Conectado com
Suínos e Peixes – Maio

Empresas Mulher

Presença da mulher é indispensável na pecuária brasileira

Biogénesis Bagó é destaque no mercado com a valorização e programas de desenvolvimento voltados ao público feminino

Publicado em

em

A coordenadora de Território Pecuário, Cintia da Costa Lima, chegou à empresa em 2017 - Foto: Divulgação

A presença da mulher no mercado de trabalho é cada dia mais essencial e no agronegócio não é diferente. O setor de saúde animal de ruminantes, por exemplo, tem se desenvolvido com uma importante participação do público feminino. Esse cenário é evidente no trabalho desenvolvido pela Biogénesis Bagó, uma das empresas de saúde animal líderes no mercado latinoamericano. O quadro de funcionários da empresa dobrou em 2018 e atualmente 30% é preenchido pelo público feminino.

A maior parte das mulheres da empresa atua a campo em fazendas e revendas do projeto Na Estrada, considerado o mais inovador no segmento de varejo veterinário do Brasil. Elas se destacam ao levar informação, atualização e capacitação a produtores, técnicos e balconistas de todo o país.

Médicas-veterinárias e zootecnistas representam a Biogénesis Bagó no campo, seja no contato direto com os produtores, quanto com parceiros comerciais em revendas agropecuárias. “A atuação da mulher a campo representa um diferencial no atendimento aos clientes, sempre com um perfil atencioso e repleto em detalhes e personalização”, reconhece o diretor-geral da Biogénesis Bagó no Brasil, Marcelo Bulman. Mas a atuação das mulheres também se estende à parte administrativa, mais precisamente no setor de suporte nos escritórios da empresa em Curitiba (PR) e em São Paulo.

Assim, a confiança e valorização da mulher no agronegócio permite que a Biogénesis Bagó cresça de forma significativa no mercado nacional. Tanto que a expectativa é figurar entre as 10 maiores do segmento até 2020.  

“Nossa virada de página em 2018 teve como um de seus pilares principais a força e a visão da profissional mulher; engajada nos seus objetivos juntamente com os profissionais homens, desenvolvendo um trabalho que gerou muitos resultados positivos para a nossa empresa”, salienta Marcelo Bulman. “Esperamos que em 2019 essa mesma força e sintonia geradas, independente de gênero, façam com que todos nós, juntos, possamos atingir o topo do mercado veterinário brasileiro”, complementa.

A empresa tem desenvolvido ainda o trabalho de conscientização e propagação de campanhas relacionadas à valorização da mulher. Além do Outubro Rosa, neste dia 8 de março a Biogénesis Bagó inicia uma ação especial em celebração ao Dia da Mulher, em reconhecimento ao papel fundamental como impulsionadora da força do agro no Brasil.

 

Oportunidade e crescimento profissional no agronegócio

O reconhecimento da Biogénesis Bagó quanto à importância da mulher no agronegócio permitiu que novas oportunidades profissionais fossem criadas. A coordenadora de Território Pecuário, Cintia da Costa Lima, chegou à empresa em 2017 e não demorou muito para ter o seu trabalho valorizado. “Inicialmente fui contratada como promotora de vendas, mas quando completei um ano no cargo acabei sendo promovida para coordenadora. Agora atuo no campo, diretamente com o produtor. Tenho sentimento de gratidão pela empresa, tanto pelo reconhecimento do nosso trabalho quanto pela valorização e respeito com a mulher no campo”, ressalta.

Oportunidade concedida também para coordenadora contábil Kelly Martins, que há 14 anos atua na Biogénesis Bagó. Para ela, tem sido um período de grande aprendizado e de orgulho, principalmente por conta de a empresa oferecer oportunidade de crescimento profissional às mulheres. “Saber que a empresa valoriza o trabalho da mulher no campo é uma grande vitória e percebo que as mudanças estão acontecendo. A mulher está conseguindo superar o preconceito cultural no campo e na sociedade brasileira. No passado, tinham poucas mulheres trabalhando no setor, mas em 2018 empresas como a Biogénesis Bagó aumentaram significativamente o seu quadro de funcionárias. Espero ver muitas outras mulheres se destacando na organização como gestoras e líderes”, declara Kelly.  

A coordenadora contábil Kelly Martins atua há 14 anos na Biogénesis Bagó

Mulheres com uma nova visão de crescimento do varejo veterinário

Com a busca da igualdade cada vez mais evidente no mercado, Cintia acredita no crescimento do agronegócio com a participação cada vez mais frequente e efetiva das mulheres. Para ela, o público feminino trouxe outra visão para a pecuária, auxiliando a impulsionar ainda mais os resultados. 

“A mulher tem características de zelo, cuidado, facilidade em lidar com situações criticas que por vezes faltam ao homem no dia a dia. Por isso, cada vez mais nos deparamos com líderes femininas comandando fazendas e lidando com peões. A presença dela no curral hoje é muito vista e respeitada. Acredito que a garra que a mulher tem seja sua maior contribuição para tudo na vida!”, acredita Cintia.

Para Kelly, as conquistas da mulher no mercado de trabalho e especificamente no agronegócio estão relacionadas ao esforço e dedicação. “A mulher do século 21 conquistou o mercado de trabalho. Atualmente elas têm papel muito importante por lutar pelos seus direitos, atuando em cargos de liderança nas organizações”, analisa.

A coordenadora de Território Pecuário, Cintia da Costa Lima, chegou à empresa em 2017

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =

Empresas Suinocultura

Resultado  do Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness comprovam excelência genética da DB – DanBred

Consolidando o resultado, a DB Genética Suína, em parceria com a DanBred, levou também o Leitão Black, o prêmio que reconhece as granjas que registram novos recordes de produção de leitões em seus países

Publicado em

em

Gerente da Granja Boa Esperança, José dos Reis Amaral, que conquistou o prêmio Leitão Black -Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (22), aconteceu a cerimônia de premiação da 11ª Edição do Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness. A DB Genética Suína conquistou os primeiros lugares em quatro das cinco categorias do prêmio, um resultado impressionante, que comprova a superioridade genética da sua matriz DB90, líder absoluta no mercado de fêmeas.

Principal premiação de produtividade do setor suinícola por sua extensão e alcance, o Melhores da Suinocultura Agriness estabelece um benchmarking setorial, com base nos índices de produção, permitindo a comparação entre mais de 1400 granjas participantes, de diferentes portes e sistemas de produção, distribuídas por todas as regiões do Brasil.

A partir das informações alimentadas mensalmente no software de gestão S2, a Agriness traça um ranking anual de produtividade das granjas que utilizam o sistema e premia as dez com o melhor resultado, considerando cinco categorias ou faixas de enquadramento: granjas com até 300 matrizes, entre 301 e 500 matrizes, 501 a 1000 matrizes, 1001 a 3000 matrizes e com mais de 3000 matrizes. O principal critério de classificação é o indicador de desmamados/fêmea/ano (DFA).

A DB Genética Suína, por meio de granjas parceiras, que utilizam em suas linhagens maternas genética 100% DB, conquistou o primeiro lugar na categoria de granjas com até 300 matrizes, o primeiro e segundo lugares na categoria de 301 a 500 matrizes, o primeiro e segundo lugares na categoria de 1001 a 3000 matrizes, e o terceiro lugar na categoria de granjas com mais de 3000 matrizes.

Consolidando o resultado, a DB Genética Suína, em parceria com a DanBred, levou ainda o Leitão Black, o prêmio que reconhece as granjas que registram novos recordes de produção de leitões em seus países. O excelente resultado de 36,31 desmamados/fêmea/ano é da granja Boa Esperança, de propriedade de Agostinho Mansano, localizada no município mineiro de Presidente Olegário, parceira da DB Genética Suína há quase dez anos.

Os resultados do Prêmio Melhores da Suinocultura Agriness 2019 evidenciam que a genética DB é imbatível a campo e traz os melhores resultados para o produtor.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

Biomin patrocina instalação de Laboratório Christian Doppler de Inovação para Saúde Intestinal de Animais de Produção

O laboratório conta com módulo principal no campus da Universidade de Medicina Veterinária de Viena e módulo externo na Universidade de Pesquisas Naturais e Ciências da Vida, também na capital austríaca.

Publicado em

em

A Biomin, indústria global de nutrição animal com presença em mais de 150 países, incluindo o Brasil, e o Ministério dos Negócios Econômicos e Digitais da Áustria juntaram-se para patrocinar a instalação de moderna unidade do Laboratório Christian Doppler de Inovação para Saúde Intestinal dos Animais. O laboratório conta com módulo principal no campus da Universidade de Medicina Veterinária de Viena e módulo externo na Universidade de Pesquisas Naturais e Ciências da Vida, também na capital austríaca.

“Procuramos levar o conhecimento da saúde intestinal para o próximo nível e infundir essas descobertas em soluções inovadoras que agreguem valor aos nossos clientes, apoiando animais saudáveis”, observa o dr. Gerd Schatzmayr, diretor do Centro de Pesquisas da Biomin.

O Laboratório Christian Doppler de Inovação para Saúde Intestinal dos Animais de Produção foca o seu trabalho na ciência nutricional avançada, em modelos intestinais integrativos e em tecnologia de ponta, com o objetivo de evoluir o conhecimento e descobrir soluções para o avanço sustentável da saúde intestinal e sistêmica em suínos e bovinos.

“Para isso, trabalhamos a pesquisa em múltiplos estágios e com base em diferentes modelos intestinais complementares in vitro, ex vivo e in vivo, para fechar lacunas de conhecimento no campo da saúde intestinal”, explica o professor Qendrim Zebeli, chefe do Laboratório e do Instituto de Nutrição Animal da Universidade de Medicina Veterinária de Viena.

A dra. Eva Maria Binder, diretora de Pesquisas e diretora executiva do Conselho do Erber Group, ressalta que “por meio de parcerias globais com organizações inovadoras, como a Christian Doppler, o grupo está bem posicionado para conduzir pesquisas puras e aplicadas para aumentar a segurança alimentar e tornar a produção animal uma atividade mais sustentável”.

“Produção animal mais saudável e menor uso de antibióticos por meio da inovação no campo das ciências da vida. Esta é a finalidade da cooperação de empresas e da ciência, com benefícios para todos os envolvidos”, destaca Margarete Schramböck, ministra dos Negócios Econômicos e Digitais da Áustria.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo

Empresas Evento essencial para setor

DB elogia tradição e papel primordial do SNDS para suinocultura

Empresa de genética suína apoia 18ª edição do evento que debaterá competitividade, inovação, marketing, consumo e gestão no setor

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

A DB DanBred patrocina do XVIII Seminário Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (SNDS), principal evento de lideranças do setor, que ocorrerá entre os dias 1 e 2 de agosto, no Sheraton Grand Rio Hotel & Resort, do bairro Leblon, no Rio de Janeiro.

Nas palavras de Vladimir Fortes, diretor comercial da DB, apoiar novamente o evento bianual demonstra o comprometimento da Empresa com a suinocultura nacional. “O SNDS é o tradicional evento de líderes e apoiar um encontro como este é estar comprometido com os produtores de todo o país”, comentou.

Organizado pela Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), o SNDS reafirma o compromisso da entidade nacional com o desenvolvimento do setor a cada dois anos e, nas últimas três edições, reuniu os gestores de ao menos 70% das matrizes do país, além de indústria, varejo e empresas de insumos do segmento.

“Estarão reunidos os representantes que fomentam a cadeia suinícola nacional. Considerando os atuais cenários políticos e econômicos mundiais, debater os desafios se torna primordial para o crescimento da nossa atividade”, completou o executivo da DB.

Fundada em 1976, a DB Agricultura e Pecuária é consolidada como uma das principais referências de genética suína no mercado nacional há mais de 20 anos. Por meio de um sólido histórico de resultados, a marca repete entre os produtores brasileiros o mesmo sucesso obtido na suinocultura dinamarquesa.

Inscrições abertas

Realizado há mais de 35 anos, o SNDS XVIII traz em 2019 o desafio de transformar a suinocultura tradicional em um setor dinâmico e competitivo, sustentado em ciência e tecnologia, com o tema “O poder da evolução está nas novas maneiras de ver o mundo”.

Para isso, contará com palestras de especialistas de referência nacional e internacional, com uma programação diversificada em sintonia com o momento vivido pela cadeia, ampliando o debate com quatro painéis, discutindo competitividade, inovação, marketing, consumo e gestão de negócio.

Para garantir sua vaga entre em contato com a sede da ABCS, em Brasília, pelo telefone (61) 3030-3200. Todas as informações sobre o evento, como programação, localização, inscrições, valores de investimento e patrocinadores podem ser encontradas no site do evento.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Ecobiol- Evonik
Conbrasul 2019
Biochem site – lateral
Sindiavipar- maio 2019

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.