Conectado com

Empresas

V SITEC da Nutriad

Performance digestiva: Palestrando do sobre este relevante tópico, o Prof. Dr. Van Immerseel deu início ao terceiro dia do V SITEC

Publicado em

em

O Prof. Dr. Filip Van Immerseel abordou o tema: Metabólitos Essenciais produzidos pela microbiota intestinal de Frangos de Corte. Segundo o palestrante, a microbiota produz ácidos graxos cruciais para manutenção da saúde intestinal. Neste ambiente o ácido butírico tem papel de destaque. O mesmo reforçou a necessidade das fontes exógenas de ácido Butírico, ou seja, seus sais de chegarem até a porção final do intestino para surtir o efeito esperado. “Essa substância atua não somente na modulação da microbiota, mas também melhorando a imunidade e reduzindo o efeito negativo dos processos inflamatórios”, afirma o Dr Filip.

Em seguida, o Dr. Haitham Yakout falou sobre o uso de antibióticos e as novas perspectivas “Precisamos voltar as práticas básicas de controle e adotar novas estratégias; deve-se levar em conta que o ambiente e condições de cada galpão influencia na performance dos animais de diferentes maneiras ”. Pontuou.

A nutrição e modulação intestinal de suínos foi apresentada pelo Dr. Bruno Silva “Os antibióticos foram sempre utilizados para corrigir erros no sistema de produção, precisamos utilizar mais as alternativas disponíveis para melhorar a saúde intestinal” afirmou.

Dr. Tim Goossens, gerente de desenvolvimento de Negócios Performance Digestiva da Nutriad Bélgica, falou sobre as ferramentas que podem ser utilizadas para otimizar a saúde intestinal através do uso de aditivos. Tim fez uma abordagem prática sobre o uso de produtos do portfólio da empresa; segundo Tim: “Muitos aditivos tem potencial de melhorar a saúde intestinal, quanto conseguimos aproveitar destes aditivos, é a chave da questão”.

Marcelo Nunes, diretor geral América do Sul da Nutriad afirma: “Mais uma vez tivemos um evento de alto nível técnico, dentro das expectativas de nossos clientes, atingimos nosso objetivo, de acrescentar conhecimento e novas tecnologias. Estamos muito felizes com a aceitabilidade de nosso evento e certamente estaremos juntos no ano que vem novamente”.  

“O V Sitec foi uma excelente oportunidade para aproximarmos ainda mais as equipes Nutriad/Adisseo, assim como melhor conhecermos clientes e parceiros, que se juntam agora numa única família. O evento foi de alto nível técnico e sem dúvidas reforça o objetivo de nossas empresas em colocarmos os clientes no centro de nossas atenções”. Roger Solitão, diretor geral América do Sul da Adisseo.

“O V SITEC encantou a todos os participantes pela organização, diversidade e importância dos temas tratados nas palestras. A mescla de palestrantes internacionais e nacionais foi muito interessante; foram três dias agradáveis, e bastante produtivos. Parabéns a equipe Nutriad!”. Comentário de José Henrique Barbi, gerente executivo técnico América do Sul da Adisseo.

A Nutriad fornece produtos e serviços para mais de 80 países, através de uma rede de escritórios de vendas e distribuidores próprios. Conta com o apoio de 4 laboratório de pesquisa e 5 fábricas em 3 continentes. 

A Adisseo opera em mais de 140 países. Sua principal dedicação é servir a indústria de produção animal e ajudar premixeiros, fabricantes de ração e integrações a melhorarem seu desempenho e a se tornarem mais competitivos. Nesse sentido, a Adisseo desenvolve, fabrica e distribui aditivos nutricionais e especialidades sob as marcas Rhodimet® (metionina),Microvit® (vitaminas), Rovabio® (enzimas NSP e fitase),MetaSmart® e Smartamine®(metionina protegida para ruminantes), Adisodium® (Sulfato de Sódio) e Selisseo® (fonte de Selênio Orgânico). Adisseo, filial do grupo internacional BlueStar, é uma expert mundial da área de nutrição animal, aplicando a excelência e a qualidade de seu know-how em torno de uma linha completa de aditivos e serviços.

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 11 =

Empresas

Pif Paf conquista certificação ambiental inédita

Empresa comemora certificação inédita, que atesta a qualidade de seu inventário de gases de efeito estufa e reforça o compromisso com o meio ambiente

Publicado em

em

Divulgação

O compromisso com a sustentabilidade garantiu à Pif Paf Alimentos mais uma conquista inédita. A empresa recebeu o Selo Ouro no Programa Brasileiro GHG Protocol, importante ferramenta usada para entender, quantificar e gerenciar as emissões de gases de efeito estufa de uma organização. Resultado ainda melhor do que o alcançado em 2019, quando a companhia foi a primeira no setor de alimentos congelados em Minas Gerais a participar da iniciativa e realizar esse mapeamento, o que lhe rendeu o Selo Prata. Neste ano, com o Selo Ouro, a companhia se junta a outras duas do setor como as únicas que possuem essa certificação.

A nova classificação Ouro atesta que, além de seguir todas as diretrizes do programa, a Pif Paf teve o inventário corporativo auditado por uma instituição verificadora independente, o que assegura credibilidade, exatidão e qualidade ao processo de mensuração. “É muito gratificante recebermos mais um reconhecimento dos nossos esforços diários para garantir uma atuação responsável e sustentável aos processos produtivos. Valoriza ainda mais nosso compromisso com o meio ambiente, com a integração das mudanças climáticas ao nosso negócio e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU”, destaca a vice-presidente de Gente, Gestão e Sustentabilidade, Maria Paula Brancatelli.

O inventário desenvolvido pela empresa – uma espécie de raio X das principais fontes de emissão de gases de efeito estufa em cada processo – reúne dados que permitem definir novas metas e estratégias responsáveis, bem como adotar tecnologias e procedimentos que reduzam os impactos ambientais das atividades. O Protocolo de Gases de Efeito Estufa (GHG Protocol) é um método utilizado por diversos países. No Brasil, é aplicado por meio do Programa Brasileiro GHG Protocol, coordenado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

Evonik reforça a corrente do bem

Desde o início da pandemia, muitas ações foram adotadas para preservar a saúde e segurança de todos os colaboradores; manter as fábricas em atividade; além de doações e o desenvolvimento de um sanitizante de mãos para doação

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Bem antes da contaminação por COVID-19 ser classificada como pandemia mundial, a Evonik, uma das líderes mundiais em especialidades químicas, iniciou um plano de ação para proteção de seus colaboradores na região, assim como garantir a continuidade das atividades produtiva e comercial.

Já no mês de janeiro, instituiu um comitê de gerenciamento de crise dedicado ao assunto e, diante de todos os desafios impostos pela disseminação do Coronavírus, o posicionamento foi o de manter suas atividades em operação como forma de contribuir para abastecer setores essenciais, incluindo saúde, alimentação, transporte, agronegócio, nutrição animal, construção e embalagem, entre tantos outros.

 

Sanitizante para doação

Uma das ações colocadas em prática foi o desenvolvimento de um sanitizante para as mãos. O novo produto, denominado TEGO 2020F, foi manufaturado na unidade da Evonik instalada na cidade de Americana (SP) e teve a autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para distribuição na área da Saúde. Do total produzido, diversas entidades já receberam a doação do sanitizante, entre elas:

-Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Mogi das Cruzes (SP);
-Hospital do Exército de São Paulo;
-Hospital Maternidade São Camilo, de Aracruz (ES);
-Unidade Básica de Saúde Família Barra do Riacho (ES).
-Ação solidária

Ao mesmo tempo a empresa tem buscado direcionar ações solidárias para as comunidades nas quais está inserida com suas fábricas. Entre as doações já realizadas estão:

-cestas básicas para as famílias dos alunos que participam do Projeto Saber Viver, de Barra do Riacho, em Aracruz (ES);
-produtos de higiene, de limpeza, máscaras e luvas para o Asilo Recanto do Ancião de Barra do Riacho (ES);
-produtos de limpeza geral para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Barra do Riacho (ES);
-peróxido de hidrogênio e água destilada para a fabricação de sanitizante para as mãos que foram doados aos hospitais da região de Aracruz;
-equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), como luvas, macacões e óculos para a Secretaria Municipal de Saúde de Castro, no Paraná;
-dietas enterais às Casas André Luiz, referência no atendimento à pessoa com deficiência intelectual dentro do Estado de São Paulo.

“Por meio destas iniciativas reforçamos nossos valores e os pilares que sustentam nossa marca na região América Central e do Sul e no mundo”, observa Elias Lacerda, Diretor Presidente para a Região América Central e do Sul da Evonik.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Bovinos

Resultado mais que positivo

Palestra virtual sobre estratégias para otimizar a digestibilidade de fibra e amido da silagem de milho foi marcada pela participação efetiva e qualidade técnica

Publicado em

em

Gerente Técnica de Nutrição e Formulação para Ruminantes da Polinutri, Beatriz Venturelli - Foto: Divulgação

Levar informações de qualidade para profissionais da pecuária leiteira foi a proposta da palestra realizada pela Unidade de Negócios Ruminantes Polinutri em 26 de agosto. Evento que atesta o compromisso da companhia de estar junto de seus pares para construção de parcerias sólidas e duradouras.

Quem conduziu os trabalhos foi o professor assistente do departamento de Nutrição Animal da Universidade de Wisconsin (Estados Unidos), Dr. Luiz Ferraretto, com a palestra “Estratégias para otimizar a digestibilidade de fibra e amido da silagem de milho”, tema técnico de elevada procura pelos profissionais do meio devido aos constantes desafios nesta fase.

“Ao todo tivemos mais de 140 participantes on-line interessados no tema”, inicia a Gerente Técnica de Nutrição e Formulação para Ruminantes da Polinutri, Beatriz Venturelli. De acordo com ela, levar para os produtores um tema de maneira simples para a melhor compreensão sobre a qualidade da silagem de milho para o desempenho positivo das vacas de leite é de suma importância para atualização destes profissionais.

“O elevado conhecimento técnico do nosso palestrante, o Prof. Dr. Luiz Ferraretto, prendeu a atenção dos participantes que após a apresentação permaneceram na sala virtual para a sessão de perguntas. Sinal que nos deixa com a sensação de dever cumprido, pois levamos informações de relevância para o dia a dia da pecuária leiteira e este é o nosso compromisso”, destaca Beatriz.

A gerente prevê mais ações como essa. “Nossos parceiros e clientes podem aguardar outras ações como essa”, revela.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
PORK EXPO

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.