Conectado com

Empresas

O desafio de combater o “peito amadeirado” em frangos de corte

Um desafio que ganha importância e está relacionado ao aumento da taxa de crescimento das aves é o aumento da incidência de miopatias no peito, como o peito amadeirado (woody breast)

Publicado em

em

Rodrigo Braghim Slembarski, gerente de Mercado Aves de Corte da Auster

A avicultura de corte é uma das atividades de maior crescimento no mundo. Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, a produção global de carne de frango deve girar em torno de 92 milhões/t, em 2019. No Brasil, a produção aproxima-se de 14 milhões/t/ano, com consumo per capita próximo de 45 kg/hab/ano. “O aumento da oferta é impulsionado pela alta demanda dos consumidores por produtos de qualidade e preços acessíveis”, explica Paulo Portilho, CEO da Auster Nutrição Animal. “E isso só é possível devido à evolução dos processos de melhoramento genético, nutrição, sanidade e manejo, tornando a atividade eficiente e competitiva em relação a outras proteínas de origem animal”, complementa o dirigente.

Rodrigo Braghim Slembarski, gerente de Mercado Aves de Corte da Auster destaca que “os frangos de corte produzem carne com maior eficiência e em menor tempo. “Um outro ponto importante a destacar é que as aves passaram por intenso processo de melhoramento genético, que permitiu a seleção com maior deposição de músculo no peito”, explica Slembarski.

Um desafio que ganha importância e está relacionado ao aumento da taxa de crescimento das aves é o aumento da incidência de miopatias no peito, como o peito amadeirado (woody breast), principalmente no músculo peitoral maior. Filés com a condição de peito amadeirado mostram evidências de aumento de massa muscular, degeneração das fibras, necrose, variabilidade do tamanho das fibras, infiltração lipídica, aumento da fibrose e células inflamatórias, ocasionando dureza e rigidez anormais à palpação no filé e aspecto geral negativo na qualidade da carne.

Rodrigo Slembarski destaca que a lesão do peito amadeirado pode ser observada facilmente e é classificada como normal, moderada e severa. “É considerado peito normal aquele que tem boa aparência com coloração e textura característica, não causando restrição em termos de aquisição do produto pelos consumidores”, diz.

Já na lesão moderada, “observa-se coloração mais pálida e aumento moderado da rigidez das fibras musculares, devido à deposição de tecido conjuntivo fibroso, podendo ter partes do músculo peitoral superior bem mais rígidas, ocasionando a condenação parcial do peito. E, na lesão severa, o peito apresenta coloração esbranquiçada, rigidez devido à alta deposição de colágeno”.

Considerando as condenações na linha de abate, o tema tem sido desafiador para as indústrias produtoras de frangos pesados, tendo em vista o descarte parcial e até total das carcaças. “Por conta do grande impacto no setor produtivo, o tema vem sendo tratado com atenção por pesquisadores, indústrias e produtores na tentativa de minimizar os efeitos decorrentes dessa lesão. Os geneticistas têm trabalhado na seleção genética para desenvolver animais com menor propensão à miopatia, porém este é um processo lento e complexo. Paralelamente, a nutrição trabalha com o intuito de minimizar a incidência do peito amadeirado, realizando pesquisas com diferentes níveis nutricionais de aminoácidos, vitaminas, minerais e aditivos, como por exemplo o uso de altas doses de fitase. Ou seja, a estratégia é utilizar ferramentas que nos auxiliam a reduzir a incidência e minimizar as perdas econômicas”, explica o gerente de Mercado Aves de Corte da Auster Nutrição Animal.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dezoito =

Empresas Codornas

Terceira edição do programa especial Polinutri® cordorna destaca redução de perda na criação

O tema fecha o ciclo de informações gratuitas sobre produção de codornas para auxiliar criadores

Publicado em

em

A Polinutri®, empresa especializada em nutrição e saúde animal sediada em Osasco (SP), apresenta esta semana a terceira edição do Programa Especial Polinutri Codorna que traz dicas de como produzir melhor e em mais tempo.

“Este é outro tema importante para apresentar para os produtores, visto que o estágio de maturidade de uma codorna leva trinta dias, estando pronta para produzir”, explica a Gerente da Unidade Avicultura da Polinutri®, Lucielma Holtz. Por isso, destaca a gestora, a necessidade de apoiar os produtores com informações relevantes para a criação. “Há uma dicotomia neste segmento, por um lado o elevado consumo de ovos de codorna nos grandes centros, por outro, a falta de informação”, salienta Lucielma.

A experiência da companhia a campo associado à parceria com universidades do país permitiu que a Polinutri alcançasse um nível nutricional ótimo. “Sendo assim, somos capazes de dar um suporte técnico total aos produtores em termos de manejo e bem-estar animal. Gosto de pontuar que essas três edições do Programa Especial Polinutri Codorna nada mais é que as respostas, de forma prática, dos excelentes resultados alcançados pela Polinutri® neste segmento”, compartilha a gerente.

 

 

Fonte: Assessoria da Polinutri
Continue Lendo

Empresas

Vetanco Brasil recertificada na ISO 9001:2015

O objetivo da auditoria é verificar e validar o funcionamento das normas e processos aplicados no cotidiano de trabalho dos diversos setores dentro da organização, potencializando a eficácia e os resultados das atividades

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A unidade brasileira da Vetanco foi submetida a recertificação de seu sistema de gestão da qualidade na ISO 9001:2015, pela retificadora DNV GL. A auditoria aconteceu em dois momentos, no dia 02 de julho na filial em Vinhedo onde o Sr. Cláudio Krambeck conduziu os trabalhos e nos dias 04 e 05 de julho  em Chapecó, onde o Sr. Lincoln Morais Gieburowski findou o cronograma da auditoria.

Segundo a Gerente de Planejamento e RD da filial brasileira, Sra. Daiane Müssnich “essa recertificação demostra o comprometimento da Vetanco com o Sistema de Gestão da Qualidade e a constante melhoria que vem desenvolvendo em seus processos, com o objetivo de melhor atender seus clientes”. O objetivo da auditoria é verificar e validar o funcionamento das normas e processos aplicados no cotidiano de trabalho dos diversos setores dentro da organização, potencializando a eficácia e os resultados das atividades.

Anualmente a Vetanco Brasil passa por esse processo de auditoria externa,  hora pela recertificação, hora pela auditoria de periódica de monitoramento. Além disso , são realizadas auditorias internas, como forma de garantir a eficiência do SGQ, estabelecidas pela norma ISO 9001.

A Vetanco Brasil tem como Política da Qualidade: Satisfazer as necessidades dos clientes com produtos e serviços diferenciados, promovendo a melhoria contínua de nossos processos, produtos e serviços. Garantir um crescimento sustentável com lucratividade, assegurando aos acionistas o retorno dos investimentos. Manter e construir parcerias produtivas com clientes e fornecedores. Promover o bem estar e o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores. Primar pela segurança e respeitar ao meio-ambiente e a comunidade.

 

Fonte: Assessoria da Vetanco
Continue Lendo

Empresas Suinocultura

ICC Brazil firma parceria com granja comercial de suínos para o desenvolvimento de pesquisas

Localizada no interior de São Paulo, a granja possui um sistema de alimentação automatizado para controle do consumo dos animais em fase de creche

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Comprovar, na prática, a eficácia de produtos voltados para a nutrição animal: esse é o principal objetivo de uma parceria entre a ICC Brazil, empresa pioneira na produção de soluções inovadoras para a nutrição animal à base de aditivos de levedura, e uma granja comercial de suínos, localizada no interior de São Paulo, em Leme. “Isso fará com que a ICC Brazil avance ainda mais na pesquisa científica relacionada a seus produtos. Isso é muito importante, pois experimentos realizados em reais condições de campo trazem maior confiabilidade aos resultados”, afirma Ricardo Barbalho, gerente de vendas Nacional da ICC Brazil.

A granja possui cerca de 1.700 matrizes suínas e três instalações para a fase de creche: a primeira com 48 baias e as outras duas com 50 baias cada uma. A granja conta, ainda, com instalações de maternidade, e para as fases de crescimento e terminação, fábrica de ração própria e silos para distribuição das rações nas instalações de creche. O sistema de alimentação automatizado instalado possibilita a condução de experimentos simultâneos e uso/avaliação de diferentes dietas. “O equipamento alimenta até 120 baias e nós conseguimos, com precisão, ter até quatro tratamentos dietéticos em diferentes fases. Isso vai ser importante para a pesquisa dentro da ICC Brazil, justamente por ter um ambiente com todo o desafio comercial do campo e para ter um número grande de animais em cada experimento”, observa Melina Bonato, gerente de P&D da ICC Brazil.

Essa é a terceira granja do Brasil a receber o sistema de alimentação automatizado. A decisão de construir essa estrutura nasceu da necessidade de entender melhor o uso das soluções à base de leveduras e da melhor aplicabilidade e uso racional dos produtos. A facilidade no delineamento e construção dos protocolos experimentais e na obtenção dos resultados é destacada pelo MSc. Luiz Antônio Vitagliano, consultor e nutricionista. “Os processos de melhoria genética nos trazem, cada vez mais, a necessidade de conhecer os valores nutricionais que os animais precisam. Por isso que a ICC Brazil investiu nesses equipamentos, para que possamos conhecer as exigências dos animais e, consequentemente, melhorarmos a qualidade dos ingredientes que estamos usando nas rações dentro do sistema criatório da suinocultura”.

Pesquisa – A ICC Brazil investe por ano R$ 1,5 milhão em pesquisa e desenvolvimento de novas soluções para a nutrição animal e está aumentando seu quadro de pesquisadores e técnicos para ampliar a sua linha de produtos. A empresa mantém parcerias com universidades no Brasil e no exterior que atestam a eficácia de cada item e dão credibilidade e confiabilidade aos estudos e experimentos realizados.

Fonte: Assessoria da ICC
Continue Lendo
POLINUTRI CAMPANHA
TOPIGS – BRASIL PORK EVENT 2019
AB VISTA Quadrado
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.