Conectado com

Notícias

Evolução tecnológica da pecuária é destaque da InterCorte

Avanços da genética e integração lavoura-pecuária-floresta foram abordados no primeiro dia do evento, que vai até sexta, no WTC, em São Paulo

Publicado em

em

Com a proposta de debater a cadeia produtiva da carne de forma ampla e importância da adoção de tecnologias para a produção de carne de qualidade, teve início nesta quarta-feira, dia 21, a InterCorte São Paulo. O evento, que prossegue até sexta-feira, dia 23, no WTC Golden Hall, conta com 15 atrações distribuídas na programação e mais de 60 palestrantes.

A edição deste ano traz palestras com temas que buscam promover a integração entre diferentes setores do agronegócio, por meio de um ambiente mais pluralizado, evidenciando a importância da união da cadeia produtiva de alimentos em prol do crescimento no Brasil.

Na cerimônia de abertura, a diretora do Terraviva Eventos, que promove a InterCorte, evidenciou o papel agregador do evento. “A InterCorte tem como missão unir projetos, associações, empresas e lideranças para juntos trabalharmos pelo desenvolvimento do setor”, enfatiza.

O secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Francisco Jardim ressaltou a evolução da pecuária brasileira nos últimos anos, os desafios para as próximas décadas, defendendo a criação de um novo Plano Pecuário. “A atividade vem numa crescente e se aprimorando a cada ano, melhorando a produção. Um dos desafios para o próximo governo será a modernização do Plano Pecuário. O primeiro modelo foi feito há 40 anos e agora é o momento de rever e analisar o que o mercado quer. E, aqui na InterCorte, é onde podemos ter uma amostra e visualizar o que há de mais moderno para o mercado e mais importante para o setor”, aponta. Jardim lembrou ainda que segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) será preciso aumentar a produção de alimentos em 20% e a pecuária do Brasil terá papel fundamental nesse processo até 2050, com crescimento ainda maior na ordem de 40%.

O presidente da Associação dos Criadores do Pará (Acripará), Maurício Fraga Filho, destacou que a InteCorte tem papel fundamental para os setores que integram a cadeia produtiva da carne brasileira. “Venho desde a primeira edição da InterCorte e acredito que é o encontro oficial da pecuária nacional. Este ano tivemos uma etapa do evento no Pará e foi um sucesso, com a participação de mais de mil produtores, que contribuiu de forma decisiva para o fortalecimento da nossa associação e animou o setor”, afirmou.

O diretor-executivo do Canal Terraviva, Eduardo Ramos, destacou a importância do evento para o segmento como ferramenta de propagação de novas tecnologias e conhecimento. “Vemos um futuro melhor para o setor e a InterCorte é ferramenta para o futuro e o progresso”, destacou.

Programação

A InterCorte traz questões atuais para que o produtor tenha mais conhecimento técnico para sua produção pecuária com sustentabilidade e rentabilidade. No painel “Caminhos da Genética”, as palestras e exposições mostraram as mais recentes evoluções nesse segmento, especialmente sobre a genômica.

O professor da Universidade Federal de Viçosa, Mario Chizzotti, que abriu o painel sobre genética, apontou que muita gente ainda encara a atividade pecuária como produtora de boi, quando, na verdade, o pecuarista é produtor de carne de qualidade. “Um dos desafios é o produtor conseguir produzir mais carne por animal. Ainda há um trabalho muito grande para se fazer da porteira para dentro para que haja um bom valor agregado na atividade. A tipificação de carcaça pelo frigorífico é uma saída para melhor remunerar o produtor, pois se paga não pelo peso e, sim, pela quantidade de carne”, explica. “Enquanto estivermos produzindo apenas peso, não acharemos o caminho para a qualidade”, analisou.

O médico-veterinário César Franzon, Gerente de Inovação e Melhoramento de Genética na CRV Lagoa destacou a importância de se fornecer boas condições para que o animal expresse todo o seu potencial genético apoiado no tripé: nutrição, sanidade e eficiência. “Muitas vezes discutimos apenas o que tem sido feito em melhoramento genético. No entanto, o produtor precisa trabalhar mais para produzir com eficiência carne de qualidade. A nutrição é um dos gargalos de custo, mas se não tiver uma boa nutrição o animal não terá um bom índice reprodutivo, pois um fator depende do outro”, comentou. “É preciso fazer conta para conseguir agregar valor em toda a cadeia. Podemos produzir de forma mais barata, mas quem vai direcionar a demanda é o mercado consumidor”, completou.

A Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF) foi um dos destaques da programação da InterCorte, sendo discutida em três painéis “Caminhos da ILPF” ao longo do dia. A programação detalhou aspectos dessa estratégia de produção que integra diferentes sistemas produtivos, agrícolas, pecuários e florestais dentro de uma mesma área.

Segundo o coordenador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Orlando Melo de Castro, a ILPF já está sendo utilizada em mais de 11 milhões de hectares no Brasil e que mais do que recuperar áreas degradadas de pastagens, a técnica deve ser vista como uma forma de diversificar as atividades e a renda com a produção de grãos e pecuária. “Ainda há muito a ser estudado e a aprendermos sobre ILPF, mas uma certeza nós temos: é que estamos implantando a maior revolução na produção de proteína animal e vegetal que o mundo já presenciou com tecnologia brasileira e de brasileiros”, ressaltou o pesquisador.

Programação do segundo dia

A programação da InterCorte São Paulo na quinta-feira, dia 22, prossegue com um painel sobre ILPPF. Além disso, os visitantes podem “percorrer” o caminho da ILPF por meio da tecnologia de realidade virtual. Com o uso de óculos de realidade virtual (RV) e um fone de ouvido, os participantes do evento podem caminhar por um percurso interativo e informativo sobre essa tecnologia. O túnel de RV é uma adaptação do aplicativo “Maquete virtual de ILPF em realidade aumentada” em 16 etapas, montado pela Rede ILPF.

Nesta quinta a InterCorte terá ainda o painel “A carne além do churrasco”, liderado pela JBS, com uma programação de palestras e degustações que pretendem quebrar paradigmas dos eventos do setor em apresentar apenas a carne in natura. O objetivo é apresentar aos participantes um panorama do mercado de alimentos preparados no Brasil e no mundo, mostrando o perfil do consumidor desses produtos, tendências e a preocupação com o controle de qualidade no processo produtivo.

A InterCorte será sede da entrega do prêmio “Touro de Ouro”, promovido pela Editora Centauro, que edita as revistas AG e A Granja e que há 10 anos homenageia as empresas mais lembradas da pecuária.

Sobre a InterCorte

Desde a sua criação em 2012, a InterCorte já contou com a participação de mais de 27 mil pessoas, a maior parte pecuaristas, em eventos que percorrem algumas das principais regiões pecuárias do País para levar informação, conhecimento e tecnologia.

Em 2018 a InterCorte ocorreu em Cuiabá (MT), no mês de março, com a participação de 1.500 pessoas, Marabá (PA) em maio com 1.050 participantes e será finalizada em São Paulo (SP), nos dias 21, 22 e 23 de novembro.

A InterCorte faz parte do “Integrar para Crescer”, plataforma de comunicação que envolve eventos e ações com o intuito de disseminar informação de qualidade, reverberando os temas e discussões relevantes ao setor. Além da InterCorte, a plataforma ainda promove eventos como a Interconf, InterGrãos e ações como o movimento #SomosdaCarne, a Beef Week, “Você Sabia” e “Caminho do Boi”, visando sempre o crescimento e fortalecimento do agronegócio no Brasil. 

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =

Notícias Suinocultura

IV Encontro Técnico da Abraves SP encerra inscrições com desconto na próxima semana

Evento vai debater sanidade e biossegurança da suinocultura com palestrantes de renome internacional no próximo dia 10 de setembro, em Nova Odessa, SP

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Termina no sábado da próxima semana, dia 31 de agosto, o último prazo para a realização de inscrições com desconto para o IV Encontro Técnico da Abraves – Regional SP, que vai ser realizado no próximo dia 10 de setembro, em Nova Odessa, no interior de São Paulo. Até o dia 31 de agosto é possível fazer inscrições no site do evento (https://www.abravessp.com.br/inscricao) pelo valor de R$ 100 para estudantes e R$ 150 para profissionais. Depois desta data, as inscrições só serão realizadas no local do evento, com pagamento em dinheiro ou cheque e valores corrigidos.

Outras informações sobre o IV Encontro Técnico da Abraves – Regional São Paulo estão disponíveis no site do evento (http://abravessp.com.br), ou através do e-mail abraves.sp@hotmail.com.

 

Apoio
O IV Encontro Técnico da Abraves –SP já tem o patrocínio confirmado de algumas das mais importantes empresas da suinocultura mundial, como Adisseo, Agroceres PIC, APC, Basetto Agro, Bayer, Ceva, DB Genética Suína, De Heus, Desvet, Farmabase, Hipra, Imeve, Kemin, Lallemand, MCassab, MSD Saúde Animal, Olmix, Ourofino, Polinutri, Sauvet, Trouw Nutrition, Venco, Virbac, Wisium e Yes.

O encontro também tem o apoio institucional da APCS (Associação Paulista de Criadores de Suínos) e da ACSURS (Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul), além de parceria de divulgação com algumas das principais mídias do agronegócio brasileiro, como portal Suino.com, revista AgroRevenda, revista Feed&Food e jornal O Presente Rural.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias SIAVS

Projeto especial traz stakeholders para o SIAVS 2019

Outro destaque é o “Projeto Comprador”, com a vinda de compradores estrangeiros para a viabilização de negócios

Publicado em

em

Foto: O Presente Rural

Presidentes e diretores de organizações de importadores participarão do maior evento da avicultura e da suinocultura do Brasil por meio de uma ação especial organizada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).  A ação, denominada Projeto Formadores de Opinião, acontecerá durante o Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), programado entre os dias 27 e 29 de agosto, no Anhembi Parque, em São Paulo (SP).

Por meio do Projeto Formadores de Opinião, a ABPA buscará fortalecer laços com stakeholders de mercados estratégicos para a proteína animal do Brasil, como a África do Sul, Argentina, Tailândia, entre outros.

Para isto, a iniciativa contará com uma série de ações e apresentações referentes à qualidade e o status sanitário da cadeia produtiva de aves, suínos, ovos e material genético.

“O projeto completa uma série de iniciativas que temos realizado para destacar as características do nosso setor produtivo, com total transparência.  Apresentar nossos diferenciais produtivos aos formadores de opinião é fundamental para fortalecer a percepção de responsabilidade e parceria em prol da segurança alimentar que temos implementado no mercado internacional”, ressalta Francisco Turra, presidente da ABPA.

Outros projetos – Além do Projeto Formadores de Opinião, o SIAVS contará com outras duas iniciativas realizadas em parceria com a Apex-Brasil.

Uma delas é o Projeto Imagem, que trará cerca de 30 jornalistas estrangeiros para o maior evento da avicultura e da suinocultura do Brasil.   São repórteres de revistas, jornais, canais de televisão e rádio de mercados estratégicos para a proteína animal do Brasil, como China, Reino Unido, México, Bélgica, Coreia do Sul, Japão, Alemanha e outros.   A inciativa contará com uma intensa programação de encontros com representações setoriais e demais membros do setor produtivo brasileiro.

Outro destaque é o “Projeto Comprador”, com a vinda de compradores estrangeiros para a viabilização de negócios. Para a ação, uma grande estrutura de 450 metros quadrados será montada em meio à maior feira dos setores de aves, ovos, material genético e suínos do Brasil. Os importadores participarão de uma programação exclusiva e de encontros de negócios com 35 agroindústrias produtoras e exportadoras de aves, suínos, ovos e material genético participantes da feira.

Os projetos resultantes da parceria entre a ABPA e a Apex-Brasil acontecerão em meio à maior edição já realizada do SIAVS, principal evento dos setores de aves, suínos e ovos do Brasil.  Com mais de 160 expositores do Brasil e do exterior, o SIAVS reunirá agroindústrias exportadoras, empresas de equipamentos, material genético, insumos, certificadoras, laboratórios e diversos outros elos da cadeia produtiva.  Mais de 100 palestrantes integram a mais completa programação técnica e conjuntural voltada para o setor de proteína animal.

Fonte: ABPA
Continue Lendo

Notícias Mercado

Poder de compra do pecuarista aumenta frente ao milho em SP

Relação de troca se aproxima de um dos momentos mais favoráveis deste ano

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Com as cotações da arroba do boi gordo praticamente estáveis nas últimas semanas e os valores do milho (importante insumo pecuário) enfraquecidos no mercado paulista, o poder de compra do pecuarista está maior frente ao cereal, segundo dados do Cepea. Essa relação de troca, inclusive, se aproxima de um dos momentos mais favoráveis deste ano.

Quanto ao mercado de boi gordo, de modo geral, o volume de animais negociados ao longo desta semana tem oscilado, resultando em dispersão também entre os valores mínimos e máximos da arroba. Entre 14 e 21 de agosto, o Indicador do boi gordo ESALQ/B3 subiu 1,48%, fechando a R$ 154,70 na quarta-feira (21).

Fonte: Cepea
Continue Lendo
Biochem site – lateral
POLINUTRI CAMPANHA
TOPIGS – BRASIL PORK EVENT 2019
AB VISTA Quadrado

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.