Conectado com
LINKE

Notícias

Inicia nesta terça-feira um dos mais importantes eventos da suinocultura latino-americana

O evento técnico, que abordará os principais desafios da suinocultura latino-americana, terá tradução simultânea para o espanhol em todas as palestras

Publicado em

em

De 09 a 11 de agosto de 2016 Chapecó recebe o IX Simpósio Brasil Sul Suinocultura e a VIII Brasil Sul Pig Fair, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó, SC. O evento técnico, que abordará os principais desafios da suinocultura latino-americana, terá tradução simultânea para o espanhol em todas as palestras. O SBSS é realizado todos os anos pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas – Nucleovet.

Conhecido por um importante evento técnico do setor, o ano de 2016 marca a abertura do evento para toda a América Latina com todas as palestras traduzidas simultaneamente para o espanhol. O SBSS lota hotéis e vôos durante o período, além de movimentar setores de serviços e turismo de negócios. O evento projeta o Oeste catarinense como pólo de excelência em produção de carnes e tecnologia no setor de proteína animal.

Apresentando este e outros temas importantes, o SBSS espera receber 1.500 médicos veterinários, zootecnistas, consultores, pesquisadores, profissionais da agroindústria e produtores vindos de vários países. Ainda, cerca de 80 empresas de produtos e serviços para suinocultura locais, nacionais e internacionais já confirmaram presença.

Conforme o presidente do Nucleovet, Médico Veterinário Luis Carlos Peruzzo, o SBSS representa um importante fórum que atende a demanda das agroindústrias, debate tendências e encontra nos fornecedores do setor o apoio e a parceria para, a cada ano, evoluir, oferecendo conteúdo de ponta para os participantes.

“O Nucleovet tem, na sua essência, o objetivo de unir os profissionais envolvidos na cadeia produtiva para buscar conhecimento e qualificação com foco técnico. Para isso, realizamos anualmente eventos de formação continuada, que são os simpósios de Avicultura e Suinocultura”, destaca Peruzzo.

Desta forma, os temas dos simpósios sempre foram e continuarão sendo pautados pelo setor produtivo, órgãos públicos e toda a cadeia envolvida. “Buscamos respostas para os gargalos, ameaças sanitárias, barreiras comerciais disfarçadas, paradigmas e avanços da tecnologia a serviço da produção de proteína animal, que caminha a passos largos”.

Na sua 17ª edição, o Simpósio Brasil Sul de Suinocultura chega à fase adulta, olhando para o seu entorno. “Não pensamos apenas regionalmente, como na época das discussões sobre compartimentalização. Agora, queremos pensar, debater e agir no âmbito do continente sul americano, entendendo que enfermidades desconhecem fronteiras geopolíticas. “Este é o nosso compromisso. Por isso, convocaremos as empresas e outras instituições com ramificações nos países latinos para convidarem seus colegas a participarem do fórum”.

Temas relevantes para o setor

Com palestrantes nacionais e internacionais, o Simpósio Brasil Sul de Suinocultura será palco de importantes debates sobre os desafios da produção de proteína animal na atualidade. A programação científica desta edição apresenta palestrantes altamente qualificados e abre espaço para amplo debate sobre: gestão de granjas produtoras de suínos, desafios sanitários e produtivos, bem estar animal, entre outros.

Brasil Sul Pig Fair

Paralelo ao SBSS acontece a Brasil Sul Pig Fair, uma feria de negócios com tecnologia e lançamentos na área de manejo, nutrição, sanidade, diagnóstico e equipamentos para suinocultura. Os principais fornecedores da cadeia produtiva apresentam as últimas novidades para o setor no evento.

Na última edição, em 2015, mais de 1500 profissionais da indústria passaram pela feira. Neste ano, a organização comercializou 100% dos espaços ainda nas primeiras semanas de vendas. 

Confira a programação científica prévia do Simpósio Brasil Sul de Suinocultura 2016

09 de agosto de 2016

– Fundamentos econômicos na cadeia de suínos – separando fatos e mitos;

– Gestão da assistência técnica no sistema de produção;

– Pessoas e informação: pilares para resultados de excelência.

10 de agosto de 2016

– Como produtores europeus alcançam excelentes resultados utilizando baias de gestação coletivas;

– Inseminação artificial em tempo fixo;

– Manejo pré-abate e qualidade de carne;

– Reprodução;

– Ractopamina na produção de suínos;

– Atualização sobre a situação do Seneca Valley Vírus;

11 de agosto de 2016

– Coleta e remessa de material para o laboratório e interpretação de resultados;

– Uso de terapêuticos em suínos;

– Circovírus Suíno Tipo 2: situação atual e perspectivas futuras;

– Impacto da ambiência no desempenho de suínos.

IX SBSS- Programação paralela reúne especialistas internacionais e lançamentos

Além da programação científica de alto nível,  IX Simpósio Brasil Sul de Suinocultura apresenta uma extensa gama de eventos paralelos com lançamentos e debates.

Abrindo a programação do SBSS 2016 o Seminário Técnico Brasil Sul vai discutir a gestação coletiva de matrizes suínas organizado pelo MAPA, ABPA e ABCS. Participe desse debate com a presença das maiores autoridades no assunto. Acesso gratuito. Inscrições em comissao.bea@agricultura.gov.br, o evento inicia as 8h30min na Sala Agostinho Duarte.

No intervalo do meio dia a Boehringer Ingelheim promove o Lunch & Learning “Ponto chave na prevenção e controle da Doença de Glasser com Dr. Nelson Morés – Pesquisador da Embrapa Suínos e Aves na Sala Welcy Canal; a Cargill – Nutron promove a Palestra “As soluções da Nutron para Suinocultura: Rapid TPS e Notox Reproduction” – na Sala Agostinho Duarte – Piso Térreo. No Espaço MSD – Mezanino do Piso 1 acontece a apresentação IDAL® – Vacinas Intradérmicas.

Na segunda rodada de eventos paralelos a Vetanco promove a 2ª Mesa Redonda – Ciência & Indústria Vetanco “Impacto das diarreias de terminação na produtividade dos suínos e rentabilidade da agroindústria” – Como o conhecimento científico pode ser aplicado na prática da suinocultura na Sala Agostinho Duarte as 17h.  No mesmo horário a ICC promove a palestra Imunonutrição: desafios e oportunidades em produção de Suínos com o palestrante – PhD em nutrição e produção animal Gustavo Gattás na Sala Cyro Sosnoski. A Tectron promove o Workshop Diamond V XPC, abertura Daniel Pigatto Monteiro e palestra com Dr. Caio A. Silva (UEL) – “Como melhorar a produtividade de matrizes hiperprolíficas” na Sala Welcy Canal.

Ainda na programação paralela a Merial promove o lançamento ZACTRAN –  APLICAÇÃO INTELIGENTE, RETORNO RÁPIDO, palestra  de tema "Contribuição efetiva e racional de antibióticos na suinocultura" com   o Prof. Dr. David Barcellos – UFRGS e MSC Juliana Calveyra – Gerente Técnica de Suínos – Merial na Sala Eli Camargo.

Dia 09 – terça-feira

8h30 – Seminário Técnico Brasil Sul

Discussão sobre a gestação coletiva de matrizes suínas, organizado pelo MAPA, ABPA e ABCS. Participe desse debate com a presença das maiores autoridades no assunto. Acesso gratuito. Inscrições em comissao.bea@agricultura.gov.br.

Local: Sala Agostinho Duarte.

Dia 10 – quarta-feira

12h – Boehringer Ingelheim – Acesso gratuito

Lunch & Learning: “Ponto chave na prevenção e controle da Doença de Glasser com Dr. Nelson Morés – Pesquisador da Embrapa Suínos e Aves. Convites devem ser retirados com a equipe durante o evento.

Local: Sala Welcy Canal – Piso 01

12h – Cargill – Nutron – Acesso gratuito

Palestra “As soluções da Nutron para Suinocultura: Rapid TPS e Notox Reproduction”. Após o evento haverá degustação de carne suína.

Local: Sala Agostinho Duarte – Piso Térreo

MSD – Espaço MSD

Apresentação IDAL® – Vacinas Intradérmicas. A equipe estará no local para a apresentação dos novos produtos durante todo o dia.

Local: Mezzanino – Piso 01

17h – Vetanco

2ª Mesa Redonda – Ciência & Indústria Vetanco

“Impacto das diarreias de terminação na produtividade dos suínos e rentabilidade da agroindústria” – Como o conhecimento científico pode ser aplicado na prática da suinocultura.

Local: Sala Agostinho Duarte

17h – ICC

Palestra Imunonutrição: desafios e oportunidades em produção de Suínos.  Palestrante – PhD em nutrição e produção animal Gustavo Gattás.

Local: Sala Cyro Sosnoski

17h – Tectron

Workshop Diamond V XPC

Abertura Daniel Pigatto Monteiro

Palestra com Dr. Caio A. Silva (UEL)  – “Como melhorar a produtividade de matrizes hiperprolíficas”.

Local: Sala Welcy Canal

17h – Merial

Zactran – Aplicação Inteligente, Retorno Rápido

Tema: Contribuição efetiva e racional de antibióticos na suinocultura

Palestrantes: Prof. Dr. David Barcellos – UFRGS

MSC Juliana Calveyra – Gerente Técnica de Suínos – Merial

Local: Sala Eli Camargo

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 11 =

Notícias Mercado

Indicador do milho se aproxima de novo recorde real

Em muitas praças acompanhadas pelo Cepea, os valores médios do milho vêm renovando as máximas nominais da série histórica

Publicado em

em

Divulgação

Em muitas praças acompanhadas pelo Cepea, os valores médios do milho vêm renovando as máximas nominais da série histórica. Inclusive, em algumas regiões, como no porto de Paranaguá (PR), a média de janeiro já é recorde real.

No caso do Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP), houve avanço de 7,35% na parcial deste mês (até o dia 22), fechando a R$ 84,43/saca de 60 kg na sexta-feira-feira (22). Na quarta-feira (20), especificamente, o Indicador fechou a R$ 85,44, nova máxima nominal da série e próxima do recorde real, de R$ 87,35/sc, verificado em 30 de novembro de 2007 (os preços foram deflacionados pelo IGP-DI de dezembro/20).

Segundo pesquisadores do Cepea, a disponibilidade restrita de milho no Brasil e a paridade de exportação elevada – que mantém os embarques aquecidos – seguem aumentando os preços do cereal no mercado interno. Além disso, a demanda doméstica também está firme.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias Segundo Cepea

Preços do farelo de soja voltam a subir no Brasil

Consumidores brasileiros de farelo de soja consultados pelo Cepea indicam ter necessidade de adquirir novos volumes no curto prazo

Publicado em

em

Najia Furlan

Consumidores brasileiros de farelo de soja consultados pelo Cepea indicam ter necessidade de adquirir novos volumes no curto prazo.

Entretanto, indústrias nacionais estão resistentes nas vendas envolvendo grandes lotes, uma vez, que, além de a oferta ser baixa, a colheita tardia da soja deve retardar a entrega do grão às processadoras. Esse cenário tem elevado os preços internos do farelo de soja, segundo apontam dados levantados pelo Cepea.

Outro fator que dá sustentação aos valores do derivado de soja é o bloqueio de caminhoneiros nas estradas da Argentina, que tende a atrapalhar os embarques no país vizinho, principal exportador global de farelo de soja.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias Mercado

Vendas aquecidas e oferta controlada elevam preços dos ovos

Procura pelo produto tem sido favorecida pelo alto preço das principais carnes consumidas pelo brasileiro, que podem fazer o consumidor optar por alternativas mais “em conta”

Publicado em

em

Divulgação

Mesmo com o início da segunda quinzena de janeiro, as vendas de ovos comerciais estiveram em bom ritmo nos últimos dias, de acordo com informações coletadas pelo Cepea.

A procura pelo produto tem sido favorecida pelo alto preço das principais carnes consumidas pelo brasileiro, bovina, suína e de frango, que podem fazer o consumidor optar por alternativas mais “em conta”.

Além da boa saída na ponta final, colaboradores do Cepea apontam que a oferta de ovos está mais controlada, resultado de descartes das poedeiras mais velhas pelos produtores. Com boa demanda e redução na oferta, os preços subiram.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.