Conectado com

Notícias Suinocultura

Castrolanda investe em bem-estar animal para gerar mais produtividade e desempenho

O compromisso com a transformação faz parte do DNA da Castrolanda

Publicado em

em

UPL II, em Piraí do Sul/PR, foi construída para atender todas as demandas que o mercado exige.-Fotos: Divulgação

A suinocultura brasileira teve saldo positivo no ano de 2019. Para 2020 o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) prevê alta de 2,4% do crescimento do produto interno bruto (PIB) do setor agropecuário. No caso da pecuária, principalmente na produção de suínos, com projeção de alta de 3,9%. Estas mudanças já foram sentidas em comparação ao mesmo período do ano anterior, com registro de alta nos preços da tonelada e no volume.

O bem-estar animal é uma realidade na atividades desempenhadas no setor de suinocultura da Cooperativa Castrolanda.

Estes aumentos também são relacionados a boa sanidade, foco com o bem-estar animal e a industrialização dentro das granjas no Brasil. Para a Castrolanda estes procedimentos são uma realidade, a nova estrutura da Unidade de Produção de Leitões (UPL II), em Piraí do Sul/PR, foi construída para atender todas as demandas que o mercado exige.

Em pleno funcionamento desde setembro de 2019, a UPL II completou seu primeiro ciclo no final do mês de junho, período em que todos os leitões foram entregues aos produtores da Cooperativa. Segundo o Supervisor de Produção da Unidade, Jackson Pereira, a nova estrutura traz modernidade para todos os elos da cadeia.  “Na UPL II são 6500 criadeiras e toda a unidade foi pensada a partir das normativas de bem-estar animal”, afirma.

No novo projeto o objetivo é atender todos os requisitos sem pecar na qualidade e produtividade. “Prezamos sempre pela qualidade do leitão entregue, que leva em conta a saúde, idade e peso. Precisamos de um controle bem grande em questões de higiene da instalação, vazio sanitário, vacinações dos leitões e criadeiras. É um elo entre manejo, sanidade e nutrição, os três devem estar equilibrados”, destaca o Supervisor de Produção da Unidade, Jackson Pereira.

A tecnologia é uma aliada ao bem-estar animal. O Coordenador de Produção, Euler Kiefer, explica sobre os investimentos na UPL II. “A Cooperativa prioriza o bem-estar animal em primeiro lugar, com isso alcançamos maior qualidade da carcaça. Os animais que não passam pelo processo de estresse conseguem demonstrar um maior potencial zootécnico e como consequência um destaque em desempenho e qualidade”. Euler enfatiza que as principais melhorias foram com relação aos alojamentos de fêmeas prenhas em baias coletivas, climatização da barracões com telhas isotérmicas e cortinas automatizadas, utilização de pisos 100% vazados nas creches, além de alta disponibilidade de comedouros e bebedouros por animal.

“Estamos sempre atentos ao mercado e inovações, todos os equipamentos se destacam por tecnologias inovadoras, que atendam todas as necessidades de manejo e possuam retorno sobre o investimento. Tudo foi construído e pensado em benefício aos animais e ao retorno que a produção tem”, afirma o Coordenador.

 

Custo x Produtividade

A UPL I, em Castro/PR, é uma das granjas de suínos mais otimizadas do país, sendo reconhecida diversas vezes pelo seu trabalho. Em 2017 recebeu o 3º lugar na categoria granjas com mais de 3000 matrizes no prêmio ‘Melhores da Suinocultura – 9ª edição Agriness’.

“Buscamos sempre estar atentos as evoluções da cadeia, pois hoje a suinocultura é trabalhada com muito custo, então o que você conseguir economizar é sempre lucro. Procuramos manter as nossas marcas sem pecar na qualidade da produção. O maior impacto no custo, com certeza é a ração, chega a quase 70%, depois medicamento, com relação a sanidade e por último a mão de obra”, comenta Jackson.

Para Euler, a tecnologia é uma questão diretamente relacionada a produtividade, desde os cochos, bebedouros e pisos, até a automação de cortinas. “Podemos exemplificar onde animais terminados oriundos de uma mesma origem possuem resultados divergentes na fase de terminação. Pode se observar uma variação de até 300 gramas na conversão alimentar, esses resultados estão atrelados a um bom manejo, assim como estrutura e equipamentos”, explica.

De dentro das granjas os produtores também investem nestas mudanças para entregar produtos com mais qualidade. O Suinocultor Armando Rabbers traz a perspectiva de investimentos e mudanças de processo.

“Prezamos sempre para o vazio sanitário o que nos ajuda no controle e evita muitos problemas com relação a sanidade. Procuramos sempre respeitar a lotação adequada para evitar o estresse desses animais, temos muito cuidado no carregamento e ao descarregar. Todos estes detalhes influenciam no produto, na qualidade da carne e na parte financeira da granja”, confirma o produtor.

Sobre a Castrolanda

O compromisso com a transformação faz parte do DNA da Castrolanda. Uma cooperativa que transforma vidas, negócios e a comunidade ao redor. Com 68 anos de história, a Cooperativa Castrolanda é formada por mais de 1100 cooperados no Estado do Paraná e interior de São Paulo.

Com 3,5 bilhões de reais de faturamento e aproximadamente 3500 colaboradores, possui unidades de negócios divididas em operações agrícola, carnes, leite, batata e administração e industrial – carnes, leite, batata e cerveja.

O objetivo das áreas de negócio é coordenar, desenvolver e fomentar as atividades dos cooperados, seguir presente em todos os elos da cadeia produtiva, agregar valor através das indústrias e crescer com sustentabilidade.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 9 =

Notícias Suinocultura

Nucleovet lança campanha de arrecadação de carne suína durante o PIG MEETING

Durante o PIG METING serão anunciados os doadores e parceiros que apoiam a campanha “Proteína Animal – Do Passado ao Futuro”

Publicado em

em

Divulgação

Como parte da campanha “Proteína Animal – Do Passado ao Futuro”, que destaca os benefícios do consumo de proteína animal, o Nucleovet convidou agroindústrias e empresas do setor a doarem carne suína para entidades beneficentes

Durante o PIG METING no dia 14 de outubro, serão anunciados os doadores e parceiros que apoiam a campanha “Proteína Animal – Do Passado ao Futuro”. O NUCLEOVET convidou agroindústrias e empresas do setor a colaborarem doando carne suína para entidades beneficentes, uma ação de incentivo ao consumo. A arrecadação e a entrega será feita pelos voluntários do Nucleovet, destacando a empresa doadora.

A nova realidade de retomada das atividades após o isolamento social, com  a gradual  reabertura  de bares, de restaurantes e hotéis, levou  o setor de proteínas a repensar cortes, pratos e estratégias para conquistar a mesa desse consumidor que foi impactado social e economicamente.  Pensando nesse cenário que a entidade tomou à frente da campanha para valorizar a proteína animal brasileira. “Essa campanha – Proteína Animal – Do Passado ao Futuro, resgata um pouco da história da evolução do homem e o consumo de proteínas, fatores de aumento de consumo, informações nutricionais e receitas. Para isso envolvemos  entidades parceiras, universidades e mídias sobre a importância do consumo de proteína animal. E agora no PIG MEETING faremos uma ação de motivar e promover a arrecadação”, detalha Lucas Piroca, vice-presidente do Nucleovet.

A entidade que há mais de 20 anos realiza simpósios técnicos focados na difusão de conhecimento, reunindo especialistas e profissionais da cadeia produtiva, realizará a primeira edição virtual com o PIG MEETING, evento que vai reunir especialista em painéis sobre Biosseguridade e Mercados.

Luiz Carlos Giongo, presidente do NUCLEOVET, destaca a o objetivo da campanha de envolver o consumidor com informações embasadas em ciência “O Nucleovet, através dos seus simpósios Brasil Sul de Avicultura, Suinocultura e Bovinocultura de Leite, reúne há mais de 20 anos especialistas que discutem nutrição, sanidade e qualidade da proteína animal produzida nas nossas granjas e agroindústrias. Agora queremos estar engajados também virtualmente  com essa cadeia de produção e levar ao grande público consumidor informações de qualidade, tendo como fontes médicos, nutricionistas, veterinários, agrônomos e zootecnistas. Vamos aproveitar o PIG MEETING para marcar essa ação de solidariedade”.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Suinocultura

PIG MEETING discute Biosseguridade e Mercado em evento digital

O segundo lote de inscrições encerra no dia 30 de setembro quarta feira com valores diferenciados

Publicado em

em

Divulgação

Para responder aos desafios de 2020 e ir  além, o Nucleovet  se converteu em uma plataforma de difusão de conhecimento com o evento técnico híbrido PIG MEETING, que será realizado no dia 14 de outubro das 13h30 até às 18h. “Em um mundo lotado de conteúdos online e muitas dúvidas, lançamos o PIG MEETING, mantendo nosso DNA: uma comissão organizadora que conhece profundamente os desafios e oportunidades do setor, por isso criamos, sob medida,  dois painéis com conteúdos mais relevantes, instigantes e inspiradores – de saúde mental a transformação digital, do novo papel do profissional da suinocultura  nos  cenários sanitário e econômico, de inovação a estratégia” destaca Luiz Carlos Giongo, presidente do Nucleovet.

A abertura do evento será as 13h30 com o Filósofo, escritor, educador e professor universitário com Mestrado e Doutorado em Educação  Mario Sérgio Cortella com a  palestra “Cenários Turbulentos; Mudanças Velozes”. Inscrições  até 30 de setembro tem o valor de R$140 para profissionais e R$100 para estudantes e associados e cada inscrito receberá de brinde uma caneta premium da cobiçada marca Crown.

O evento conta com o apoio de entidades do setor de proteína animal, como ABPA – Associação Brasileira de Proteína Animal, ICASA – Instituto Catarinense de Sanidade Animal, SOMEVESC – Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária, ACCS – Associação Catarinense de Suinocultura, EPAGRI, UNOESC – Xanxerê, ABRAVES – PR, UDESC ,  Mercado Brasilis, IFC e Sindirações. Entre as empresas patrocinadoras Diamante estão DSM, Vetanco, MSD e Agroceres PIC.

Na programação técnica o Painel Ambiência reúne o Médico Veterinária pela Universidade Autònoma de Barcelona –  Espanha e  Mestrado em Sanidade e Produção de Suínos Miquel Collell  com o tema “Ambiência na produção de suínos e como isso pode prejudicar o desenvolvimento dos animais: Desafios e Oportunidades”.  Collel  é Diretor Técnico Global de Suínos na MSD. A palestra terá tradução simultânea  para português.

Na sequência  a Engenheira Agrônoma, especializada em Engenharia de Construções Rurais, especialista em Ambiencia e Zoootecnia de precisão para suinocultura Daniella Jorge de Moura apresenta “Novas tecnologias aplicadas ao controle ambiental na produção de suínos”. Como moderador no Painel Ambiência, o Médico Veterinário Tiago Mores.

Na segunda parte da programação, o Painel Biosseguridade e Mercado reúne o Médico Veterinário  e PhD em Nutrição de Suínos  Francisco Domingues  – Head of Swine Operation at Japfa Comfeed Vietnam que vai abordar “Peste Suína Africana sob o ponto de vista prático: o que aconteceu e qual será o futuro na produção de suínos” e   Wagner Hiroshi Yanaguizawa – Analista Rabobank com o tema “O que esperar do mercado mundial de carnes com a Peste Suína Africana?”. O Engenheiro Agrônomo Yanaguizawa atuou como analista de inteligência de mercado da ABIEC (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes) responsável pelos levantamentos, análise e elaboração dos relatórios periódicos do setor, antes de assumir a cadeira de Analista de Proteína Animal do Rabobank. Com sede em Utrecht, na Holanda, o Rabobank é um banco de origens cooperativas que se consolidou como um importante financiador de empresas do setor de alimentos e agronegócio. Com forte atuação global e presente em 40 países, o Rabobank conecta mercados produtores e consumidores das principais commodities agrícolas em todas as fases de produção: dos insumos à produção e estocagem, processamento, exportação e varejo. O moderador será o Médico Veterinário Alessandro Crivellaro.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Expointer

Secretaria da Agricultura do RS lança Radiografia da Agropecuária Gaúcha 2020

Levantamento reúne números da agricultura no Rio Grande do Sul e destaca a importância do setor na geração de emprego e renda

Publicado em

em

Divulgação

O potencial do agronegócio foi destaque no primeiro dia da Expointer Digital 2020 com o lançamento Radiografia da Agropecuária Gaúcha 2020. A publicação on-line produzida pelo Departamento de Políticas Agrícolas e Desenvolvimento Rural da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) foi apresentada pelo secretário Covatti Filho no sábado (26).

O levantamento reúne números da agricultura no Rio Grande do Sul e destaca a importância do setor na geração de emprego e renda. “O estudo também tem conteúdo técnico para delinear novas políticas públicas e aperfeiçoar as existentes”, afirma Covatti Filho.

Ainda de acordo com o secretário, no ranking nacional o RS se destaca na liderança em produção, tecnologia e geração de receita, em diversas áreas do agronegócio. “Há um grande potencial para expandir as culturas agrícolas mais recentes, aprimorando os processos mais tradicionais e buscando solucionar os entraves que ainda dificultam a vida do produtor”.

Conforme o secretário, o relatório reconhece e demonstra a relevância da cadeia agropecuária no Estado, que passa pelas propriedades rurais, comércio e indústrias vinculadas à atividade rural, sendo responsável pela geração de 40% da riqueza gaúcha.

“Na Secretaria da Agricultura, reconhecemos esta importância com os espaços das Câmaras Setoriais. Em cada uma delas, discutimos, com as entidades representativas do setor, políticas públicas voltadas para eles. Esse fórum de discussão é fundamental e ocorre de forma mensal”, complementa.

O diretor do Departamento de Políticas Agrícolas e Desenvolvimento Rural, Ivan Bonetti, informa que a pesquisa foi feita com coleta de informações relativas à safra 2019/2020 e, em alguns casos, 2018, junto a diversos órgãos oficiais e privados que desenvolvem levantamentos de dados agropecuários.

“O trabalho reúne 28 dos principais segmentos agrícolas, detalhando dados como área colhida, produção, receita agropecuária, número de produtores, valores de exportação e principais destinos, participação na produção nacional e nas exportações do agro gaúcho, além do número de municípios produtores, destacando sua escala”, acrescenta Bonetti.

A radiografia aponta que a riqueza total do Estado (PIB 2019) foi de R$ 480 bilhões; a receita das propriedades agropecuárias chegou a R$ 67 bilhões (14% do PIB) e a receita do agronegócio (lavoura, pecuária, serviços e indústrias) foi de R$ 192 bilhões (40% do PIB).

Com base no valor bruto de produção, os principais produtos agropecuários gaúchos são soja (36%), frango (13%), arroz (11%) e bovinos (7%). Principal produto, a soja ocupa área de 5,96 milhões de hectares, tem produção de 10,69 milhões de toneladas e valor bruto de produção de R$ 16,9 bilhões, conforme dados na Radiografia.

A Expointer Digital 2020 – em razão da pandemia de coronovírus – é realizada sem a presença de público. Mas toda a programação realizada no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, pode ser acompanhada em quatro canais de transmissão no site da feira.

A única presença de público externo é permitida para compras na Feira da Agricultura Familiar. O ingresso no parque, sem custo, é permitido apenas de carro, com motorista e passageiros usando máscaras, para acessar o drive-thru no pavilhão da Agricultura Familiar. O horário de funcionamento é das 10h às 20h. Os produtos disponíveis para retirada no parque podem ser consultados em www.expointer.rs.gov.br/drive-thru.

A Expointer Digital 2020 começou no sábado (26) e segue até domingo (04). O tradicional Desfile de Campeões, sem público externo nas arquibancadas, apenas com autoridades, como a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e integrantes de entidades organizadoras da feira, será na sexta-feira (02).

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.