Conectado com
FACE

Notícias Embrapa

14ª JINC tem palestra e apresentação de trabalhos de maneira online

Com o tema “Inteligência Artificial: A Nova Fronteira da Ciência Brasileira”, a Jinc terá transmissão pelo YouTube

Publicado em

em

Divulgação

Na quarta-feira (21) ocorre a 14ª Jornada de Iniciação Científica – Jinc num formato inovador: será online, desde a palestra de abertura até a apresentação dos trabalhos em forma de pôster e oral. Com o tema “Inteligência Artificial: A Nova Fronteira da Ciência Brasileira”, a Jinc terá transmissão pelo YouTube, a partir das 19 horas, no espaço virtual da Universidade do Contestado (UnC), no link https://www.youtube.com/watch?v=vOcJ8T18cl0

Logo após a abertura oficial, às 19h30, os participantes assistirão a palestra do Dr. Andrey Kuehlkamp, pesquisador associado da Universidade de Notredame – Indiana – Estados Unidos, que vai abordar o tema do evento, Inteligência Artificial, além de assuntos como visão computacional e machine learning.

Em seguida, às 20h30, iniciarão as apresentações orais dos trabalhos selecionados. Serão abertas salas virtuais, de acordo com as áreas inscritas, onde os estudantes terão 10 minutos para apresentar o trabalho, com discussão ao final. Cada sala terá cinco trabalhos sendo apresentados, com moderação de um profissional.

A sala de Ciências Biológicas e Engenharia (CBE) terá como moderadora a pesquisadora Ana Paula Bastos e poderá ser acessada das 20h30 às 21h15, pelo link https://meet.google.com/ftf-ezyh-huf.

Na sala de Ciências Sociais Aplicadas e Ciências da Saúde (CSA/CS) a moderação será da professora da UnC Elisete Ana Barp, também das 20h30 às 21h45, pelo link https://meet.google.com/pmd-efqm-png.

A pesquisadora da Embrapa Suínos e Aves Estela Nunes será a moderadora da sala de Ciências Agrárias (CA). O acesso poderá ser feito pelo link https://meet.google.com/bzy-aicr-jdv, das 20h30 às 21h45.

E, a sala de Ciências Exatas e da Terra e Ciências Humanas (CET/CH) terá moderação da jornalista da UnC Camila Candeia Paz Fachi, no mesmo horário – 20h30 às 21h45, pelo link https://meet.google.com/ffc-obwy-tcs.

As apresentações de pôster, num total de 34 trabalhos selecionados, ficarão disponíveis na página do evento, pelo link http://www.cnpsa.embrapa.br/14jinc/index.php?pg=13.

A Jinc faz parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do município e se consolidou como um evento voltado para a discussão da ciência e da pesquisa, com o foco na iniciação científica. O objetivo principal é divulgar e valorizar o conhecimento gerado em instituições de ensino. Ela é organizada pela Embrapa Suínos e Aves e a Universidade do Contestado – UnC, Campus Concórdia, com apoio do Instituto Federal Catarinense (IFC), e é aberto a participação de estudantes universitários de qualquer curso superior.

Fonte: Embrapa Suínos e Aves
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 9 =

Notícias Feira

Coopavel adia Show Rural para março de 2021

Em virtude das mudanças que a pandemia da Covid-19 trouxe neste último mês, a organização optou por adiar o evento presencial

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Na noite de terça-feira (02), a Coopavel, organizadora do tradicional Show Rural, divulgou um comunicado informando o adiamento da feira. Anteriormente, os organizadores haviam confirmado a realização da 33ª edição de 1º a 5 de fevereiro de 2021. Segundo o documento, em virtude das mudanças que a pandemia da Covid-19 trouxe neste último mês, a organização optou por adiar excepcionalmente o evento presencial para o período de 22 a 26 de março de 2021.

“O Show Rural Coopavel tem em sua essência levar conhecimento, tecnologia e oportunidade de negócios no âmbito da agropecuária mundial. Proporcionar um ambiente agradável, com segurança e tranquilidade é extremamente importante para que o objetivo seja atingido”, diz o comunicado.

Confira o comunicado na íntegra:

Fonte: O Presente Rural
Continue Lendo

Notícias Cooperativismo

Coamo implanta mais uma unidade em Dourados para atender produtores da região

Nova unidade irá a partir da safra 2020/2021 atender aos produtores da região do Guassu, Deodápolis e Fátima do Sul

Publicado em

em

Foto: Divulgação

O presidente Executivo da Coamo, Airton Galinari, anunciou na quarta-feira (02), durante o programa Informativo Coamo em 28 emissoras no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, a aquisição de uma nova unidade no município de Dourados (Mato Grosso do Sul).

A nova unidade está localizada no Distrito de Macaúba e irá já a partir da próxima safra 2020/2021 atender os produtores da região do Guassu, Deodápolis e Fátima do Sul. Galinari afirmou que a Coamo assumiu a unidade no dia 16 de novembro e estão sendo feitos investimentos para melhorar as instalações.

O diretor de Logística e Operações, Edenilson Carlos de Oliveira, que também participou do programa afirmou que a distância entre os municípios de Mato Grosso do Sul fez com que a Coamo optasse em adquirir mais esta unidade para facilitar o transporte da produção dos cooperados.

Edenilson disse que a nova unidade ficará mais perto dos produtores dessa região com secagem de qualidade, fluxo ágil e moderno na recepção da produção bem mais perto das propriedades.

Galinari afirmou que o foco da cooperativa é atender bem o cooperado com insumos de qualidade, assistência técnica e uma boa recepção da produção. “Com esta unidade as indústrias da Coamo em Dourados serão beneficiadas com mais matéria prima”, disse o presidente, ressaltando o crescimento sustentável da cooperativa.” Com planejamento garantido sendo uma empresa moderna e mais competitiva no mercado”, afirmou o executivo.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Segundo Cepea

Valor da arroba segue enfraquecido neste início de mês

Entre 25 de novembro e 2 de dezembro, o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 recuou 1,4%

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Os preços do boi gordo seguem enfraquecidos no mercado doméstico nestes primeiros dias de dezembro, influenciados pela pressão de compradores, já que a oferta de novos lotes de animais para abate segue baixa.

Entre 25 de novembro e 2 de dezembro, o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 (estado de São Paulo, à vista) recuou 1,4%, fechando a R$ 274,30 na quarta-feira (02).

Já quanto às exportações de carne bovina in natura, depois de registrarem pequeno recuo de setembro para outubro, voltaram a crescer em novembro, somando 167,7 mil toneladas, conforme dados da Secex.

Esse cenário, atrelado ao dólar em patamar elevado, resultou em receita em moeda nacional recorde, acima de R$ 4 bilhões, segundo dados da Secex.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
Dia Estadual do Porco – ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.