Conectado com

Empresas

Ceva Saúde Animal promove debate sobre as principais doenças respiratórias da suinocultura

A empresa reuniu especialistas para abordar as inovações para o controle das patologias no plantel

Publicado em

em

Durante a Pork Expo 2018, a Ceva Saúde Animal promoveu um workshop com especialistas para fomentar o debate sobre as inovações para o controle das principais doenças respiratórias que afetam o plantel brasileiro.

“A Pork Expo é o principal evento do setor e uma excelente oportunidade de compartilhar experiências e abordar novas tecnologias do segmento. Participamos para mostrar nossas soluções e para promover uma atualização dos participantes sobre o combate das patologias respiratórias”, afirma o Diretor da Unidade de Suínos da Ceva Saúde Animal, Júlio Acosta.

O painel contou com a participação do Prof. Dr. Mathias Ritzmann, responsável pela Clínica Suína da Universidade de Ludwing-Maximilians em Munique, Alemanha. O pesquisador abordou as novas variantes circulantes do PCV2 ao redor do mundo e reforçou o impacto das doenças associadas ao patógeno, como a Síndrome de Refugagem Multissistêmica Pós-desmame (PMWS), Dermatite suína e síndrome da nefropatia (PDNS), e o mycoplasma, responsável pela Pneumonia Enzoótica.

“A vacinação contra o PCV2 associada a gestão de biosseguridade no plantel é a melhor estratégica para o combate e controle da doença. Além disso, quanto maior o número de animais imunizados, menor será a taxa de contaminação, e isso estimulará a diminuição do uso de antibioticoterapia na granja”, conta Mathias.

Na palestra, o profissional também compartilhou dados de um estudo clínico realizado em granjas na Europa, que traçou o sequenciamento genômico do PCV2, apresentando três diferentes genótipos, PCV2a, PCV2b e PCV2d, identificado pela primeira vez na Alemanha em 2012.

Na sequência, o Dr. Philippe Mazerolles, Gerente Corporativo da Unidade de Suínos na matriz da Ceva em Libourne, França, abordou os desafios atuais da saúde respiratória dos suínos.

O profissional mostrou pesquisas recentes sobre a ação do mycoplasma hyopneumoniae. Os dados demostram os prejuízos causados pela doença, como a alta taxa de mortalidade, lesões pulmonares, diminuição nos ganhos zootécnicos, entre outros.

Dr. Philippe também reforçou a importância da análise das lesões causadas pelas doenças do complexo respiratório para o desenvolvimento de um plano de controle assertivo, que leve em consideração os patógenos que estão afetando o rebanho.

O destaque da palestra foi a apresentação de um estudo de larga escala realizado em 2017, no Brasil, com oito estados suinocultores, através do Ceva Lung Program (CLP). A pesquisa visou identificar os principais patógenos atuantes no país, por meio da análise de 150 lotes. A pesquisa buscou entender a prevalência e incidência das doenças respiratórias medindo as lesões encontradas nos pulmões coletados.

“Mensurar as lesões é uma forma de entender a epidemiologia das patologias, a PCV2 e a Pneumonia Enzoótica não antigas, e estão no centro de outras patologias, por isso mensurar o impacto e os patógenos que agem em conjunto com essas enfermidades é imprescindível para controlar as doenças do sistema respiratório dos suínos”, afirma  Philippe.

O CLP, programa desenvolvido com exclusividade pela Ceva, faz uma avaliação no abatedouro para analisar quais os níveis de prevalência e o grau das lesões pulmonares apresentados pelo rebanho. Com base nesses dados é criado um protocolo de controle, que une desde o treinamento das equipes, até o acompanhamento em campo do lote durante toda a fase produtiva.

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dezoito =

Empresas

Biomin Days leva novos clientes à matriz, na Áustria, para conhecer seu Centro de Pesquisas e discutir sobre  importância da saúde intestinal para o bom desempenho das proteínas animais

“Por que a saúde intestinal é o melhor promotor de crescimento?”. Este é o tema central do evento técnico Biomin Days, que a Biomin realizou nos dias 3 a 5 de julho, em sua sede global, na Áustria.

Publicado em

em

O evento reuniu 140 profissionais de 17 nacionalidades, todos tomadores de decisão, distribuidores e responsáveis técnicos de toda América Latina e Ásia.

“Hoje a  América Latina   é a nossa segunda região em faturamento. Com o Biomin Days conseguimos expandir conhecimento e aproveitar a excelente oportunidade para apresentar a especialistas e nossos parceiros a estrutura de pesquisas, desenvolvimento e inovação da empresa na Áustria, além de discutir temas relevantes sobre o posicionamento da Biomin frente aos novos desafios da produção de proteínas animais”, explica Luciano Sá, diretor técnico Latam da Biomin.

A programação do Biomin Days é voltada para a inovação na indústria de proteínas animais, as soluções sustentáveis criadas pela empresa para atender às novas demandas da atividade, incluindo os desafios encontrados no campo.

“A Biomin tem uma história vitoriosa de mais de 30 anos de investimentos em soluções naturais, sustentáveis e com resultado econômico positivo para a produção animal. Essa atuação inclui inovação para o gerenciamento de risco de micotoxinas, desempenho intestinal e redução do uso de antibióticos promotores de crescimento, desafios cada vez mais prementes para a cadeia de aves, suínos e demais atividades”, ressalta Luciano Sá.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo

Empresas Evento

Queima do Frango da Cobb-Vantress será no dia 20 de julho

Evento faz parte da programação do Rodeo Country Bulls, que ocorre em São José do Rio Preto

Publicado em

em

Divulgação

A Cobb-Vantress, Inc., uma das principais fornecedoras de matrizes de frangos de corte e serviços técnicos para o setor avícola, prepara para o próximo dia 20 de julho uma nova edição da tradicional Queima do Frango. O evento, que oferece diferentes tipos de cortes de frango aos participantes, ocorre durante a programação do Rodeo Country Bulls, em São José do Rio Preto (SP).

O cardápio desta edição contará com cerca de 200 kg de frango preparados de diversas formas, como assado no varal em fogo de chão com legumes e abacaxi, coxa defumada na lenha frutífera ao molho barbecue caseiro, filé de coxa grelhado e tulipas fritas ao alho.

As preparações ficarão sob responsabilidade do cozinheiro e personal chef Arthur Martinelli. “Um  dos pratos que vamos apresentar ao público se chama ‘chicken lollipops’, um preparo típico americano. Nele, as coxas do frango são limpas na parte do osso, envolvidas em um tempero a base de açúcar mascavo, páprica e especiarias. As coxas são defumadas por quatro horas em lenha frutífera e, ao final, passadas em um molho barbecue caseiro para servir”, comentou.

A Queima do Frango reúne, todos os anos, mais de 700 pessoas, entre clientes, colaboradores, parceiros e população de Rio Preto. O objetivo da festa é, segundo o Diretor-associado de Marketing para América do Sul, Cassiano Bevilaqua, fomentar o consumo da carne de frango na região e apresentar a diversidade de produtos e formas de preparo do frango.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Pecuária

Nutrição e sanidade são alguns dos fatores que interferem nos resultados de IATF

Assunto será um dos temas abordados em evento para pecuaristas em São José do Rio Preto (SP)

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Como melhorar a eficiência reprodutiva do rebanho? Essa será uma das respostas que os produtores de São José do Rio Preto (SP) e região poderão encontrar durante o 5º Encontro de Pecuaristas. O evento, promovido pela Biogénesis Bagó, uma das empresas de saúde animal líderes no mercado latino-americano, será na quinta-feira, dia 25 de julho, às 18 horas, no Caboclão – Recinto de Exposições (Rua Daniel Antonio Freitas, 115, Distrito Industrial).

A programação contará com a palestra “Intensificação da reprodução de bovinos: ajustes em protocolos para aprimorar a eficiência reprodutiva em programas de IATF”, que será ministrada pela consultora da linha reprodutiva da Biogénesis Bagó, Roberta Machado Ferreira Saran, que também é médica-veterinária, especialista em reprodução animal com mestrado, doutorado e pós-doutorado na área.  

“Além de um bom protocolo, os produtores precisam estar atentos aos fatores que podem influenciar de forma negativa nos resultados de IATF. E são esses itens que vamos abordar durante o Encontro. Para um bom desempenho é preciso observar a condição nutricional do rebanho, bem como a sanidade, além de avaliar o escore corporal ou ainda fazer os ajustes necessários das doses no caso de protocolo de novilhas”, explica Saran.

O 5º Encontro de Pecuaristas também traz as palestras “Estratégias nutricionais para o rebanho de cria” e “Gestão da reprodução eficiente” e uma mesa redonda para debater dúvidas e questionamentos dos produtores.

Além da Biogénesis Bagó, o evento é promovido pela Alta Genetics e DSM, em parceria com a Rio Alta Produtos Agropecuários. Mais informações: (17) 99154-4330.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
AB VISTA Quadrado
Biochem site – lateral
Evonik Aminonir
TOPIGS – BRASIL PORK EVENT 2019

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.