Conectado com

Notícias

Começa amanhã a maior etapa da InterCorte 2018

Setor pecuário se encontra nos dias 21, 22 e 23 de novembro na capital paulista

Publicado em

em

A maior cidade da América Latina será capital nacional da pecuária nos dias 21, 22 e 23 de novembro, com a realização da etapa paulista da InterCorte, que durante o ano percorreu polos de produção da pecuária no Brasil, encerra sua temporada em 2018 com um evento completo, que reunirá importantes setores do agronegócio, no WTC Golden Hall.

Com o objetivo de abordar a cadeia da pecuária de maneira mais abrangente, a edição deste ano traz painéis que buscam promover a integração entre diferentes setores do agronegócio, por meio de um ambiente mais pluralizado, evidenciando a importância da união da cadeia produtiva de alimentos em prol do crescimento no Brasil.

“Seguindo proposta da nossa plataforma de comunicação ‘Integrar Para Crescer’, decidimos ampliar os temas dos debates do evento, colocando em pauta assuntos que interessam à cadeia como um todo, promovendo assim a troca de informações e a união do setor”, destaca a diretora do Terraviva Eventos, Carla Tuccilio.

No total, o evento contará com mais de 12 atrações que serão distribuídas na programação e também serão realizados em paralelo à etapa. “Nossa ideia é oferecer dias de muito conhecimento e experiências exclusivas aos nossos visitantes”, ressalta Carla.

 

Caminhos da ILPF e Genética

Dando sequência ao projeto de especificação das etapas do “Caminho do Boi”, a programação da InterCorte São Paulo terá início com o painel “Caminhos da Genética”, que foi o tema principal da edição do ano passado. Este painel trará as evoluções do segmento de genética. Ainda como parte do projeto “Caminho do Boi”, a InterCorte SP terá como destaque o painel “Caminhos da ILPF”, que será coordenado pela unidade de Referência Tecnológica do Instituto de Zootecnia (IZ) de Ribeirão Preto (SP). A programação detalhará aspectos da integração lavoura-pecuária-floresta, uma estratégia de produção que integra diferentes sistemas produtivos, agrícolas, pecuários e florestais dentro de uma mesma área.

Os visitantes ainda poderão “percorrer” o caminho da ILPF por meio da tecnologia de realidade virtual. Com o uso de óculos de realidade virtual (RV) e um fone de ouvido, os participantes do evento poderão caminhar por um percurso interativo e informativo sobre essa tecnologia. O túnel de RV é uma adaptação do aplicativo “Maquete virtual de ILPF em realidade aumentada”, que também será demonstrado nesse evento com 16 cenas e áudio explicativo.

 

Caminhos do Leite

Pela primeira vez, a InterCorte recebe um painel dedicado a debater a busca por maior produtividade na atividade leiteira no Brasil. O painel tem como tema central “O hoje e o amanhã da pecuária leiteira” e terá palestras e cases de lideranças, pesquisadores, representantes da indústria de insumos e produtores.

Para concluir, será realizada uma degustação de mais de 100 variedades de queijos artesanais produzidos no estado de São Paulo, em parceria com a Associação Paulista do Queijo Artesanal (APQA) e com o Caminho do Queijo Artesanal Paulista.

A programação do painel “Caminhos do Leite” é organizada pelo Terraviva Eventos em parceira com a ABRALEITE, revista Balde Branco e GENEX.

 

Caminhos do Boi 7.7.7.

O desafio de produzir mais, com melhor qualidade e em menor tempo também será tema do painel “Caminhos do Boi 7.7.7.”, método que revolucionou a pecuária de corte do Brasil. A técnica foi apresentada há mais de sete anos para o setor pelos pesquisadores do Polo Regional de Colina da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Gustavo Rezende e Flávio Dutra, ganhou ampla visibilidade ao ser o tema central do Circuito InterCorte de 2015, e terá destaque no último dia da InterCorte São Paulo este ano.

 

Caminhos da Comunicação

Como conseguir se comunicar melhor com a sociedade? Para responder a essa problemática verificada principalmente na pecuária de corte, a InterCorte terá um painel denominado “A Comunicação Além da Porteira”. O objetivo desse painel é ser um espaço de troca de informações sobre boas práticas e projetos de outros setores do agronegócio voltados à comunicação com a sociedade. Mediado pelo jornalista Ricardo Boechat, o painel terá a apresentação de ações de comunicação que vêm sendo desenvolvidas por setores como trigo, cacau, suco de laranja e algodão.

 

GPB em Ação – Caminhos do Balizador

Painel promovido pelo Grupo Pecuária Brasil – GPB para discutir ferramenta de balizador de preço da arroba criada pelos pecuaristas.

 

Painel GTPS – Carbono: uma visão prática pela ótica da pecuária

Promovido pelo Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS), o painel tem como tema central as oportunidades de mitigação das emissões por meio de sistemas bem manejados de pastagens.

 

InterTechAgro

A InterCorte SP terá ainda a InterTechAgro, um espaço destinado à apresentação de startups, com uma programação de conteúdo específico desenvolvida para apresentar tecnologias que facilitam a gestão das propriedades e geram mais eficiência à produção animal. Será anunciado também o vencedor do Prêmio Terraviva Startups que elegerá a melhor AGRITECH do Brasil, uma parceria entre o Terraviva Eventos e ONOVOLAB.

 

“A Carne Além do Churrasco”

A InterCorte terá o painel “A carne além do churrasco”, liderado pela JBS, com uma programação de palestras e degustações que pretendem quebrar paradigmas dos eventos do setor em apresentar apenas a carne in natura. O objetivo é apresentar aos participantes um panorama do mercado de alimentos preparados no Brasil e no mundo, mostrando o perfil do consumidor desses produtos, tendências e a preocupação com o controle de qualidade no processo produtivo.

 

Touro de Ouro

O evento será sede da entrega do prêmio “Touro de Ouro”, promovido pela Editora Centauro, que edita as revistas AG e A Granja e que há 10 anos homenageia as empresas mais lembradas da pecuária.

 

Mulheres no Agro

No dia 21, às 17h30 será realizada uma palestra sobre a importância das mulheres no agronegócio, promovida pela DSM.

 

Angus Beef Week

Enquanto o setor produtivo se reúne no WTC para discutir melhorias, o consumidor é convidado a conferir o resultado desse trabalho na Angus Beef Week em diversos restaurantes da capital paulista, que oferecem ao consumidor pratos especiais com cortes de animais Angus, de 15 a 25 de novembro. Confira a lista completa de estabelecimentos participantes em http://intercorte.com.br/beefweek.

 

Feira de Negócios

A edição da InterCorte em São Paulo terá ainda uma feira de negócios com a participação de empresas de referência na pecuária, que lançarão no evento suas inovações tecnológicas para tornar a pecuária cada vez mais produtiva e rentável.

Dentre as empresas confirmadas está a Arysta, Boehringer Ingelheim, CRV Lagoa, Instituto de Zootecnia, Marfrig, Matsuda, Nutron, Ourofino, Premix, Trouw Nutrition, ANCP, Allflex, Bayer, Beckhauser, Casale, Coimma, Estância Bahia Leilões, Fockink, GENEX, MultSoft, Oro Agri, Prodap, Rubber Tank, SBC, Toledo do Brasil, UPL, VipBov, USP, Denner Seguro de Animais, JetBov e Liberali.

O evento terá ainda o Empório InterCorte, um espaço em que empresas comercializarão alimentos, bebidas, utensílios e acessórios ligados à pecuária e ao agronegócio em geral.

Mais informações pelo site: www.intercorte.com.br/saopaulo2018.  

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + catorze =

Notícias Sanidade

ABPA e DIPOA promovem encontro sobre inspeção

Será apresentado o sistema de treinamento na inspeção ante e post mortem de aves e suínos

Publicado em

em

Divulgação/Agrostock

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura (DIPOA/MAPA) realizam ao longo desta semana um encontro conjunto para tratar sobre temas do sistema de inspeção do setor de proteína animal. A programação do evento, iniciada na segunda-feira (18), segue até sexta-feira (22), em São Paulo, SP.

Na ocasião, será apresentado o sistema de treinamento na inspeção ante e post mortem de aves e suínos. Além disso, também serão discutidas as ações e procedimentos de verificação oficial dos controles em estabelecimentos produtores de carne e suínos. Participam do encontro técnicos das agroindústrias produtoras e exportadoras e auditores fiscais do Ministério da Agricultura.

“Este é um trabalho que tem como princípio o fortalecimento do trabalho pela qualidade e a reconstrução da imagem do setor produtivo, seguindo todos os parâmetros legais em uma parceria do setor público e da iniciativa privada.  Esperamos realizar, em breve, novos eventos com o mesmo objetivo”, ressalta Francisco Turra, presidente da ABPA.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado Leiteiro

Estoques reduzidos e menor produção elevam preço do UHT

Altas estiveram atreladas aos estoques, que continuam controlados, e à redução da produção por parte de alguns laticínios

Publicado em

em

Divulgação

O preço do leite UHT negociado no atacado do Estado de São Paulo subiu 0,24% entre as duas últimas semanas, fechando com média de R$ 2,4357/litro no período entre 11 e 15 de fevereiro. Conforme colaboradores do Cepea, as altas estiveram atreladas aos estoques, que continuam controlados, e à redução da produção por parte de alguns laticínios.

Apesar da valorização, as negociações entre laticínios e atacados permaneceram baixas. Já o queijo muçarela se desvalorizou 0,83% na mesma comparação, fechando com média de R$ 17,2862/kg entre 11 e 15 de fevereiro. Quanto à liquidez no mercado deste derivado, permaneceu estável no período.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias No Paraná

Trigo pode ser boa alternativa ao produtor na 2ª safra

Como o clima está favorável, os preços e custos de produção irão balizar tomada de decisão dos agricultores

Publicado em

em

Divulgação/SECS

Com o avanço da colheita dos grãos de verão no Paraná, triticultores do Estado já planejam a divisão das áreas de semeio na segunda safra. Como o clima está favorável ao desenvolvimento tanto do trigo quanto do milho, os preços e custos de produção é que irão balizar a tomada de decisão dos agricultores por um ou outro.

Segundo dados da equipe de custos agrícolas do Cepea, em Cascavel, PR, o custo operacional de produção do milho 2ª safra foi calculado em R$ 2.822,54/hectare, contra R$ 1.901,03/ha para o trigo. A produtividade média das últimas três safras foi de 93 sacas/ha para o milho e de 49 sc/ha para o trigo, de acordo com dados do Deral/Seab.

Considerando-se os valores médios de venda em janeiro/19, as receitas geradas seriam de R$ 2.724,08/ha para o milho e de R$ 2.343,38/ha para o trigo. Portanto, a receita obtida com a cultura do trigo foi suficiente para saldar os custos operacionais e gerar margem positiva ao produtor, de R$ 442,35/ha. Já a receita obtida com o milho 2ª safra não foi suficiente para cobrir o total de desembolsos, resultando em margem negativa ao produtor, de R$ 98,46/ha.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
APA
Facta 2019
Nucleovet 2

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.