Conectado com

Notícias

III Congresso Brasileiro de Pecuária Bovina será realizado no Espírito Santo em novembro

Evento promoverá, simultaneamente, o III Fórum do Agronegócio, o III Encontro de alunos e ex-alunos de Ciências Agrárias e o X Congresso Capixaba de Pecuária Bovina

Publicado em

em

A Associação Capixaba dos Criadores de Nelore (ACCN), com apoio da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), promoverá o III Congresso Brasileiro de Pecuária Bovina, nos dias 07 a 10 de novembro, no Cine Teatro, em Vila Velha, ES. O evento contará com importantes personalidades da pecuária brasileira e terá patrocínio de Matsuda Sementes e Nutrição Animal, Fertilizantes Heringer, Banestes, Frigorífico Frisa, IC Construtora e Senar/Faes. A organização é de responsabilidade da Vision Eventos.

Em sua terceira edição, o Congresso Brasileiro de Pecuária Bovina tem como principal objetivo levar ao centro de debates as mais importantes entidades de classe ligadas à pecuária e ao agronegócio e representantes dos mais variados elos da cadeia produtiva de proteína animal. Produtores, técnicos, professores, pesquisadores, autoridades públicas, consultores, médicos veterinários e zootecnistas compõem o quadro de palestrantes e debatedores do evento.

As entidades/instituições que participarão da grade de atividades do III Congresso Brasileiro de Pecuária Bovina / X Congresso Capixaba de Pecuária Bovina / III Fórum do Agronegócio são: Associação dos Criadores de Nelore do Brasil, CNA, Embrapa Gado de Leite, Embrapa Gado de Corte, Elanco, Exagro Consultoria, Universidade Federal de Uberlândia, Universidade Federal de São João Del Rei, USP/FGV, Multivix, 3 RLab, Fiore, Alta Genetics, Universidade de Vila Velha, Universidade Federal do Espírito Santo, Escola Superior São Francisco de Assis, Instituto Federal do Espírito Santo e  UNESC.

“Eventos como esse são muito positivos para a pecuária, pois temos a oportunidade de presenciar discussões de alta qualidade, com especialistas, empresas e entidades de destaque. É um palco importante para esclarecer pontos centrais da cadeia produtiva animal”, destaca o dr. Nabih Amin El Aouar, presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil e da Associação Capixaba dos Criadores de Nelore.

Visando o estímulo e a participação de estudantes e docentes de diversas instituições de ensino, o Congresso abrirá espaço para um concurso de trabalhos científicos. Nesta edição, são aceitos trabalhos de estudantes de graduação, pós-graduação, técnicos e de professores (mestrandos e doutorandos) de ciências agrárias. Os materiais entregues devem seguir as normas pré-estabelecidas pelo evento e necessitam obrigatoriamente abordar os seguintes temas: Manejo, Sanidade e Produção; Alimentação e Nutrição Animal; Forragens e Pastagens; Melhoramento Genético Animal; e Tecnologia do Produto Final.

Serão premiados os cinco melhores trabalhos com certificados, sendo que os três primeiros receberão prêmios em dinheiro, totalizando R$ 3.000. Além disso, os dois primeiros colocados receberão convites para visita técnica à Expoinel Nacional 2019, em Uberaba, MG. Haverá, também, premiação com certificado da instituição de ensino de maior destaque do concurso.

“O fomento ao ensino acadêmico é essencial para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro. Os estudantes representam o futuro da cadeia da pecuária bovina e a expansão de seus conhecimentos técnicos é essencial para suas futuras atividades profissionais e práticas”, pontua o presidente da ACNB e da ACCN.

Durante o III Congresso Brasileiro de Pecuária Bovina, também serão sorteadas 100 vagas de estágio, das quais 60 aos estudantes que primeiro submeterem seus trabalhos científicos à banca julgadora. 

Valorização da carne Nelore

No dia 09, André Locateli, gerente executivo da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil, promoverá palestra abordando a importância da raça na cadeia produtiva de proteína animal, e de que forma ela pode contribuir ainda mais com esse segmento do agronegócio brasileiro, tanto no mercado commodity, quanto no de carne premium.

O Congresso também abrigará dois encontros

O III Fórum do Agronegócio, no dia 07 de novembro, que contará com membros da CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária) abordando as atuais ações da entidade em prol da cadeia da pecuária bovina e dos produtores brasileiros, além de temas que envolvem a bovinocultura, como classificação e tipificação de carcaças; mercado e visão do pecuarista. No dia 10 de novembro, acontecerá a 3ª edição do Encontro de Alunos e Ex-alunos de Ciências Agrárias, que discutirá o mercado de trabalho e os requisitos essenciais para os estudantes que estão começando sua trajetória profissional e que almejam sucesso em suas carreiras.

Para mais informações sobre o 3º Congresso Brasileiro de Pecuária Bovina, acesse o site do evento; ou pelo telefone (27) 3019-0467 e no e-mail nelorecapixabaes@gmail.com. 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

Notícias Mercado Interno

Indicador do milho chega a menor patamar em cinco meses

Ritmo de negócios está limitado, tendo em vista a disparidade entre as ofertas de compradores e os pedidos de vendedores

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

A oferta superior à demanda tem mantido os preços do milho em queda na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea. Em Campinas (SP), os valores voltaram a operar próximos dos patamares observados em novembro do ano passado. Entre 12 e 18 de abril, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa Campinas (SP) caiu 2,32%, a R$ 35,84/sc de 60 kg na quinta-feira (18), o menor patamar nominal desde meados de novembro/18.

No geral, o ritmo de negócios está limitado, tendo em vista a disparidade entre as ofertas de compradores e os pedidos de vendedores. Além disso, alguns produtores têm dado preferência em comercializar a soja – vale lembrar que a cotação da oleaginosa está firme, favorecida pelas altas do dólar e dos preços externos. No campo, o clima segue favorável ao desenvolvimento das lavouras de milho, o que pode resultar em antecipação da colheita.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias Mercado

Preços da soja sobem, mas médias mensais são as menores desde janeiro

Apesar dos recentes aumentos, na parcial deste mês, os valores da oleaginosa são os menores desde janeiro de 2019

Publicado em

em

Divulgação

As cotações da soja registraram ligeira alta na semana passada, devido à valorização do dólar frente ao Real, à relativa estabilidade dos prêmios e ao aumento de cotas nos armazéns portuários, cenário que aumentou também a liquidez no mercado.

O Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá avançou 0,2%, a R$ 76,66/saca de 60 kg nessa quinta-feira (18). No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná subiu 0,3%, a R$ 72,11/sc de 60 kg nessa quinta.

Pesquisadores do Cepea afirmam que, apesar dos recentes aumentos, na parcial deste mês, os valores da oleaginosa são os menores desde janeiro de 2019, em termos nominais. Isso se deve à menor procura de indústrias brasileiras, uma vez que grande parcela tem garantido os lotes por contrato a termo e negociado poucos volumes no spot. Além disso, as aquisições são para consumo a médio prazo, visto que agentes esperam preços menores.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias Ovos

Última semana da quaresma é marcada por preços estáveis

No geral, o mercado de ovos apresentou bom desempenho de vendas no período de Quaresma deste ano

Publicado em

em

Divulgação

Apesar da estabilidade nas cotações dos ovos comerciais, o ritmo de negócios esteve mais intenso na semana passada. Com isso, colaboradores do Cepea afirmam que, no geral, o mercado de ovos apresentou bom desempenho de vendas no período de Quaresma deste ano.

Entre 11 e 18 de abril, as cotações do ovo tipo extra, branco, colocado na Grande São Paulo, registraram elevação de 0,3%, com a média da caixa com 30 dúzias passando para R$ 94,42 na última quinta-feira (18).  Para o produto vermelho, entregue na Grande SP, houve alta de 0,9% de 11 a 18 de abril, com a caixa de 30 dúzias comercializada a R$ 110,87 na quinta-feira.

Com o encerramento da Quaresma, avicultores consultados pelo Cepea se mostram receosos com o possível enfraquecimento das vendas nas próximas semanas. Parte dos agentes, inclusive, já cogita intensificar os descartes de poedeiras mais velhas.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
Biochem site – lateral
Abraves
Conbrasul 2019
Facta 2019

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.