Conectado com

Empresas

Zoetis comemora cinco anos com produtos inovadores e crescimento sólido

Portfólio completo de soluções em saúde animal contribui para o agronegócio, apoia os cuidados com animais de companhia e alavanca o crescimento da empresa no Brasil e no mundo

Publicado em

em

Com crescimento sólido, impulsionado por soluções inovadoras para bovinos, equinos, suínos, aves e animais de companhia, a Zoetis, líder global em saúde animal, comemora cinco anos neste mês.

O Brasil é o maior mercado da Zoetis fora dos Estados Unidos, onde fica a sede da empresa. Em 2017, a companhia faturou US$ 300 milhões no País, um crescimento de 12% em comparação com 2016. A receita global foi de US$ 5,3 bilhões no ano passado, o que representa um acréscimo de 9% na comparação anual, e faz da Zoetis a primeira empresa de saúde animal a superar a marca de US$ 5 bilhões de faturamento global.

A empresa atua em mais de 100 países e tem, ao todo, cerca de 9 mil funcionários.

 

Contribuição para a pecuária

O portfólio de produtos da Zoetis engloba vacinas, farmacêuticos, terapêuticos especiais e intramamários que contribuem para a produção pecuária. O primeiro produto de destaque lançado no País foi a Terramicina, antibiótico tradicional que hoje se encontra entre os líderes do seu segmento.

Já o Dectomax é o antiparasitário líder no mercado nacional de endectocidas para bovinos. O medicamento de ação prolongada é uma das principais armas no controle de bicheiras, carrapatos, verminoses e bernes.

Com foco em preservar o bem-estar animal, a companhia trouxe ao mercado o imunocastrador Bopriva, que também evita os prejuízos associados à castração cirúrgica de bovinos e ajuda a reduzir a mão de obra nas fazendas.

A Zoetis é referência quando se trata de melhoramento genético, com os marcadores moleculares Clarifide, que predizem o potencial genético de cada animal para dezenas de características de produção, saúde e tipo, contribuindo para determinar a rentabilidade do rebanho. No ano passado, a companhia elevou o patamar deste segmento com o lançamento do Clarifide Nelore 3.0, que apresenta uma precisão ainda maior e foi desenvolvido em parceria com a Zoetis norte-americana.

A multinacional também é a principal apoiadora do Grupo Gerar, que reúne um banco de dados de 3,9 milhões protocolos de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) desde a sua fundação em 2006 – uma contribuição significativa à produção de bovinos.

 

Apoio à produção de aves e suínos

As soluções da Zoetis também apoiam fortemente estes dois segmentos fundamentais para a economia nacional, uma vez que o Brasil é o segundo maior produtor mundial de aves e o quarto maior produtor global de suínos, segundo a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal).

No segmento de suínos, a empresa oferece vacinas importantes como a Fostera PCV MH, que protege o plantel de micoplasma e circovirose de forma eficaz, segura e conveniente. A Zoetis também é reconhecida por produtos como Draxxin, antibiótico de extralonga ação usado para doenças respiratórias em suínos.

Como resultado do comprometimento da área em priorizar o manejo sustentável e o bem-estar animal, a companhia disponibiliza a vacina para imunocastração Vivax, que atua no sistema imunológico suíno controlando as substâncias envolvidas no odor de macho inteiro.

Na área de Aves, um dos destaques é a Poulvac MAGNIPLEX, altamente eficaz na atuação contra a Doença de Gumboro. Já a Poulvac ST, vacina viva contra a Salmonella Typhimurium e Heildelberg para poedeiras e frangos de corte, ajuda a estimular a imunidade mediada por células e contribui para o desenvolvimento do sistema imunológico das aves.

O portfólio inclui, ainda, o aditivo Avatec 20%, único ionóforo bivalente do mercado que garante a imunidade do animal contra a Eimeria tenella, E.maxima (em frangos) e E.meleagrimitis, E.gallopavonis e E.adenoeides (em perus).

Já Cygro 1% previne a coccidiose em frangos de corte causada principalmente pela E. tenella, uma das protozoas mais comuns em campo. Por sua vez, o Deccox é um anticoccidiano químico capaz de prevenir a doença em frangos de corte, além de ajudar a eliminar os coccídeos mais prevalentes na granja em estágio precoce de desenvolvimento e a maximizar o desempenho dos animais.

 

Promoção do bem-estar dos pets

Cada vez mais, os animais de companhia têm sido considerados como integrantes da família. Para atender às expectativas dos tutores, a Zoetis tem avançado cientificamente e inovado constantemente na promoção da saúde e do bem-estar dos pets.

O desenvolvimento de uma plataforma robusta de produtos para tratamentos dermatológicos pela Zoetis é um exemplo deste movimento. Apoquel, por exemplo, é único tratamento que age diretamente na fonte da coceira, especialmente nos casos de dermatite atópica. A ação é rápida, segura e não apresenta os efeitos colaterais como os corticoides. O prurido em pets responde por 40% dos atendimentos feitos por veterinários brasileiros, em pesquisa feita pela companhia.

Completam a linha dermatológica o Simparic, inovador por ser um comprimido mastigável de ação rápida e eficácia prolongada no combate a carrapatos e pulgas – uma das maiores preocupações dos tutores.

Buscando levar conveniência para os tutores e bem-estar aos animais de companhia, a Zoetis dispõe do Cerenia, que evita o enjoo do movimento em cachorros e permite viagens mais tranquilas. Ainda entre as estrelas da empresa neste segmento está o ProHeart SR-12, com uma tecnologia exclusiva que protege cão da dirofilariose (verme do coração) por um ano.

Ajudar os tutores a prevenir doenças também é uma das prioridades da companhia, que oferece uma abrangente linha de vacinas, visando garantir a saúde e a longevidade dos animais de estimação.

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + sete =

Empresas

Agrifirm lança nova linha de aditivos no Brasil

A chegada da nova linha faz parte da estratégia de expansão da companhia no país.

Publicado em

em

Fotos: Divulgação

Referência no mercado global de nutrição animal, a multinacional Agrifirm acaba de lançar no Brasil a sua marca de aditivos funcionais nesta quarta-feira (21).

Fundada na Holanda e com filiais na Ásia, América do Sul e Europa, a Agrifirm adquiriu duas empresas brasileiras nos últimos seis anos e lançou a sua marca para o mercado brasileiro em 2019, contribuindo localmente com a sua visão de construir uma cadeia alimentar responsável para as gerações futuras, através de soluções em nutrição animal com valor mensurável, relevante e sustentável, desde o campo até a indústria. Com a chegada da nova linha de aditivos no país, a Agrifirm pretende triplicar os seus negócios localmente até 2024, e se tornar uma referência para o mercado brasileiro.

Com o slogan “Nós cultivamos ideias”, a linha de aditivos se chama Agrimprove e utiliza a ciência para aprimorar continuamente a produção de proteína alimentar e, junto com a agroindústria, oferecer alimento de qualidade para a crescente população mundial. Desenvolvida com tecnologia de ponta e com a expertise global da empresa, a gama de aditivos funcionais da Agrimprove conta com adsorventes de micotoxinas, fibras funcionais e ácidos orgânicos.

O diretor a Agrifirm LATAM, John Dortmans, afirma que empresa está otimista com o lançamento da marca no Brasil, porque a partir dela será possível unir a força do agronegócio nacional com as soluções inovadoras e tecnológicas da Agrifirm, que fornecem eficiência e crescimento sustentável, beneficiando toda a cadeia de alimentos. “Sabemos que somente o conhecimento aliado à inovação é capaz de levar soluções sustentáveis com alto valor agregado para o mercado, e a nossa nova linha de aditivos funcionais irá maximizar os resultados dos nossos clientes, elevando os níveis de produtividade, qualidade do produto final e bem-estar animal, otimizando a performance zootécnica”, salienta.  O diretor ainda ressalta que o lançamento da marca se encaixa perfeitamente na estratégia “Better Together” (Juntos somos melhores) da empresa, pois reúne o know-how de todas as divisões de negócios do grupo e coloca à disposição dos clientes da empresa.

 

O diretor comercial a frente da linha de aditivos da Agrifirm na América Latina, Ricardo Suzaki, cita que um dos interesses em trazer a nova linha para o Brasil é o protagonismo que o país exerce na produção de alimentos. “Nós da Agrifirm acreditamos que o Brasil chegou a esse patamar com a tecnologia e a competência dos produtores. Com a Agrimprove, eles podem otimizar ainda mais seus resultados, elevando a produtividade e qualidade dos alimentos”, explica. O profissional pontuou que, em linhas gerais, o setor caminha em busca da máxima eficiência utilizando cada vez menos recursos, focando na produção sustentável – uma demanda que parte também dos clientes, uma tendência para o futuro a partir de uma visão holística.

Além disso, o diretor cita que o Brasil será um ponto de distribuição da Agrimprove para os países mais próximos na América Latina. Para ele, o uso de aditivos é uma maneira de suprir o aumento da demanda por alimentos e, além disso, vai de encontro com a necessidade dos produtores e da indústria em elevar a produção de maneira sustentável.

O lançamento da Agrimprove faz parte de uma série de inovações desenvolvidas pela Agrifirm localmente. Até o momento, mais de 20 produtos já foram lançados nas linhas de nutrição e aditivos, além dos novos lançamentos que estão previstos ainda para esse ano. A nova linha é composta por soluções que auxiliam na saúde, crescimento, produtividade e bem-estar animal.

Devido à pandemia do COVID-19 o lançamento da marca Agrimprove foi realizado por meio de um evento virtual. Um dos convidados especiais do encontro foi o vice-presidente executivo do Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações), Ariovaldo Zani, que apresentou a palestra “Perspectivas do mercado de nutrição animal no cenário pós COVID-19”.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Do Sul para o mundo:

BRF movimenta uma cadeia viva que alimenta quatro continentes

Maior exportadora de frango do mundo e uma das maiores produtoras de carne suína do Brasil, a BRF tem entre o coração do Rio Grande do Sul e o oeste do Paraná um de seus principais polos de produção para o mercado externo

Publicado em

em

De suínos, a Companhia é responsável por 22% da produção brasileira. Foto: O Presente Rural

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, tem como propósito oferecer produtos de qualidade, cada vez mais saborosos e práticos, para seus consumidores. Para cumprir esse compromisso, conecta o trabalho de milhares de produtores integrados, profissionais nas fábricas e equipes de logística. Maior exportadora de frango do mundo e uma das maiores produtoras de carne suína do Brasil, a BRF concentra nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná um de seus principais polos de produção para o mercado externo.

As unidades da BRF, além de abastecer as famílias brasileiras, alimentaram, em 2019, consumidores de 99 países, de quatro continentes. Esse número de destinos de exportações procedentes da Região Sul pode alcançar uma centena em 2020, considerando que recentemente a planta de Concórdia (SC), que já exportava suínos para Hong Kong, Filipinas e África do Sul, recebeu habilitação para exportar também para o Vietnã.

De municípios como Concórdia, no Oeste catarinense, Lajeado, no coração do Rio Grande do Sul, e Toledo, no Oeste paranaense, são embarcados mais de duas dezenas de tipos de produto, incluindo diferentes cortes de carne e embutidos, rumo a nações de culturas e regiões diversas, tendo o Japão, a 17.360 quilômetros, como o ponto mais distante. O roteiro apresenta uma diversidade de destinos, como Angola (África), Omã e Emirados Árabes (Península Arábica) e México (América do Norte).

De suínos, a Companhia é responsável por 22% da produção brasileira. No caso da proteína de frango, a BRF representa cerca de 12% do comércio global. Se a BRF fosse um país, seria o sétimo maior produtor de carne de frango do planeta, uma nação movida pela gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa voltada a proporcionar vida melhor a todos, do campo à mesa.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Avicultura

Katayama Alimentos prioriza bem-estar das aves

Em época de calor excessivo, cuidados com as aves devem ser redobrados para preservar seu bem-estar e evitar prejuízos

Publicado em

em

Foto: Divulgação

O forte calor registrado nas últimas semanas no interior de São Paulo – acima de 41ºC em diversos dias – tem provocado a morte de milhares de galinhas poedeiras e atingido a produção de diversos avicultores. Além de muitas aves não resistirem ao excesso de calor, as que sobrevivem passam a se alimentar menos e beber mais água, resultando em menor produção de ovos e unidades menores. Em algumas regiões, a estimativa dos produtores é que haja uma queda de 30% da produção por conta das altas temperaturas e da baixa umidade do ar.

Atenta ao crescimento sustentado com excelência em qualidade, a Katayama Alimentos, localizada em Guararapes (SP), realizou, nos últimos anos, investimentos significativos em um rigoroso programa de biosseguridade. Atualmente, a tecnologia de ponta está presente em todos os processos da produção de ovos, desde o preparo da nutrição animal à classificação e embalagem dos ovos. Existem, dentro dos aviários, monitoramento em tempo real do consumo de água, controle de ração, conforto térmico, qualidade do ar e todos os aspectos que envolvem o bem-estar das aves.

“Os investimentos realizados pela nossa indústria, para se tornar uma das mais modernas da América Latina, possibilitou oferecer às aves um conforto térmico diferenciado e um bem-estar animal muito seguro. Todos os aviários são climatizados com sensação térmica de 21ºC”. Em nossas instalações as aves não sentem calor e o manejo é muito cuidadoso, afinal, para que elas produzam bem têm que estar felizes, saudáveis e confortáveis”, revela Gilson Katayama, diretor comercial do Grupo Katayama. “Sendo assim, dentro de nosso plantel, a mortalidade das aves nesta época de calor intenso é muito baixa e permanece  dentro dos padrões de normalidade.”

 

Bem-estar animal

Para manter uma produção de ovos eficiente é preciso estabelecer um equilíbrio entre nutrição, saúde e bem-estar dos animais. As aves poedeiras criadas pela Katayama Alimentos vivem em ambientes tranquilos e sem contato com outras espécies de animais. O tratamento é caracterizado por um manejo criterioso, programa de vacinação eficiente e as aves recebem água tratada em tempo integral juntamente com uma alimentação balanceada, de qualidade garantida, fabricada dentro do complexo produtivo da unidade.

“Para alcançar esse estágio de excelência em nossa planta, todo o processo de produção foi repensado e modernizado. Hoje, contamos com equipamentos produtivos e sistema de gestão de última geração, utilizados nas indústrias avícolas mais desenvolvidas do mundo, o que nos assegura aves saudáveis e longevas”, finaliza Gilson.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Dia Estadual do Porco – ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.