Conectado com

Empresas

Paranaense Alegra comemora três anos de sucesso com visita de chefs da Capital

Marca de carne suína mostra um crescimento visível no mercado brasileiro e mundial, mesmo com pouco tempo de atuação no mercado

Publicado em

em

Nesta semana a Alegra festeja três anos e, como parte das comemorações, recebeu na tarde da última segunda-feira (22/10) o Gastrotiba – grupo independente de empresários e chefs de Curitiba. Os seis representantes dos restaurantes Cantina do Délio, Peruano Gastronomia e Cultura, Limoeiro Restaurante, Pistache Pizza e Gastronomia e Quitutto Gastropub estiveram na fábrica para conhecer o processo de cortes da marca.

O grupo tem uma parceria com a Alegra desde junho de 2017 com o intuito de oferecer novos cortes de carne suína no cardápio e opções de festivais gastronômicos durante o ano na cidade.  “Nossa parceria nasceu com o objetivo de unir uma indústria de alimentos com a comida de profissionais. Chegamos na hora certa, pois ambos estão crescendo juntos e trazendo uma proposta interessante para Curitiba, que é a de fazer festivais gastronômicos sem um intuito apenas comercial. Para nós é muito importante ter a Alegra do nosso lado, pois assim conseguimos mostrar que nossa carne suína tem procedência e qualidade – e essa informação chega direto no consumidor que está diariamente em nossos restaurantes”, avalia Fernando Matsushita, presidente do Gastrotiba e proprietário do Peruano Gastronomia e Cultura.

Durante a visita, os chefs puderam conhecer as instalações e ver de perto os cortes especiais da Alegra, preparados e servidos nos restaurantes do grupo. Após a visita, o chef Dobis recepcionou os convidados – entre eles o proprietário da Hamburgueria Água Verde, Rafael Justo Rebelato – com um churrasco de carne suína, no espaço gourmet da empresa.

“Temos a Alegra como nosso irmão mais velho e por isso é tão importante conhecermos de perto a empresa. Essa visita serviu também para sabermos como tudo é feito, para que, na hora que nosso cliente perguntar, a gente confirme que a carne suína que servimos tem origem e que sabemos da garantia de um produto de qualidade. Com isso já temos visto que a má fama que existia antigamente da carne de porco, está sendo desmitificada. E vemos isso no crescimento de pedidos desse tipo de carne em nossos restaurantes”, conta Matsushita.

 

Três anos de sucesso

A Alegra nasceu com o propósito de levar carne suína com qualidade e procedência para a mesa das famílias, sempre com o compromisso de oferecer nutrição e sabor com certificação de origem. A empresa é a primeira planta industrial de alimentos a conquistar o selo NAMI (North American Meat Institute), certificado pela WQS em bem-estar animal para suínos, que tem como objetivo identificar a qualidade e o processo de produção, além de garantir que os mesmos sejam entregues de forma adequada.

Além disso, dos 1.565 colaboradores, que são os maiores responsáveis pelo crescimento da marca, a empresa conta com 56% de homens e 44% mulheres nos postos de trabalho. Instalada nos Campos Gerais, no Paraná, a Alegra trouxe desenvolvimento econômico para a região. “No total, 40% do nosso orçamento de compras é destinado a fornecedores locais, o que valoriza a economia e o desenvolvimento regional. No último ano, também entramos como uma das empresas da Unium, marca institucional das nossas cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, e que passou a representar os projetos em que as três atuam em parceria”, comenta o superintendente da Alegra, Ivonei Durigon.

A empresa também se preocupa com a responsabilidade ambiental, cumprindo com os valores das cooperativas e com as legislações, utilizando recursos energéticos naturais e realizando a gestão de materiais e resíduos –  25% dos materiais utilizados na produção são resíduos reciclados.

“Em apenas três anos nossa marca cresceu muito. Nossos produtos caíram no gosto das pessoas, assim como nos ramos varejista, atacadista, food service e das indústrias. Hoje trabalhamos com mais de 119 produtos de 14 linhas, em pontos de venda de 18 estados brasileiros. Exportamos para mais de 25 países e mantemos parceria com Ceratti, Ecoaxial, Outback, Madero, Boua e Fridays, mas nossa busca em ser a opção preferida dos clientes e consumidores continua”, comemora Durigon.

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dezessete =

Empresas IPPE

Saffeds participa do IPPE em Atlanta/USA

A feira internacional reúne as principais empresas do agronegócio mundial e marca o lançamento de tecnologias e inovações para o setor

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A equipe técnica da Safeeds, aditivos para nutrição animal, participou do IPPE 2019, em Atlanta/USA, em parceria com a canadense, JEFO, e a americana, United Animal Health.

A feira internacional reúne as principais empresas do agronegócio mundial e marca o lançamento de tecnologias e inovações para o setor, além de apresentar soluções para tendências cada vez maiores como a redução de antibióticos na produção de proteína animal.

O presidente da Safeeds, Ricardo Castilho, explica a importância do evento. “Encontros como este reforçam, ano após ano, a necessidade imediata de alternativas para a produção de alimentos AGP Free. A Safeeds, há muitos anos participa deste evento e está alinhada com este movimento, disponibilizando uma série de aditivos não antibióticos para a produção de alimentos mais seguros”.

Segundo Ricardo, a feira ainda marca o lançamento de novas tecnologias para a área. “Reunir as principais empresas do mundo em um só local, nos permite levar para o Brasil as principais inovações e tendências que estão acontecendo globalmente. Isto possibilita a Safeeds desenvolver tecnologias através de seus produtos e gerar valor cada vez maior para os nossos clientes”.

A 71ª edição do IPPE, reuniu cerca de 1.200 expositores de todos os lugares do mundo e recebeu cerca de 30 mil visitantes.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

GlobalGen anuncia novo CEO e registra crescimento acima do mercado

Empresa se consolida no setor de reprodução animal, com protocolos que apresentam resultados superiores em taxa de prenhez e baixo índice de perda de implantes

Publicado em

em

Dr. Milo Wiltbank

Em um universo de 200 milhões de cabeças de gado e cerca de 80 milhões de fêmeas em idade reprodutiva, apenas 12% de criadores brasileiros utilizam a inseminação artificial. A expectativa é de que o uso do método continue crescendo, com a ajuda da popularização da inseminação artificial em tempo fixo (IATF) – usada em 85% dos animais cruzados industrialmente. Os números, estimados pelo mercado de reprodução animal, estimulam a GlobalGen vet science, empresa especializada em reprodução animal, a comemorar os resultados de 2018 e projetar crescimento em 2019.

Segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (SINDAN), o mercado de terapêuticos hormonais teve um aumento de 8,63% no acumulado de janeiro a novembro de 2018, enquanto a GlobalGen cresceu 16,5%, quase o dobro. Os dados foram compartilhados com toda a equipe de campo durante a Convenção Nacional de Vendas da GlobalGen, realizada em Ribeirão Preto (SP).

Um dos idealizadores da GlobalGen, o Dr. Milo Wiltbank, pesquisador considerado um dos maiores especialistas do mundo na reprodução de bovinos, esteve no Brasil especialmente para a Convenção. “A GlobalGen possui uma linha completa de produtos especialmente desenvolvidos para uso na reprodução de bovinos, considerando os diversos sistemas de criação existentes no Brasil. Nosso DNA é baseado na pesquisa e desenvolvimento, por isso chegamos a esse patamar, onde temos as mais baixas perdas de implantes do mercado e uma alta taxa de prenhez, que garantem o sucesso dos nossos clientes”, destaca o pesquisador americano.

Novo CEO

A condução da empresa a partir de 2019 será feito pelo novo CEO da companhia, Marcelo Brunini, que possui larga experiência no setor e também está à frente da UCBVET Saúde Animal, parceira GlobalGen. “Com apenas dois anos e meio, a GlobalGen já se consolidou no mercado de reprodução animal e está crescendo em cima de resultados a campo, o que é motivo de orgulho para nós. Mas temos um longo caminho pela frente, pois queremos ampliar a nossa participação no mercado e contribuir ainda mais para otimizar os resultados de IATF”, detalha Brunini.

A GlobalGen vet science é uma joint venture fruto da parceria entre a holding americana de pesquisas ReproGen Animal Health e a empresa brasileira UCBVET Saúde Animal. Traz em sua origem com a ReproGen a experiência no manejo reprodutivo e a competência dos pesquisadores Dr. Milo Wiltbank, PhD e Dr. J. Richard Pursley, PhD, reconhecidos mundialmente pela criação do protocolo OvSynch, que possibilitou o uso da Inseminação Artificial por tempo fixo (IATF) com reconhecimento em escala global.

O know-how técnico foi reforçado pela aliança estratégica com a UCBVET, uma das mais tradicionais e inovadoras indústrias veterinárias do país, tendo em sua estrutura modernos laboratórios e equipamentos com o mais alto nível tecnológico para a produção de medicamentos. Assim nasceu a GlobalGen vet science, uma empresa formada por criadores e técnicos, para técnicos e criadores.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo

Empresas Avicultura

Vetanco promove ciclo de palestras no Polo Avícola da Bahia

Eventos tiveram grande participação de publico nos debates

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Vetanco, através de seu Assistente Técnico/Comercial  para a região Nordeste, médico veterinário David Felipe A. Barbosa, realizou um ciclo de palestras técnicas. As mesmas foram realizadas na cidade de Conceição da Feira – Bahia, na sede da Usivet, distribuidora da Vetanco na região, entre os dias 29 e 31 de janeiro. Todas as palestras foram ministradas pelo Coordenador Técnico da Vetanco, médico veterinário MSc. Fabrizio Matté, e tiveram temas focados nos interesses dos clientes:

 

Data: 29/01. Empresa: AVIVIP. Tema: Desafios Ambientais sobre o sistema respiratório das aves. Participantes: Everaldo e técnicos, responsáveis pelo fomento, e integrados.

Data: 29/01. Empresa: CAROLINA. Tema: Desafios em Saúde intestinal. Participantes: M.V. Marco Antonio,  José e Luiz Otavio.

Data: 30/01. Empresa: AVIGRO. Tema: Biosseguridade na produção avícola. Participantes: Equipe do Administrativo, Controle de Qualidade, Equipe de Campo, Incubatório, Abatedouro e Fábrica de ração.

Data: 30/01. Empresa: GUJÃO. Tema: Desafios Ambientais sobre o sistema respiratório das aves. Participantes: Equipe de fomento, veterinários, zootecnistas e técnicos de campo.

Data: 31/01. Empresa: TAMBAÚ. Tema: Desafios Ambientais sobre o sistema respiratório das aves. Flávio Henrique (Zootecnista) e integrados da empresa.

Foi uma semana bem produtiva, que contou com grande participação de publico nos debates, trocando experiências e enriquecendo ainda mais a ciência avícola para a aplicação no campo. A Vetanco reforça sua parceria com a distribuidora USIVET e toda a cadeia avícola bahiana.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Nucleovet 2
Facta 2019
APA

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.