Conectado com

Empresas Halal

Turismo Halal prevê gerar US$ 233 bi até 2020

Muito além das cifras, processos e produtos, o turismo Halal é um estilo de vida

Publicado em

em

Foto: Divulgação

O mais recente dado sobre o potencial turístico para a comunidade islâmica rendeu a cifra de US$ 192 bilhões ao redor do mundo – dados de 2017. De acordo com informações do consultor de turismo jordaniano durante painel Halal do Fórum Econômico Brasil & Países Árabes realizado pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira em São Paulo (SP), estimou um crescimento de 121,35% até 2020.

Dinâmico e comprometido com sua comunidade, o segmento é promissor e diversos países não-islâmicos embarcam nesta economia viva composta por aproximadamente 1,6 bilhão de consumidores que movimentam US$ 2 trilhões ao ano, o que inclui consumo de alimentos, cosméticos, finanças, entre outros.

Ao todo o turismo islâmico conta com 130 destinos com enorme procura ao redor do globo, sendo 48 de origem islâmicas e 82 não-islâmicas. Entre os países não-islâmicos os dez primeiros, de acordo com o anuário da Crescent Rating, estão: Singapura, Tailândia, Reino Unido, Japão, Taiwan, Hong Kong, África do Sul, Alemanha, França e Austrália. Ainda, de acordo com o estudo, em 2018, a Ásia liderará as viagens Halal. Destinos como Cingapura, Tailândia, Japão e Coreia demonstram um elevado interesse pelo turismo Halal e no mercado de viagens muçulmano.

O Japão, por exemplo, país não-islâmico, conseguiu olhar para este mercado como uma excelente opção de negócios, dado aos importantes eventos esportivos que ocorrerão nos anos sequentes.

Com uma população islâmica residente estimada entre 100 a 200 mil, o Japão se tornou um país que adequou sua estrutura para não apenas atender seus domiciliados, mas também receber visitantes islâmicos. Em 2004 o número de turistas mulçumanos era de 150 mil, passando para 700 mil em 2016 e previsão de atingir 1,4 milhão de pessoas até 2020, de acordo com dados da Crescent Rating.

Para dar uma ideia sobre a projeção deste crescimento, ao longo deste tempo, as empresas japonesas estão cada vez mais conscientes do potencial global do mercado e estilo de vida islâmico. Assim, o país desenvolve programas de aprendizagem visando a educação sobre as necessidades dos consumidores da comunidade islâmica.

Basta olhar para a rede de restaurantes japoneses. Atualmente 800 se autopromovem como “amigos dos mulçumanos”, no entanto, apenas 150 deles contam com certificação Halal.

Aliado ao consumo o Japão também volta seu olhar para locais de oração. O número de mesquitas no Japão cresceu de 86 em 2013 para 99 em junho de 2017. Locais destinados para essas atividades podem ser encontrados nos principais aeroportos, como o de Haneda e os internacionais de Narita e Kansai, além de centros ferroviários como a estação JR Tokyo e JR Osaka. Atualmente instalações dedicadas para a oração também podem ser encontradas em shopping centers japoneses.

Todavia, o mercado Halal japonês deverá ser avaliado em US$ 1 bilhão até 2020, isso devido às Olímpiadas e Paraolimpíadas de Tóquio. Este último provou ser o destino mais equipado para viajantes mulçumanos, considerado pela pesquisa da Crescent Rating, a região líder do Japão para turismo Halal. Todavia, espera-se que o consumo mude de grandes cidades para áreas de provinciais que demonstram potencial para prestação de serviços.

Hoje, o turismo Halal japonês representa de 3 a 3,5% dos destinos de viagens para a região sul da Ásia ante 27% da Indonésia, 23% da Malásia e 5% da Singapura.

Vale lembrar que há crescente busca por produtos Halal pelos não islâmicos devido a segurança e garantia proporcionado pelo sistema de inspeção.

Por outro lado, ainda que no Brasil haja um gap no quesito turismo Halal quando comparado aos países da Ásia que investem neste mercado, há esforços para que este jogo vire. Conforme explica o CEO da Siil Halal (Chapecó/SC), uma das mais importantes certificadora para produtos Halal no Brasil, Chaiboun Darwiche: “Falta visão para investimentos no Brasil. Precisaríamos de um marketing atuante para que posteriormente pudéssemos divulgar todo o potencial deste mercado, a exemplo Tailândia, hoje com uma forte propaganda no turismo Halal.”, analisa.

O executivo destaca que a Siil Halal acompanha o crescimento do turismo halal, mas para isso faz ressalvas: “Precisamos adequar por exemplo os aeroportos nacionais, a logística, a alimentação, hotéis, hospitais, etc.” E lembra que a Sill Halal está preparada para este desenvolvimento em solo nacional por meio de sua expertise de mais de dez anos na certificação e assessoria de empresas, entidades de classe e governo para alavancar o turismo Halal no Brasil.

 

Fonte: *Arthur Rodrigo Ribeiro -, diretor da Agência de Comunicação & Marketing Giracom e assessor de comunicação e marketing da Siil Halal.
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =

Empresas

Biomin Days leva novos clientes à matriz, na Áustria, para conhecer seu Centro de Pesquisas e discutir sobre  importância da saúde intestinal para o bom desempenho das proteínas animais

“Por que a saúde intestinal é o melhor promotor de crescimento?”. Este é o tema central do evento técnico Biomin Days, que a Biomin realizou nos dias 3 a 5 de julho, em sua sede global, na Áustria.

Publicado em

em

O evento reuniu 140 profissionais de 17 nacionalidades, todos tomadores de decisão, distribuidores e responsáveis técnicos de toda América Latina e Ásia.

“Hoje a  América Latina   é a nossa segunda região em faturamento. Com o Biomin Days conseguimos expandir conhecimento e aproveitar a excelente oportunidade para apresentar a especialistas e nossos parceiros a estrutura de pesquisas, desenvolvimento e inovação da empresa na Áustria, além de discutir temas relevantes sobre o posicionamento da Biomin frente aos novos desafios da produção de proteínas animais”, explica Luciano Sá, diretor técnico Latam da Biomin.

A programação do Biomin Days é voltada para a inovação na indústria de proteínas animais, as soluções sustentáveis criadas pela empresa para atender às novas demandas da atividade, incluindo os desafios encontrados no campo.

“A Biomin tem uma história vitoriosa de mais de 30 anos de investimentos em soluções naturais, sustentáveis e com resultado econômico positivo para a produção animal. Essa atuação inclui inovação para o gerenciamento de risco de micotoxinas, desempenho intestinal e redução do uso de antibióticos promotores de crescimento, desafios cada vez mais prementes para a cadeia de aves, suínos e demais atividades”, ressalta Luciano Sá.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo

Empresas Evento

Queima do Frango da Cobb-Vantress será no dia 20 de julho

Evento faz parte da programação do Rodeo Country Bulls, que ocorre em São José do Rio Preto

Publicado em

em

Divulgação

A Cobb-Vantress, Inc., uma das principais fornecedoras de matrizes de frangos de corte e serviços técnicos para o setor avícola, prepara para o próximo dia 20 de julho uma nova edição da tradicional Queima do Frango. O evento, que oferece diferentes tipos de cortes de frango aos participantes, ocorre durante a programação do Rodeo Country Bulls, em São José do Rio Preto (SP).

O cardápio desta edição contará com cerca de 200 kg de frango preparados de diversas formas, como assado no varal em fogo de chão com legumes e abacaxi, coxa defumada na lenha frutífera ao molho barbecue caseiro, filé de coxa grelhado e tulipas fritas ao alho.

As preparações ficarão sob responsabilidade do cozinheiro e personal chef Arthur Martinelli. “Um  dos pratos que vamos apresentar ao público se chama ‘chicken lollipops’, um preparo típico americano. Nele, as coxas do frango são limpas na parte do osso, envolvidas em um tempero a base de açúcar mascavo, páprica e especiarias. As coxas são defumadas por quatro horas em lenha frutífera e, ao final, passadas em um molho barbecue caseiro para servir”, comentou.

A Queima do Frango reúne, todos os anos, mais de 700 pessoas, entre clientes, colaboradores, parceiros e população de Rio Preto. O objetivo da festa é, segundo o Diretor-associado de Marketing para América do Sul, Cassiano Bevilaqua, fomentar o consumo da carne de frango na região e apresentar a diversidade de produtos e formas de preparo do frango.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Pecuária

Nutrição e sanidade são alguns dos fatores que interferem nos resultados de IATF

Assunto será um dos temas abordados em evento para pecuaristas em São José do Rio Preto (SP)

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Como melhorar a eficiência reprodutiva do rebanho? Essa será uma das respostas que os produtores de São José do Rio Preto (SP) e região poderão encontrar durante o 5º Encontro de Pecuaristas. O evento, promovido pela Biogénesis Bagó, uma das empresas de saúde animal líderes no mercado latino-americano, será na quinta-feira, dia 25 de julho, às 18 horas, no Caboclão – Recinto de Exposições (Rua Daniel Antonio Freitas, 115, Distrito Industrial).

A programação contará com a palestra “Intensificação da reprodução de bovinos: ajustes em protocolos para aprimorar a eficiência reprodutiva em programas de IATF”, que será ministrada pela consultora da linha reprodutiva da Biogénesis Bagó, Roberta Machado Ferreira Saran, que também é médica-veterinária, especialista em reprodução animal com mestrado, doutorado e pós-doutorado na área.  

“Além de um bom protocolo, os produtores precisam estar atentos aos fatores que podem influenciar de forma negativa nos resultados de IATF. E são esses itens que vamos abordar durante o Encontro. Para um bom desempenho é preciso observar a condição nutricional do rebanho, bem como a sanidade, além de avaliar o escore corporal ou ainda fazer os ajustes necessários das doses no caso de protocolo de novilhas”, explica Saran.

O 5º Encontro de Pecuaristas também traz as palestras “Estratégias nutricionais para o rebanho de cria” e “Gestão da reprodução eficiente” e uma mesa redonda para debater dúvidas e questionamentos dos produtores.

Além da Biogénesis Bagó, o evento é promovido pela Alta Genetics e DSM, em parceria com a Rio Alta Produtos Agropecuários. Mais informações: (17) 99154-4330.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
TOPIGS – BRASIL PORK EVENT 2019
Biochem site – lateral
AB VISTA Quadrado
Evonik Aminonir

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.