Conectado com

Empresas

Linha de fertilizante biológico promove maior rendimento no campo, com resultados comprovados

A alga marinha do tipo Lithothamnium contribui para melhor absorção de nutrientes na agricultura e mais saúde e resistência para os animais na pecuária

Publicado em

em

Cada vez mais utilizadas em plantações e na nutrição animal, as algas marinhas do tipo Lithothamnium têm produzido excelentes resultados pelo país afora, confirmados por estudos técnicos em campo. Com mais de 70 nutrientes disponíveis e de rápida absorção, são uma alternativa ecologicamente correta e que proporcionam aumentos consideráveis na produtividade, que chegam a 20%, mesmo em fazendas com boas médias. 

As algas do tipo Lithothamnium, extraídas e beneficiadas pela Oceana Brasil, líder brasileira no setor, apresentam em sua constituição diversos macro e micronutrientes, com destaque para o Cálcio e o Magnésio. Com 32% e 2% de garantias mínimas respectivamente, além de substâncias orgânicas, como aminoácidos, a composição única dos produtos a base do Lithothamnium propicia excelentes resultados quando aplicados sozinhos ou em mistura com outros fertilizantes. Além disso, a porosidade da estrutura vegetal da alga e as pequenas dimensões de suas partículas agem rapidamente na liberação de seus nutrientes e no condicionamento das propriedades químicas e biológicas.

Com duas linhas de produtos, o Algen para fertilização do solo e o Lithonutri para alimentação animal, a Oceana Brasil desenvolve estudos técnicos para comprovar sua eficácia em parcerias com especialistas e institutos de pesquisas. Estes estudos estão sendo comprovados por experiências em culturas de todo o Brasil.

NÚMEROS QUE VÊM DO CAMPO

  • Resultados da cultura de soja

Novos estudos, envolvendo diversas fazendas no estado de Goiás, comprovam a eficácia desses fertilizantes naturais nas colheitas de soja. A Fazenda Veredas do Turvo, por exemplo, obteve um aumento total de 1.098 sacas em uma área de 182 hectares fertilizada com o Algen. A Fazenda Bom Jardim, por sua vez, realizou um teste de comparação entre o Algen NP, desenvolvido pela Oceana Brasil, e o fertilizante tradicionalmente aplicado em sua plantação. A diferença foi de 56 sacas por ha na área com o antigo produto, para 66 sacas na que recebeu o produto com a alga marinha Lithothamnium. Um aumento de 18% de produtividade. No Paraná, o resultado foi impressionante. O agricultor, que já conseguia uma média de 133 sc/alq, viu sua produtividade saltar para 151 sc/alq, trazendo um retorno sobre o investimento superior a R$ 810,00 por alqueire.

  • Resultados na cultura do milho

A Oceana contratou a Brasil Business Consultoria de Luís Eduardo Magalhães/BA para realizar um experimento científico na cultura do milho na Fazenda Horita, onde foi avaliada a produtividade de grãos quando utilizado Algen granulado, aplicado na linha de semeadura. As doses foram manejadas de forma crescente, experimentadas em ensaio com três repetições. Os resultados indicaram que as doses do Algen entre 100 Kg e 300 Kg por hectare aumentaram significativamente em até 10% a produtividade do milho. No interior de Goiás, os produtores de milho de uma fazenda no município de Hidrolândia/GO apostaram no fertilizante a base da alga Lithothamnium e estão comemorando os resultados. Ao utilizarem o Algen Micron em substituição ao fertilizante padrão da fazenda, conseguiram um aumento de três mil toneladas por hectare em sua produção de milho.

  • Resultados na cultura do feijão carioca

Na Fazenda Santa Fé, em Acreúna, Goiás, o estudo foi realizado na lavoura de feijão carioca, na safra de 2016. O uso do Algen NP Bio da Oceana comparado com MAP na mesma dosagem de 200 kg por hectare trouxe ao produtor um aumento de mais de 12% ou sete sacas de feijão a mais por hectare. A produção alcançou 61,80 sacas por hectare, enquanto com a adubação padrão a produtividade foi de 54,77, ou seja, mais 7 sacas por hectare.

  • Resultados na cultura da uva

O manejo de Algen para a cultura da uva mostrou-se mais eficiente em comparação ao manejo padrão da região de Petrolina, em Pernambuco, pois proporcionou aumentos expressivos na qualidade dos frutos. O estudo foi realizado na Fazenda Experimental FAN. Todos os tratamentos contendo Algen One apresentaram os maiores teores de Fósforo na folha, comparados ao produto premium de Fósforo utilizado e à testemunha sem Cálcio. Também foram verificados efeitos positivos para menor amarronzamento dos frutos (Browning) e menor escurecimento do engaço, tanto em comparação à testemunha sem Cálcio quanto em comparação aos tratamentos com as fontes salinas de Cálcio (nitrato de Cálcio e Cloreto de Cálcio). Esses resultados indicam que o Algen pode substituir o uso de fontes salinas de Cálcio e também fontes químicas de Fósforo, reduzindo assim a quantidade de sais aplicados no solo e, ao mesmo tempo, melhorando a qualidade pós-colheita dos frutos de uva.

  • Resultados na cultura de tomate

Na safra do segundo semestre de 2017, em Goiás, a colheita da plantação com Algen Micron registrou um aumento de 11 toneladas por hectare, em comparação com as outras áreas. Além disso, foi possível perceber uma melhora nos aspectos nutricionais e no desenvolvimento dos frutos, com maior capacidade para suportarem o estresse hídrico (estiagem prolongada).

  • Benefícios nas pastagens

O uso de Algen em pastagens de braquiária na região central e norte do Brasil tem mostrado benefícios relevantes, sobretudo no aumento do enraizamento, vigor e desenvolvimento das plantas, possibilitando maior resistência à seca e aumento da produtividade e, consequentemente, permitindo até dobrar o número de animais pastejando por hectare. A Fazenda Santa Fé, em Marabá no Pará, vem obtendo estes benefícios com o uso de 200 kg de Algen por hectare. Como complemento de Fósforo, a Oceana possui também a tecnologia Algen One, que promove aumentos ainda maiores no enraizamento e tem se mostrado mais eficiente que as outras fontes de fósforo utilizadas em pastagem.

Sobre o Lithothamnium

Alga marinha calcária, conhecida há mais de 200 anos, o Lithothamnium vem sendo explorado nos últimos 30 anos por países da Europa e Ásia, para oferecer nutrição animal, vegetal e humana. Produto nobre possui alta reatividade e é rico em mais de 70 nutrientes minerais e orgânicos, altamente solúveis e naturalmente equilibrados pelo meio ambiente. Os procedimentos industriais adotados pela Oceana Brasil preservam intactas todas as propriedades físicas, nutricionais, orgânicas e biológicas da Alga Lithothamnium.

A Oceana Brasil é uma empresa 100% nacional com tecnologia na extração sustentável e beneficiamento da alga marinha Lithothamnium. Sua jazida está localizada em uma região de correntes marítimas e incidência solar únicas no mundo. Com linhas de produtos para nutrição animal e fertilização agrícola, atende ao mercado nacional e exporta seus produtos para diversos países da Europa, América Central, EUA e Ásia. A atividade industrial da Oceana é ecologicamente correta e preserva as características únicas de sua jazida. A companhia investe em programas de monitoramento de vida biológica, qualidade de água, controle ambiental e ações sociais com a comunidade local a fim de desenvolver a região de forma sustentável.

Fonte: Ass. de Imprensa

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + quatro =

Empresas Bovinos

Resultado mais que positivo

Palestra virtual sobre estratégias para otimizar a digestibilidade de fibra e amido da silagem de milho foi marcada pela participação efetiva e qualidade técnica

Publicado em

em

Gerente Técnica de Nutrição e Formulação para Ruminantes da Polinutri, Beatriz Venturelli - Foto: Divulgação

Levar informações de qualidade para profissionais da pecuária leiteira foi a proposta da palestra realizada pela Unidade de Negócios Ruminantes Polinutri em 26 de agosto. Evento que atesta o compromisso da companhia de estar junto de seus pares para construção de parcerias sólidas e duradouras.

Quem conduziu os trabalhos foi o professor assistente do departamento de Nutrição Animal da Universidade de Wisconsin (Estados Unidos), Dr. Luiz Ferraretto, com a palestra “Estratégias para otimizar a digestibilidade de fibra e amido da silagem de milho”, tema técnico de elevada procura pelos profissionais do meio devido aos constantes desafios nesta fase.

“Ao todo tivemos mais de 140 participantes on-line interessados no tema”, inicia a Gerente Técnica de Nutrição e Formulação para Ruminantes da Polinutri, Beatriz Venturelli. De acordo com ela, levar para os produtores um tema de maneira simples para a melhor compreensão sobre a qualidade da silagem de milho para o desempenho positivo das vacas de leite é de suma importância para atualização destes profissionais.

“O elevado conhecimento técnico do nosso palestrante, o Prof. Dr. Luiz Ferraretto, prendeu a atenção dos participantes que após a apresentação permaneceram na sala virtual para a sessão de perguntas. Sinal que nos deixa com a sensação de dever cumprido, pois levamos informações de relevância para o dia a dia da pecuária leiteira e este é o nosso compromisso”, destaca Beatriz.

A gerente prevê mais ações como essa. “Nossos parceiros e clientes podem aguardar outras ações como essa”, revela.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

Vetanco entrega troféu em homenagem aos 50 anos da Copagril

A cooperativa, com sede em Marechal Cândido Rondon, no Paraná, atualmente conta com mais de cinco mil associados e 3,7 mil colaboradores.

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Vetanco entregou neste mês um troféu em homenagem aos 50 anos da Copagril. A cooperativa, com sede em Marechal Cândido Rondon, no Paraná, atualmente conta com mais de cinco mil associados e 3,7 mil colaboradores.

O troféu foi entregue pelo Gerente Comercial de Avicultura da Vetanco para a região Sul, M.V. Mauro Renan Felin, e pelo representante comercial da empresa, M.V. Israel Bordin. A homenagem foi recebida pelo Presidente da Copagril, Sr. Ricardo Sílvio Chapla, pelo seu vice, Sr. Elói Darci Podkowa, pelo Diretor-Secretário, Sr. Márcio Buss e pelo Superintendente Agropecuário, Sr. Enoir José Primon.

O troféu foi criado pela artista gaúcha Ana Simone Keiserman, graduada em Artes Plásticas pela UFRGS, que desde 1996 ela desenvolve produtos personalizados para várias empresas do país. A peça entregue pela Vetanco representa várias pessoas associadas por um mesmo ideal, rodeadas por um laço dourado, que faz referência ao cinquentenário da cooperativa. Neste laço estão os pinheiros que são o símbolo do cooperativismo.

A Vetanco sente-se honrada em ser uma das parceiras da Copagril no fornecimento de produtos, treinamentos e participações nos “Dias de Campo”. É uma união que tem como objetivo levar soluções para o agricultor e produzir alimentos seguros e de qualidade.

Presente em mais de 40 países, a Vetanco é um laboratório veterinário que há mais de 30 anos desenvolve produtos para a saúde e produção animal. E trabalha para que o agronegócio seja cada vez mais forte na sua missão de alimentar o mundo.

 

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Oportunidade

Em meio à pandemia, Elanco abre novo Programa de Estágio com foco em diversidade

Empresa fecha parceria com o CIEE para seleção de candidatos e oferece bolsa de R$ 2.300,00 e benefícios, como vale transporte e plano de saúde, além de outras vantagens

Publicado em

em

Elanco Saúde Animal abre mais uma vez o Programa de Estágio 2020 com foco em diversidade. Foto: Divulgação

A Elanco Saúde Animal – uma das maiores empresas do segmento no mundo – abre pela segunda vez neste ano as inscrições para o seu Programa de Estágio 2020. A exemplo da primeira ocasião, a iniciativa mantém o comprometimento da companhia em promover a diversidade e uma cultura inclusiva, desta vez ao priorizar a contratação de afro descendentes e pessoas com deficiência (PCD).

As vagas previstas na nova edição do programa serão voltadas aos alunos de todas as universidades, que estudam nos cursos de administração, farmácia, química, engenharias, comunicação, marketing, relações internacionais, medicina veterinária, e áreas afins. Para se inscrever, o interessado precisa cursar a faculdade com previsão para se formar, no mínimo, em dezembro de 2022.

O candidato não precisa ter qualquer experiência profissional prévia. Para algumas posições, é necessário somente conhecimentos em pacote Office, inglês e/ou espanhol. O nível de conhecimento no idioma pode variar conforme os requisitos da vaga. Além disso, também não existe um limite de idade para participar do programa.

“A Elanco é uma multinacional que possui oportunidades de contato com outras nacionalidades no dia a dia das nossas funções. Independentemente disso, para algumas vagas, flexibilizamos o conhecimento em idiomas e implementamos uma nova política de auxílio para ajudar os novos ingressantes a desenvolverem o conhecimento em inglês e espanhol durante a sua jornada de dois anos aqui na empresa”, afirma Suélen Bauer, coordenadora Business Partner e líder da área de Aquisição de Talentos da companhia.

Essa edição do programa é realizada por meio da Elanco junto com o programa Inclui CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), que atua com foco em seleção de profissionais de diversidade para estágio e aprendizes. As inscrições devem ser feitas do dia 21 de setembro até 2 de outubro deste ano.

“Queremos potencializar a capacitação dos jovens e colaborar para a diversidade, aprendizado e crescimento profissional. Por meio do programa, a empresa visa fornecer aos jovens a oportunidade de colocar em prática todo conhecimento adquirido na universidade, auxiliando e participando ativamente no dia a dia da empresa”, conta Suélen. Os interessados podem se inscrever no seguinte link.

O Programa de Estágios da Elanco foi criado com a finalidade de contribuir com o aprendizado e capacitação dos estudantes universitários e incentivar a inclusão de futuros profissionais de grupos de diversidade no mercado de trabalho. Além de promover a diversidade, a iniciativa está alinhada com o posicionamento da Elanco de manter suas operações, mesmo frente à pandemia do novo coronavírus, e também com a política de equidade da companhia.

 

Bolsa e benefícios

O Programa de Estágios da Elanco oferece uma bolsa auxílio de R$ 2.300,00 e inclui outros benefícios, como subsídio de cursos de idioma, no valor de R$122,04, vale-refeição, vale-transporte, planos de saúde e odontológico, gympass, auxílio farmácia, além de outras vantagens. Todas as etapas do processo de seleção serão online.

A primeira fase será por meio da plataforma Inclui CIEE. Em seguida, terá dinâmica online com a equipe de RH da Elanco e entrevista em grupo. Por fim, haverá uma entrevista individual com o líder da vaga. A previsão de início é em dezembro de 2020 com duração de dois anos.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Dia Estadual do Porco – ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.