em linha para confinamento

Ao ser submetido a uma dieta de confinamento, o animal consome uma dieta rica em nutrientes e os órgãos precisam se adequar a isso

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Quando o assunto é confinamento muito se tem falado sobre os problemas ruminais, como a acidose e timpanismo. João Benatti, gerente de produto para ruminantes da Trouw Nutrition, alerta que o fígado dos bovinos não tem sido tema de discussões, apesar da sua importância e papel primordial na metabolização dos nutrientes ingeridos.

“Quando entra no confinamento, o animal tem o fígado pequeno pesando em torno de 3,5 kg. Após 60 dias no sistema intensivo, o órgão chega a 6,4 kg, quase dobrando de tamanho. Isso acontece porque, ao ser submetido a uma dieta de confinamento, o animal consome uma dieta rica em nutrientes e os órgãos precisam se adequar a isso”, explica João Benatti.

Ao chegar ao confinamento, o animal passa por diversas situações novas, causando o estresse. Uma vez estressado, a imunossupressão torna-se um obstáculo para o pecuarista, já que esse bovino está vulnerável e pode ser acometido por doenças oportunistas.

A Trouw Nutrition conta com a tecnologia combinada das moléculas Vivalto, um complexo de vitaminas B protegidas da degradação ruminal, e Intellibond®, fonte de cobre e zinco by pass. Juntas, essas moléculas aumentam a imunidade e a eficiência do metabolismo do fígado, garantindo maior ganho em peso e maior consumo.

A partir dessa tecnologia, a Trouw Nutrition desenvolveu duas soluções para auxiliar o produtor em diferentes momentos do confinamento: BellPeso Adapt e BellPeso Vivaz. São aliados do pecuarista reduzindo acidose, auxiliando no estado fisiológico e imunitário.

“É prioridade da Trouw Nutrition oferecer produtos que efetivamente contribuem para a melhoria de desempenho dos bovinos em confinamento. BellPeso Adapt e BellPeso Vivaz são exemplos dessa preocupação da empresa com inovação e produtividade”, destaca João Benatti.

 

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Avicultura

2ª Conbrasul Ovos: Hy-Line anuncia participação em evento que começa neste domingo, 16

Encontro realizado pela Asgav, a Associação Gaúcha de Avicultura, vai reunir a elite da avicultura de postura mundial em Gramado, RS

Publicado em

em

Diretor Geral da Hy-Line no Brasil, Tiago Lourenço - Foto: Divulgação

A Hy-Line do Brasil confirmou seu apoio à 2a Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (2a Conbrasul Ovos), que vai ser realizado a partir deste domingo, de 16 a 19 de junho em Gramado, na serra gaúcha. O objetivo é participar das discussões sobre as mais recentes tecnologias e inovações para o setor, além de encontrar vários produtores de ovos do Brasil e de outros países e empresários do setor para intercâmbio de informações sobre mercado, tendências e perspectivas para o segmento, anunciou o diretor Geral da Hy-Line no Brasil, Tiago Lourenço.

Durante o encontro, a empresa vai destacar resultados atualizados de seus produtos, como W-80, W-36 e Hy-Line Brown, além de atender reuniões específicas sob demanda, disse o executivo. Ele destaca o sucesso da primeira edição do evento, com público de alto nível e formadores de opinião, além de debates sempre atuais e relevantes, que agregam bastante para produtores e para todo o setor de postura comercial. “Estamos em um momento muito importante para o segmento, que demanda discussões maduras, ajustes e entendimento dos novos rumos que o Brasil precisará tomar. E, neste contexto, a conferência Conbrasul vem justamente para atender esta demanda”, disse Lourenço.

O executivo lembra que o país superou a marca de consumo “maduro” com mais de 4 ovos por semana, o que traz ao segmento novas discussões sobre a atividade. “Com os atuais 212 ovos per capita ao ano necessitamos discutir novas demandas do consumidor, como seguir fortalecendo o produto ovo e aumentando este consumo, os riscos de imagem para nosso setor, futuras legislações, diferentes sistemas de produção e o nosso posicionamento global como o 4º maior produtor do mundo, que logo alcançaremos. E este evento é uma oportunidade única para todo este debate”, afirmou.

Chamando a Conbrasul de tropicalização da conferência internacional do IEC (International Egg Comission), Lourenço defende que o encontro promove uma interação relevante dos produtores de ovos brasileiros com a Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos, não somente através da atualização por palestras e painéis de discussão, mas também pelo networking e interatividade com as principais autoridades, empresários, produtores, formadores de opinião e cientistas do nosso setor em nível mundial.

Dois anos atrás, quando foi realizada a primeira edição do evento no país, o cenário era de incertezas sobre bem-estar animal e sistemas de produção. Agora, com a atividade mais amadurecida, o executivo acredita encontrar em Gramado um setor que aprendeu com tais desafios, amadureceu entendimentos de mercado e posicionamento de suas empresas e debates voltados para como suprir adequadamente um mercado cada vez mais exigente, sem atalhos, e cumprindo com responsabilidades desde a segurança alimentar a produtos livres de resíduos e contaminantes, e de certificações a uma melhor apresentação do produto ovo.

“Os produtores querem saber de resultados e rentabilidade neste mercado cada vez mais desafiador. Além disso, estarão lá, assim como nós, para interagir com inovações e perspectivas futuras do setor de ovos. Por isso, entre nossos destaques, vamos falar da Hy-Line Brown, que é a linhagem que mais chamou atenção em 2018, com excelente desenvolvimento nos mercados do Nordeste e do próprio Sul, onde já é fortemente presente. Na última edição da Conbrasul compartilhamos os excelentes resultados da recém-lançada linhagem Hy-Line W-80, que segue ganhando espaço e participação de mercado ano após ano, no Brasil e no mundo”, afirmou o executivo.

Outras informações sobre a 2ª Conbrasul estão disponíveis no site www.conbrasul.ovosrs.com.br, através do telefone (51) 3228. 8844, com Kamila Beheregaray, ou pelo e-mail: comercial.conbrasul@ovosrs.com.br.

 

Apoio

A 2ª Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul Ovos) vai acontecer de 16 a 19 de junho, em Gramado, na serra gaúcha, com o apoio de algumas das mais importantes empresas e entidades da avicultura de postura. Entre os patrocinadores, estão confirmadas empresas como Grupo Fasa na cota ovo de Ouro, Auster, Bionutri, Grasp e Orffa na cota Ovo de Prata. Na cota Ovo de bronze estão Cargill Alimentos/Nutron, DSM, Mercoaves e Vencomatic. Entre as apoiadoras estão Agroceres Multimix, Artabas, Anpario, Alltech do Brasil, Big Dutchman, Boehringer Ingelheim Saúde Animal, BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), Hy Line do Brasil, Kilbra, Lohmann do Brasil, MSD Saúde Animal, Nutria, Plasson, Rio Bonito, Tecnobach, TNS Solution, Trouw Nutrition e Vaccinar.

Já consagrado em sua primeira edição em função do elevado nível de público, dos debates e palestrantes, o evento tem ainda o apoio institucional de algumas das mais renomadas entidades do mundo, como Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Instituto Ovos Brasil (IOB), International Egg Commission (IEC), Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos e Egg Farmers Canadá. As principais mídias do segmento também já confirmaram participação, como os jornais A Hora do Ovo e O Presente Rural, e as Revistas AviNews, Feed&Food e AviSite/OvoSite.

Fonte: Assessoria Conbrasul
Continue Lendo

Empresas Avicultura

MSD Saúde Animal apoia2ª. Edição do Conbrasul

A MSD Saúde Animal participará como apoiadora do evento pela primeira vez

Publicado em

em

Evento acontece de 16 a 19 de junho, na cidade de Gramado (RS)Foto: Viagens Cinematográficas

De 16 a 19 de junho, acontece na cidade de Gramado (RS), a 2ª edição da Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul Ovos) – evento que vem se destacando no segmento da avicultura de postura.

O congresso, que tem o apoio institucional de algumas das mais renomadas entidades do mundo – como Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Instituto Ovos Brasil (IOB), International Egg Commission (IEC), Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos e Egg Farmers Canadá – reunirá produtores e profissionais para fomentar discussões sobre o mercado, pesquisas, inovações e tecnologia para o setor.

A MSD Saúde Animal participará como apoiadora do evento pela primeira vez. Para Gustavo Perdoncini, coordenador de contas-chaves postura comercial da empresa, essa será uma ótima oportunidade para fortalecimento dos elos com toda a cadeia de produção do setor, desde o produtor até o varejo.

Entre os assuntos que serão discutidos estão temas como: atualidades no comércio de proteína animal, produção e qualidade, o cenário atual e perspectivas para o mercado nacional e internacional de ovos e derivados, sanidade e medidas de prevenção, bem-estar animal e os rumos da produção mundial de ovos.

“O Conbrasul é um encontro para o setor buscar novas estratégias de marketing e de crescimento da demanda. Com foco na qualidade do produto, o evento traz abordagens atuais, como bem-estar animal e novas tecnologias. Grandes nomes do meio estarão presentes para abordar esses temas, que precisam ser discutidos para garantimos os melhores resultados”, ressalta Gustavo Perdoncini.

O executivo reforça também que apesar de ser considerado um evento regional, o Conbrasul caminha para se tornar o centro de uma das principais reuniões técnicas do setor de postura comercial do Brasil. “Por essa razão, a MSD Saúde Animal apoia o evento. Teremos uma excelente oportunidade para mostrar as nossas inovações, nossos produtos e questões relacionadas ao incentivo de uma produção de qualidade”, afirma Perdoncini.

Na ocasião, a MSD Saúde Animal divulgará a vacina Innovax® ILT. Trata-se da uma importante solução para o combate das doenças de Marek e Laringotraqueíte (ILT), patologias que, se não prevenidas, geram grande prejuízo ao produtor avícola. A Innovax® ILT tem aplicação única no incubatório, resposta imune contra o vírus de MAREK e 2 GLICOPROTEÍNAS fortemente antigênicas do vírus da ILT (GLICOPROTEÍNAS I e D), não interfere em outras vacinas vivas respiratórias e possui longa proteção.

 

Fonte: Assessoria da MSD
Continue Lendo
Conbrasul 2019
Evonik – Aminored
AB VISTA Quadrado
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.