Conectado com
VOZ DO COOP

Vídeos Voz do Cooperativismo

Uma cooperativa para se chamar de Lar!

Publicado em

em

Em 2023 a Lar se tornou a terceira maior produtora de frangos do Brasil. Com um abate diário de mais de quase 1,1 milhão de aves, a cooperativa paranaense que completa 60 anos em 19 de março se transformou não apenas uma potência que fatura mais de R$ 21 bilhões, mas em um exemplo de como uma instituição pode cuidar das pessoas para que esses resultados sejam alcançáveis. Casamento coletivo, cursos técnicos e até faculdade, prêmios em viagens para quem tem boas ideias e boas práticas de produção, conheça os diferenciais que tornaram a antiga Cotrefal em uma das maiores e mais importantes empresas do agronegócio brasileiro. A Voz do Cooperativismo foi até Medianeira, na sede da Lar, para ouvir as histórias de quem tem muito a falar: o presidente Irineo da Costa Rodrigues.

 

Suínos Congresso de Avicultores e Suinocultores

Bem-estar animal: O Papel do produtor

Publicado em

em

 

Durante sua apresentação, Charli Ludtke, diretora técnica da ABCS. destacou o papel crucial dos produtores no bem-estar animal, enfatizando que a adoção de boas práticas é essencial para garantir a qualidade e sustentabilidade da produção suína. Ela ressaltou que o compromisso com o bem-estar dos animais não só melhora os resultados produtivos, mas também contribui para a sustentabilidade e a reputação do setor.

 

Continue Lendo

Suínos Minuto Agro Suínos

Sanidade pulmonar ajuda a minimizar perdas por condena

Publicado em

em

Reduzir a incidência de doenças respiratórias é um dos principais desafios na produção de suínos. Essas patologias prococam perdas significativas e colocam em risco a qualidade da carne. Para falar sobre esse tema, convidamos o gerente de Serviços Veterinários da Ceva Saúde Animal, Cristian Postal.

 

Continue Lendo

Notícias

Presidente do Sistema Faesc/Senar, destaca a precária infraestrutura no oeste catarinense.

Publicado em

em

 

A precária infraestrutura no grande oeste de Santa Catarina ameaça a economia catarinense. Se não houver melhorias, as agroindústrias podem se transferir para o centro-oeste brasileiro, causando um colapso na agricultura local. Desde a década de 1960, a região desenvolveu o maior parque agroindustrial do país, sustentando mais de 60 mil empregos diretos e 480 mil empregos indiretos. José Zeferino Pedrozo, presidente do Sistema Faesc/Senar, destaca a importância da infraestrutura regional para manter essas agroindústrias e a estabilidade econômica.

 

Continue Lendo
SIAVS 2024 E

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.