Conectado com

Rodrigo Capella

O Agronegócio e o marketing que encanta

Quando somos impactados pelas divulgações da empresa, os produtos tornam-se ainda mais irresistíveis

Publicado em

em

Artigo escrito por Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica, empresa com ampla experiência em ações de marketing e comunicação para o agronegócio

A maior parte das empresas de agronegócio tem como prática não realizar ação de marketing baseada em história própria. Talvez por preferir resguardar o roteiro natural, ou ainda por optar pelo marketing de produto – muito difundido neste segmento.

O fato é que uma pesquisa – baseada em conversas, visitas às empresas e muita leitura – nos revela que estas indústrias possuem ingredientes cativantes para sustentar um storytelling com muitos minutos de ápices.

Chianti, localizada entre as cidades italianas de Florença, Siena e Arezzo, nos ajuda a entender esse cenário. Destino certo de muitos brasileiros, a região possui inúmeras vinícolas, o que nos remete a uma pergunta clássica: qual conhecer?

Um castelo habitado e construído em 1184. Local de reuniões de uma fracassada conspiração contra a família Médici, que governava Florença. Fabricação de vinhos de excelente qualidade, com predominância de Sangiovese, Riesling, Chardonnay, Trebbiano e Merlot.

Esses impactantes elementos despertam uma visita ao Castello del Trebbio.  A cada passo, a cada cole, a sensação de ter vivenciado períodos significantes da Itália e de ter conhecido uma vinícola muito especial.

Gramado, localizada no Sul do Brasil, vive situação semelhante a Chianti. Entre as várias lojas de chocolates da cidade, destaca-se a Prawer, que teve início em 1975, após o seu fundador ter aprendido o ofício na Argentina.

Quando somos impactados pelas divulgações da empresa, os produtos tornam-se ainda mais irresistíveis: “A história da Prawer é a própria história do chocolate artesanal no Brasil”.

Tanto a Prawer, quanto o Castello del Trebbio nos deixam uma grande lição: valorizar, com amplitude, a própria essência ajuda a seduzir e a encantar novos consumidores.

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × quatro =

Rodrigo Capella Opinião

Escolha o melhor insumo para sua propriedade

Primeiro passo é, sem dúvida, fazer uma análise criteriosa do solo, entendendo que cada propriedade tem as suas características distintas

Publicado em

em

Divulgação

Artigo escrito por Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica – Comunicação e Marketing no Agronegócio

Amigos e Amigas,

Recebi, via LinkedIn, uma interessante mensagem. Um produtor rural de Minas Gerais, que tem uma propriedade de café, me perguntou de que forma ele poderia escolher os insumos para a sua propriedade, elevando a produtividade e a rentabilidade.

O primeiro passo é, sem dúvida, fazer uma análise criteriosa do solo, entendendo que cada propriedade tem as suas características distintas, ou seja, as ações feitas pelo seu vizinho talvez não sejam eficazes na sua propriedade.

Também é preciso estar atento às análises anteriores. Utilize esse conteúdo como um comparativo e não para fazer as correções. É importante realizar novas análises de solo com periodicidade para promover uma nutrição adequada do ecossistema.

Além deste cenário, outros pontos precisam ser observados na hora de se escolher os insumos agrícolas. São eles:

A) Flexibilidade

Observe a flexibilidade de pagamento e as opções disponíveis. Converse bastante e chegue a um ponto em comum com o seu fornecedor.

B) Prazo

Atente-se ao prazo de entrega. Isso é importantíssimo. Negocie se for preciso e faça muitas contas.

C) Reputação

Faça uma análise sobre a reputação do fornecedor. Converse com amigos e não se esqueça de realizar uma pesquisa na Internet.

D) Qualidade

Verifique a qualidade do produto. Solicite análises e estudos para atestar cada uma das características.

E) Transparência

Acompanhe as ações de comunicação e de marketing do fornecedor. Quais valores são transmitidos? As iniciativas são transparentes?

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Rodrigo Capella Opinião

Como se comunicar melhor no agro?

Resposta para essa pergunta é, aparentemente, complexa, difícil, mas alguns pontos podem nos ajudar no dia a dia

Publicado em

em

Divulgação

Artigo escrito por Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica – Comunicação e Marketing no Agronegócio

Amigos e Amigas,

Como se comunicar melhor no agro?

A resposta para essa pergunta é, aparentemente, complexa, difícil, mas alguns pontos podem nos ajudar no dia a dia.

Confiram a seguir 04 dicas para vocês colocarem em prática agora mesmo. Sucesso e força agro!

1) Discurso Único

Elabore um discurso único para ser utilizado em várias ocasiões, como apresentação da sua propriedade para uma trading, preenchimento de protocolos para elaboração de marca de produto, entre outras possibilidades. Destaque os diferenciais da sua propriedade, como produtividade, insumos utilizados, rentabilidade, tempo de cultivo, práticas sustentáveis etc.

2) Uma boa história

Pense em uma história sobre a sua propriedade, com começo, meio e fim. Isso vai ajudar você durante as conversas e também na divulgação de sua propriedade. Destaque fatores como sucessão familiar, início da propriedade e sua relação com o campo.

3) Descomplique

Evite utilizar linguagem técnica, explique com calma e esteja preparado para tirar eventuais dúvidas. Planeje uma boa conversa.

4) Não tenha medo

Por fim, não tenha medo de errar. Afinal, aprendemos e sempre vamos aprender com nossos erros, não é mesmo?

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Rodrigo Capella Novidade

Dicas para inovar no agronegócio e vender mais

Novo livro de Rodrigo Capella, com download gratuito, é indicado para produtores rurais, empresas de agronegócio, startups e cooperativas

Publicado em

em

Divulgação

O jornalista Rodrigo Capella, diretor geral da Ação Estratégica – Comunicação e Marketing no Agronegócio, acaba de lançar seu novo livro, intitulado “Como inovar no agronegócio para alavancar as vendas”. A obra tem 90 páginas e traz diversas dicas e orientações para produtores rurais, empresas de agronegócio, startups e cooperativas.

De acordo com Capella, o livro, que tem download gratuito, está dividido em duas partes: Preparação e Ação. “Na Preparação, os leitores encontrarão rico conteúdo sobre reputação e lucro, além de dicas básicas. Já em Ação, os textos abordarão marketing, vendas, agronegócio digital, alto impacto, tecnologia, entre outros pontos”, pontua o autor, com diversos livros e artigos publicados, no Brasil e no exterior.

Capella acrescenta que o seu novo livro estimula os leitores a pensarem na estratégia mais adequada. “Nem sempre ela será a melhor, somente será a mais apropriada. Isso será bom porque em uma engrenagem, uma boa peça ajudará no ritmo adequado”, destaca o diretor da Ação Estratégica, que tem forte atuação nas redes sociais.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Dia Estadual do Porco – ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.