Conectado com

Notícias

Programa Voluntários BRF promove “Cooperação pela Água” em 36 municípios

Publicado em

em

A partir desta semana a BRF, por meio do Instituto BRF, promove a 5ª edição da Ação Voluntários BRF, iniciativa da companhia que contempla ações sociais dedicadas às comunidades onde atua. Nesta edição as atividades terão como foco a conscientização sobe o uso racional e gestão correta da água. Os trabalhos voluntários ocorrerão simultaneamente em 36 municípios, entre eles Carambeí, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Paranaguá, Ponta Grossa e Toledo, todos no Paraná. 
As ações terão como objetivo principal incentivar a comunidade, principalmente os jovens, a refletir sobre a gestão e o uso da água em seu município. Para isso, serão desenvolvidas atividades que incentivem a educação e gestão local para a sustentabilidade, proteção e preservação de bens naturais comuns, consumo responsável, gestão e manejo de recursos hídricos, ações de educação para a água e engajamento da população em políticas publicas de conservação desse recurso em seus municípios. 
Mais de mil colaboradores da BRF são esperados a atuarem como voluntários nas ações propostas pelos Comitês de Investimento Social Locais. Na última edição, realizada em maio deste ano, mais de nove mil pessoas foram contempladas pelas atividades, que contaram com a participação de 930voluntários em todo o país. 
 “A BRF acredita no papel transformador do voluntariado e busca com o Programa Voluntários BRF promover a participação dos seus colaboradores, aposentados e familiares no desenvolvimento das comunidades das quais faz parte”, diz Luciana Lanzoni, diretora-executiva do Instituto BRF.
Cada cidade beneficiada conta com um Comitê de funcionários da BRF responsável por conhecer os potenciais e os desafios do município,para adequar o programa às necessidades locais. O Programa Voluntários BRF tem um site exclusivo com as diretrizes, atividades propostas e apoiadas, bem como orientações aos colaboradores (www.voluntariosbrf.com). O site também possibilita o cadastro de interessados a se tornarem parceiros do programa ou de organizações de comunidades que desejam ser beneficiadas.
No Paraná as atividades acontecerão no dia 26 de outubro e envolverão pinturas de rosto, exposição de fotos, arte em balões, concurso de desenhos, teatro, restauração de parque, gincana e atividades esportivas.  
Confira a programação:
Serviço: 
1. Ação Voluntários BRF em Carambeí
Data: 26/10
Horário: 7h às 13h
Local: Escola Municipal Geralda Harms
Ações:Tarde recreativa com brinquedos; pinturas de rosto; desenhos; exposição de fotos do Rio São João; arte em balões;rodas de conversa com os alunos e familiares; dinâmicas com sobre a separação correta de resíduos; além de um concurso de desenhos em cartazes cujo tema será "A importância do bom uso da água e combate ao desperdício". 
2. Ação Voluntários BRF em Dois Vizinhos
Data: 26/10
Horário: 8h às 12h
Local:Bairro Concórdia
Ação:Cerca de 300 alunos da escola Vinicius de Moraes, com idades entre 10 a 16 anos participarão da limpeza do Rio Sanga da Santina. A ação é uma parceria com o Rotary, o Pema, a Prefeitura Municipal de Dois Vizinhos,a UTFPR – Universidade Tecnológica do Paraná e moradores do bairro. Haverá também plantio de grama e fixação de bancos no parque da vizinhança.  
3. Ação Voluntários BRF em Francisco Beltrão
Data: 26/10
Horário: 14h às 18h
Local:Colégio Estadual Tancredo Neves
Ação: Gincana com provas voltadas para a conscientização e preservação da água e do meio ambiente.

4. Ação Voluntários BRF em Paranaguá

Data: 26/10
Horário: 14h às 18h
Local:Sede BRF
Ação: As crianças, adolescentes e jovens das escolas próximas estarão reunidas na Sede Social da empresa, onde será realizada uma palestra inicial sobre “Cooperação pela Água”. Será realiza, ainda, uma peça de teatro com o tema "Família sem noção", com o enfoque sobre desperdício de água e comportamentos inadequados, buscando investir na boa saúde física e mental. Em seguida, serão realizadas atividades esportivas e de lazer, como futebol, capoeira, história contada dos livros e artesanato, para que possam valorizar a água, como fonte de vida e necessária ao ser humano. 
5. Ação Voluntários BRF em Ponta Grossa
Data: 26/10
Horário: 7h às 17h
Local:Bairro Francelina
Ação: Gincana com o tema “Agua”. Para participar basta que os interessados se inscrevam na Unidade de Saúde da Vila Francelina. Durante o evento, serão oferecidas três oficinas: “Dengue”; “Uso consciente da água” e “Óleo de cozinha e seus efeitos nocivos à água”. 
6. Ação Voluntários BRF em Toledo
Data: 26/10
Horário: 8h às 12h
Local:Rio São Francisco
Ação: Voluntários participarão de um mutirão para a limpeza da área, além de plantio de mudas, instalações de lixeiras e placas sinalização.

Sobre a BRF 

A BRF, criada em 2009 a partir da associação entre Perdigão e Sadia, atua nos segmentos de carnes (aves, suínos e bovinos), alimentos industrializados (margarinas e massas) e lácteos, com marcas como Sadia, Perdigão, Batavo, Elegê, Qualy, entre outras. É uma das maiores companhias de alimentos do mundo e responsável por 20% do comércio mundial de aves. Conta com 114 mil funcionários e no fechamento segundo trimestre de 2013 o seu valor de mercado foi de R$ 42,3 bilhões. Em 2012, registrou faturamento de R$ 28,5 bilhões. 

Sobre o Instituto BRF

O Instituto BRF foi fundado em março de 2012 com o objetivo de coordenar a gestão do investimento social da BRF em parceria com a própria companhia para a promoção do desenvolvimento das comunidades das quais a BRF faz parte. O investimento social da BRF é realizado a partir de quatro frentes: Terceiro Setor, Políticas Públicas, Redes Intersetoriais e Empreendedorismo e Empregabilidade. Todo o planejamento e todas as ações de investimento social e relacionamento com a comunidade são desenvolvidas e geridas de forma compartilhada pela equipe do IBRF e pelos membros dos Comitês de Investimento Social, grupos de funcionários das unidades produtivas/sedes administrativas/centros de distribuição presentes nos municípios beneficiados pelo investimento social da companhia. 

Fonte: Ass. Imprensa da BRF

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Oportunidade de Negócios

Instituições financeiras oferecerão R$ 3 bi em crédito no Show Rural

Organizadores do evento estão otimistas e estimam movimentação financeira entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões

Publicado em

em

Divulgação

Os bancos e as cooperativas de crédito que estarão presentes no Show Rural Coopavel 2019 vão disponibilizar R$ 3 bilhões aos produtores rurais que desejarem financiar máquinas, implementos ou fazer outros investimentos em suas propriedades. As taxas e prazos oferecidos serão os melhores do mercado.

O 31º Show Rural Coopavel terá a presença do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander,. BRDE e as principais cooperativas de crédito do País, entre elas Sicredi, Sicoob, Cresol e Credicoopavel. Os organizadores do evento estão otimistas e estimam movimentação financeira entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões.

O Show Rural Coopavel será de 4 a 8 de fevereiro e contará com 520 expositores. O público esperado é 250 mil pessoas. Uma das principais novidades desta 31ª edição é o Show Rural Digital, que contará com a participação de algumas das maiores empresas do mundo de tecnologia e inovação.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Tudo sobre avicultura

FACTA lança edição ampliada e revisada do livro “Produção de matrizes de frangos de corte”

Exemplar traz 15 capítulos com diversos elementos sobre o desenvolvimento das aves

Publicado em

em

Divulgação/Assessoria

A Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA) lança a 3ª edição do livro “Produção de matrizes de frango de corte”, ampliada e com conteúdo revisado. A obra envolveu mais de 35 profissionais, sendo alguns colaboradores de empresas fortemente comprometidas com o setor avícola, bem como pesquisadores do mundo acadêmico.

O exemplar traz 15 capítulos com diversos elementos sobre o desenvolvimento das aves, como o entendimento dos aspectos fisiológicos dos machos e das fêmeas, o manejo alimentar, as principais doenças e formas de tratamento, a relevância da casca dos ovos, ambiência, biosseguridade, o dimensionamento e gerenciamento das granjas de produção, dentre outros assuntos, que são abordados com profundidade, mas de forma didática, com ilustrações, tabelas e figuras, que facilitam o entendimento do texto.

O livro foi editado pelos membros da FACTA: Marcos Macari, Elisabeth Gonzales, Inaldo Sales Patrocínio e Neyre Norie Shiroma, com apoio da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e das empresas Alltech do Brasil, Biocamp, Cargill Alimentos, Cobb-Vantress Brasil, Nutriquest Technofeed Nutrição Animal, Ceva Saúde Animal e Zoetis Indústria de Produtos Veterinários.

O livro pode ser adquirido no site da FACTA.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado Externo

Cinco unidades de frango do Brasil são desabilitadas a exportar a sauditas

Entre as plantas que permanecem habilitadas a exportar para o país árabe estão BRF, JBS, Seara e a LAR Cooperativa Agroindustrial

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Na segunda-feira (21) o serviço sanitário da Arábia Saudita apresentou o relatório das empresas brasileiras habilitadas a exportar para o país. Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) a autorização se mantém para 25 plantas frigoríficas brasileiras de carne de frango. Atualmente, 58 plantas são habilitadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a exportar, mas somente 30 embarcam produtos efetivamente.

A ABPA informou em nota oficial que o impacto da decisão, portanto, é sobre cinco plantas frigoríficas, que deixam de exportar para o país. “As empresas autorizadas constam em uma lista divulgada pelas autoridades sauditas. As razões informadas para a não-autorização das demais plantas habilitadas decorrem de critérios técnicos. Planos de ação corretiva estão em implementação para a retomada das autorizações”, diz a nota.

A Associação comunicou que está em contato com o Governo Brasileiro para que, em tratativa com o Reino da Arábia Saudita, sejam resolvidos os eventuais questionamentos e incluídas as demais plantas. “Além disto, as plantas que hoje não estão habilitadas contarão com o apoio do Ministério para obter a autorização para exportar a este mercado”, afirma a ABPA.

Segundo o MAPA, o grupo habilitado respondeu no ano passado por 63% do volume das exportações brasileiras de carne de frango – porcentagem que correspondeu a 437 mil toneladas – para a Arábia Saudita.

Além do mais, o Ministério ainda está examinando o relatório e encaminhará aos estabelecimentos as recomendações apresentadas.

Entre as plantas que permanecem habilitadas a exportar para o país árabe estão BRF, JBS, Seara e a LAR Cooperativa Agroindustrial.

Fonte: O Presente Rural
Continue Lendo
Nucleovet 2
APA

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.