Conectado com

Empresas

Ceva e Associação Mundial de Medicina Veterinária (WVA) entregam Prêmio Global a veterinários que contribuem para a promoção do bem-estar animal

Prêmio foi entregue no 35º Congresso da Associação Mundial de Medicina Veterinária, na Costa Rica

Publicado em

em

Foto: Diario Veterinario

Cinco médicos veterinários do Canadá, Colômbia, Estados Unidos, Gana e Tailândia e uma estudante de medicina veterinária da Alemanha receberam o Global Animal Welfare Awards (Prêmio Global de Bem-Estar Animal), iniciativa da Associação Mundial de Medicina Veterinária (WVA) e da Ceva Saúde Animal, uma das líderes globais em saúde animal.

“O prêmio, que foi entregue no 35º Congresso da Associação Mundial de Medicina Veterinária, na Costa Rica, reconhece e recompensa os veterinários que contribuem para a proteção e o bem-estar dos animais e são exemplos para os donos de animais, a classe veterinária e a sociedade mundial como um todo. Em 2019, pela primeira vez, também foi premiada uma estudante de medicina veterinária”, informa Fernando De Mori, diretor-geral América Latina da Ceva Saúde Animal. Esta foi a 3a edição do Prêmio Global de Bem-Estar Animal. São os seguintes os premiados:

. Dr. Anthony Nsoh Akunzule, de Gana, foi agraciado como o Campeão Mundial de Bem-Estar Animal por seu trabalho em prol de diferentes espécies. O dr. Akunzule sempre contribuiu para o alerta sobre os cuidado com a saúde e nutrição dos animais no seu país. Ele também é mentor de jovens veterinários em Gana e trabalha em prol da campanha de combate à peste bovina na África.

. Dr. Parntep Ratanakorn, da Tailândia, tem longa trajetória de cuidados com os animais. Ele foi responsável por aprofundar as discussões sobre o tema na faculdade e participou ativamente de ações de cuidados a animais confiscados pelo Departamento de Parques Nacionais do seu país, além de treinar policiais florestais sobre bem-estar animal e participar de várias organizações sem fins lucrativos.

. Dr. José Peralta (Estados Unidos) é professor de bem-estar animal na Universidade de Ciências Animais, na Califórnia. Ele é autor e coautor de vários livros e artigos sobre cuidados com animais, além de colaborar em seminários de educação sobre bem-estar animal em diferentes países.

. Dr. Edilberto Brito Sierra é reconhecido na Colômbia e na América Latina por seu trabalho em prol da saúde e do bem-estar animal. Ele é o responsável local da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) e trabalhou pela legislação em prol da melhor qualidade de vida dos animais na Colômbia, entre outras atividades.

. Dr. Jonas Watson (Canadá) tem dupla jornada: trabalha na Clínica Tuxedo de Saúde Animal em Winnipeg e trata animais nas comunidades indígenas em áreas remotas do seu país. Os programas apoiados por ele contribuem para organizações sem fins lucrativos como a Rede ‘Save A Dog’. Entre suas várias ações, está a participação na iniciativa “Mad Dog” em Madagastar, que objetiva reduzir o problema de cães de rua.

. Aimée Lieberum é estudante de medicina veterinária na Universidade de Leipzig (Alemanha). Ela é a primeira estudante agraciada pelo Prêmio Global de Bem-Estar Animal. Aimée tem interesse especial pela causa, sendo voluntária em ação para obtenção de abrigos para animais. Ela também lidera o grupo de bem-estar animal do BVVD, associação nacional de estudantes da Alemanha.

. Dra. Anette van der Aa, da Holanda, é reconhecida por seu trabalho com organizações que buscam o bem-estar de animais doentes e acidentados para os quais a eutanásia é a única opção. A dra. van der Aa criou uma ferramenta que orienta os usuários em diferentes etapas e medidas para cuidar de animais que necessitam de cuidados e é referência sobre o tema em seu país.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =

Empresas

Vaccinar reafirma responsabilidade como agente da cadeia básica de abastecimento do Brasil

Empresa mantém produção e implementou ações visando o cuidado e a segurança de todos seus colaboradores e parceiros, em prol do atendimento aos Clientes

Publicado em

em

Divulgação

Em virtude do enfrentamento ao Covid-19, e assumindo, com responsabilidade e seriedade, o papel de agente da cadeia básica de abastecimento do país, a Vaccinar implementou uma série de ações para continuar a produção das soluções nutricionais para aves, bovinos, suínos e aqua&pet nas 12 fábricas da empresa instaladas nas cinco unidades produtivas localizadas em Minas Gerais e no Paraná.

“Sempre respeitando as determinações das autoridades competentes, nossas ações foram pensadas para darmos continuidade à produção de nossas fábricas, visando o cuidado e a segurança de nossos Colaboradores e Parceiros, em prol do atendimento de nossos clientes”, afirma o CEO da Vaccinar, Nelson Lopes.

Segundo ele, a empresa suspendeu as visitas de terceiros às unidades produtivas e granjas da companhia, e as viagens aéreas nacionais e internacionais, além de a participação em eventos, treinamentos ou reuniões presenciais. Todas as reuniões e treinamentos internos estão sendo realizados por meio de ferramentas para acesso virtual.

“Temos realizado a medição diária da temperatura dos colaboradores das unidades produtivas e dos motoristas, na chegada ao trabalho. Disponibilizamos álcool gel em vários locais das unidades e orientações constantes sobre os cuidados contra a contaminação do Coronavírus”, afirma Lopes.

A equipe de Suprimentos tem ampliado o diálogo e as negociações com os fornecedores na busca da reposição de matérias-primas com a maior brevidade possível. Por meio do Decreto Federal nº 10282/2020, que permite o trânsito em todo o território nacional de alimentos animais e produtos veterinários, as equipes de logística têm também trabalhado de forma incessante para garantir, junto aos parceiros, as entregas para todos os clientes Vaccinar.

Garantindo a continuidade das operações de suporte, as equipes administrativas, sempre que possível, estão sendo alocadas para trabalho remoto. Trabalhando de forma remota, as equipes de vendas e técnica continuam prestando todo o suporte técnico-comercial para atender as demandas dos clientes.

O CEO da Vaccinar afirma ainda que os canais de atendimento da empresa continuam disponíveis no horário comercial: 0800 031 5959 / (31) 3448-5000 ou ainda pelo e-mail: atendimento@vaccinar.com.br

“Dessa forma, todo o time da Vaccinar não tem medido esforços para cumprir a nossa missão de aplicar a melhor solução em nutrição animal, sempre em linha com nossos valores de valorização dos nossos clientes e  priorização da segurança e qualidade, de forma ética e transparente”, finaliza.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

Kleber Gomes é o novo CEO da Ourofino Saúde Animal

Kleber assume a função até então exercida por Jardel Massari

Publicado em

em

Divulgação

Nesta quarta-feira (01), o então vice-presidente e diretor de Relações com Investidores da Ourofino Saúde Animal (OFSA3), Kleber Gomes, assumiu a presidência da maior indústria veterinária de origem brasileira.

Há 13 anos na companhia, Kleber exerceu funções em finanças, sendo desde 2016 CFO e diretor de RI, e participou dos principais movimentos importantes para a história de crescimento da Ourofino, como a entrada para o mercado de biológicos e em produtos hormonais, planejamentos estratégicos, abertura de capital, expansão no mercado internacional e outros. Desde o final do ano passado, também assumiu a vice-presidência de Finanças e Produtos, estando à frente das áreas de Pesquisa e Desenvolvimento, Regulatório, Suprimentos e estruturação da nova área de Desenvolvimento Estratégico de Novos Negócios, frente dedicada à idealização das soluções voltada para o futuro do mercado veterinário.

Formado em ciência contábeis, tem pós graduação em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e, antes de fazer parte do time da Ourofino, atuou na área de auditoria externa, com experiências no Brasil e nos Estados Unidos.

“Nesta nova fase da presidência da companhia, dia a dia seguiremos em busca das melhores práticas, sempre elevando nosso referencial de qualidade, com o nosso propósito de reimaginar a saúde animal, colaborando para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro e dos países em que a Ourofino atua em todos os seus aspectos, além do bem-estar dos animais de companhia, setor que desempenha forte crescimento na saúde animal. Seguiremos valorizando o dinamismo que é cultural da empresa e o relacionamento com nossos clientes e parceiros, construindo e nutrindo relações de valor, com recursos tecnológicos que reforçam o pioneirismo da empresa ao longo de seus quase 33 anos de história. Internamente, junto à nossa equipe que tanto valorizamos, vamos reforçar a importância da nossa cultura e valores, com reconhecimento de nossas pessoas que hoje são em 1.150 colaboradores”, afirma.

Kleber assume a função até então exercida por Jardel Massari. Os sócios-fundadores da Ourofino Saúde Animal, Norival Bonamichi e Jardel, seguem com participação no Conselho de Administração da empresa e como sócios majoritários no negócio.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

Cobb-Vantress substitui frota para entregar mais eficiência produtiva e ambiental

Melhor qualidade na entrega, bem-estar animal e menor impacto ambiental são alguns dos benefícios da iniciativa que coloca os mais recentes recursos tecnológicos na entrega de pintinhos da empresa

Publicado em

em

Divulgação

A Cobb-Vantress substituiu totalmente a sua frota de caminhões para ajudar melhorar a qualidade da entrega dos pintinhos de um dia. A empresa concluiu a substituição de todos os veículos com objetivos que vão além de entregar com mais eficiência: gerar bem-estar aos trabalhadores e reduzir o impacto ambiental com a diminuição da emissão de gases de efeito estufa.

“O intuito da programação de substituição da frota vem com a economia de novos motores com alto rendimento, segurança para o condutor, menor emissão de poluentes ao meio ambiente e maior eficiência na operação. Nossa meta é fazer cada vez mais com utilização menos recursos”, explica o gerente de Logística de Transporte da Cobb na América do Sul, Lucas Lima.

De acordo com ele, um dos pilares na logística é a qualidade do transporte, em que a mortalidade de pintinhos é menor e o desempenho não é perdido. “O nosso cliente sente segurança no seu fornecedor. A qualidade na entrega, por se tratar de carga viva, é nítida e evidenciada com veículos mais tecnológicos”, aponta. A substituição da frota vai também ao encontro dos anseios dos produtores. “Temos alguns produtores que exigem que os veículos atendam as normas ambientais vigentes”, destaca.

O profissional explica que os veículos são mais econômicos, mais leves, eficientes, seguros e geram menor emissão de poluentes. “Temos novos recursos tecnológicos para dirigibilidade segura, que certamente geram mais tranquilidade na viagem, oferecendo ao motorista mais segurança e bem-estar durante os percursos”, aponta Lima.

Ele explica que a frota está na vanguarda do transporte de pintinhos. “Em se tratando de transporte de carga viva, o objetivo da Cobb é entregar o seu produto com o equipamento mais tecnológico do mercado, com alto controle de biosseguridade e temperatura. Isso gera uma maior garantia e qualidade na entrega. Os riscos de mortalidade são minimizados, gerando confiança e credibilidade junto ao cliente”.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.