Conectado com

Notícias Capacitação

Nucleovet faz lançamento dos Simpósios para 2020

Evento apresentou para patrocinadores datas e novidades dos Simpósio que acontecerão em 2020

Publicado em

em

Divulgação

O Nucleovet – Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas – reuniu associados e parceiros patrocinadores para apresentar seus simpósios de avicultura, suinocultura e bovinocultura de leite programados para o ano de 2020. O evento foi realizado na última segunda-feira (11), na sede social do NUCLEOVET, em Chapecó, SC.

“Os eventos iniciaram focando o cenário da região Sul, cresceram, atraindo profissionais de todo o Brasil”, afirmou o diretor financeiro do Nucleovet, médico veterinário Lucas Piroca, que apresentou as novidades aos patrocinadores. Salientou que, entre os diferenciais dos eventos promovidos pelo Nucleovet, estão mais de 20 anos de tradição e know how. “São eventos planejados com expertise, organizados e realizados por profissionais da área para profissionais da área, sempre mantendo o foco técnico na qualificação e atualização”.

Outro destaque dos Simpósios de Avicultura, Suinocultura e Bovinocultura de leite é o público qualificado. Em 2019, 4.244 participaram dos três eventos. Também foi contabilizada a presença de mais de 100 diretores/presidentes, mais de 900 médicos veterinários, mais de 300 zootecnistas, além de profissionais técnicos, engenheiros, líderes, entre outros. “A estratégia de qualificação dos públicos envolve a divulgação e prospecção focada nas audiências específicas. Isso ocorre através de uma comunicação estratégica, que abrange profissionais de todo o Brasil e do Mercosul”. Pesquisas realizadas durante o evento constatam a satisfação do público com a organização e nível técnico em médias superiores a 90%.

As feiras paralelas aos simpósios – Poultry Fair, Pig Fair e Milk Fair – reúnem as principais marcas de produtos e serviços do setor. “Representa uma oportunidade para os profissionais terem contato com as soluções oferecidas por grandes empresas nacionais e multinacionais”, afirmou Lucas. Ele também destacou os eventos paralelos, como uma oportunidade para lançamentos e divulgação de produtos e serviços pelas marcas. Nos espaços, com capacidade para até 500 pessoas, é possível também realizar capacitações e debates técnicos.

Público diferenciado e preços justos 

Realizados na catarinense Chapecó – cidade pólo e centro da produção agropecuária no Brasil -, os Simpósios promovidos pelo Nucleovet mantém tabela aberta de preços para estandes, não havendo diferenciação. “Estamos comprometidos em manter a ética, a transparência e a isonomia de negociação com todos os patrocinadores”, salientou Lucas. Ele destacou como custo-benefícios aos patrocinadores o público qualificado, altos índices de satisfação nos três eventos, e os valores de cotas acessíveis.

Os parceiros constantes do Nucleovet recebem como vantagem os selos Diamante e Esmeralda, alocados nas testeiras dos estandes, destaque na mídia e economia na compra dos espaços. Recebem o selo Diamante e 5% de economia as empresas que fecharem participação nos três eventos do ano. Já o selo Esmeralda e 3% de economia são direcionados para as empresas com participação fechada em dois eventos no ano. Além disso, as marcas dos apoiadores do evento são veiculadas no Portal de Led, na entrada de todos os simpósios.

Concurso Chef Poultry, Pig e Milk Fair

Visando promover o consumo de proteína animal, o Nucleovet apresentou a sua grande novidade para 2020. Trata-se da realização do Concurso Chef Poultry Fair, Pig Fair e Milk Fair, com a participação das empresas patrocinadoras. Em cada evento, serão abertas quatro vagas para os apoiadores apresentarem seus chefs. Os participantes da feira vão eleger a melhor finger food, valorizando a proteína foco do evento, garantindo a participação da marca campeã no próximo concurso. A ação proporciona exposição da empresa na divulgação nas mídias digitais e valorização da marca durante o evento.

Confira as datas dos Simpósios organizados pelo Nucleovet em 2020:

  • Simpósio Brasil Simpósio Brasil Sul de Avicultura de 07 a 09 de abril de 2020.
  • Simpósio Brasil Simpósio Brasil Sul de Suinocultura de 04 a 06 de agosto de 2020.
  • Simpósio Brasil Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite 10 a 12 de novembro de 2020.

Todos os Simpósios são realizados no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó, SC.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + doze =

Notícias Grãos

USDA vê oferta de trigo nos EUA em mínima de 5 anos em 2019/20

USDA manteve inalteradas suas perspectivas para os estoques finais de milho e soja do país

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

A oferta de trigo nos Estados Unidos vai recuar para uma mínima de cinco anos em 2019/20, em meio a um avanço nas exportações do país devido às reduzidas colheitas de importantes competidores globais, disse o governo norte-americano na terça-feira (10).

Em seu relatório mensal de oferta e demanda, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) manteve inalteradas suas perspectivas para os estoques finais de milho e soja do país. O órgão também não alterou sua previsão para as safras de milho e soja de Brasil e Argentina.

O governo norte-americano reduziu sua projeção para os estoques finais de trigo dos EUA no ano-safra 2019/20 para 974 milhões de bushels, ante 1,014 bilhão de bushels na previsão anterior. Se a estimativa se confirmar, este será o menor estoque final de trigo norte-americano desde 2014/15, quando foram registrados 752 milhões de bushels.

Analistas esperavam os estoques finais do cereal em 1,010 bilhão de bushels, de acordo com a média das estimativas compiladas pela Reuters em pesquisa. Ainda assim, a oferta será suficientemente grande para atender à demanda, disseram analistas. “Os estoques são tão grandes que essa redução é como tirar um copo d’água de um lago”, afirmou Craig Turner, corretor de commodities da Daniels Trading. “Não muda o cenário, de jeito nenhum.”

O governo dos EUA elevou suas perspectivas para as exportações de trigo do país em 25 milhões de bushels, para 975 milhões de bushels, após reduzir suas projeções para as safras do produto na Austrália, Argentina e Canadá.

Após a divulgação do relatório, os contratos futuros do trigo na bolsa de Chicago passaram a subir, enquanto os futuros da soja devolveram ganhos e os do milho permaneceram em leve alta.

Sobre a América do Sul, o USDA afirmou que a produção de milho da Argentina em 2019/20 será de 50 milhões de toneladas, enquanto a do Brasil totalizará 101 milhões de toneladas.

Para a soja, o órgão estima a safra brasileira nesta temporada em 123 milhões de toneladas. A produção argentina é vista em 53 milhões de toneladas.

O USDA disse também que os estoques finais de milho dos EUA serão de 1,91 bilhão de bushels, valor inalterado ante a previsão de novembro. A estimativa para os estoques finais de soja foi mantida em 475 milhões de bushels.

Fonte: Reuters
Continue Lendo

Notícias Recorde

Abiec estima exportação de carne bovina em 1,8 mi t em 2019

Embarques dispararam em 2019 com maior número de frigoríficos habilitados pela China

Publicado em

em

Divulgação

A exportação brasileira de carne bovina foi estimada em recorde de 1,828 milhão de toneladas em 2019, ante 1,643 milhão em 2018, informou na terça-feira (10) a associação da indústria do setor Abiec. A exportação de carne bovina do Brasil em dezembro foi estimada em 185.344 toneladas, o que seria o segundo maior volume mensal no ano, segundo a entidade.

Os embarques dispararam em 2019 com maior número de frigoríficos habilitados pela China, que tem importado mais para lidar com a menor oferta de carne de porco, em função da peste suína africana, que reduziu drasticamente o plantel do país.

A receita com exportação do produto pelo Brasil, maior exportador global, foi estimada em cerca de US$ 7,45 bilhões, de acordo com a Abiec.

Fonte: Reuters
Continue Lendo

Notícias Sanidade

Reino Unido registra caso de gripe aviária pela 1ª vez desde 2017

Cerca de 27 mil aves da fazenda serão abatidas após a descoberta da variedade H5

Publicado em

em

REUTERS/Darren Staples

O governo do Reino Unido informou o registro de ocorrência de gripe aviária em uma criação de frangos no leste da Inglaterra na terça-feira (10), no primeiro relato da doença no país desde junho de 2017.

Cerca de 27 mil aves da fazenda serão abatidas após a descoberta da variedade H5, que o Ministério da Agricultura britânico descreve como “pouco contagiosa”.

“O risco do vírus à saúde pública é muito baixo”, acrescentaram as autoridades da saúde. “Aves completamente cozidas e produtos de aves, incluindo ovos, podem ser ingeridos com segurança.”

Fonte: Reuters
Continue Lendo
Biochem site – lateral
Mais carne

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.