Conectado com
OP INSTAGRAM

Notícias Tecnologia

ILPF ganha novas versões de softwares para manejo de precisão do componente florestal

Softwares podem ser usados para gerenciar e planejar o componente florestal de ILPF com eucalipto, pinus, cedro-australiano, mogno-africano e teca

Publicado em

em

Vanderley Porfírio-da-Silva

A Embrapa Florestas está disponibilizando para download novas versões dos softwares SisILPF para manejo do componente florestal em sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Os softwares podem ser usados para gerenciar e planejar o componente florestal de ILPF com eucalipto, pinus, cedro-australiano, mogno-africano e teca. Eles apoiam a tomada de decisões relacionadas a como, quando e quanto desbastar e quando realizar a colheita final. Com base em dados de inventário, os softwares permitem aos usuários simular todas as opções de gerenciamento de componentes de árvore em ILPF; prever a produção presente e futura; conduzir análises econômicas e  dar subsídios às decisões sobre as melhores alternativas para manejar a plantação. Além disso, geram gráficos que mostram a quantidade de carbono sequestrado pelas árvores e o cálculo de quantos animais podem ser mantidos no sistema com emissão de metano compensada.

Os softwares de manejo florestal vêm sendo desenvolvidos desde 1988 pela Embrapa, inicialmente para monocultivos e, desde 2016, também para ILPF. Atualmente, são 25 softwares amplamente utilizados pelo setor florestal brasileiro. Todos os programas compõem a “Família Sis” que, em sua denominação, apresenta o nome popular do gênero ou espécie florestal contemplada.

Com os programas é possível fazer prognoses de produção de madeira no presente e em condições futuras, efetuar análises econômicas e, depois, levar para o campo apenas a melhor alternativa, informa o pesquisador da Embrapa Florestas Edilson Batista de Oliveira que, com parcerias, desenvolveu os softwares. “Eles auxiliam, por exemplo, no planejamento dos desbastes (colheitas parciais, retirando-se linhas e/ou árvores selecionadas) de plantios florestais. Os programas possibilitam simular como o plantio florestal cresce e produz, conforme os regimes de manejo que o próprio usuário indica, bem como calcular o carbono capturado pelas árvores”. “O diferencial dos SisILPF é que eles são aplicados exclusivamente a plantios no sistema de integração lavoura-pecuária-floresta”, informa o pesquisador.

Os softwares atendem a uma série de requisitos fundamentais para o produtor rural: realizam a análise técnica e econômica da plantação florestal, permitem que seja feito o planejamento florestal e o manejo florestal de precisão, calculam o estoque de madeira atual, no momento em que se faz o inventário, e também mostram a projeção a cada ano futuro, separando o volume de madeira em sortimento para finalidades industriais como laminação, serraria, celulose e energia.

Softwares para ILPF disponíveis

  • SisILPF Benthamii
  • SisILPF Cedro
  • SisILPF Dunnii
  • SisILPF Ellottii
  • SisILPF Eucalipto (para sistemas com Eucalyptus urograndis)
  • SisILPF Mogno
  • SisILPF Taeda
  • SisILPF Teca

Fonte: Embrapa Florestas
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − treze =

Notícias Congresso Andav

Agro: importância do setor para garantir alimento na mesa dos brasileiros e do mundo

Tema será um dos destaques da programação do Congresso Andav 2021, que reúne autoridades, especialistas e profissionais deste mercado para o debate sobre o atual cenário e o futuro do segmento no país

Publicado em

em

Divulgação/Mapa

Do cultivo e da produção de alimentos nos campos do país aos pontos de venda e à mesa da população, o setor agropecuário brasileiro segue consolidando-se como um dos principais ‘motores’ da economia nacional. Somente no primeiro trimestre deste ano, o PIB (Produto Interno Bruto) do segmento registrou uma alta de 5,7% sobre o 4º trimestre de 2020 e de 5,2% em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado faz do setor aquele que mais cresceu no período, entre todos os segmentos considerados no PIB do país, e expande ainda mais sua participação no índice nacional, passando de 20,5% em 2019 para 26,6% em 2020 – em valores, o PIB brasileiro totalizou R$ 7,45 trilhões no último ano, enquanto somente o agro respondeu por quase R$ 2 trilhões desse total. Números que colocam o Brasil, também, como um dos maiores produtores de alimentos globais: atualmente, o país produz alimentos suficientes para abastecer cerca de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo, de acordo com levantamento da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Para discutir o assunto e seus respectivos desdobramentos, a Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav) e a Zest Eventos promovem a 10ª edição do maior encontro da distribuição de insumos agropecuários do mundo: o Congresso Andav 2021. O evento, que este ano acontece de forma 100% digital de 11 a 13 de agosto, tem como um dos principais destaques uma programação repleta, que incorpora atrações e conteúdos exclusivos, apresentados por grandes nomes do mercado – em transmissões ao vivo ao longo dos três dias de realização.

É o que diz o presidente executivo da Andav, Paulo Tiburcio: “Como já é tradição em nosso congresso, elaboramos uma grade de conteúdos exclusiva e especializada, pensada estrategicamente para atender aos anseios e às expectativas do setor com relação ao debate sobre os mais relevantes temas que norteiam a cadeia de distribuição do agronegócio brasileiro como um todo. Além disso, proporcionamos aos participantes a possibilidade de acompanharem, em primeira mão, as últimas novidades do cenário do setor e as tendências do futuro”.

Agenda Preliminar (Primeiro Dia)

A abertura do Congresso Andav Digital 2021 ocorre às 14 horas do dia 11/08, seguida da primeira apresentação sobre “A importância da agricultura para garantir o alimento na mesa dos brasileiros e do mundo”, com o representante no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO no Brasil), Rafael Zavala, às 14h25. Logo após, “As novas diretrizes internacionais para o sistema alimentar” ganham espaço, com o presidente da CropLife Brasil, Christian Lohbauer, às 14h35.

Na sequência, será a vez do painel “Produção mundial de alimentos – Cenário atual e os desafios futuros do setor no Brasil para atender uma demanda mundial em crescimento”, com o supervisor do Grupo de Gestão Estratégica da Embrapa Territorial, Gustavo Spadotti; o pesquisador de gado de corte da Embrapa, Guilherme Malafaia; o vice-presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin e o consultor de Mercado Agrícola, Vlamir Brandalizze, às 14h50; e da palestra “Infraestrutura e Escoamento da Produção Agrícola Nacional”, às 15h30.

Por fim, os temas: “Tecnologia e Genética: Tendências para os próximos anos”, com o sócio-diretor da Markestrat, Matheus Cônsoli, às 16h05; “Inteligência Artificial e Conectividade: Tendências para os próximos anos”, com o presidente do conselho diretor da Andav, Alberto Yoshida; o diretor de inovação da IBM Garage, Fabrício Lira e a chefe geral da Embrapa Informática, Silvia Massruhá, às 16h45; e “A importância do agronegócio para levar o alimento à prateleira do supermercado e à mesa do brasileiro”, com o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Galassi, às 17h25, concluem as apresentações do dia inaugural.

Segundo Dia

No segundo dia de evento, 12/08, está agendada a apresentação da Pesquisa Nacional de Distribuição, com o presidente executivo da Andav, Paulo Tiburcio, às 9h05. Na sequência, é a vez da palestra “O impacto da LGPD na distribuição de insumos”, com as sócias da Laure, Volpon e Defina Advogados, Heloisa Barcellos e Jaqueline Boaretto, às 9h20. Depois, os painéis “Agricultura e Pecuária Sustentáveis”, com a advogada especialista em direito socioambiental, Samanta Pineda; o presidente da Rede ILPF, Renato Rodrigues; o diretor de sustentabilidade da Bayer, Eduardo Bastos e a diretora executiva do Sistema B Brasil, Francine Lemos, às 9h50; e “Oportunidades de mercado para o setor da distribuição”, com o sócio-diretor da Biomarketing, José Luiz Tejon, às 10h55, fecham a parte da manhã.

À tarde, ganham destaque os temas: “Reescrevendo a própria história, na vida e nos negócios”, com a comunicadora e palestrante motivacional Dani Amaral, às 14h05; “Fomentando o crescimento da distribuição: Crédito e Seguro Agrícola”, com o advogado especialista em agronegócio, Rafael Molinari; o chefe de subunidade do Banco Central do Brasil, João Ferrari Neto; o diretor de gestão de riscos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Pedro Loyola, e moderado pelo Secretário Adjunto de Política Agrícola do MAPA, José Ângelo Mazzillo, às 14h35; “Soluções das startups para o agronegócio”, com o especialista Renato Seraphim, às 15h35; e “Como fazer sucesso empreendendo em família”, com o sócio-proprietário e presidente do Grupo Famiglia Valduga, Juarez Valduga, às 16h20.

Terceiro Dia

No terceiro e último dia, 13/08, destaque para o lançamento do Congresso Andav 2022, às 9h05, e para as palestras “O mercado chinês e a produção sustentável no Brasil”, com o Ministro da Embaixada da República Popular da China no Brasil, Jin Hongjun, às 9h15; “Estudo de caso internacional – Distribuição de insumos nos Estados Unidos”, com o diretor de iniciativas estratégicas do Centro de Alimentos e Agronegócios da Purdue University (EUA), Luciano Castro, às 9h45; e “Perspectivas econômicas para o agronegócio”, com o jornalista econômico e especialista em agronegócio e em mercados agrícolas, Silmar Müller, às 10h30.

Logo após, uma mensagem do ex-ministro da agricultura e diretor executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (ABRAMILHO), Alysson Paolinelli, às 11h, e uma apresentação de encerramento do proprietário da Café Brasil Editorial, Luciano Pires, às 11h05, finalizam a programação principal do Congresso Andav Digital 2021 .

Exposição 360º

Outro destaque do 10º Congresso Andav é o exclusivo ambiente dedicado ao networking e à geração de negócios em 360º, por meio de uma plataforma inovadora que promove a participação virtual das empresas expositoras, com integração e conectividade, oferecendo aos participantes a experiência de visitar toda a feira sem sair de casa, como se estivessem nela presencialmente. Sem contar a ferramenta que permite ainda a interação via chat entre todos os participantes e a Arena do Conhecimento, um espaço com salas de conteúdos técnicos, palestras da indústria e de parceiros estratégicos.

Inscrições

As inscrições para o evento são gratuitas para associados da Andav até o dia 06/08 (após essa data, será cobrado o valor de R$ 100). Para os não associados, o valor da inscrição até o dia 06/08 será de R$ 250 (depois, passa a ser R$ 300). As inscrições devem ser realizadas no site www.eventosandav.com.br.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado

Com preocupação com o clima, preços do trigo seguem em alta

Mesmo que a cultura seja menos vulnerável às baixas temperaturas muitas áreas foram afetadas pelas geadas verificadas em períodos anteriores

Publicado em

em

Divulgação/AENPr

A possibilidade de quedas bruscas na temperatura nesta semana e na primeira quinzena de agosto têm deixado agentes em alerta quanto ao impacto nas lavouras de trigo no Brasil.

De acordo com informações do Cepea, mesmo que a cultura seja menos vulnerável às baixas temperaturas, especialmente nos estágios iniciais e intermediários de desenvolvimento, muitas áreas foram afetadas pelas geadas verificadas em períodos anteriores. Neste cenário, os preços do cereal continuam em alta nos mercados de balcão e no disponível.

Quanto aos derivados, as negociações de farelo de trigo seguem aquecidas, influenciadas pela maior demanda. No mercado de farinhas, por outro lado, a procura é considerada baixa; porém, alguns moinhos, na tentativa de repassar custos, elevam os preços.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias Serviço

Usuários poderão avaliar serviços de informação e abastecimento prestados pela Conab no país

Plataforma permite que qualquer indivíduo seja um avaliador

Publicado em

em

Divulgação

Desde a segunda-feira (26), todos os usuários dos serviços prestados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) poderão avaliar sua experiência em relação à qualidade do trabalho e do atendimento da estatal. A nova plataforma virtual do Conselho de Usuários de Serviços Públicos, da Controladoria-Geral da União (CGU), agora também disponibiliza uma enquete sobre a Companhia, que possibilita à sociedade e ao governo identificar os desafios e as necessidades para desenvolver a empresa.

Os itens questionados incluem perguntas sobre a tempestividade das informações agropecuárias disponibilizadas, a facilidade de navegação no Portal da Companhia e a avaliação do site em relação a outros que contêm dados do setor agrícola e de abastecimento. Os serviços da Conab inicialmente passíveis de avaliação são os de armazenagem, cadastro e consulta na rede armazenadora do país, transparência na gestão dos estoques públicos e informações de safra e indicadores da agropecuária.

A plataforma permite que qualquer indivíduo seja um avaliador. O objetivo é acompanhar e verificar a qualidade dos atendimentos governamentais e ampliar a participação no controle social da Administração Pública.

O funcionamento dos conselhos de usuários é totalmente virtual e qualquer cidadão interessado pode participar. Para se cadastrar, é necessário ter inscrição no Gov.br e um perfil no Fala.BR, que é o sistema integrado de Ouvidoria e Acesso à Informação. Após a inclusão nesses sistemas, o acesso à plataforma é liberado para atuar nas avaliações. Por meio dessa ferramenta, também é possível receber periodicamente outras pesquisas de avaliação e propor soluções para o melhor atendimento às necessidades da população.

Acesse aqui a avaliação dos serviços oferecidos pela Conab e conheça também a página do Conselho de Usuários para outras enquetes.

Fonte: Conab
Continue Lendo
Simp. Brasil Sul de Suínos 2021

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.