Conectado com
VOZ DO COOP

Empresas

A combinação da Novozymes e da Chr. Hansen foi concluída com sucesso, e criou a Novonesis – uma empresa líder global em biossoluções

A Novonesis é uma empresa de biossoluções líder mundial para melhores negócios, vidas mais saudáveis e um planeta mais saudável. A empresa combinada reúne 10.000 pessoas em todo o mundo e uma experiência que abrange mais de 30 setores diferentes.

Publicado em

em

Em 12 de dezembro de 2022, a Novozymes e a Chr. Hansen celebraram um acordo para criar um parceiro líder global de biossoluções por meio de uma fusão estatutária das duas empresas. Todas as aprovações e registros regulatórios estão agora em vigor e a combinação proposta foi concluída com sucesso após o registro final com a Autoridade Empresarial Dinamarquesa em 29 de janeiro de 2024.

“Combinamos com sucesso a Novozymes e a Chr. Hansen e, agora, nos unimos como um dos principais parceiros globais de biossoluções. A Novonesis combina nossas fortalezas e as maravilhas da biologia, e estamos prontos para liderar uma nova era de biossoluções. Inovaremos e desenvolveremos biossoluções transformadoras que melhorem a maneira como produzimos, consumimos e vivemos. Reunimos as mentes mais brilhantes e, juntamente com meus 10.000 colegas, desbloquearemos o potencial ilimitado das biossoluções”, afirma Ester Baiget, presidente e CEO da Novonesis.

A combinação da Novozymes e da Chr. Hansen criará um parceiro líder global de biossoluções com uma ampla caixa de ferramentas biológicas e um portfólio diversificado em mercados atraentes. O grupo combinado terá receita anual de aproximadamente 3,7 bilhões de euros com sólida rentabilidade e geração de caixa.

Metade do portfólio se concentrará em possibilitar vidas mais saudáveis e produzir alimentos melhores. A outra metade tratará da redução do uso de produtos químicos e da busca de práticas neutras para o clima.

“Tenho o prazer de testemunhar a combinação da Novozymes e da Chr. Hansen, criando um verdadeiro líder global em biossoluções. Continuaremos a criar poderosas biossoluções para nossos clientes e parceiros com base em nossos mais de 100 anos de inovação e experiência em aplicações. Juntos, serviremos como um parceiro de crescimento para nossos clientes; um criador de valor para nossos acionistas; e uma empresa que tem um impacto significativo e positivo na sociedade e no planeta. A Novonesis se baseia em uma herança compartilhada de liderança em sustentabilidade e continuará liderando o caminho”, completa Cees de Jong, presidente do Conselho da Novonesis.

O grupo combinado operará uma rede global de centros de P&D e aplicação, bem como plantas produtivas, e empregará cerca de 10 mil funcionários talentosos e orientados por objetivos inspirados pelo poder das biossoluções.

O nome ’Novonesis’ tem origem nas raízes clássicas da ciência ‘Gênesis’ é grego para ‘origem’ ou ‘começo’. Ao escolher uma palavra com raiz grega, o nome homenageia como os pensadores gregos antigos (de Pitágoras a Aristóteles) desempenharam um papel fundamental no desenvolvimento da ciência como a conhecemos hoje.

‘Novo’ significa novo. O nome Novo está globalmente associado a fortes capacidades científicas, uma mentalidade orientada por propósitos, uma herança nórdica, bem como um grande contribuinte social. Estes são todos os ativos e valores que são compartilhados pela futura empresa combinada.

Ambições financeiras conforme comunicado em 12 de dezembro de 2022

– Um crescimento de receita orgânica esperado de 6-8% (CAGR) até 2025.1
– Uma margem EBIT esperada de 29% até 2025, excluindo custos de integração e amortização de PPA.2
– As sinergias anuais de receita são estimadas em 200 milhões de euros, com um impacto EBIT de 80-90 milhões de euros alcançável dentro de quatro anos após a conclusão e uma estimativa de 80-90 milhões de euros em sinergias de custos alcançáveis dentro de três anos após a conclusão.
– Para além de 2025, a ambição é continuar a proporcionar um crescimento sustentável acelerado a partir dos negócios subjacentes, juntamente com novas oportunidades de inovação e crescimento sem riscos.
– Espera-se que o Resultado por Ação (EPS), excluindo os custos de integração e a amortização do PPA, tenha um acréscimo percentual de um dígito no terceiro ano de conclusão.
– Não se espera que nenhuma dívida adicional seja emitida por causa da transação, e espera-se que a alavancagem na conclusão seja de 1,3-1,7x, que também é o nível de dívida líquida futura esperado.
– Espera-se uma continuação do índice histórico de pagamento de dividendos aos acionistas de ~50%.
Ambições de sustentabilidade, conforme comunicado em 12 de dezembro de 2022

  • Emissões3: Neutralidade em carbono até 2050; redução de 75% nas emissões absolutas de CO2 das operações (escopos 1+2) e redução de 35% nas emissões absolutas de CO2 da cadeia de suprimentos (escopo 3) até 2030.
  • Pessoas4: Mínimo de 45% de mulheres e 45% de homens em todos os profissionais e na gerência sênior até 2030

Números proforma e comunicação da perspectiva para 2024

Os números proforma da Novonesis incluindo receita, crescimento orgânico da receita, principais números financeiros e perspectivas para 2024 serão fornecidos até 31 de março.

 

Dia do Mercado de Capitais

A Novonesis sediará um Dia do Mercado de Capitais em Londres em 18 de junho de 2024. O foco será na integração, sinergias, finanças e o poder da plataforma tecnológica combinada. Mais detalhes serão compartilhados posteriormente.

 

Estrutura e moeda do relatório

A Novonesis reportará em euro (EUR). Para o primeiro e terceiro trimestres, as demonstrações financeiras que fornecem receita e crescimento orgânico da receita serão divulgadas junto com quaisquer atualizações potenciais nas perspectivas financeiras.

As demonstrações financeiras consolidadas completas, incluindo a lucratividade para as duas divisões da empresa, serão fornecidas em futuros lançamentos de resultados semestrais e anuais.

A receita será reportada para as duas divisões. Para cada divisão, o desempenho da receita adicional será fornecido para as seguintes áreas de vendas:

 

Biossoluções para Alimentos e Bebidas:

·         ‘Alimentos e Bebidas’ (Alimentos e Bebidas da Novozymes e Culturas Alimentares e Enzimas da Chr. Hansen)

·         ‘Saúde Humana’ (Saúde Humana da Novozymes e Saúde Humana da Chr. Hansen)

 

Biossoluções para Saúde Planetária:

  • ’Agricultura, Energia e Tecnologia’ (Bioenergia, Agricultura e Saúde e Nutrição Animal, Processamento de Grãos e Tecnologia da Novozymes e Saúde Animal e Vegetal da Chr. Hansen)
  •  ‘Cuidados Domésticos’ (Cuidados Domésticos da Novozymes)

 

Conselho de Administração e Equipe de Liderança Executiva

A Novozymes espera convocar uma assembleia geral extraordinária com o objetivo de eleger novos membros para o conselho de administração e buscar a aprovação da Novonesis como um novo nome de empresa secundária.

O conselho de administração será inicialmente, além dos conselheiros eleitos pelos funcionários, composto por nove conselheiros eleitos pelos acionistas para garantir uma forte integração das duas empresas. Prevê-se que os seguintes indivíduos sejam nomeados para eleição para o conselho de administração da sociedade combinada na assembleia geral extraordinária:

 

Conselho de Administração proposto (excluindo funcionário eleito)

·         Cornelis (Cees) de Jong, como Presidente (independente)

·         Jesper Brandgaard, como Vice-Presidente (independente)

·         Heine Dalsgaard (não independente)

·         Sharon James (independente)

·         Kasim Kutay (não independente)

·         Lise Kaae (independente)

·         Kevin Lane (independente)

·         Morten Otto Alexander Sommer (independente)

·         Kim Stratton (independente)

 

Conforme anunciado em 10 de outubro de 2023, os nove executivos a seguir foram nomeados para a futura Equipe de Liderança Executiva:

Equipe de Liderança Executiva

·         Ester Baiget, CEO

·         Rainer Lehmann, CFO

·         Jacob Paulsen, EVP, Biossoluções para Alimentos e Bebidas

·         Amy Byrick, EVP, Biossoluções para Saúde Humana

·         Tina Sejersgaard Fanø, EVP, Biossoluções para Saúde Planetária

·         Claus Crone Fuglsang, Diretor Científico (CSO)

·         Anders Lund, Diretor de Operações (COO)

·         Henrik Joerck Nielsen, EVP, Estratégia e Integração

·         Morten Enggaard Rasmussen, EVP, Pessoas & Relações com Stakeholders

·         Winnie Bügel, Conselheira Geral – Jurídico (função temporária)

 

 

Sobre a Novonesis

A Novonesis é uma empresa global que lidera a era das biossoluções. Ao alavancar o poder da microbiologia com a ciência, transformamos a maneira como o mundo produz, consome e vive. Em mais de 30 setores, nossas biossoluções já estão criando valor para milhares de clientes e beneficiando o planeta. Nossos 10.000 funcionários em todo o mundo trabalham em estreita colaboração com nossos parceiros e clientes para transformar os negócios com a biologia.

 

Fonte: Assessoria

Empresas Setor avícola

Globoaves marca presença no XI Congresso Nacional de Avicultura da Venezuela

A participação da Globoaves no congresso reflete seu compromisso contínuo com a excelência e a inovação no setor avícola.

Publicado em

em

Andrio Nascimento, Roberto Kaefer e Wilson Bockhorny na FENAVI-Venezuela. Foto: Divulgação

A Globoaves, uma das maiores produtoras e exportadoras de ovos férteis e pintos de um dia, está participando do XI Congresso Nacional de Avicultura da Venezuela, que acontece na capital Caracas, de 18 a 20 de julho. Este evento é uma oportunidade crucial para a empresa fortalecer sua posição de liderança no mercado latino-americano, buscando expandir ainda mais suas exportações de ovos férteis na região, demonstrando sua capacidade e qualidade na produção avícola.

O presidente da Globoaves, Roberto Kaefer, destacou a importância estratégica da participação no congresso. “Estamos muito orgulhosos de sermos a empresa número um no ranking brasileiro de exportação de ovos férteis. Nossa participação neste congresso na Venezuela é um passo para ampliar nossos negócios na América Latina. Acreditamos no potencial de novos negócios que esta feira pode gerar, proporcionando crescimento e inovação contínua para a Globoaves.”

O evento, que reúne as principais empresas do setor avícola da América Latina, oferece uma plataforma única para a troca de conhecimentos, tecnologias e experiências. A Globoaves, conhecida por sua excelência na produção de ovos férteis e pintos de um dia, está utilizando esta oportunidade para apresentar seus produtos de alta qualidade e performance, e também fortalecer sua rede de contatos. A feira também permite à empresa identificar novas tendências e demandas do mercado, ajustando suas estratégias de exportação de acordo com as necessidades locais.

O superintendente de operações da Globoaves, Wilson Bockhorny, enfatizou os benefícios que feiras setoriais como esta trazem para a empresa. “Participar de eventos como o da FENAVI na Venezuela, e a SIAVS no Brasil que estaremos em agosto, são essenciais para fortalecer nosso relacionamento com clientes e parceiros. Além disso, essas feiras proporcionam um ambiente propício para a realização de novos negócios, permitindo que a Globoaves continue a expandir sua presença no mercado internacional.”

A participação da Globoaves no congresso reflete seu compromisso contínuo com a excelência e a inovação no setor avícola. Ao interagir com os principais players do mercado e explorar novas oportunidades de negócios, a empresa está posicionada para continuar liderando o mercado de exportação de ovos férteis, impulsionando o crescimento e a sustentabilidade do setor avícola na América Latina.

Fonte: Assessoria Globoaves
Continue Lendo

Empresas Resultados preliminares

Evonik eleva significativamente sua previsão para 2024

• EBITDA ajustado no segundo trimestre bem acima do ano anterior
• Melhora também na comparação com o já positivo primeiro trimestre
• Expectativas para o ano inteiro: EBITDA ajustado estimado entre 1,9 e 2,2 bilhões de euros

Publicado em

em

Divulgação Evonik

Em uma conjuntura difícil, a Evonik registrou mais um trimestre robusto, excedendo as expectativas dos analistas. Por essa razão, a empresa publica antecipadamente seus principais resultados preliminares para o segundo trimestre e aumenta de maneira considerável sua perspectiva para o ano fiscal de 2024.

Com base em números preliminares e não auditados, a Evonik contabilizou um EBITDA ajustado de 578 milhões de euros no segundo trimestre, um valor 29% acima do registrado no ano anterior (Q2 2023: 450 milhões de euros). Os analistas haviam estimado o valor de 531 milhões de euros (Vara Consensus a partir de 29 de maio de 2024). Ao mesmo tempo, o resultado está 11% acima do obtido no primeiro trimestre, que já era positivo.

Como ainda não se verificou uma recuperação macroeconômica generalizada, este desenvolvimento positivo se deveu sobretudo

a fatores específicos da empresa: além da contínua e rigorosa disciplina de custos, o bom desempenho dos volumes na divisão Specialty Additives aliado à recuperação dos preços na divisão Animal Nutrition e aos custos de produção mais baixos, impulsionaram o aumento sequencial.

Com base nessa evolução, a Evonik está aumentando suas perspectivas para o EBITDA ajustado, elevando o intervalo para

o ano inteiro de 2024 em 200 milhões de euros. Conta-se agora

com resultados entre 1,9 e 2,2 bilhões de euros (anteriormente: 1,7 a 2,0 bilhões de euros).

Em seguida e um ligeiro declínio no primeiro trimestre, as vendas no segundo trimestre, tendo como base valores preliminares, ficaram pouco acima de 3,9 bilhões de euros e, assim, próximas do nível do ano anterior (Q2 2023: 3,9 bilhões de euros).

As rigorosas medidas de contingência levaram à redução dos custos no Grupo inteiro. Essa estratégia exerceu impacto positivo sobre a margem EBITDA ajustada, que apresentou melhora de 3,1 pontos percentuais em relação ao ano anterior para 14,7% (Q2 2023: 11,6%).

A Evonik publicará seus resultados finais do segundo trimestre de 2024 conforme planejado, em 1° de agosto.

Desenvolvimento nas divisões

Com EBITDA ajustado de 220 milhões de euros, a divisão Specialty Additives conseguiu elevar em 19% seu resultado já positivo do primeiro trimestre. Na comparação com o ano anterior, os resultados melhoraram 10% (Q2 2023: 199 milhões de euros). A margem EBITDA ajustada subiu para cerca de 23%. Na comparação com o primeiro trimestre, o volume de vendas e, em consequência, a utilização da capacidade, aumentou ainda mais. A queda dos preços da matéria-prima contribuiu para o quadro.

Com um EBITDA ajustado de 140 milhões de euros, a divisão Nutrition & Care dobrou os resultados na comparação com o fraco ano anterior (Q2 2023: 71 milhões de euros). O valor permaneceu no mesmo nível registrado no primeiro trimestre. Esse avanço se deveu, sobretudo, à divisão Animal Nutrition, na qual novos aumentos de preços compensaram os volumes mais baixos decorrentes da paralisação da unidade de Singapura para ampliação da capacidade. A paralisação terminou no final do trimestre, conforme previsto. A linha de Care Solutions manteve a tendência positiva, especialmente no negócio de Active Ingredients. Toda a divisão se beneficiou de custos variáveis menores.

A divisão Smart Materials continuou a sua recuperação no segundo trimestre. Na comparação com o ano anterior, o EBITDA ajustado cresceu 41% para 171 milhões de euros (Q2 2023: 122 milhões de euros). O valor também aumentou 8% quando comparado com o do trimestre anterior. A melhoria operacional foi ainda maior quando se leva em conta que o primeiro trimestre havia se beneficiado da venda de uma licença. A melhoria foi impulsionada por uma ligeira recuperação, especialmente em produtos inorgânicos, além de custos mais baixos na matéria-prima. No ano anterior, uma interrupção planejada na planta de PA12 em Marl, Alemanha, havia tido impacto negativo significativo sobre os resultados.

Com um EBITDA ajustado de 52 milhões de euros, a divisão Performance Materials contabilizou um resultado 17% acima do nível do ano anterior (Q2 2023: 45 milhões de euros) e 22% acima do primeiro trimestre.<0} No início do trimestre, interrupções nas cadeias de fornecimento exerceram impacto positivo, especialmente nos negócios de oxo-álcool e plastificantes.

Como ocorreu em trimestres anteriores, a divisão Technology & Infrastructure / Other refletiu positivamente às medidas de contingência do Grupo. No entanto, essa vantagem foi compensada por provisões mais elevadas de cerca de

-30 milhões de euros, entre outras, para remuneração variável. Por conseguinte, o EBITDA ajustado totalizou cinco milhões de euros negativos na comparação com um valor positivo de 13 milhões de euros no mesmo trimestre do ano anterior.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Doenças

Diarreia em suínos: problema entérico prejudica o bem-estar animal e compromete rentabilidade das granjas

Clostridium perfringens é uma das bactérias que preocupam e trazem prejuízos aos suinocultores. Bacitracina de zinco tem sido aliada das granjas, como melhorador ador de desempenho e terapêutico.

Publicado em

em

Foto: Divulgação/MCassab

As doenças entéricas têm sido identificadas com alta frequência na suinocultura, representando um importante fator de desequilíbrio nos indicadores de produtividade no Brasil. “Dentre as principais enfermidades entéricas que impactam a atividade, destacam-se disenteria suína, salmonelose, colibacilose e clostridiose. A maioria consegue ser controlada com um bom plano sanitário, que abrange desde a biosseguridade, protocolo vacinal até o uso de moléculas eficazes no tratamento dessas enfermidades. No entanto, caso não sejam rapidamente identificadas, elas podem causar epidemias e levar a morte dos animais” explica a médica-veterinária Maria Carolina Toth, gerente de produtos para saúde animal da MCassab Nutrição e Saúde Animal.

“Surtos de doenças entéricas, reduzem drasticamente o bem-estar animal, trazem muitos prejuízos aos suinocultores e podem impactar sobre a segurança alimentar. Obviamente, que isso gera grande prejuízo aos produtores rurais, que veem o seu negócio comprometido” alerta a especialista.

Problemas comuns e que causam sérios prejuízos às propriedades são as doenças causadas por Clostridium perfringens, bactéria gram-positiva e anaeróbica, que pode ser facilmente encontrada em diversos tipos de ambiente (solo, dejetos sólidos, esgotos), além de estar presentes no intestino de diversas espécies animais. “As doenças causadas por esse micro-organismo apresentam-se como enterite aguda ou crônica em suínos. A bactéria produz esporos e está presente no intestino de todos os suínos. Ela se multiplica em alta velocidade, produzindo toxinas e gás intestinal que podem matam rapidamente o animal, causando prejuízo imenso às granjas” alerta Toth.

Apesar de prejudiciais as doenças entéricas em suínos têm tratamento. A MCassab Nutrição e Saúde Animal disponibiliza BZPAC 15%, melhorador de desempenho que também tem registro para uso terapêutico. “BZPAC 15% é um aditivo composto por bacitracina de zinco, antibiótico polipeptídico relevante para o controle de desafios entéricos causados por bactérias gram positivas, sendo administrado para prevenção e tratamento do Clostridium perfringens” explica a especialista.

Segundo Maria Carolina Toth, em razão do seu alto peso molecular, a bacitracina não é absorvida quando administrada pela via oral, tornando o seu uso como melhorador de desempenho ou terapêutico possível em todas as fases de criação animal – com total segurança e sem risco de resíduos em carcaça mesmo se utilizada até o momento do abate. Assim, é um produto tem carência zero e garante total segurança alimentar

BZPAC 15% destaca-se por características únicas, incluindo a capacidade de minimizar o desenvolvimento de resistência bacteriana, fator essencial para a eficácia a longo prazo de agentes antimicrobianos. Sua ação concentra-se no lúmen intestinal, local de origem de muitas infecções, proporcionando controle eficaz sobre as bactérias gram-positivas – grupo frequentemente associado a distúrbios intestinais e problemas de saúde em animais.

Fonte: Assessoria MCassab
Continue Lendo
SIAVS 2024 E

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.