Conectado com

Empresas

Agroceres PIC e Cooasgo selam parceria para multiplicação de material genético

Com investimentos de cerca R$ 50 milhões, a unidade será instalada em Rio Verde de Mato Grosso (MS) e vai operar, a partir do início de 2020, como Granja Núcleo Filial de Rebanho Fechado. Serão 5 mil fêmeas alojadas e uma produção de mais de 40 mi

Publicado em

em

A Agroceres PIC e a Cooperativa Agropecuária de São Gabriel do Oeste (Cooasgo) anunciam uma parceria estratégica, que vai impulsionar a produção de suínos no Centro-Oeste do Brasil. Com um investimento de cerca R$ 50 milhões, a cooperativa vai iniciar a multiplicação de material genético Agroceres PIC.

Os recursos estão sendo aplicados pela Cooasgo para a construção de uma unidade de produção no município de Rio Verde de Mato Grosso (MS), que vai operar como Granja Núcleo Filial de Rebanho Fechado. Serão cinco mil fêmeas alojadas, entre avós e bisavós, naquela que será uma das mais modernas unidades de produção de suínos do País. Quando entrar em operação, no início de 2020, a granja da Cooasgo responderá por uma produção de mais de 40 mil matrizes Camborough por ano.

“Desde sua fundação, a Cooasgo vem realizando um trabalho muito importante para o desenvolvimento da suinocultura na região onde atua. Nos últimos anos tem intensificado seus investimentos, a partir de um plano estratégico arrojado”, comenta Nevton Hector Brun, gerente de Produção da Agroceres PIC. “Para nós da Agroceres PIC é uma enorme satisfação fazer parte de um projeto como esse”, conclui. De acordo com Brun, a parceria é estratégica para a Agroceres PIC, pois permitirá à empresa fortalecer sua posição no importante mercado do Centro-Oeste, utilizando reprodutores produzidos na própria região.

 

Unidade de alto padrão tecnológico

Uma das principais características do projeto está em seu alto padrão tecnológico e sanitário. Instalada numa área de 60 hectares, a nova unidade de produção foi projetada para atender às atuais legislações internacionais de boas práticas de produção e bem-estar animal. Todos os processos produtivos serão automatizados e as instalações climatizadas. A área para a construção da granja foi definida a partir de um criterioso estudo. Tudo para garantir o mais elevado status sanitário.  

A granja da Cooasgo irá operar com sistema de monitoramento genético para produção fechada AGPIC Plus. Com o foco voltado à máxima sanidade, o programa promove a auto reposição do plantel por meio da Genética Líquida Agroceres PIC, minimizando o risco de introdução de agentes infecciosos, além de proporcionar um progresso genético consistente, aumentando a eficiência produtiva dos plantéis.

Criada há 25 anos, a Cooasgo tem sua atuação centrada na recepção de grãos (milho, soja e sorgo), produção de ração, comercialização de combustíveis e bovinocultura. A maior força da Cooasgo, entretanto, está na produção e comercialização de suínos. A cooperativa conta com duas Unidades de Produção de Leitões (UPL) com um total de 10 mil matrizes em produção. Hoje a Cooasgo produz 2.750 suínos por dia, que são entregues à Coopercentral Aurora, a maior cooperativa de alimentos no Brasil.

 

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × três =

Empresas Conhecimento

Vetanco lança eBook – Prevalência de Micotoxinas na América

Material foi desenvolvido com base em análises de matérias-primas e de rações

Publicado em

em

Divulgação

Mesmo com todos os controles desenvolvidos pela indústria e com toda a tecnologia empregada na colheita e transporte de grãos, o tema micotoxinas continua sendo de grande impacto quando falamos em saúde animal. Controlar os níveis de micotoxinas se torna muito importante para o mercado de proteína animal, pois pode gerar enormes perdas de produtividade.

Sabendo dessa importância, a Vetanco lança o eBook: Prevalência de Micotoxinas na América. Esse material foi desenvolvido com base em análises de matérias-primas e de rações, realizadas em nossos laboratórios, a procura das principais micotoxinas que prejudicam resultados econômicos e zootécnicos.

O eBook foi desenvolvido pelo Departamento Técnico da Vetanco S.A. em um trabalho sinérgico das unidades do Brasil, Uruguai e México. Você pode conferir essa publicação da equipe da Vetanco, acessando o link: https://mkt.vetanco.com.br/prevalencia-de-micotoxinas-na-america.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Paraná

BIOSEN® participa da Avesui Eurotier em Medianeira com parceira a Matriagro

Pela primeira vez a Matriagro participa do evento com stand próprio e leva para Medianeira (PR) suas parceiras, entre elas a BIOSEN®

Publicado em

em

Divulgação

De 23 a 25 de julho os criadores de aves e suínos presentes em Medianeira poderão ter acesso ao que há de melhor em soluções nutricionais não antibióticas para as produções de aves e suínos. A BIOSEN® (Salto/SP) marca presença no evento levando todo o seu portfólio por meio de sua parceira a Matriagro.

“Sempre participamos deste evento como coadjuvantes, junto a outras empresas as quais representávamos e distribuíamos e este ano pela primeira vez com a empresa Matriagro sendo uma das participantes como ator principal, ou seja, com stand próprio” conta Claudio Moresco da Costa, diretor e CEO da empresa.

De acordo com o CEO da BIOSEN® esta parceria com a Matriagro ano após ano só se fortalece. Isso porque, as empresas crescem objetivando a entrega de resultados zootécnicos e econômicos para os granjeiros.

“Como empresa provedora de soluções tecnológicas para a nutrição animal há seis anos estamos atentos as tendências mercadológicas e sanitárias do mercado e aves e suínos. Portanto, levar nossos produtos não antibióticos para os profissionais da cadeia de ave s e suínos por meio da Matriagro passa a ser de fundamental importância para os negócios de ambas empresas”, salienta.

A Matriagro estará com stand na V19 e contará com todo seu corpo técnico-comercial para dar suporte para os visitantes neste encontro que marca uma nova fase para a Região, que tem a Cooperativa de Alimentos LAR como principal provedora.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas SBSS

Polinutri presente no Simpósio Brasil Sul de Suinocultura

A 12ª edição do SBSS acontecerá de 6 a 8 de agosto e concentrará os principais nomes da suinocultura nacional e a Polinutri se junta a esses profissionais em prol da eficiência zootécnica e econômica das granjas

Publicado em

em

Gerente da Unidade de Negócios Suinocultura Polinutri, Izabel Muniz - Foto: Divulgação

Após o anúncio oficial de mudança estrutural do modelo de governança pela apresentação do primeiro presidente fora do quadro societário da companhia, o executivo Paulo Roberto de Andrade, e a reformulação de sua comunicação amparada nas mais modernas diretrizes de mercado, a Polinutri confirma participação no principal encontro técnico-científico suinícola dos três estados do Sul, a 12ª edição do Simpósio Brasil Sul de Suinocultura e da 11ª Brasil Sul Pig Fair, feira de negócios paralela ao SBSS.

O evento que ocorre entre 6 a 8 de agosto no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes (Chapecó/SC) sob organização do Núcleo Oeste de Médicos Veterinário e Zootecnistas (Nucleovet SC) leva à mesa debates visando as tendências de médio e longo prazo com objetivo de servir de condutor para os temas relacionados a toda a cadeia de produção de suínos.

“Participar como patrocinador de um evento como o SBSS é de extrema relevância para os negócios da Polinutri. Isso porque além de apoiar os debates é um momento que podemos estar mais próximos de nossos clientes e parceiros”, salienta a Gerente da Unidade de Negócios Suinocultura Polinutri, Izabel Muniz.

Para ela, a feira será realizada em um momento muito favorável para os suinocultores isso por conta das projeções de valorização da proteína e o bom ritmo dos embarques que favorecem o desempenho do setor exportador. “A Polinutri se mostra atenta à realidade da suinocultura nacional e acompanha o aquecimento desta demanda. Por isso, em mais uma edição contaremos com um estande para receber e apresentar as soluções dedicadas ao segmento”, Muniz.

Entre inúmeras soluções tecnológicas contidas no portfólio da companhia o destaque desta edição do SBSS fica para o Programa Nutricional Fêmeas Suínas, um projeto baseado na ciência e na vivencia junto ao suinocultor. “Nele estão contidos uma gama produtos – núcleos, rações e aditivos –, tais como: Poli-Cromo Carnitina, Poli-Bio Casc, Nutri Matrizes, Nutri-Macho, Prolífica e Poli-Lactação que quando associados propiciam alta produtividade e maior rentabilidade nas granjas”, explica a gerente e destaca que “a empresa conta com um time de excelência, técnicos altamente gabaritados capazes de auxiliar os suinocultores de um País que é o quarto maior produtor e exportador de carne suína do mundo.”

 

Fonte: Assessoria da Polinutri
Continue Lendo
TOPIGS – BRASIL PORK EVENT 2019
AB VISTA Quadrado
Biochem site – lateral
Evonik Aminonir

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.