Conectado com
Suínos e Peixes – Maio

Empresas Abril Verde

Grupo Vibra reforça importância da prevenção de acidentes de trabalho em suas unidades

Funcionários de Montenegro (RS), Sete Lagoas (MG), Pato Branco (PR) e Itapejara D’Oeste (PR) são convidados a aderir à campanha em 2019

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Durante todo o mês de abril, os funcionários da Vibra nos frigoríficos de Sete Lagoas (MG), Pato Branco (PR) e Itapejara D’Oeste (PR) e também na unidade de Montenegro (RS), serão convidados a participar do Abril Verde, uma campanha nacional de conscientização e orientação que tem como objetivo prevenir acidentes e doenças no ambiente de trabalho.

Ações deste tipo já fazem parte do dia a dia da Vibra para garantir a conscientização dos seus trabalhadores, com é o caso da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT). O grupo também incentiva a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) a desenvolver seu trabalho, que é pautado pela prevenção de acidentes e questões que envolvem a segurança dos funcionários em todas as unidades.

Nos últimos anos têm sido priorizadas, ainda, diversas campanhas de comunicação envolvendo diálogos de segurança. Mais recentemente, os funcionários também passaram a contar com o Projeto Comportamento Seguro para apoiar a execução das suas tarefas. Lançado em 2017 em Itapejara D’Oeste e, no ano passado, em Pato Branco, o projeto passa a ser colocado em prática no mês que vem no frigorífico do grupo em Sete Lagoas, tendo sempre como foco o treinamento de líderes e gestores de cada área.

“Além de observar atentamente o andamento dos processos, temos dado uma atenção especial às pessoas que trabalham nas nossas unidades, corrigindo o que eventualmente está sendo executado de maneira inadequada. É muito importante ter esse olhar atento e destacar de maneira positiva o trabalho correto e seguro, pois isso reflete diretamente nas pessoas”, destaca Gérson Dalcin, gerente de SSMA da Vibra em Montenegro.

Sem deixar de lado a questão de saúde ocupacional foi implementado também um programa de vigilância ativa com foco na saúde e qualidade de vida no trabalho, possibilitando ao funcionário apontar quaisquer dificuldades e possíveis riscos encontrados na execução da sua tarefa a partir do preenchimento de fichas, que fazem parte das informações que são trabalhadas posteriormente pelos Comitês de Ergonomia, por exemplo, que recebem todas as informações relacionadas ao trabalho que é executado, produzem levantamentos e promovem mudanças efetivas a partir disso.

“Além de prevenir doenças e acidentes, tratamos de seguir estritamente todas as diretrizes legais, incluindo as pausas durante os turnos e o respeito às escalas de trabalho, além do rodízio de atividades dentro das nossas plantas. O Abril Verde é um ótimo período para refletirmos a importância dessa cultura da prevenção”, completa Dalcin.

O Brasil, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), ocupa o 4º lugar no ranking mundial de acidentes fatais de trabalho. O Estado de São Paulo aparece no primeiro lugar do ranking nacional com 254.208 acidentes de trabalho, seguido por Minas Gerais (77.252), Rio Grande do Sul (59.627), Rio de Janeiro (51.036) e Paraná (52.132). Somente a região Sul é responsável por 158.113 acidentes, o equivalente a aproximadamente 22% do total nacional. Os acidentes atingem todas as idades em vários níveis de incidência. As maiores estão entre 20 e 34 anos. A relação entre gêneros mostra que a incidência é maior no gênero masculino (494.746) do que no feminino (223.152), embora este também seja um número bastante expressivo.

 

Sobre o Abril Verde

O Movimento Abril Verde é uma iniciativa do Sindicato dos Técnicos de Segurança do Estado do Paraná e tem como intuito trazer à sociedade a questão da segurança e saúde do trabalhador brasileiro. A campanha anual serve para alertar sobre a importância da segurança trabalhista. O mês de abril foi escolhido baseando-se no Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho, comemorado no dia 28 de Abril. Em 1969, uma explosão de uma mina da cidade de Farmington, na Virgínia, nos Estados Unidos, acabou matando 78 trabalhadores, caracterizando o episódio como um dos maiores acidentes trabalhistas já registrado.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + quinze =

Empresas Bovinos

Trouw Nutrition destaca o cuidado com o fígado em linha para confinamento

Ao ser submetido a uma dieta de confinamento, o animal consome uma dieta rica em nutrientes e os órgãos precisam se adequar a isso

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Quando o assunto é confinamento muito se tem falado sobre os problemas ruminais, como a acidose e timpanismo. João Benatti, gerente de produto para ruminantes da Trouw Nutrition, alerta que o fígado dos bovinos não tem sido tema de discussões, apesar da sua importância e papel primordial na metabolização dos nutrientes ingeridos.

“Quando entra no confinamento, o animal tem o fígado pequeno pesando em torno de 3,5 kg. Após 60 dias no sistema intensivo, o órgão chega a 6,4 kg, quase dobrando de tamanho. Isso acontece porque, ao ser submetido a uma dieta de confinamento, o animal consome uma dieta rica em nutrientes e os órgãos precisam se adequar a isso”, explica João Benatti.

Ao chegar ao confinamento, o animal passa por diversas situações novas, causando o estresse. Uma vez estressado, a imunossupressão torna-se um obstáculo para o pecuarista, já que esse bovino está vulnerável e pode ser acometido por doenças oportunistas.

A Trouw Nutrition conta com a tecnologia combinada das moléculas Vivalto, um complexo de vitaminas B protegidas da degradação ruminal, e Intellibond®, fonte de cobre e zinco by pass. Juntas, essas moléculas aumentam a imunidade e a eficiência do metabolismo do fígado, garantindo maior ganho em peso e maior consumo.

A partir dessa tecnologia, a Trouw Nutrition desenvolveu duas soluções para auxiliar o produtor em diferentes momentos do confinamento: BellPeso Adapt e BellPeso Vivaz. São aliados do pecuarista reduzindo acidose, auxiliando no estado fisiológico e imunitário.

“É prioridade da Trouw Nutrition oferecer produtos que efetivamente contribuem para a melhoria de desempenho dos bovinos em confinamento. BellPeso Adapt e BellPeso Vivaz são exemplos dessa preocupação da empresa com inovação e produtividade”, destaca João Benatti.

 

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Avicultura

2ª Conbrasul Ovos: Hy-Line anuncia participação em evento que começa neste domingo, 16

Encontro realizado pela Asgav, a Associação Gaúcha de Avicultura, vai reunir a elite da avicultura de postura mundial em Gramado, RS

Publicado em

em

Diretor Geral da Hy-Line no Brasil, Tiago Lourenço - Foto: Divulgação

A Hy-Line do Brasil confirmou seu apoio à 2a Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (2a Conbrasul Ovos), que vai ser realizado a partir deste domingo, de 16 a 19 de junho em Gramado, na serra gaúcha. O objetivo é participar das discussões sobre as mais recentes tecnologias e inovações para o setor, além de encontrar vários produtores de ovos do Brasil e de outros países e empresários do setor para intercâmbio de informações sobre mercado, tendências e perspectivas para o segmento, anunciou o diretor Geral da Hy-Line no Brasil, Tiago Lourenço.

Durante o encontro, a empresa vai destacar resultados atualizados de seus produtos, como W-80, W-36 e Hy-Line Brown, além de atender reuniões específicas sob demanda, disse o executivo. Ele destaca o sucesso da primeira edição do evento, com público de alto nível e formadores de opinião, além de debates sempre atuais e relevantes, que agregam bastante para produtores e para todo o setor de postura comercial. “Estamos em um momento muito importante para o segmento, que demanda discussões maduras, ajustes e entendimento dos novos rumos que o Brasil precisará tomar. E, neste contexto, a conferência Conbrasul vem justamente para atender esta demanda”, disse Lourenço.

O executivo lembra que o país superou a marca de consumo “maduro” com mais de 4 ovos por semana, o que traz ao segmento novas discussões sobre a atividade. “Com os atuais 212 ovos per capita ao ano necessitamos discutir novas demandas do consumidor, como seguir fortalecendo o produto ovo e aumentando este consumo, os riscos de imagem para nosso setor, futuras legislações, diferentes sistemas de produção e o nosso posicionamento global como o 4º maior produtor do mundo, que logo alcançaremos. E este evento é uma oportunidade única para todo este debate”, afirmou.

Chamando a Conbrasul de tropicalização da conferência internacional do IEC (International Egg Comission), Lourenço defende que o encontro promove uma interação relevante dos produtores de ovos brasileiros com a Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos, não somente através da atualização por palestras e painéis de discussão, mas também pelo networking e interatividade com as principais autoridades, empresários, produtores, formadores de opinião e cientistas do nosso setor em nível mundial.

Dois anos atrás, quando foi realizada a primeira edição do evento no país, o cenário era de incertezas sobre bem-estar animal e sistemas de produção. Agora, com a atividade mais amadurecida, o executivo acredita encontrar em Gramado um setor que aprendeu com tais desafios, amadureceu entendimentos de mercado e posicionamento de suas empresas e debates voltados para como suprir adequadamente um mercado cada vez mais exigente, sem atalhos, e cumprindo com responsabilidades desde a segurança alimentar a produtos livres de resíduos e contaminantes, e de certificações a uma melhor apresentação do produto ovo.

“Os produtores querem saber de resultados e rentabilidade neste mercado cada vez mais desafiador. Além disso, estarão lá, assim como nós, para interagir com inovações e perspectivas futuras do setor de ovos. Por isso, entre nossos destaques, vamos falar da Hy-Line Brown, que é a linhagem que mais chamou atenção em 2018, com excelente desenvolvimento nos mercados do Nordeste e do próprio Sul, onde já é fortemente presente. Na última edição da Conbrasul compartilhamos os excelentes resultados da recém-lançada linhagem Hy-Line W-80, que segue ganhando espaço e participação de mercado ano após ano, no Brasil e no mundo”, afirmou o executivo.

Outras informações sobre a 2ª Conbrasul estão disponíveis no site www.conbrasul.ovosrs.com.br, através do telefone (51) 3228. 8844, com Kamila Beheregaray, ou pelo e-mail: comercial.conbrasul@ovosrs.com.br.

 

Apoio

A 2ª Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul Ovos) vai acontecer de 16 a 19 de junho, em Gramado, na serra gaúcha, com o apoio de algumas das mais importantes empresas e entidades da avicultura de postura. Entre os patrocinadores, estão confirmadas empresas como Grupo Fasa na cota ovo de Ouro, Auster, Bionutri, Grasp e Orffa na cota Ovo de Prata. Na cota Ovo de bronze estão Cargill Alimentos/Nutron, DSM, Mercoaves e Vencomatic. Entre as apoiadoras estão Agroceres Multimix, Artabas, Anpario, Alltech do Brasil, Big Dutchman, Boehringer Ingelheim Saúde Animal, BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), Hy Line do Brasil, Kilbra, Lohmann do Brasil, MSD Saúde Animal, Nutria, Plasson, Rio Bonito, Tecnobach, TNS Solution, Trouw Nutrition e Vaccinar.

Já consagrado em sua primeira edição em função do elevado nível de público, dos debates e palestrantes, o evento tem ainda o apoio institucional de algumas das mais renomadas entidades do mundo, como Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Instituto Ovos Brasil (IOB), International Egg Commission (IEC), Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos e Egg Farmers Canadá. As principais mídias do segmento também já confirmaram participação, como os jornais A Hora do Ovo e O Presente Rural, e as Revistas AviNews, Feed&Food e AviSite/OvoSite.

Fonte: Assessoria Conbrasul
Continue Lendo

Empresas Avicultura

MSD Saúde Animal apoia2ª. Edição do Conbrasul

A MSD Saúde Animal participará como apoiadora do evento pela primeira vez

Publicado em

em

Evento acontece de 16 a 19 de junho, na cidade de Gramado (RS)Foto: Viagens Cinematográficas

De 16 a 19 de junho, acontece na cidade de Gramado (RS), a 2ª edição da Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul Ovos) – evento que vem se destacando no segmento da avicultura de postura.

O congresso, que tem o apoio institucional de algumas das mais renomadas entidades do mundo – como Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Instituto Ovos Brasil (IOB), International Egg Commission (IEC), Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos e Egg Farmers Canadá – reunirá produtores e profissionais para fomentar discussões sobre o mercado, pesquisas, inovações e tecnologia para o setor.

A MSD Saúde Animal participará como apoiadora do evento pela primeira vez. Para Gustavo Perdoncini, coordenador de contas-chaves postura comercial da empresa, essa será uma ótima oportunidade para fortalecimento dos elos com toda a cadeia de produção do setor, desde o produtor até o varejo.

Entre os assuntos que serão discutidos estão temas como: atualidades no comércio de proteína animal, produção e qualidade, o cenário atual e perspectivas para o mercado nacional e internacional de ovos e derivados, sanidade e medidas de prevenção, bem-estar animal e os rumos da produção mundial de ovos.

“O Conbrasul é um encontro para o setor buscar novas estratégias de marketing e de crescimento da demanda. Com foco na qualidade do produto, o evento traz abordagens atuais, como bem-estar animal e novas tecnologias. Grandes nomes do meio estarão presentes para abordar esses temas, que precisam ser discutidos para garantimos os melhores resultados”, ressalta Gustavo Perdoncini.

O executivo reforça também que apesar de ser considerado um evento regional, o Conbrasul caminha para se tornar o centro de uma das principais reuniões técnicas do setor de postura comercial do Brasil. “Por essa razão, a MSD Saúde Animal apoia o evento. Teremos uma excelente oportunidade para mostrar as nossas inovações, nossos produtos e questões relacionadas ao incentivo de uma produção de qualidade”, afirma Perdoncini.

Na ocasião, a MSD Saúde Animal divulgará a vacina Innovax® ILT. Trata-se da uma importante solução para o combate das doenças de Marek e Laringotraqueíte (ILT), patologias que, se não prevenidas, geram grande prejuízo ao produtor avícola. A Innovax® ILT tem aplicação única no incubatório, resposta imune contra o vírus de MAREK e 2 GLICOPROTEÍNAS fortemente antigênicas do vírus da ILT (GLICOPROTEÍNAS I e D), não interfere em outras vacinas vivas respiratórias e possui longa proteção.

 

Fonte: Assessoria da MSD
Continue Lendo
AB VISTA Quadrado
Evonik – Aminored
Biochem site – lateral
Conbrasul 2019

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.