Conectado com

Empresas Bovinos

Fungistop: tecnologia aumenta produtividade e reduz custos na fazenda

“Quando se utiliza um conservante há uma maior estabilidade dos alimentos, proporcionando uma dieta fresca, palatável, e com uma aceitação muito melhor dos animais”

Publicado em

em

Fotos: Divulgação E O Presente Rural

O custo com a nutrição animal representa de 40 a 70% da receita bruta de uma fazenda. Por conta disso, é de suma importância que o pecuarista utilize produtos de qualidade e realize um bom manejo para que não haja perdas ou mesmo desperdícios. Segundo o zootecnista e consultor da Safeeds, Paulo Mikulis, é possível ter bons resultados oferecendo uma boa silagem e um bom volumoso ao animal.

Em testes a campo, validou-se a redução do trato diário de 3 para 1, com o alimento permanecendo fresco por até 36 horas.  “Quando fornecemos a comida fresca aos animais eles consomem mais e com isso chegamos a um aumento de aproximadamente 8,4% de produção de leite. Reduzindo o trato, melhoramos toda a logística da propriedade, otimização de equipamentos e funcionários, gerando melhores resultados financeiros”, relata o zootecnista.

“Quando se utiliza um conservante há uma maior estabilidade dos alimentos, proporcionando uma dieta fresca, palatável, e com uma aceitação muito melhor dos animais”, completa.

De acordo com Mikulis, utilizar este tipo de tecnologia na propriedade gera um grande retorno sobre o investimento, não somente com o aumento da produção, mas também na diminuição da necessidade de mão de obra. “Há uma economia de aproximadamente duas horas de mão de obra por dia.  Quem tem uma fazenda grande deixa de pagar hora extra para o tratador e a agricultura familiar tem mais tempo para descansar ou realizar outras atividades”, pondera o zootecnista.

Segundo ele, o sucesso de uma fazenda é resultado da escolha de produtos eficientes e economicamente viáveis. “Fungistop é um antifúngico que possui aromatizante, palatabilizante, complexo de ácidos orgânicos conservantes e é incluído no momento da formulação da dieta.  O produto tem um manejo extremamente fácil e com um cheiro muito agradável. A indicação é  de  aproximadamente 500g a um quilo por tonelada de alimento. Assim, o custo se torna irrisório perto da receita e do retorno por investimento que o produtor tem”, reitera.

Conservação de forragens e feno.

Além do Fungistop, outro aditivo que esta sendo amplamente utilizado a campo é o Fungiclean, desenvolvido pela Safeeds para conservação de forragens e feno. Ele indicado especialmente para prevenir e controlar o crescimento de fungos e leveduras presentes em ingredientes e rações durante os seus períodos de armazenagem e é aplicado no momento da ensilagem. “O volumoso que é produzido na propriedade é um capital imobilizado, como se fosse um investimento ou uma poupança. Por isso, não podemos correr o risco da desvalorização deste investimento”, finaliza o consultor.

Fonte: OP Rural
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − sete =

Empresas Convenção

Unidade brasileira da Vetanco realiza Convenção de Vendas 2020

Publicado em

em

Divulgação

Cumprindo com o objetivo de investir continuamente no desenvolvimento de seus colaboradores, a Vetanco Brasil realizou mais uma edição de sua convenção anual de vendas. O evento, que envolveu toda a equipe comercial  e técnica,  aconteceu entre os dias 10 e 14 de fevereiro na capital do estado catarinense.

Nesta edição, o tema foi: FORTALECENDO NOSSA IDENTIDADE. Esse  tema foi planejado visando o fortalecimento da característica que reconhecemos como um importante diferencial da Vetanco: O FOCO NAS PESSOAS, o olhar atento para as individualidades, para os valores de cada colaborador que compõe a Organização Vetanco. A Convenção de vendas é um momento importante no início de um ano que está começando cheio de oportunidades e desafios. O evento foi construído para atender aos seguintes objetivos: Desenvolvimento para equipe técnica e comercial; Apresentação do plano comercial e metas para 2020;  e Alinhamento do posicionamento estratégico, comenta Daiane Müssnich, Gerente de Planejamento e Administração, coordenadora geral do evento.

O evento contou também com a presença do Vice-presidente da Vetanco S.A.  Horacio Mancini, que fez a abertura do evento. Durante a semana, foram trabalhados temas referentes às estratégias de vendas, atualizações técnicas, apresentação de planos estratégicos e de metas, além de um trabalho vivencial, coordenado pela psicóloga Géssica Oltramari, que responde pelo setor de Gestão de Pessoas na Vetanco Brasil, que tratou do tema Cultura Organizacional Vetanco.

A Convenção de Vendas 2020 atingiu seus objetivos, preparando e fortalecendo a equipe para os desafios que o ano reserva.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

STIHL lança motosserra a bateria mais potente do seu portfólio

Aliando potência e tecnologia, a nova MSA 220 C-B apresenta acréscimo de até 20% na performance de corte quando comparada ao modelo MSA 200 C.

Publicado em

em

Com o planejamento de incluir no mercado mundial mais de 190 produtos a bateria até 2026, a STIHL inicia esse ano com novidade no portfólio. A líder no mercado brasileiro de ferramentas motorizadas portáteis lançou em janeiro a MSA 220 C-B, a motosserra a bateria com maior potência entre os demais modelos da marca com essa tecnologia. A nova ferramenta foi desenvolvida especialmente para utilização profissional, com alta performance de corte por carga de bateria.

O equipamento apresenta importantes diferenciais que oferecem aos usuários grande poder de corte aliado ao conforto e eficácia de manuseio. Dentre esses está evitar interrupções durante o trabalho por falta de potência. Isso porque sua bateria também é uma novidade: a AP 300 S possui maior potência e maior capacidade de armazenamento de energia comparada com AP 300. Assim, o usuário garante maior rendimento de trabalho durante as suas atividades. Aliado a isso, o conjunto de corte apresenta corrente com dentes de perfil quadrado 3/8’ PS3 – que proporcionam até 30% mais cortes por carga de bateria, comparada com a corrente de perfil redondo –, sabre de 35cm Rollomatic E e velocidade da corrente de 24m/s.

Além disso, a ferramenta possui proteção da mão com freio de corrente, tensionamento rápido de corrente (sem necessidade de ferramentas), gatilho de aceleração variável com interruptor de segurança lateral, cabo ergonômico, marca direcional de queda para derrubadas e fácil abertura da tampa do tanque (sem necessidade de ferramentas). A nova motosserra a bateria MSA 220 C-B garante, ainda, a possibilidade de utilização em ambientes de alta umidade ou mesmo na chuva.

 

Lançamento facilita atividades em diversos segmentos profissionais

Para os profissionais do mercado de construção civil, a MSA 220 C-B auxilia no melhor desempenho nas atividades de dimensionamento e construção com madeiras. Na agropecuária, o equipamento se caracteriza pela praticidade, robustez e desempenho diferenciado para satisfazer as necessidades do setor rural nas fazendas e sítios. Já na jardinagem profissional, o lançamento agiliza em diversas atividades de manutenção pública e de patrimônio, em serviços de paisagismo e no manejo de jardins em geral.

Continue Lendo

Empresas Avicultura

Como proteger sua granja contra a Salmonella

Imunização por meio de vacinas vivas têm se mostrado alternativa economicamente viável e efetiva de controle da doença

Publicado em

em

Foto: O Presente Rural

Apontada como um dos principais problemas em granjas e, consequentemente, de perdas econômicas, a Salmonella desperta atenção por conta de riscos relacionados à saúde pública. Provocada por uma bactéria entérica muito adaptada às aves, a doença preocupa tanto pela ameaça de transmissão vertical quanto pela contaminação dos ovos para consumo. “Por isso, seu controle é de extrema importância”, diz o médico-veterinário Matheus Resende, Gerente de produto da linha Aves da Zoetis.

“A vacinação contra esta bactéria vem ganhando cada vez mais adeptos com cepas que promovem a proteção cruzada. Além de atuarem na redução da contaminação de carcaças no abatedouro, se mostram uma alternativa economicamente viável, principalmente para empresas exportadoras de carne de frango”, completa o médico-veterinário Eduardo Muniz, Gerente de Serviços Técnicos da Zoetis.

“As vacinas vivas bacterianas contra a Salmonella, além de protegerem contra o patógeno, representam uma alternativa aos antimicrobianos e ativam a imunidade inespecífica e adquirida”, diz Muniz.

 

Poulvac ST

Vacina viva que atua no combate à Salmonella Typhimurium e à Salmonella Heidelberg para frangos de corte e matrizes, Poulvac ST é recomendada também para poedeiras comerciais.
Aplicada em duas doses, a primeira ainda no incubatório por spray, nos primeiros dias de vida, e a segunda administrada no 14° dia de vida da ave por meio de água de bebida, promove a imunidade celular e estimula produção de IgA (imunoglobina A) no trato digestivo. “A proteção contra infecção por Salmonella garantida desta forma é de grande importância, principalmente a frangos de corte”, finaliza Muniz.

Fonte: Assessoria da Zoetis
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.