Conectado com

Empresas

BASF assina acordo para aquisição de negócios adicionais e ativos da Bayer relativos a sementes e proteção de cultivos

Transação representa complemento do portfólio de soluções para agricultura da BASF e maior oferta para os produtores

Publicado em

em

 

Além do acordo assinado em outubro de 2017, a BASF assinou um acordo para a aquisição de negócios e ativos adicionais que a Bayer colocou à venda no contexto de sua planejada aquisição da Monsanto. O incremento do escopo inclui:

  • Todo o negócio de sementes de hortaliças da Bayer que opera sob a marca global Nunhems®;
  • Produtos para tratamento de sementes vendidos sob as marcas Poncho®, VOTiVO®, COPeO® e ILeVO®;
  • A plataforma de P&D para trigo híbrido;
  • E a moderna e completa plataforma para agricultura digital xarvioTM.

A transação também inclui o negócio de colza oleaginosa da Bayer na Austrália; alguns herbicidas à base de glifosato na Europa, usados predominantemente para aplicações industriais; a pesquisa do híbrido de canola juncea e certos projetos de pesquisa de herbicidas não-seletivos e nematicidas.

O preço de compra em espécie dos negócios e ativos adicionais que a BASF concordou em adquirir é de €1,7 bilhão, sujeito a ajustes na conclusão da transação. Para o ano de 2017, as vendas desses negócios totalizaram aproximadamente € 745 milhões.

Esta aquisição complementa o acordo assinado entre a BASF e a Bayer em 13 de outubro de 2017, que envolve a aquisição do negócio global de glufosinato de amônio e de herbicida não seletivo da Bayer; negócios de sementes para culturas chaves em mercados selecionados e pesquisa de traits e capacidades de melhoramento para essas culturas, juntamente com a marca comercial e trait LibertyLink®.Tais negócios geraram vendas de €1,5 bilhão em 2017. O preço de compra em espécie para essa transação anterior é de €5,9 bilhões, sujeito a ajustes na conclusão.

Ambas as transações, com vendas combinadas de €2,2 bilhões em 2017 e €2,0 bilhões em 2016 complementam as atividades de biotecnologia e o negócio de proteção de cultivos da BASF, adicionando novos recursos e oportunidades de crescimento lucrativo e inovação. O preço de compra em espécie para a aquisição integrada é de €7,6 bilhões, sujeito a ajustes na conclusão da transação. Em 2016, os negócios combinados geraram um EBITDA de €550 milhões (numa base ajustada).

“Com essa aquisição, a BASF irá se tornar um parceiro ainda melhor para os produtores, fortalecendo seu portfólio de proteção de cultivos e entrando no negócio de sementes nos principais mercados agrícolas. Através do incremento do escopo, estamos acelerando e ampliando a base para o crescimento em todas as regiões”, explicou o Dr. Kurt Bock, Presidente do Conselho Administrativo da BASF SE.

"Este é outro marco importante que molda o futuro da BASF na agricultura, e esperamos que os novos colegas se unam à equipe e desempenhem um papel ativo no nosso crescimento futuro", disse Saori Dubourg, membro do Conselho Administrativo da BASF SE e responsável pelo segmento de Soluções para a Agricultura. "Nossos clientes irão se beneficiar de uma oferta equilibrada e realmente inovadora que lhes dará uma escolha real, ajudando a desenvolver seus negócios com sucesso", acrescentou Dubourg.

“Com o incremento do portfólio em sementes e traits, proteção química e biológica de cultivos, solo e fitossanidade, e aplicações em agricultura digital, teremos ainda mais ferramentas para dar apoio aos produtores”, explicou Markus Heldt, Presidente da Divisão de Proteção de Cultivos da BASF. “Quando essas transações forem concluídas, teremos mais de 12.000 colaboradores experientes trabalhando com a agricultura, conectando o pensamento inovador com ações práticas que visam ajudar nossos clientes a aumentar sua produtividade, qualidade das culturas e lucratividade”, concluiu Heldt.

Todas as transações dependem da conclusão da aquisição da Monsanto pela Bayer, esperada para o segundo trimestre de 2018. A aquisição dos negócios e ativos oferecidos a BASF pela Bayer, dado o contexto de sua planejada aquisição da Monsanto, continua sujeita à aprovação das autoridades reguladoras competentes.

 

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =

Empresas Leite

Primeiro leite A2 de caixinha disponível no mercado traz selo que garante rastreabilidade

Piracanjuba amplia opções de quem tem problemas para digerir lácteos e mostra preocupação com a segurança do alimento

Publicado em

em

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A Piracanjuba acaba de lançar o primeiro Leite A2 de caixinha do mercado. A novidade, apresentada durante a APAS SHOW 2022, traz todos os benefícios do leite convencional, mas é proveniente de vacas que não produzem a caseína A1, apenas a A2 (proteínas), que proporciona para esse alimento, uma melhor digestibilidade. Além disso, o produto carrega o selo VACAS A2A2, da Integral Certificações, que garante toda a rastreabilidade do processo produtivo até a mesa do consumidor.

“Esse leite tem tudo que os outros leites têm, com exceção de uma única proteína, a caseina A1, por isso é um leite naturalmente mais fácil de digerir. Ele vem atender um nicho da população que não é alérgico à proteína do leite de vaca e nem intolerante à lactose, mas que ainda sim, sente dificuldade em digerir o leite e seus derivados convencionais. Com o lançamento do primeiro leite UHT A2 do mercado, a Piracanjuba sai na frente e vai ao encontro dos anseios do mercado consumidor, oferecendo mais um produto de alta qualidade”, comenta a CEO do Grupo Integral, Flávia Pontes.

A médica-veterinária, doutora em Produtividade e Qualidade Animal e diretora da Integral Certificações, empresa que atua nesse ramo para produtos de origem animal, Helena Karsburg explica que quando o consumidor vê o selo da Integral Certificações, ele está comprando a garantia de um produto com controle de origem e rastreabilidade. “Além do próprio processo de UHT que a empresa está oferecendo, ainda há a chancela de um programa independente, que tem certificações de terceira parte e que garante toda rastreabilidade para garantir que não haja mistura com o leite convencional. Estamos muito felizes e com uma expectativa enorme de que novos mercados se abram e que tenhamos outros produtos certificados para oferecer ao consumidor”.

“A Piracanjuba tem um DNA de inovação e o leite A2 é um segmento novo que nós entendemos que tem um potencial de crescimento para atender uma parcela que hoje talvez não consuma leite porque sente algum desconforto e nós estamos aqui para trazê-lo novamente para consumir lácteos. Entendemos também que certificar que aquele leite que está entrando na caixinha é realmente A2, agrega muito para o leite e para imagem da nossa marca, então é muito importante possuir a certificação”, comenta a Gerente de Marketing da Piracanjuba, Lisiane Campos.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

Boehringer Ingelheim promove bate-papo com especialistas em Salmoneloses em suínos

Publicado em

em

O debate contou com as presenças do Dr. Roberto Guedes (UFMG), Dra. Jalusa Kich (Embrapa) e o Dr. Fernando Leite, executivo da Boehringer Ingelheim EUA.

A divisão de Suínos da Boehringer Ingelheim promoveu um bate-papo entre especialistas em Salmoneloses em suínos com o intuito de analisar as melhores práticas de prevenção, combate às doenças causadas por esses agentes patógenos e garantia de bem-estar animal, além de trazer à tona a importância de cuidados para a manutenção da saúde pública. O debate contou com as presenças do Dr. Roberto Guedes (UFMG), Dra. Jalusa Kich (Embrapa) e o Dr. Fernando Leite, executivo da Boehringer Ingelheim EUA.

Os convidados fizeram um comparativo das formas prevalentes de Salmoneloses no Brasil e nos Estados Unidos, das boas práticas, dos desafios recorrentes e como prevenir surtos nas propriedades, para evitar perda de produtividade e rentabilidade. Outro assunto de destaque foi a importância do uso racional de antimicrobianos para evitar resistência contínua de bactérias que podem influenciar na saúde pública mundial.

De acordo com o diretor da área de Aves e Suínos da Boehringer Ingelheim, Abílio Alessandri, é fundamental promover encontros deste tipo para promover as melhores práticas e analisar ideias que possam fortalecer a suinocultura brasileira como um todo: “Nós fazemos parte da cadeia de produção de proteína animal, oferecendo aos produtores brasileiros soluções inovadoras que combatem as principais enfermidades que afetam os suínos”, diz. “É fundamental que a carne suína brasileira ofereça segurança alimentar a todos os consumidores”, conclui, lembrando o conceito de ‘Saúde Única’, onde animais saudáveis são fundamentais para humanos saudáveis.

 

Solução para Salmoneloses em suínos

O Dr. Fernando Leite recordou que a Boehringer Ingelheim disponibiliza em alguns países, entre eles os Estados Unidos, a vacina Enterisol® Salmonella T/C, de apenas uma dose e única vacina de Salmonella suína de duplo antígeno para proteção contra Choleraesuis, Typhimurium e monofásicas.

Continue Lendo

Empresas

Vetanco é patrocinadora do Congresso IPVS 2022

O IPVS 2022 acontece de 21 a 24 de junho, no Rio de Janeiro, em uma realização da Associação Brasileira dos Veterinários Especialistas em Suínos (Abraves)

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Considerado o mais importante evento científico da suinocultura mundial, o 26º Congresso IPVS 2022 tem o patrocínio da Vetanco, laboratório veterinário internacional que há 35 anos desenvolve, fabrica e comercializa produtos inovadores para a saúde e produção animal.

“O IPVS é um dos eventos de maior relevância para o setor de suinocultura e não poderia ser diferente para a Vetanco, pois somos uma empresa com participação ativa e importante neste mercado. Para nós é fundamental estarmos presentes nesse evento, reforçando a nossa marca e podendo reencontrarmos nossos clientes”, comenta o Diretor Técnico/Comercial da Vetanco, Tiago Urbano.

O IPVS 2022 acontece de 21 a 24 de junho, no Rio de Janeiro, em uma realização da Associação Brasileira dos Veterinários Especialistas em Suínos (Abraves). O Congresso reunirá os maiores especialistas mundiais em sanidade, bem-estar animal, nutrição e reprodução, criando um ambiente para troca de conhecimentos e experiências.

“Além de oferecer a estrutura de uma feira de negócios através dos estandes, onde as empresas têm a oportunidade de apresentar novidades, tendências e atualizações, o IPVS conta com um congresso extremamente técnico, que oferece e agrega muito conhecimento e informação técnica atualizada para o setor como um todo”, complementa Urbano sobre o Congresso IPVS.

O Gerente Comercial – Suínos da Vetanco, Lucas Piroca, menciona a participação da Vetanco no IPVS 2022 em parceria com a Dr. Bata, que juntas deram origem à BV Science. “Vamos mostrar a nova planta industrial para produção de aditivos que teremos em Chapecó e, sem dúvida, será um momento de encontro, de troca de informações, de realização de negócios e momento da Vetanco poder mostrar todo o seu valor tanto para a suinocultura brasileira quanto para a suinocultura global”, frisa Lucas.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
ANPARIO 2021

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.