Conectado com

Empresas Biomin

Nova dinâmica de trabalho precisa dar apoio emocional aos colaboradores, destaca Biomin

Pesquisas mostram que a produtividade dos colaboradores segue positiva frente ao cenário de crise

Publicado em

em

Cristina Hayashi, Diretora de Recursos Humanos do ERBER Group LATAM, formado pelas empresas Sanphar, Biomin e Romer Labs

Em um momento de incertezas, a equipe de Recursos Humanos torna-se um pilar ainda mais importante para apoiar os profissionais mesmo de longe. Cristina Hayashi, Diretora de Recursos Humanos do ERBER Group LATAM, formado pelas empresas Sanphar, Biomin e Romer Labs, explica que as equipes de diferentes áreas vêm adotando medidas simples, mas com grande impacto no dia a dia dos colaboradores.

“Antes da pandemia já tínhamos adotado o modelo de home office parcial. Então, nossos profissionais já contavam com a infraestrutura necessária para se adaptar a esse novo período. Observamos como o mercado tem reagido frente a esse momento, com a implementação de programas e sistemas para todos estarem conectados à distância, mas é importante lembrar que cada companhia tem suas características próprias. Dessa forma, precisamos olhar para dentro e entender nossas necessidades enquanto grupo”, aponta a diretora.

Com a nova dinâmica, os colaboradores perceberam que os momentos de descontração entre as reuniões poderia beneficiar os resultados e aproximar as equipes, mesmo que de formar virtual. “Estávamos acostumados à rotina no escritório. Era possível conversar nos intervalos e criar momentos agradáveis de trocas entre colegas. Agora distantes, essa interação também é fundamental para continuar compartilhando experiências e aprendizados entre as diferentes áreas da empresa”, completa Cristina Hayashi.

Mesmo na pandemia, o quadro de colaboradores do grupo continua crescendo e a integração dos novos profissionais merece atenção. “Com as vídeo-chamadas podemos apresentá-los às equipes, o que antes era um desafio no escritório. Sabemos que as relações humanas são indispensáveis para garantir suporte emocional e buscar maneiras de superar  momentos difíceis como esse da melhor forma possível”, destaca a diretora de RH do ERBER Group LATAM.

Criar um ambiente agradável de trabalho sempre foi preocupação do grupo, que conta com comitê de diversas áreas para encontrar soluções que facilitem a rotina dos colaboradores. “Cada área conhece suas necessidades. Ao apresentar para o comitê, todos podem pensar em ações de forma colaborativa e, quem sabe, também implementar em seu time”, diz.

“A tecnologia está do nosso lado e nossa equipe de campo tem feito um ótimo uso das ferramentas disponíveis, atendendo os clientes de forma virtual com a mesma eficiência e atenção de antes. A adaptação está sendo realizada com sucesso e muitas mudanças na forma de realizar nossas tarefas devem permanecer. Estamos muito satisfeitos com a dedicação e entrega de nossos colaboradores em um momento tão delicado. Todos mantiveram a produtividade e a qualidade dos serviços oferecidos. Inclusive nas fábricas, onde a operação segue todas as normas de segurança recomendas pelos órgãos governamentais, os números são surpreendentes”, destaca Cristina Hayashi.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois − 2 =

Empresas

Melhore o humor, eleve a produtividade: Biorigin convoca produtores para cuidar da saúde intestinal dos animais

Empresa lança campanha com foco na relação entre saúde intestinal e bem-estar animal

Publicado em

em

Alanna Collen, escritora e doutora em Biologia Evolutiva, explica em seu livro “10% humano — como os micro-organismos são a chave para a saúde do corpo e da mente” que as pessoas têm somente 10% de DNA humano e os demais 90% são DNA microbiano. Nos seres humanos o intestino é, portanto, considerado o 2º cérebro. Ele possui meio bilhão de neurônios e mais de 30 neurotransmissores que permitem que o órgão funcione sozinho de forma independente dos comandos cerebrais.

A literatura científica diz que os neurônios do intestino são os responsáveis pela produção de 90% da serotonina, a molécula do bem-estar. Foi comprovado que se o intestino não está funcionando bem podem ser desencadeados transtornos intestinais e emocionais, impactando o humor, a concentração, deixando as pessoas enfezadas. Sendo assim, cuidar da saúde intestinal, da microbiota intestinal (balanço entre as bactérias benéficas e indesejáveis) é fundamental também para a manutenção do funcionamento adequado do sistema imune.

Nos animais não é diferente. O intestino desempenha um papel importante para o desenvolvimento e proteção da saúde animal. A Biorigin é uma empresa multinacional brasileira de biotecnologia que está há mais de 15 anos desenvolvendo e produzindo soluções naturais com foco na saúde e bem-estar dos animais.

Recentemente a empresa apresentou o HyperGen, o Prebiótico de 2a Geração da Biorigin, produzido a partir do processo de fermentação primária da levedura S. cerevisiae. “O HyperGen ajuda a manter o funcionamento intestinal adequado permitindo uma melhor digestão e absorção dos nutrientes, além de desempenhar um papel ativo na defesa intestinal”, explica a Gerente Técnica de aves e suínos Eliana Dantas. “O produto fornece mananas com alta solubilidade e beta-glucanas parcialmente expostas, resultando em potente efeito prebiótico com ação ativa nas defesas naturais locais do intestino”, complementa Eliana.

Para promover o HyperGen a empresa lança a campanha “Better Gut, Better Mood” / “Quanto melhor o intestino, melhor o humor”. Merylin Miguel, Especialista de Comunicação da Biorigin e responsável pelo desenvolvimento da campanha, explica que assim como os seres humanos precisam se alimentar bem para manter o bom funcionamento do organismo e a saúde em dia, os produtores devem dar uma atenção especial a saúde intestinal dos animais. “Um animal com intestino saudável, tem maior bem-estar. Ele come melhor e converte melhor, gerando mais lucratividade e produtividade aos produtores. Com certeza, deixando os produtores com um ótimo humor também”.

A Biorigin é uma empresa brasileira, fundada em 2003, que mobiliza conhecimento e tecnologia para, a partir de processos biotecnológicos, desenvolver soluções inovadoras em ingredientes naturais para saúde e bem-estar dos animais.

Alessandro Lima, Gerente Global de Produtos Feed, destaca que o controle total da cadeia produtiva é um dos principais diferenciais da Biorigin. “Como a matéria prima é fornecida pela Zilor (a Biorigin pertence ao Grupo Zilor) a empresa garante a rastreabilidade de todo o processo – desde a produção da levedura até produto final, proporcionando mais segurança aos clientes”, afirma.

Outro diferencial apontado por Lima é a planta de Cultura Pura ou Fermentação Primária “Isso nos permite selecionar as melhores linhagens de levedura para cada produto, desenvolver processos de fermentação da levedura específicos e altamente controlados, e manter a produção contínua, independente da sazonalidade da safra da cana-de-açúcar”, completa.

O portfólio da empresa inclui produtos seguros, garantidos pela rastreabilidade total de seu processo produtivo e qualidade garantida pelas certificações FSSC 22000, ISO 22000, GMP +, Kosher e Halal.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo

Empresas

Estudo comprova capacidade da Yes em complexar o selênio para ter mais biodisponibilidade

Resultado laboratorial de pesquisa revela biodisponibilidade de selênio orgânico da Yes em comparação a outros selênios orgânicos disponíveis no mercado

Publicado em

em

Fotos: Divulgação

Existe uma afirmação de mercado de que não é possível complexar o selênio, e que para esse elemento ser orgânico ele precisa passar por um processo de fermentação primária com biossintetização. Mas, a Yes, empresa que desenvolve soluções biotecnológicas para uma nutrição animal eficaz, segura e sustentável, consegue complexar o selênio em sua produção, fazendo uma ligação entre o mineral inorgânico e aminoácidos.

Para comprovar seu feito, a Yes realizou um experimento mensurando a eficácia dos selênios orgânicos Yes (complexo de selênio orgânico) em relação aos principais concorrentes do mercado. Avaliou-se a biodisponibilidade oral e dosagem hepática da atividade das enzimas, glutationa reduzida e glutationa peroxidase.

As células em atividade produzem radicais livres que, em excesso, podem causar morte celular e apoptose. Para combater esses radicais livres no citoplasma celular é preciso contar com o auxílio de uma enzima conhecida como glutationa peroxidase.

Quando em descanso na célula, a glutationa peroxidase é chamada de glutationa reduzida. No entanto, quando existe a necessidade de se combater os radicais livres, a glutationa reduzida liga-se ao selênio disponível no citoplasma celular e se transforma em glutationa peroxidase.

A glutationa reduzida é dependente de selênio para ser ativada e combater os radicais livres na forma de glutationa peroxidase.

 

O ensaio

Tendo como foco a ação das enzimas hepáticas, foram utilizados ratos (Rattus norvegicus L.), da variedade Wistar, fêmeas, com 14 semanas de idade, durante 10 dias experimentais. Inicialmente, após um período de jejum de 6h, o peso corporal dos animais foi determinado e a dose dos compostos foi calculada. Os animais foram divididos em 10 grupos de 7-8 indivíduos e tratados diariamente, por via oral com os seguintes tratamentos, de forma que a ingestão de Se (selênio) fosse de 0,3ppm/tratamento:

T1 – Veículo;
T2 – Concorrente 1;
T3 – Concorrente 2;
T4 – Yes-Selênio Concentrado;
T5 – Yes-Selênio 5.000;
T6 – Selenito de Sódio;
T7 – Concorrente 3;
T8 – Concorrente 4;

Resultados

Na análise da atividade hepática da glutationa reduzida (GSH) e glutationa peroxidase (GPx) em ratas Wistar tratadas por 10 dias com diferentes compostos contendo selênio. Quanto maior a atividade das enzimas glutationa reduzida e glutationa peroxidase, foi possível registrar uma maior proteção dos animais.

Pode-se concluir que o Yes-Selênio Concentrado e Yes-Selênio 5.000 possuem atividade enzimática superiores aos tratamentos veículo, Selenito de Sódio, concorrente 1, concorrente 3 e concorrente 4. Em relação ao concorrente 2, tanto o Yes-Selênio concentrado quanto o Yes-Selênio 5.000 possuem maior índice de GSH, sendo que, apenas o Yes-Selênio Concentrado apresentou dados inferiores de GSH-Px comparado ao concorrente 2.

Estes dados comprovam que a Yes é uma empresa que realmente fornece selênio orgânico ao mercado.

Continue Lendo

Empresas Equipe Vetanco

Setor de Qualidade da Vetanco recebe reforço

Karina já atuou na área de qualidade em empresas de nutrição animal

Publicado em

em

Karina Pereira da Silva / Divulgação

A Vetanco Brasil anuncia reforço no Setor de Qualidade com a contratação da analista de Qualidade Karina Pereira da Silva.

A profissional tem Ensino Técnico em Química pela Diocesano La Salle – São Carlos/SP e está cursando Tecnologia em Processos Gerenciais.

Já atuou na área de qualidade em empresas de nutrição animal e de produtos terapêuticos para uso veterinário, onde participou com a implantação e elaboração de manual de Boas Práticas de Fabricação (BPF); de indicadores de qualidade, controle e acompanhamento de programação de produção, treinamento e capacitação de colaboradores, desenvolveu e avaliou processos de trabalho, equipamentos e ferramentas com o objetivo de melhorar a produtividade e a qualidade, entre outras atividades.

Karina iniciou na Vetanco do Brasil no mês de abril.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
IPVS LATERAL 2022

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.