Conectado com

Notícias

Alimentos Preparados ganha painel inédito na InterCorte São Paulo

Espaço debaterá o papel da carne além do churrasco

Publicado em

em

Pecuaristas de todo o Brasil se reúnem nos dias 21, 22 e 23 de novembro na capital paulista para a última etapa da InterCorte 2018, evento itinerante que percorre os principais polos de produção da pecuária no Brasil, com o objetivo de levar informações e tecnologias aos criadores de gado. O evento, que será realizado no WTC Golden Hall, oferece em três dias uma série de atrações que pretendem promover uma integração não só entre os players do setor pecuário de corte, mas também outros setores do agronegócio que fazem parte da cadeia produtiva de alimentos.

Dentre as atrações confirmadas para o segundo dia do evento está o painel “A carne além do churrasco”, liderado pela JBS, por meio das diretorias de Originação e Alimentos Preparados, com uma programação de palestras e degustações que pretendem quebrar paradigmas dos eventos do setor em apresentar apenas a carne in natura. “Essa é uma iniciativa da JBS, que tem como objetivo reforçar o conceito de que a carne vai além do churrasco, trazendo discussões sobre o mercado de alimentos preparados a partir da carne bovina, evidenciando os processos de produção e a qualidade do produto final, possibilitando a degustação dos participantes”, afirma Fabio Dias, diretor de Relacionamento com Pecuarista da JBS.

O painel apresentará aos participantes um panorama do mercado de alimentos preparados no Brasil e no mundo, mostrando o perfil do consumidor desses produtos, tendências e a preocupação com o controle de qualidade no processo produtivo. “Além de apresentar o conceito e a parte teórica deste mercado, pretendemos reforçar, por meio das degustações, a qualidade e o comprometimento com o sabor da carne. Vamos oferecer aos participantes da InterCorte uma experiência gastronômica real com os produtos que são encontrados diariamente no mercado”, ressalta Rodrigo Simioni, diretor Comercial de Alimentos Preparados da JBS Carnes.

“A InterCorte é um evento que pretende levar para a cadeia da pecuária não apenas tecnologias e informações que auxiliem na eficiência produtiva das propriedades, mas também inovações e tendências de mercado que podem ajudar no crescimento da produção de carne no Brasil. O painel de alimentos preparados é uma dessas oportunidades de mercado que a cadeia produtiva precisa estar atentar para aumentar seus números de produção e, consequentemente, a rentabilidade de todos os envolvidos”, destaca Carla Tuccilio, diretora do Terraviva Eventos, que promove a InterCorte.

Outras atrações

A edição da InterCorte São Paulo traz uma programação diferenciada com painéis que atendem a necessidade não apenas do setor produtivo, mas sim para todos os elos da cadeia da carne. Dentre os destaques estão o painel “Caminhos da ILPF”, desdobramento do projeto “Caminho do Boi”, para detalhar aspectos da integração lavoura-pecuária-floresta; “Caminhos da Genética” para abordar as evoluções do segmento de genética; o “Caminhos do Leite”, que tratará da busca por maior produtividade na atividade leiteira e será concluído com degustações de queijos e vinhos; o “Caminhos do Boi 7.7.7” para tratar da técnica para produzir um animal com 21@ em 24 meses; o GPB em Ação – Caminhos do Balizador, promovido pelo Grupo Pecuária Brasil – GPB para discutir ferramenta de balizador de preço da arroba criada pelos pecuaristas; o  Caminhos da Comunicação, espaço onde serão apresentados cases de como outros setores do agronegócio se comunicam com a sociedade; Painel GTPS – Carbono: uma visão prática pela ótica da pecuária, promovido pelo Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) sobre as oportunidades de mitigação das emissões por meio de sistemas bem manejados de pastagens; o InterTechAgro, espaço destinado à apresentação de startups, com uma programação de conteúdo específico desenvolvida para apresentar tecnologias que facilitam a gestão das propriedades e geram mais eficiência à produção animal, inclusive com uma premiação das melhores startups, entre outras atrações.

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 14 =

Notícias Sanidade

ABPA e DIPOA promovem encontro sobre inspeção

Será apresentado o sistema de treinamento na inspeção ante e post mortem de aves e suínos

Publicado em

em

Divulgação/Agrostock

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura (DIPOA/MAPA) realizam ao longo desta semana um encontro conjunto para tratar sobre temas do sistema de inspeção do setor de proteína animal. A programação do evento, iniciada na segunda-feira (18), segue até sexta-feira (22), em São Paulo, SP.

Na ocasião, será apresentado o sistema de treinamento na inspeção ante e post mortem de aves e suínos. Além disso, também serão discutidas as ações e procedimentos de verificação oficial dos controles em estabelecimentos produtores de carne e suínos. Participam do encontro técnicos das agroindústrias produtoras e exportadoras e auditores fiscais do Ministério da Agricultura.

“Este é um trabalho que tem como princípio o fortalecimento do trabalho pela qualidade e a reconstrução da imagem do setor produtivo, seguindo todos os parâmetros legais em uma parceria do setor público e da iniciativa privada.  Esperamos realizar, em breve, novos eventos com o mesmo objetivo”, ressalta Francisco Turra, presidente da ABPA.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado Leiteiro

Estoques reduzidos e menor produção elevam preço do UHT

Altas estiveram atreladas aos estoques, que continuam controlados, e à redução da produção por parte de alguns laticínios

Publicado em

em

Divulgação

O preço do leite UHT negociado no atacado do Estado de São Paulo subiu 0,24% entre as duas últimas semanas, fechando com média de R$ 2,4357/litro no período entre 11 e 15 de fevereiro. Conforme colaboradores do Cepea, as altas estiveram atreladas aos estoques, que continuam controlados, e à redução da produção por parte de alguns laticínios.

Apesar da valorização, as negociações entre laticínios e atacados permaneceram baixas. Já o queijo muçarela se desvalorizou 0,83% na mesma comparação, fechando com média de R$ 17,2862/kg entre 11 e 15 de fevereiro. Quanto à liquidez no mercado deste derivado, permaneceu estável no período.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias No Paraná

Trigo pode ser boa alternativa ao produtor na 2ª safra

Como o clima está favorável, os preços e custos de produção irão balizar tomada de decisão dos agricultores

Publicado em

em

Divulgação/SECS

Com o avanço da colheita dos grãos de verão no Paraná, triticultores do Estado já planejam a divisão das áreas de semeio na segunda safra. Como o clima está favorável ao desenvolvimento tanto do trigo quanto do milho, os preços e custos de produção é que irão balizar a tomada de decisão dos agricultores por um ou outro.

Segundo dados da equipe de custos agrícolas do Cepea, em Cascavel, PR, o custo operacional de produção do milho 2ª safra foi calculado em R$ 2.822,54/hectare, contra R$ 1.901,03/ha para o trigo. A produtividade média das últimas três safras foi de 93 sacas/ha para o milho e de 49 sc/ha para o trigo, de acordo com dados do Deral/Seab.

Considerando-se os valores médios de venda em janeiro/19, as receitas geradas seriam de R$ 2.724,08/ha para o milho e de R$ 2.343,38/ha para o trigo. Portanto, a receita obtida com a cultura do trigo foi suficiente para saldar os custos operacionais e gerar margem positiva ao produtor, de R$ 442,35/ha. Já a receita obtida com o milho 2ª safra não foi suficiente para cobrir o total de desembolsos, resultando em margem negativa ao produtor, de R$ 98,46/ha.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
Biochem site – lateral
Facta 2019
APA
Nucleovet 2

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.