Conectado com

Empresas Show Rural 2020

Jacto traz para Show Rural inovações tecnológicas e promove discussões sobre o ecossistema digital do agronegócio

Durante o evento, será realizada a estreia do projeto Jacto Talks on the road, reunindo influenciadores digitais do mundo agro da região de Cascavel.

Publicado em

em

A evolução na agricultura pautada pelas tecnologias cada vez mais digitais vem revolucionando o setor. Há cada vez mais equipamentos, defensivos e outros recursos que aumentam a produtividade e a qualidade dos alimentos.

Manter-se atualizado nesse cenário é indispensável. É importante o esforço para disponibilizar tecnologias acessíveis, do pequeno ao grande produtor, e que tenham uma usabilidade mais fácil, tornando a rotina do produtor rural mais prática, eficiente e com resultados.

“Acreditamos que é preciso mudar todo ecossistema, com aprendizados e experiências coletivas, pessoas protagonistas, que vão assumir o papel de traduzir essas novas ferramentas para o dia a dia do campo. Transformar a tecnologia, que é muito complexa e com avanço rápido, em algo que seja simples e o que agricultor consiga usar”, explica Fernando Gonçalves, presidente da Jacto.

“Existe a necessidade de concretizar a conectividade no campo para que as tecnologias da agricultura 4.0 possam, de fato, serem usadas de forma a produzirem resultados. Há anos já estamos desenvolvendo dispositivos, softwares, sensores e equipamentos autônomos que vão se conectar para subsidiar melhor as informações para os produtores rurais”, avalia Gonçalves.

A empresa faz parte de iniciativas como o ConectarAgro, que alcançou a marca de 5,1 milhões de hectares conectados com a tecnologia 4G em 2019, superando em 100 mil hectares a meta inicialmente planejada. A marca alcançada representa 10% da área cultivada no país. Iniciado em abril do ano passado, a proposta tem como objetivo principal expandir a disponibilidade da rede de internet 4G, contribuindo para facilitar o modo produtivo das fazendas em diversas regiões do Brasil.

Nesse contexto, também, existe um forte apelo às questões de sustentabilidade, que já impacta o produtor rural e a forma como ele produz, como as questões de rastreabilidade dos alimentos e carnes.

“A população, em geral, quer saber o que estão consumindo e quais os recursos que foram utilizados no processo produtivo daquele alimento. Por isso, tecnologias que permitam um acompanhamento preciso, do campo à mesa, são cada vez mais uma exigência do mercado consumidor” diz o executivo.

Com esse foco, para o Show Rural Coopavel 2020, a Jacto apresenta uma série de novidades em seu portfólio de produtos e soluções para pulverização, adubação e agricultura de precisão. Veja abaixo todos os destaques para o evento:

Espaço Inovação: lançamento da tecnologia PWM para pulverização automotriz: A consagrada tecnologia Jacto de controle bico a bico, trabalhando em conjunto com o circuito circulante de pulverização e uma grande variedade de bicos de pulverização, passa a atuar em conjunto com a tecnologia PWM para controle de vazão nos bicos, permitindo manter o tamanho das gotas mesmo com as variações de velocidade. A tecnologia vem para complementar a linha de produtos que já são referência em tecnologia de aplicação.

A tecnologia PWM não tem restrições quanto ao uso de agroquímicos e pode operar com herbicidas, fungicidas e inseticidas e particulados, o que permite trabalhar em todo o ciclo da pulverização.

A demonstração da tecnologia estará disponível no pulverizador Uniport, para visualização do público que visitar o Show Rural Coopavel e no Espaço Inovação. O ambiente é um espaço voltado para demonstração das inovações presentes nos equipamentos e novidades que devem chegar em breve ao mercado. Além da tecnologia PWM, haverá também a exposição de outras tecnologias, serviços e iniciativas, como o Spot Spray, holograma dos novos bicos Jacto, bancadas com demonstrações dos diferenciais tecnológicos para adubação e o Omni 700, além de informações sobre o ConectarAgro.

Lançamentos opcionais para os pulverizadores da família Uniport: o Uniport 3030 e o Uniport 3030 EletroVortex passam a ter o sistema de abastecimento de 3″ (três polegadas) de série, permitindo com isso mais eficiência na operação de pulverização deixando a máquina mais tempo pulverizando, podendo aumentar em até 7% a produtividade em hectares/dia quando comparado com o sistema de 2″.

Outra novidade é o reservatório de 400 litros de diesel disponível de série para o Uniport 3030 EletroVortex e opcional para o Uniport 3030 e Uniport 4530. Com este novo opcional, a autonomia pode atingir até 24 horas de trabalho dependendo das condições de operação do equipamento.

A nova tecnologia de pneus VF passa a fazer parte da família Uniport, trazendo maior versatilidade nas aplicações e diminuindo a compactação do solo. Um grande diferencial desta tecnologia é poder trabalhar com pressões menores nos pneus, melhorando o conforto na operação e o desempenho de tração nos terrenos.

O sistema de iluminação de LED será de série em todas as máquinas da linha Uniport. Mais moderno, com menor consumo energético para maior rendimento em trabalhos noturnos com mais segurança e produtividade.

Controle automático de 12 seções: é o novo diferencial tecnológico da Jacto para adubação à lanço. Exclusivo no Brasil, a ferramenta amplia as soluções disponíveis para o portfólio de máquinas, integrando os diferenciais tecnológicos da adubadora automotriz Uniport 5030 NPK e da adubadora tracionada Tellus 10.000 NPK. A ferramenta permite a segmentação da faixa de aplicação em até 12 seções, controladas automaticamente. Trata-se de um sistema inovador que traz para a operação de adubação uma importante redução no custo com fertilizantes, que pode chegar a 15%, representando economia para o agricultor e maior proteção ambiental.

Sistema direcional traseiro Unitrack® para adubadora Uniport 5030 NPK: a adubadora automotriz Uniport 5030 NPK ganha ainda mais competitividade com o lançamento do sistema direcional traseiro Unitrack®, que permite manobras mais rápidas e precisas com menor raio de giro, proporcionando maior rendimento operacional e reduzindo o amassamento na manobra em até 40%, contribuindo também para uma adubação com mais qualidade.

Novos Bicos para manejo de plantas daninhas: lançamentos no Show Rural Coopavel, os bicos Jacto JMD e Jacto TTI tem como objetivo ampliar a opção de tecnologia de aplicação para diminuição de deriva, complementando o portfólio de bicos. O Jacto JMD possui ângulo de 130º, com tamanho de gotas na classe das extremamente grossas e ultra grossas, o que colabora com a máxima redução de deriva. Já o Jacto TTI é um bico de indução de ar que possui ângulo de 110º e ainda um ângulo de 15º de avanço, características que colaboram para obter eficiência no processo de pulverização. Também possui gotas extremamente grossas e ultra grossas, em pressões mais baixas, com o principal objetivo de atender às boas práticas no manejo de plantas daninhas.

Sistema Multicontrol: agricultura de precisão para linha tratorizada: oferecer mais tecnologia para o pequeno e médio produtor, com custo acessível e que possibilite eficiência e produtividade. Este é um constante desafio para a Jacto que lança o novo sistema de aplicação Multicontrol para os modelos Condor 800 AM 18 e Advance 3000 AM 24. O sistema possui tecnologias semelhantes às já existentes nos pulverizadores automotrizes, além do Omni 700, que une as principais funções de agricultura de precisão e vão proporcionar o aumento do conforto, segurança e praticidade das operações, uma vez que integra todos os recursos em um único display touch screen, com fácil acesso dentro da cabine do trator.

OtmisNet: a solução OtmisNET de telemetria da Jacto tem o diferencial de ser multimarcas, podendo ser usada para plantio, pulverização, adubação, colheita e preparo do solo, independente do fabricante da máquina. Assim, o produtor rural ou o gestor agrícola acompanha em tempo real todo o processo produtivo e a solução, com o suporte da conectividade, permite a identificação e intervenção de forma ágil no momento em que as falhas estão acontecendo.

Jacto Talks On the Road: depois do sucesso do Jacto Talks, que reuniu na sede da empresa um grupo de influenciadores digitais do agronegócio, o projeto pega estrada e terá um espaço e uma programação específica durante as grandes feiras que a empresa participará. A estreia do projeto on the road será durante o Show Rural Coopavel. O objetivo é discutir assuntos, tendências e novidades relacionados ao setor e formas de se comunicar e potencializar informações sobre o segmento. A programação está disponível no site http://www.jacto.com.

Servindo a quem faz o futuro: tecnologia, qualificação, responsabilidade, eficiência, produtividade, sustentabilidade e compromisso. Essas são as palavras que conectam produtores rurais em diferentes partes do mundo quando questionados sobre o que pensam a respeito do cenário futuro da atividade agrícola. As falas, colhidas em países como Rússia, Ucrânia, Paraguai, Argentina e Brasil, tem rosto e tem voz: são produtores rurais convidados pela Jacto, e que ilustram a campanha institucional da empresa para o ano de 2020. Com o tema central “Servindo a quem faz o futuro”, serão trabalhados ao longo do ano as mensagens desses próprios agricultores como forma de promover uma reflexão sobre a agricultura no futuro, seus desafios, resultados e sobretudo, compromisso com uma produção sustentável.

Fonte: Assessoria da Jacto
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =

Empresas Saúde Animal

Resultados globais da Boehringer Ingelheim mostram crescimento da divisão de Saúde Animal no 1º semestre

Mesmo com a pandemia que afetou os mercados globais, a divisão registrou alta em relação ao primeiro semestre de 2019; as vendas líquidas globais atingiram 2,2 bilhões de euros

Publicado em

em

Um dos destaques no resultado da companhia foi que as vendas líquidas da vacina Ingelvac® CircoFLEXFoto: Divulgação

A divisão de Saúde Animal da Boehringer Ingelheim registrou vendas líquidas globais de 2,2 bilhões de euros no primeiro semestre de 2020. Esse montante, considerando correção do câmbio, representa um crescimento de 4,2% em relação a igual período do ano passado, quando a receita bateu 2,1 bilhões de euros. De forma geral, considerando as outras áreas, a empresa divulgou em 3 de agosto os seus resultados financeiros globais, com vendas líquidas de 9,7 bilhões de euros nos seis primeiros meses do ano, uma quantia que, corrigida pelo câmbio, equivale a um crescimento de 4,4% sobre o mesmo período de 2019 (9,3 bilhões).

O antiparasitário para cães NexGard® permaneceu como o produto mais vendido do período, com vendas líquidas de 446 milhões de euros, uma alta de 12,2% em relação a igual período do ano passado (395 milhões de euros), considerando a variação cambial. Outro destaque no resultado da companhia foi que as vendas líquidas da vacina Ingelvac® CircoFLEX, que previne e controla doenças associadas ao circovírus suíno, se recuperaram no primeiro semestre e bateram em 127 milhões de euros, crescendo 9,9% em base monetária em relação ao ano anterior (117 milhões de euros), quando estava sob pressão devido ao surto de Peste Suína Africana em diversos países asiáticos, principalmente na China.

 

 

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

O sentimento de pertencer

Publicado em

em

Ana Avelar - diretora de RH da Zoetis no Brasil. - Fotos: Divulgação

Por Ana Avelar*

Pertencimento é uma das necessidades humanas mais importantes. Como seres gregários que somos, queremos fazer parte de grupos, famílias, times, partidos… e muito do que fazemos é para satisfazer essa necessidade. É só olhar ao redor – seguimos tradições familiares, cantamos o hino do coração, defendemos ideias políticas, adotamos hábitos parecidos aos de nossos amigos, vestimos a camisa da empresa.

Vivemos um momento único, repleto de dúvidas e de incertezas, um tempo em que o distanciamento social é regra para todos. Como companhia global, a Zoetis já se encontrava em um processo evolutivo de comunicação digital e instantânea que, com a pandemia, foi acelerado – o que fez com que continuássemos nossas operações e atendêssemos aos nossos clientes com a mesma excelência.

Como líder de Recursos Humanos, eu me senti suportada pela companhia quando a situação de pandemia foi anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e nossa CEO global, Krinstin Peck, prontamente se manifestou colocando as pessoas no centro de tudo. Essa sensação de presença nos traz ‘pertencimento e foi pensando nisso e também em dar continuidade ao planejamento do ano que nos apoiamos em alguns pilares – comunicação interna forte, transparência, reconhecimento, cuidado com a nova rotina e com a saúde mental das pessoas.

Realizamos pesquisas internas, implantamos planos de carreira, desenvolvemos um projeto de mentoria estruturado, recrutamento e integração de novos funcionários, promovemos happy hours virtuais, ações com pets, continuamos com nossas aulas de ioga, entre outras ações. Observamos que, mesmo com todos os desafios, esse novo modo de trabalho propiciou maior compartilhamento de informações e maior integração entre as áreas da empresa.

De olho nesse movimento, entendo que cada um de nossos colegas, além de cuidarem de sua saúde e da de seus familiares, orientou-se para adotar medidas em benefício do coletivo, com atenção a seus pares, fornecedores e clientes.

Felizmente, atuamos em uma área considerada essencial, que é a de garantir a saúde e o bem-estar de animais de produção e de companhia. E esse propósito se tornou ainda mais relevante nesta situação de crise, já que, com o trabalho e o esforço de cada um, torna-se possível alimentos saudáveis e seguros estarem nas mesas dos lares brasileiros e os animais de estimação continuarem a ser cuidados por seus tutores.

Com esse fio condutor, entendemos ser parte não só de uma companhia, mas de uma engrenagem muito maior que nos inspira, nos move e nos direciona.

* Diretora de RH da Zoetis no Brasil.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Grãos

Bayer lança dois novos híbridos de milho com foco no mercado de alta produtividade da região sul do país

Em fase de pré-lançamento no Brasil, os produtos chegam ao mercado em julho de 2020 por meio das marcas de sementes Agroceres e Dekalb

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Este ano, o Brasil registrou crescimento recorde da produção de grãos, alcançando a marca de 250,5 milhões de toneladas, o que segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), representa 8,5 milhões de toneladas a mais do que a safra de 2018/2019. Falando especificamente da cultura do milho, (somadas todas as safras), o país chegou a superar os 100 milhões de toneladas com uma área de 18,5 milhões hectares.

“O crescimento expressivo da produção de grãos e seus consecutivos recordes são resultados de constantes investimentos dos produtores brasileiros em novas tecnologias. Este é um dos motivos pelos quais a Bayer está apresentando ao mercado o pré-lançamento de dois híbridos das marcas de sementes Agroceres e Dekalb. As novidades, que foram desenvolvidas especialmente para a região sul do Brasil, estarão disponíveis no mercado para a safra verão 2020/2021”, explica o gerente de produto para milho da Bayer, Danilo Pereira.

A Sementes Agroceres tem como destaque o AG9021PRO3®, híbrido de ciclo hiperprecoce, que complementa as soluções da marca para os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A novidade chama a atenção por sua capacidade de ampliar a rentabilidade do agricultor, devido ao seu altíssimo potencial produtivo, aliado à hiperprecodidade de ciclo.

Já a marca Dekalb, realiza o pré-lançamento do híbrido DKB235PRO3®, que associa ciclo rápido e produtividade. Seu alto potencial produtivo aliado à sanidade foliar, elevam o híbrido a um nível superior em termos de produtividade, fortalecendo, assim, o portfólio da Dekalb na região sul do Brasil.

Cerca de 400 produtores terão o privilégio de testar o DKB235PRO3®. Já o AG9021PRO3® será testado por cerca de 200 agricultores.

Além destes dois produtos, que ainda não tiveram lançamento comercial, a Agroeste aposta no novo híbrido AS1868PRO3® para a região sul do Brasil, que já foi testado na safra passada e que demonstrou altíssimo potencial produtivo, excelente perfil defensivo para as principais doenças foliares e boa tolerância ao complexo de enfezamento.

Os produtos chegam ao mercado com a tecnologia VT PRO3®, a primeira que auxilia na proteção da raiz do milho contra ataques da Diabrotica speciosa (larva-alfinete) e na proteção até a espiga contra ataques de lagartas da parte aérea, além de ser tolerante ao glifosato e proporcionar maior flexibilidade no manejo de plantas daninhas. “O produtor brasileiro é o nosso grande parceiro e sabe que os híbridos da Bayer entregam diversos benefícios a ele, especialmente o potencial aumento de produtividade”, explica Pereira. “Investimos em pesquisa e desenvolvimento para entregar um portfólio de híbridos de milho com excelentes resultados”, ressalta o especialista.

Além dos híbridos mencionados, tanto a marca Dekalb quanto a Sementes Agroceres e Agroeste colocam à disposição do produtor híbridos de RefúgioMax, marca de sementes ideal e exclusiva para o plantio de refúgio de milho. “Sempre reforçamos com o agricultor a importância da prática de Manejo Integrado de Pragas (MIP) para preservar os benefícios da biotecnologia. E um dos principais pilares para essa preservação é a implementação do refúgio estruturado, que ajuda a reduzir a população de insetos resistentes e, assim, visa a proteção do potencial de produtividade da lavoura”, acrescenta Pereira.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.