Conectado com

Notícias

INTERCONF 2018 debaterá cenário macroeconômico, política e o uso de novas tecnologias na intensificação animal

Evento reunirá representantes do setor pecuário em Goiânia nos dias 11 e 12 de setembro

Publicado em

em

Nos dias 11 e 12 de setembro, a cidade de Goiânia (GO) recebe a 11ª edição da INTERCONF – Conferência Internacional de Pecuaristas, evento que reúne anualmente os diversos integrantes da pecuária de corte para apresentar ideias, fomentar a discussão e contribuir para uma pecuária mais moderna e produtiva. O evento será realizado em um novo local: o Centro Convenções Goiânia (CCGO).

Promovida pela Assocon – Associação Nacional da Pecuária Intensiva, a INTERCONF será dividida em três painéis temáticos: Painel Mercado e Política, Painel Regulatório – Desafios e Oportunidades e o Painel Técnico e Experiências.

 

Painel Mercado e Política

A proposta desse painel é apresentar aos participantes a atual conjuntura macroeconômica brasileira. Zeina Latif, economista-chefe da XP Investimentos, traçará o cenário atual em que o Brasil se encontra economicamente e o que se pode aguardar a partir de 2019 considerando o ambiente político.

Em seguida haverá um debate com as principais lideranças do setor, como Assocon, SRB – Sociedade Rural Brasileira, CNA – Confederação Nacional da Agricultura e outras entidades, que discutirão as politicas públicas necessárias para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro, em especial, a pecuária de corte.

Para finalizar o painel serão realizadas duas apresentações que pretendem explorar a microeconomia da pecuária, trazendo perspectivas para o próximo ano sobre esse mercado e das commodities agrícolas, dando subsídios para o planejamento de atividades do produtor rural. 

 

Painel Regulatório – Desafios e Oportunidades

Não é novidade que o país vem enfrentando uma série de novas determinações oriundas de clientes externos, exigindo mais garantias sobre a produção pecuária. Dessa forma, o primeiro grupamento de palestras desse painel debaterá o que para muitos será a próxima barreira imposta: o bem-estar animal. O Brasil detém conhecimento teórico e prático sobre o assunto, assim, é proposta da INTERCONF expor as principais atualizações sobre bem-estar animal e mensurar essas pressões vinda dos mercados consumidores.

Outro tema de grande relevância que será tratado em uma outra apresentação diz respeito aos entraves legais colocados hoje à produção pecuária que engessam o negócio agropecuário. Será objeto dessa apresentação elencar as principais dificuldades que o produtor hoje encontra “fora da porteira” para rodar seu negócio.

Por fim, será apresentada uma oportunidade aos produtores, um mercado que vem se expandindo e gerando divisas e mais investimentos no meio rural, que é a produção de animais vivos para a exportação.

 

Painel Técnico e Experiências

O segundo dia da INTERCONF será dedicado exclusivamente para a apresentação de inovações tecnológicas e a troca de experiências, através de estudos de caso concretos e inspiradores.

Jesus Vizcarra Calderon, presidente do grupo mexicano Sukarne, apresentará a história, desenvolvimento e os desafios na produção de carne pela sua empresa. A Sukarne tem 47 anos de história, processou em 2016 1,5 milhão de animais em suas unidades (confinamentos e indústrias) e detém 70% das exportações mexicanas.

Luiz Gustavo Ribeiro Pereira, pesquisador na Embrapa, tratará das tecnologias de monitoramento animal na pecuária de corte. “Pretendo apresentar aos participantes as tecnologias de precisão disponíveis para o monitoramento da atividade pecuária e como elas podem contribuir para o aumento da eficiência bioeconômica dos sistemas de produção”, explica Luiz Gustavo. Segundo o pesquisador, a palestra conceituará a pecuária de precisão, mostrando como as tecnologias estão transformando os sistemas de produção pecuária. “Pretendemos mostrar também os motivos da não adoção de tecnologias de precisão e os principais critérios usados pelos produtores para a tomada de decisão quanto à adoção ou não de tecnologias”, destaca o pesquisador.

A seleção genética para a maior eficiência no cruzamento industrial será tema da palestra do gerente de produtos na ABS, Marcelo Selistre. A palestra pretende explorar os benefícios de uma boa genética na produção de carcaças de excelente qualidade.

O pecuarista de Tocantins Marco Aurélio Sampaio trará sua experiência como criador de bezerros, apresentando os principais desafios dessa atividade, em sua palestra “Obtenção de bons resultados na cria”.

Ainda no painel Técnico e Experiências o professor e pesquisador na UFPR, Patrick Schmidt ministrará palestra “Produção de bovinos baseada em forragens conservadas”, onde apresentará uma alternativa aos produtores de gado em sistemas intensivos, de como engordar seus animais. Tendo em vista que, normalmente a atividade de confinamento é reconhecida pelo alto uso de grãos e farelos, a palestra pretende mostrar uma nova abordagem, onde o produtor, por meio da silagem de milho de excelente qualidade, terá uma redução nos seus custos de produção e a qualidade da dieta animal em nível semelhante a qualquer outra tradicional no confinamento.

O diretor técnico da cooperativa Maria Macia, Paulo Emílio Phomann fechará as discussões da INTERCONF 2018 trazendo uma sugestão de como os produtores podem se unir para atingirem resultados melhores. A Maria Macia tem a experiência de relacionamento direto com o mercado consumidor, que foi construído ao longo de vários anos. Essa experiencia será apresentada aos participantes do evento, no sentido de estimular e provocar novas reações no segmento.

Além desses temas, outros temas também serão debatidos e apresentados no evento, com o objetivo de ilustrar a mensagem principal do evento, que o produtor precisa estar atento ao que acontece “fora da porteira” para aproveitar as oportunidades, sejam elas tecnologias, informações de mercado, experiências ou decisões políticas.

“A INTERCONF tem como característica reunir os principais players da cadeia da carne para apresentar e debater as experiências e os resultados obtidos a campo. Nesta edição contamos com a presença de pesquisadores, analistas, lideranças e produtores, que oferecerão conteúdos e discussão de alto nível em prol do aumento da lucratividade das propriedades e da melhora contínua da qualidade da carne brasileira”, enfatiza o presidente da Assocon, Alberto Pessina.

Além das palestras, a INTERCONF conta com uma feira de negócios, que nesta edição terá a participação das empresas Minerva Foods, DSM – Tortuga, ABS, Allflex, Bayer, Brutale, Casale, Estância Bahia, J.A Saúde Animal, Ourofino, Oxen Currais, Frigol, GEM Alimentos, Liberali e Sarfos.

SERVIÇO
INTERCONF – Conferência Internacional de Pecuaristas 2018
Data: 11 e 12 de setembro
Local: Centro de Convenções de Goiânia (CCG, Rua 4, 1.400, Setor Central, Goiânia – GO)
Mais informações e inscrições: www.interconf.org.br


Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 11 =

Notícias Investimento

C.Vale investirá R$ 500 milhões em indústria de farelo e óleo de soja

Nova planta industrial terá capacidade para processar 2.500 toneladas de soja por dia, com possibilidade de ampliação para até 3 mil toneladas/dia

Publicado em

em

Divulgação

A C.Vale vai construir uma indústria para esmagamento de soja em Palotina, PR. O presidente da cooperativa, Alfredo Lang, e o governador do Paraná, Ratinho Júnior, assinaram nesta quarta-feira (23), em Curitiba, protocolo prevendo tratamento fiscal diferenciado que resultará no novo empreendimento. A nova planta industrial terá capacidade para processar 2.500 toneladas de soja por dia, com possibilidade de ampliação para até 3 mil toneladas/dia. Quando alcançar a capacidade plena de operação, o consumo de soja será de 50 mil sacas/dia.

 Lang revelou que a nova estrutura exigirá investimentos de R$ 552 milhões em oito anos. Ele explicou que, numa primeira etapa, a indústria produzirá farelo de soja para a produção de rações. A cooperativa mantém sistemas de integração que produzem, atualmente, 620 mil frangos/dia e 100 mil tilápias/dia, e ainda fabrica rações para bovinos e suínos. Conforme Lang, as obras da esmagadora de soja devem iniciar já em 2021 e serem concluídas em 2023. “É um sonho antigo dos nossos associados que estamos realizando. Começaremos com a fabricação de farelo e óleo, e depois vamos ampliar o leque com outros produtos”, revelou.

O novo empreendimento resultará na criação de 70 empregos diretos, numa primeira etapa.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Sanidade Vegetal

Mapa registra 31 defensivos agrícolas genéricos, com quatro produtos biológicos

Com a publicação de hoje, 2020 soma 60 produtos de baixo impacto registrados; esse é o maior número de registros de produtos desse perfil em um mesmo ano

Publicado em

em

Divulgação/Jacto

O Ato n° 55 do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária, publicado nesta quarta-feira (23) no Diário Oficial da União traz o registro de 31  defensivos agrícolas formulados. A publicação divulga quais foram os produtos formulados que foram registrados e efetivamente estarão disponíveis para uso pelos agricultores.

Todos os produtos utilizam ingredientes ativos já registrados anteriormente no país. “Os novos registros são importantes pois diminuem a concentração do mercado de defensivos e aumentam a concorrência. Isso acaba resultando em um comércio mais justo e em menores custos de produção para a agricultura brasileira”, explica o coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins, Bruno Breitenbach.

Dos produtos registrados hoje, quatro deles são compostos por microrganismos como a Beauveria bassiana, o Bacillus thuringiensis, o Metarhizium anisopliae e o vírus Spodoptera frugiperda multiplenucleopolyhedrovirus que são agente biológicos de controle de pragas que atacam os cultivos brasileiros. Os produtos poderão ser utilizados em qualquer cultura em que forem encontradas as pragas para as quais esses agentes biológicos possuem recomendação de controle. Dois desses produtos poderão ser utilizados nas produções orgânicas certificadas.

Com a publicação de hoje, 2020 soma 60 produtos de baixo impacto registrados. Esse é o maior número de registros de produtos desse perfil em um mesmo ano.

Os produtos que utilizam agentes de controle biológicos são alternativas de controle para os agricultores no combate às pragas, ao mesmo tempo que contribuem para o aumento da sustentabilidade da agricultura nacional.

Do total de produtos registrados e divulgados hoje, alguns contém mais de um ingrediente ativo. A maioria dos ingredientes ativos registrados já têm registros nos Estados Unidos, na Europa e na Austrália.

Todos os produtos registrados foram analisados e aprovados pelos órgãos responsáveis pela saúde, meio ambiente e agricultura, de acordo com critérios científicos e alinhados às melhores práticas internacionais.

Fonte: MAPA
Continue Lendo

Notícias Internacional

Processamento de soja na Argentina cai mais de 20% em agosto na comparação anual

Processamento em agosto rendeu 2,5 milhões de toneladas em farelo de soja e 657.229 toneladas de óleo de soja

Publicado em

em

Danilo Estevão/Embrapa

A Argentina, maior exportador global de soja processada, viu os volumes esmagados do grão caírem 20,6% na comparação anual em agosto, para 3,3 milhões de toneladas, segundo dados do ministério da agricultura do país.

Nos primeiros oito meses do ano, as unidades de esmagamento de soja argentinas processaram um total de 25,9 milhões de toneladas, ou 9% abaixo do visto no mesmo período do ano passado, segundo relatório mensal do governo divulgado na noite de segunda-feira (21).

O processamento em agosto rendeu 2,5 milhões de toneladas em farelo de soja e 657.229 toneladas de óleo de soja. A soja processada será fornecida a compradores na Europa e no Sudeste Asiático.

A Argentina colheu 49 milhões de toneladas de soja na safra 2019/20, encerrada em julho, abaixo das 55,3 milhões de toneladas na temporada anterior.

O plantio da safra 2020/21 começará em outubro.

Fonte: Reuters
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.