Conectado com

Notícias

JactoClean lança Lavadora de Alta Pressão J7200

Publicado em

em

A JactoClean, referência nacional em equipamentos para serviços de limpeza, anuncia o lançamento da Lavadora de Alta Pressão J7200, que foi desenvolvida e é fabricada no Brasil. A solução chega ao mercado com certificação e selo de identificação de conformidade de segurança, de acordo com as exigências da Portaria nº 371 do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).
Essa lavadora é considerada a escolha com melhor custo-benefício para uso comercial e profissional, pois foi projetada para promover uma limpeza eficaz, diminuir o tempo de execução de trabalho e possibilitar economia de água potável: o consumo de recursos hídricos com o uso da J7200 chega a ser oito vezes menor, se comparado a uma torneira comum. 
Com alta potência, a Lavadora de Alta Pressão J7200 atende indústrias, clubes, academias, escolas, hotéis, condomínios, restaurantes, refeitórios, pequenos lava rápidos, propriedades rurais, obras da construção civil, entre outros. Indicada para lavar pátios, estruturas metálicas, equipamentos e veículos em geral – de um automóvel até tratores -, é eficiente na remoção de sujeiras de ambientes que precisam ser limpos com água sob pressão. Por ter estas características, atende às necessidades das empresas prestadoras de serviços de limpeza.
Dados técnicos
O motor elétrico deste equipamento é de indução de 1,6 CV (127 V) ou 2,5 CV (220 V) de potência, com protetor térmico contra variações de corrente elétrica. Para aumentar a durabilidade do produto e ampliar a resistência à abrasão e ao desgaste, a bomba conta com três pistões revestidos de cerâmica, o cabeçote é de alumínio injetado e a válvula é de aço inox. O medidor do nível de óleo da bomba é externo, para facilitar a visualização.
A J7200 possui bico com paletas de aço inox para regulagem do jato, que permite várias opções de abertura de acordo com a necessidade do trabalho. O produto conta, ainda, com gatilho dotado de trava de segurança e mangueira de alta pressão com trama de aço e 6,3 m de comprimento.
Outra facilidade é o carrinho para transporte: prático e resistente, foi projetado para acomodar a lança, mangueira e cabo elétrico. Itens opcionais poderão incrementar o modelo, entre eles, bico turbo, mangueira de 20 metros com trama de aço, kit desentupidor, filtro poroso, além de detergentes com a marca JactoClean.
No modelo com tensão de 127 V, o equipamento conta com pressão nominal de 1300 lbf/pol² (90 bar ou 9 MPa), pressão permissível de 1950 lbf/pol² (134 bar ou 13 MPa) e vazão máxima de 6 litros/minuto ou 360 litros/hora. Na versão 220 V, a pressão nominal é de 1600 lbf/pol² (110 bar ou 11 MPa), a pressão permissível de 2400 lbf/pol² (166 bar ou 17 MPa) e a vazão máxima de 7,5 litros/minuto ou 450 litros/hora. A J7200 possui o sistema Stop Total, que desliga o motor automaticamente quando o jato de água é interrompido, aumentando a vida útil das vedações da bomba e permitindo economia de energia elétrica.
Perfil JactoClean
A JactoClean é referência nacional em equipamentos para serviços de limpeza. Dispõe de soluções inteligentes, versáteis e seguras, voltadas ao uso residencial, serviços, profissional, industrial e agronegócio. Seu portfólio de produtos reúne lavadoras de alta pressão, aspiradores de pó e líquidos, limpadoras a extração, motobombas para climatização, pulverizadores costais, acessórios e detergentes, produzidos com tecnologia de ponta, de acordo com os mais rígidos critérios de qualidade e submetidos a auditorias internas regulares, que comprovam a durabilidade, robustez e confiabilidade de seus produtos.

Seu moderno parque fabril, localizado na cidade de Pompeia (SP), está instalado num terreno de 10.000 m², sendo 5.000 m² de área construída. Atualmente, a empresa conta com 120 colaboradores, está presente em mais de 3.500 pontos de venda e possui mais de 600 postos de assistências técnicas autorizadas em todo o País. A JactoClean prioriza o crescimento sustentado da indústria, com investimentos feitos somente com recursos próprios e, em 2013, investirá na pesquisa, desenvolvimento e aquisição de novas tecnologias, visando aumentar o portfólio de produtos e serviços, e no aumento da estrutura do laboratório de testes e ensaios, que receberá novos equipamentos. Para este ano, a expectativa é de um crescimento de 14% nas vendas, se comparado a 2012.

A JactoClean faz parte de uma holding composta por importantes empresas que atuam nos segmentos agrícola, de transformação de plástico, meio ambiente, transportes, médico-hospitalar, ferramentaria, fundição e veículos elétricos. O grupo, criado a partir do surgimento de novos negócios da Jacto – fundada em 1948 -, é 100% nacional, porém reconhecido mundialmente pela sua solidez e por agir com transparência, integridade e responsabilidade quanto ao cumprimento das legislações, regulamentações e requisitos acordados com os colaboradores, clientes, fornecedores, sociedade e acionistas.

Fonte: Ass. de Imprensa da JactoClean

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Oportunidade de Negócios

Instituições financeiras oferecerão R$ 3 bi em crédito no Show Rural

Organizadores do evento estão otimistas e estimam movimentação financeira entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões

Publicado em

em

Divulgação

Os bancos e as cooperativas de crédito que estarão presentes no Show Rural Coopavel 2019 vão disponibilizar R$ 3 bilhões aos produtores rurais que desejarem financiar máquinas, implementos ou fazer outros investimentos em suas propriedades. As taxas e prazos oferecidos serão os melhores do mercado.

O 31º Show Rural Coopavel terá a presença do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander,. BRDE e as principais cooperativas de crédito do País, entre elas Sicredi, Sicoob, Cresol e Credicoopavel. Os organizadores do evento estão otimistas e estimam movimentação financeira entre R$ 1,5 bilhão e R$ 2 bilhões.

O Show Rural Coopavel será de 4 a 8 de fevereiro e contará com 520 expositores. O público esperado é 250 mil pessoas. Uma das principais novidades desta 31ª edição é o Show Rural Digital, que contará com a participação de algumas das maiores empresas do mundo de tecnologia e inovação.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Tudo sobre avicultura

FACTA lança edição ampliada e revisada do livro “Produção de matrizes de frangos de corte”

Exemplar traz 15 capítulos com diversos elementos sobre o desenvolvimento das aves

Publicado em

em

Divulgação/Assessoria

A Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA) lança a 3ª edição do livro “Produção de matrizes de frango de corte”, ampliada e com conteúdo revisado. A obra envolveu mais de 35 profissionais, sendo alguns colaboradores de empresas fortemente comprometidas com o setor avícola, bem como pesquisadores do mundo acadêmico.

O exemplar traz 15 capítulos com diversos elementos sobre o desenvolvimento das aves, como o entendimento dos aspectos fisiológicos dos machos e das fêmeas, o manejo alimentar, as principais doenças e formas de tratamento, a relevância da casca dos ovos, ambiência, biosseguridade, o dimensionamento e gerenciamento das granjas de produção, dentre outros assuntos, que são abordados com profundidade, mas de forma didática, com ilustrações, tabelas e figuras, que facilitam o entendimento do texto.

O livro foi editado pelos membros da FACTA: Marcos Macari, Elisabeth Gonzales, Inaldo Sales Patrocínio e Neyre Norie Shiroma, com apoio da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e das empresas Alltech do Brasil, Biocamp, Cargill Alimentos, Cobb-Vantress Brasil, Nutriquest Technofeed Nutrição Animal, Ceva Saúde Animal e Zoetis Indústria de Produtos Veterinários.

O livro pode ser adquirido no site da FACTA.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado Externo

Cinco unidades de frango do Brasil são desabilitadas a exportar a sauditas

Entre as plantas que permanecem habilitadas a exportar para o país árabe estão BRF, JBS, Seara e a LAR Cooperativa Agroindustrial

Publicado em

em

Arquivo/OP Rural

Na segunda-feira (21) o serviço sanitário da Arábia Saudita apresentou o relatório das empresas brasileiras habilitadas a exportar para o país. Segundo a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) a autorização se mantém para 25 plantas frigoríficas brasileiras de carne de frango. Atualmente, 58 plantas são habilitadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a exportar, mas somente 30 embarcam produtos efetivamente.

A ABPA informou em nota oficial que o impacto da decisão, portanto, é sobre cinco plantas frigoríficas, que deixam de exportar para o país. “As empresas autorizadas constam em uma lista divulgada pelas autoridades sauditas. As razões informadas para a não-autorização das demais plantas habilitadas decorrem de critérios técnicos. Planos de ação corretiva estão em implementação para a retomada das autorizações”, diz a nota.

A Associação comunicou que está em contato com o Governo Brasileiro para que, em tratativa com o Reino da Arábia Saudita, sejam resolvidos os eventuais questionamentos e incluídas as demais plantas. “Além disto, as plantas que hoje não estão habilitadas contarão com o apoio do Ministério para obter a autorização para exportar a este mercado”, afirma a ABPA.

Segundo o MAPA, o grupo habilitado respondeu no ano passado por 63% do volume das exportações brasileiras de carne de frango – porcentagem que correspondeu a 437 mil toneladas – para a Arábia Saudita.

Além do mais, o Ministério ainda está examinando o relatório e encaminhará aos estabelecimentos as recomendações apresentadas.

Entre as plantas que permanecem habilitadas a exportar para o país árabe estão BRF, JBS, Seara e a LAR Cooperativa Agroindustrial.

Fonte: O Presente Rural
Continue Lendo
APA
Nucleovet 2

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.