Conectado com
LINKE

Notícias Suinocultura

XIX Congresso Nacional e I Congresso Internacional inicia amanhã em Toledo

Serão três dias de intensa programação com palestrantes que irão abordar temas voltados ao desenvolvimento das Pessoas, Sanidade, Mercado e Nutrição

Publicado em

em

Foto: O Presente Rural

Com o tema ‘O futuro mercado de suínos, fundamentado pelo conhecimento e pela ciência’, o XIX Congresso Nacional Abraves e I Congresso Internacional Abraves terá início amanhã, 22, às 9h, no Teatro Municipal de Toledo/PR. Serão três dias de intensa programação com palestrantes que irão abordar temas voltados ao desenvolvimento das Pessoas, Sanidade, Mercado e Nutrição.

O dia 22 será destinado ao desenvolvimento das Pessoas, com sete palestrantes que irão abordar temas como alimentação vegana, propósito e legado, segurança financeira, motivação e inteligência, e ética. A abertura será com o jornalista Clóvis de Barros Filho que fará uma abordagem sobre ‘Comportamento, atitude, motivação e inteligência: qual o valor do profissional com essas atitudes?’.

Já no segundo dia, 23, o Congresso vai reunir profissionais da Bélgica, EUA e Brasil que irão falar sobre promotores de crescimento, rotavírus suíno, doenças virais, micotoxinas, integridade intestinal, entre outros. Dentre os nomes de destaque está o americano Paul Sundberg, que vai falar sobre ‘Doenças virais emergentes e os riscos sanitários para os mercados globais’.

No último dia do evento, 24, os congressistas irão participar de palestras e mesas redondas sobre Salmonella e Mercado, com a participação de palestrantes dos EUA, Espanha e Brasil. Os destaques destes painéis são Héctor Argüello, da Espanha, que abordará o tema ‘Salmonella em suínos: fatores chaves para entender a infecção do nascimento ao abate’ e José Piva (EUA) que discorrerá sobre a produção sem o uso de antibióticos: o que muda em relação ao sistema intensivo de produção na visão Americana.

O XIX Congresso Nacional Abraves e I Congresso Internacional Abravesc conta ainda com a apresentação de trabalhos científicos nas modalidades de pôster e apresentação oral.

A programação completa está disponível nos site do evento.

Fonte: Assessoria do Congresso Abraves
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =

Notícias Feira

Agrishow anuncia alteração da data de realização na edição 2021

Vários são os fatores de sucesso para que isso ocorra, as políticas públicas de investimentos contidas no plano safra é uma delas

Publicado em

em

agrishow
Divulgação

A Agrishow anuncia a alteração da data de sua 27ª edição para os dias 21 a 25 de junho de 2021. A feira estava prevista para acontecer no final de abril do próximo ano. A Agrishow é um evento propulsor de geração de negócios e relacionamentos entre fabricantes e produtores rurais, estabelecendo uma comunicação direta entre eles, proporcionando o crescimento contínuo do agronegócio brasileiro.

Vários são os fatores de sucesso para que isso ocorra, as políticas públicas de investimentos contidas no plano safra é uma delas.

Assim, após uma análise minuciosa e conversas com os expositores, as realizadoras do evento (Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira), juntamente com a Informa Markets, decidiram realizar a Agrishow no período de 21 a 25 de junho de 2021, quando o anúncio do Plano Safra 2021/2022 já terá sido realizado e os recursos, disponibilizados.

Com isso, a Agrishow espera contribuir para que os produtores rurais possam realizar de forma mais assertiva seu planejamento e suas aquisições durante a feira.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Cooperativismo

Coamo antecipa R$ 138 milhões em sobras

Dinheiro, também apelidado de “13º do cooperado”, será distribuído no dia 09 de dezembro

Publicado em

em

Divulgação

A antecipação de parte das sobras de cada exercício já é uma tradição na Coamo Agroindustrial Cooperativa. Na manhã desta terça-feira (01) a diretoria da Coamo anunciou aos seus cooperados que o dinheiro, também apelidado de “13º do cooperado” será distribuído no próximo dia 09 de dezembro no valor total de R$ 138 milhões para  29,4 mil cooperados, conforme a movimentação de cada cooperado na cooperativa. Esse é um momento aguardado com grande expectativa pelos agricultores associados e as comunidades na área de atuação da cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

O presidente do Conselho de Administração da Coamo, José Aroldo Gallassini, destaca que a tradição de antecipar as sobras é um benefício comemorado pelo quadro social. “Os cooperados sabem que dezembro é o mês de antecipação das sobras, é um momento aguardado, e isso só é possível devido a solidez da cooperativa”, frisa. Os cooperados receberão o valor de R$ 0,60 por cada saca de soja entregue, R$ 0,15 pelo milho, R$ 0,20 pelo trigo e 1,60% sobre os insumos adquiridos na cooperativa.

Teleatendimento

Em função da pandemia ocasionada pelo Coronavírus, a Coamo pede aos cooperados para evitarem o comparecimento nos entrepostos no dia do pagamento, 09 de dezembro. Gallassini orienta para que os cooperados utilizem os canais de comunicação da cooperativa para contactar com o entreposto e decidir o que será feito com o dinheiro das sobras. “São várias as opções. O cooperado pode pedir para transferir a sua conta bancária, na Credicoamo, pagar alguma pendência caso tenha ou deixar na sua conta. Cada um pode fazer o que bem entender com esse dinheiro que é muito bem-vindo. Só reforçamos para evitar a ida dia  09 na Coamo para evitar  aglomeração, pois continuamos com todos os cuidados na prevenção do Covid-19”, afirma.

O presidente do Conselho de Administração da Coamo ressalta que a antecipação das sobras é o resultado de um ano que vai ficar para a história. “Se por um lado temos essa pandemia, que é algo muito ruim, pelo outro temos um ano muito bom para o agronegócio. A Coamo terá o seu melhor ano. Fazemos questão de transferir o que é dos cooperados para eles que são os donos da cooperativa e recebem parte do lucro, que no cooperativismo é chamado de sobras. Quanto mais participar, mais forte ele fica e mais forte fica a cooperativa.”

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado

Comprador de trigo retraído pressiona valores

Compradores de trigo têm se afastado do mercado spot nacional, o que vem resultando em quedas nos valores do cereal

Publicado em

em

Divulgação/AENPr

Compradores de trigo têm se afastado do mercado spot nacional, o que vem resultando em quedas nos valores do cereal negociado no Paraná e no Rio Grande do Sul.

Segundo pesquisadores do Cepea, esses demandantes – atentos à finalização da colheita nestes estados do Sul e à espera de novas desvalorizações do cereal – adquirem apenas pequenos lotes.

Assim, entre 23 e 30 de novembro, os preços do trigo no mercado de disponível (negociação entre empresas) recuaram 5,7% no Rio Grande do Sul e 3,5% no Paraná, fechando na segunda-feira (30), a R$ 1.300,95/tonelada e a R$ 1.334,17, respectivamente.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.