Conectado com

Empresas Show Rural

John Deere mostra que tecnologia é para todos no Show Rural Coopavel

Companhia lança trator utilitário 5E, destaque em sustentabilidade e inovação

Publicado em

em

Foto: Divulgação

O Show Rural Coopavel abre a temporada de grandes feiras agrícolas, de 4 a 8 de fevereiro, em Cascavel (PR). No período, produtores de vários Estados e de outros países poderão conferir no estande da John Deere, representada por seus concessionários MA Máquinas, Global, Horizon, Ciarama, Macponta, Verdesul e Cocamar, além de seu distribuidor de Construção, Veneza Equipamentos Sul, novidades em agricultura de precisão, soluções em equipamentos e pós-vendas.

Com tradição na produção de grãos, os agricultores paranaenses registram bons resultados, apesar do período de forte estiagem. A produtividade média estimada pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) para soja, por exemplo, em janeiro deste ano, é de 3.516 kg/ha no Estado. “Creditamos esse resultado principalmente à adoção de soluções tecnológicas pelos produtores”, diz Eduardo Martini, gerente de Vendas da John Deere Brasil. “É mais uma prova de que a tecnologia faz toda a diferença no campo e, por isso, é a grande aposta da empresa para o futuro. Acreditamos que somente por meio dela, com conexão, coleta e análise de dados em tempo real, o agricultor conseguirá tomar as melhores decisões para produzir cada vez mais e com maior eficiência”, destaca Martini.

Com ótimas expectativas para a feira, a John Deere apresenta novos modelos do seu trator da série 5E, um utilitário com potência abaixo de 100cv. Agora, além de a máquina já vir equipada com o motor MAR-1 (sistema de controle de emissões mais rígido, que possibilita a baixa emissão de carbono), a série conta com um novo sistema de transmissão de 12 velocidades frente e ré, que oferece melhor dimensionamento da velocidade para manobras rápidas e fáceis. Além disso, pode vir equipado com piloto automático de fábrica, assento pneumático e luzes de LED, para maior conforto do operador. O modelo é ideal para atividades em pequenas propriedades, desde a pecuária até o cultivo de café, frutas e grãos.

“Escolhemos o Show Rural para o lançamento do 5E, pois o Paraná é um mercado estratégico para a produção de grãos, além de ter boa atuação em pecuária”, explica Martini. “Este novo modelo de trator vem para facilitar principalmente a vida do pequeno agricultor, que precisa contar com uma máquina moderna, eficiente e econômica, e sabe que pode encontrar esta solução na John Deere”, pontua.

A Série 5E, assim como todas as máquinas da companhia, pode se conectar ao Centro de Operações, plataforma que integra os dados de operação e agronômicos coletados por meio do JDLink™ – sistema de gestão de frota da marca. Com essa ferramenta, é possível visualizar todo o ciclo da lavoura, desde o preparo do solo até a colheita, além de analisar informações como mapas de velocidade, taxas aplicadas e produtividade, planejamento dos trabalhos que cada equipamento irá realizar e muito mais.

“Acreditamos que a tecnologia deve estar presente em todas as propriedades brasileiras, independentemente de seu tamanho, localização ou cultura. Neste sentido, o Centro de Operações torna mais fácil a troca de informações com os consultores e também entre máquinas e escritório. Todos esses dados reunidos e conectados agregam inteligência no suporte às decisões agronômicas, disponibilizando informações estratégicas para o agricultor em qualquer lugar e a qualquer momento”, diz Martini.

Soluções para todas as etapas

Completando a família de tratores, ao lado do novo 5E, a John Deere levará ao produtor paranaense os modelos 6150J e 7230J, de médio porte, e a série 8R, voltada a grandes propriedades. Já para tratos culturais, o estande terá dois modelos de pulverizadores da marca, o 4630, já consagrado na região, e o M4025, uma inovação da companhia. O novo equipamento já vem com o Field Cruise, que permite maior economia de combustível, e tem sistema inteligente de pontas Exact Apply – que oferece maior precisão na aplicação, e traz mais qualidade e economia para a lavoura.

Outra novidade em pulverização são os equipamentos da PLA, marca adquirida pela John Deere em setembro do ano passado. Com tecnologias que complementam o portfólio da empresa, ampliando a gama de soluções oferecidas aos agricultores, a PLA será apresentada ao público com as pulverizadoras Hydra 200 e Orion 250. Estes produtos já passam a ser comercializados exclusivamente pela rede de concessionários John Deere.

E visando oferecer a solução mais completa do mercado em tratos culturais, a John Deere lança na Coopavel uma linha de pulverizadores por meio da sua marca GreenSystem™, com modelos montados ao 3° ponto do trator e modelos tracionados por tratores, com capacidades de 600 a 2 mil litros, atendendo desta forma todas as diversas necessidades dos produtores brasileiros.

O cliente que visitar o estande observará três modelos das colheitadeiras Série S: a S430, com a plataforma de milho Green System, a S550 e a S660, ambas também equipadas com plataformas (625F e 630D). Tais equipamentos têm como diferencial a substituição da tecnologia saca-palha pelo rotor, o que representa 25% mais desempenho, 50% mais qualidade dos grãos e 75% menos perdas. Os modelos contam com os recursos de agricultura de precisão, como mapa de produtividade e piloto automático, e são equipamentos mais leves, o que gera menos compactação de solo.

Além de um portfólio completo de produtos, uma série de implementos estará à disposição dos clientes no Show Rural Coopavel, como o Air Seeder, a grade e a roçadeira Green System, e ainda o distribuidor de nutrientes GreenSystem, integrados aos tratores John Deere.

A divisão de Construção estará presente por meio da Veneza Equipamentos Sul, distribuidor dos produtos John Deere para o Estado, com a retroescavadeira 310L e a pá-carregadeira 524K-II – equipamentos que podem ser utilizados em diversas aplicações agrícolas, como abertura de valas, manutenção de estradas e canais de irrigação.

Somado a isso, a John Deere levará aos clientes seu serviço diferenciado de pós-vendas, que conta com profissionais treinados, que realizam com excelência serviços de otimização e manutenções preventivas, assim como a disponibilização de peças, a fim de garantir que as máquinas entreguem seu potencial máximo e contribuam para uma maior produtividade na lavoura. Os visitantes poderão contar com serviços do Banco John Deere e do Consórcio Nacional da empresa.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − oito =

Empresas Suinocultura

Agroceres PIC fará povoamento da nova UDG da Cooperativa Central Aurora

A unidade será uma das mais modernas do País, com 300 reprodutores de alto valor genético e capacidade para produzir 45.500 doses por mês. Foco da Aurora é ampliar o atendimento aos suinocultores de suas cooperativas filiadas na região Sul do País, dando-lhes acesso a uma tecnologia de ponta.

Publicado em

em

AGPIC 337 - Foto: Divulgação

A Agroceres PIC, empresa líder em genética suína no Brasil, será responsável pelo povoamento da nova Unidade de Disseminação de Genes (UDG) da Cooperativa Central Aurora Alimentos. Resultado de um investimento de R$ 17 milhões, a UDG será uma das mais modernas do país, com 300 reprodutores de alto valor genético alojados e capacidade para produzir 45.500 doses inseminantes por mês. A inauguração marca os 50 anos de fundação da Aurora Alimentos.

Localizada em Chapecó, a nova UDG da Aurora foi construída dentro dos mais avançados padrões arquitetônicos, tecnológicos, sanitários e de bem-estar animal. As instalações são totalmente automatizadas, o que confere agilidade, qualidade e segurança no processamento das doses que serão utilizadas pelos produtores. Todos os machos da unidade serão alojados em baias com 6 m² de espaço individual.

A UDG II conta com o que há de mais avançado em genética suína. Para a produção de sêmen serão utilizados os machos comerciais AGPIC 337, reconhecido no mercado mundial como o reprodutor terminador de maior desempenho econômico. “Para a Agroceres PIC é uma distinção muito grande poder fazer parte desse projeto da Aurora. Não apenas pelo seu caráter inovador, mas, principalmente, pela oportunidade de contribuir para o aumento da competitividade de seu sistema de suínos”, afirma Sandro Cardoso de Moura, Gerente Técnico-comercial da Agroceres PIC.

 

Com o foco no pequeno produtor

A Inauguração da UDG II permitirá à Aurora ampliar em 67% a produção de sêmen de seu complexo agroindustrial de suínos. Atualmente, a cooperativa conta com a UDG I, também localizada em Chapecó, onde estão alojados 372 machos e cuja produção é de cerca de 60 mil doses por mês. Juntas, as UDGs I e II, responderão por uma produção mensal de aproximadamente 100 mil doses, volume capaz de atender 185 mil fêmeas suínas, o que representa 80% do plantel de fêmeas da base produtiva da Aurora.

O foco da Aurora ao investir na nova UDG é ampliar o atendimento à demanda dos suinocultores de suas cooperativas filiadas, dando-lhes acesso a uma tecnologia de ponta, apta a elevar sua produtividade e rentabilidade. As doses inseminantes serão entregues aos produtores a custo acessível, pois parte do valor será subsidiado pela Aurora.

 

Raio X AGPIC 337

Reprodutor com excelente eficiência de crescimento em termos de conversão alimentar, ganho de peso e qualidade de carcaça. Sua progênie também incorpora excepcional potencial para produção de carne com ótimas características de pH, cor e capacidade de retenção de água. Livre do gene halotano e do gene da carne ácida. Estima-se que do total do abate brasileiro de cevados realizado em 2018, cerca de 65% tenham sido filhos de machos 337 Agroceres PIC.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Avicultura

Cobb promove seminário sobre inspeção sanitária em parceria com a ABPA e com o MAPA

Especialistas abordaram visões americanas, europeias e brasileiras sobre o tema, em Brasília (DF)

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Cobb-Vantress, Inc., uma das principais fornecedoras de matrizes de frangos de corte e serviços técnicos para o setor avícola, realizou, em parceria com a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) e com o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) o seminário “O Sistema de inspeção de Produtos de Origem Animal – Visões do Brasil, EUA e União Europeia”. O evento foi realizado no dia 4 de abril, em Brasília (DF).

Durante o seminário, o especialista mundial em Abatedouros da Cobb, Mike Casto, e o médico veterinário Philip Hammond, do núcleo de saúde aviária da BVetmedPGCert, abordaram as visões europeia e americana do sistema de inspeção em abatedouros de aves. O evento contou ainda com apresentação da Diretora do DIPOA/MAPA, Ana Lúcia Viana, retratando a realidade brasileira sobre o tema.

Presente no evento, o Especialista em Processos de Qualidade do Serviço Técnico da Cobb, Éder Barbon, falou sobre a importância do seminário. “Foi uma discussão muito importante, com informações extremamente úteis à nossa realidade. O intercâmbio entre os países fortalece a atuação brasileira na inspeção dos produtos de origem animal e contribui para que novas iniciativas sejam colocadas em prática, a fim de melhorar o nosso sistema, que é muito elogiado internacionalmente”, disse.

O seminário foi coordenado pelo Diretor-técnico da ABPA, Rui Eduardo Saldanha Vargas, e registrou ainda a participação do Secretário de Defesa Agropecuária do MAPA, José Guilherme Tollstadius Leal, do Coordenador-geral da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais, Leandro Feijó, entre outros.

 

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Biocamp durante o SBSA

Biocamp – êxito em sua participação no Simpósio Brasil Sul de Avicultura

Empresa celebra seus 20 anos junto com o 20º SBSA e lança nova identidade visual durante o evento.

Publicado em

em

A Biocamp realizou um workshop sobre Controle de Salmonelas paratíficas – visão europeia e brasileira – trazendo como palestrantes, dois grandes especialistas na área, Dr. Paul Barrow, da Universidade de Nottinghan, Reino Unido e Dr. Angelo Berchieri Junior – da Unesp, Jaboticabal. O evento aconteceu no último dia 3 com a participação de quase 200 pessoas que trouxeram discussões valiosas de interesse para a Avicultura Industrial.

Na 11ª Poultry Fair, a empresa lançou sua nova identidade visual e reforçou, nesta oportunidade, o mais completo portfólio de probióticos do mercado, a linha Colostrum®, com produtos indicados para diferentes necessidades da produção avícola.

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo
Facta 2019
Biochem site – lateral
Conbrasul 2019
Abraves

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.