Conectado com

Empresas Bovinos

EPRECIS®, a nova solução da Ceva Saúde Animal contra os principais parasitas bovinos, inclusive estefanofilária

Produto tem amplo espectro, é extremamente seguro, não apresenta período de carência para o leite das vacas tratadas e apenas 12 dias para o abate dos bovinos de corte

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Ceva Saúde Animal, uma das maiores indústrias de produtos para saúde animal do mundo, traz para o mercado brasileiro o moderno endectocida EPRECIS®, solução injetável pronta para uso, com baixo volume de dose, eficaz para o tratamento dos principais parasitas em bovinos, como berne, carrapato e mosca-do-chifre, importantes vermes gastrointestinais e larvas  microfilárias da Stephanofilaria spp, que causam a úlcera do úbere ou estefanofilariose.

EPRECIS® tem amplo espectro, é extremamente seguro, não apresenta período de carência para o leite das vacas tratadas e apenas 12 dias para o abate dos bovinos de corte. É o único endectocida com a chancela em bula para o tratamento da úlcera do úbere. A novidade da Ceva também pode ser usada em fêmeas gestantes, em qualquer fase da gestação.

“EPRECIS® é um endectocida muito potente contra parasitas bovinos e chega ao mercado brasileiro para ocupar uma lacuna, pois até agora não havia uma solução assertiva, em dose única, com carência zero para o leite para combater a úlcera do úbere”, informa Beatriz Ortolani, gerente de produtos para leite da Ceva Saúde Animal.

Mais comum em bovinos leiteiros, a estefanofilariose é uma parasitose de caráter zoonótico, ou seja, pode também afetar o homem. Costuma ser mais prevalente na estação chuvosa e quente do ano, época que coincide com altas população dos vetores biológicos.

Causada por nematódeos (vermes redondos) do gênero Stephanofilaria spp, a doença provoca lesões, que começam com irritação na pele, surgimento de pequenas vesículas (pápulas), que evoluem para nódulos com secreção e perda de pelos, que podem originar crostas sobre a lesão. “Essas lesões causam grande desconforto aos animais, atraem moscas – inclusive a ‘mosca varejeira’ (Cochliomyia hominivorax), responsável por miíases ou bicheiras. Elas também podem ser contaminadas, secundariamente, por microrganismos que dificultam a cicatrização e infectam os tetos e o úbere (mastites), contribuindo para reduzir a qualidade do leite. As lesões podem permanecer por longo período de tempo e determinar atraso no processo de ordenha e prejuízo significativo ao bem-estar dos animais acometidos”, explica o médico veterinário Marcos Malacco, gerente técnico de bovinos da Ceva Saúde Animal.

Fonte: Assessoria da Ceva
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =

Empresas Suinocultura

Vetanco realiza ciclo de palestras técnicas no Mato Grosso

Publicado em

em

A Vetanco, organizou um ciclo de palestras técnicas no estado de Mato Grosso. A palestras foram ministradas pelo Consultor Técnico Eduardo Miotto Ternus, em formato de Oficinas de Trabalho. Representando a Vetanco estavam presentes o MV Rodrigo Riera (Representante Comercial para a região) e Lucas Piroca (Gerente Comercial – Suínos). Nessa rodada de apresentações técnicas foram abordados os temas de Biosseguridade e Diarréias na fase de Maternidade, ambos de extrema importância na suinocultura e muitas vezes tratados com descaso. O papel da Vetanco foi levar conhecimento, debater os temas e fazer com que os aproximadamente 100 profissionais da suinocultura que participaram das apresentações, pudessem durante os debates e após os mesmos pensar em soluções para os problemas e fatores de risco presentes em suas realidades, podendo assim colocar as respectivas soluções em prática.

 

O projeto se estendeu em 4 parceiros no Estado de Mato Grosso:

No dia 08/10/19, a oficina foi realizada na empresa Suinobras, da cidade de Diamantino – MT, direcionada a Coordenadores e Supervisores de produção, líderes e colaboradores da maternidade. E teve como tema: Diarréia na fase de maternidade. O objetivo foi o nivelamento de conhecimentos básicos e auxílio na busca do correto diagnóstico, fatores predisponentes e ações práticas para a prevenção e controle dos diferentes agentes presentes nessa fase.

No mesmo dia, a Oficina Vetanco também aconteceu na empresa Nutribras, localizada em Vera – MT. Estiveram presentes Médicos Veterinários, Supervisores de produção, líderes e colaboradores. O tema foi Biosseguridade e teve como objetivo aumentar percepção da importância da biossegurança, da biosseguridade externa e principalmente da biosseguridade interna, nivelamento de conhecimentos básicos e apresentação de itens a serem implantados segundo a IN 44/2017.

No dia 09/10/19, foi a vez da empresa Cooper Mutum, sediada na cidade de Nova Mutum – MT. Participaram da palestra toda equipe de supervisores de produção, líderes e colaboradores. Na ocasião, o tema da palestra fora: Biosseguridade.

Encerrando o ciclo, no dia 10/10/19, a Empresa Suinobras, da cidade de Diamantino – MT, foi quem recebeu a equipe da Vetanco. Os participantes foram médicos veterinários, proprietários e equipe de diferentes fases de produção e o tema ministrado foi: Diarréia na fase de maternidade.

Com as Oficinas, a Vetanco busca agregar a toda a cadeia produtiva, contribuindo com a atualização técnica de profissionais da suinocultura que diariamente garantem a manutenção e evolução do setor. E assim, a Vetanco conclui mais uma semana com satisfação e realização com os resultados.

Continue Lendo

Empresas

KWS Brasil realiza visita técnica à Alemanha

Na semana de 11 a 17 de Novembro, a KWS teve o prazer de compartilhar momentos com alguns de seus parceiros (consultores, cooperativas, distribuidores e produtores), em uma visita técnica à Alemanha.

Publicado em

em

A agenda da visita foi pensada especialmente para poder mostrar um pouco mais sobre as atividades agrícolas da região, visitar a sede da KWS na cidade de Einbeck, e a maior feira de máquinas agrícolas do mundo, a Agritechnica, que acontece na cidade de Hannover. Na Agritechnica, o grupo pode ver os lançamentos em tecnologia aplicada à agricultura, e a utilização da Inteligência Artifcial no campo.

Também foi realizada uma visita a uma usina de Biogás, mostrando como a união dos produtores rurais pode proporcionar um canal de escoamento para seus produtos (silagem de milho e beterraba açucareira), além de uma fonte extra de renda com a venda de energia.

O grupo teve a oportunidade de conhecer uma mina de potássio, e entender como é realizado o processo de extração desse mineral a mais de 800m abaixo do solo.

Na sede da KWS, o grupo foi recepcionado pelo líder da KWS para as Américas, Alexander Drotschmann, que falou sobre o plano de investimento da KWS para a América do Sul, e pode conhecer os novos investimentos em pesquisa na área de robótica da empresa.

Desde a sua fundação em 1856, a KWS trabalha exclusivamente no melhoramento de sementes e em serviços técnicos, e se orgulha de estar sempre ao lado do produtor em mais de 70 países.

A visita técnica foi finalizada com a segunda maior indústria de açúcar de beterraba da Europa, também fundada por associações de produtores, e com tempo livre em Berlim, onde o grupo pode conhecer um pouco mais da história e cultura da Alemanha.

A KWS agradece a todos os participantes dessa visita pelos momentos compartilhados, e pelas interações entre o grupo, que fizeram dessa uma semana especial.

 

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo

Empresas

Evonik investe em capacitação visando excelência na dosagem de aminoácidos

A melhoria da qualidade das rações e da produtividade são desafios constantes das empresas que integram a cadeia de produção animal.

Publicado em

em

Esse desafio fez com que a equipe de Nutrição e Saúde Animal da Evonik, em sua estrutura de Manuseio de Aminoácidos, estivesse reunida com aproximadamente 180 profissionais da área de produção das fábricas de ração ao longo do ano de 2019.

A Evonik, que desde a década de 40, vem produzindo aminoácidos suplementares para a alimentação dos animais, é reconhecida neste mercado por oferecer também soluções otimizadas e suporte técnico completo para os produtores de rações.

Entre os serviços de excelência está o AMINOSys®, uma solução avançada de manuseio e dosagem de alta precisão de aminoácidos em pó para as fábricas de rações. Os equipamentos operam em diversos clientes no mundo e no Brasil existem centenas de unidades instaladas.

 

Workshops in house

Em 2018 foi criada uma iniciativa customizada de Workshop in house, onde na casa do cliente se realiza um dia de treinamento passando por capacitação técnica em sala, revisão e fortalecimento dos conceitos de funcionalidade do sistema de dosagem de aminoácidos. Além disso, é apresentado o Manual de Operação de Manutenção e demais documentações técnicas, bem como o foco das funcionalidades do Sistema de Controle do AMINOSys, o LDx.

Há também o AMINOSys Experience, que é a capacitação prática na instalação do equipamento, onde se compartilha a troca de experiência e conhecimento.

Neste ano já foram realizados mais de 16 workshops, oferecendo mais do que um encontro técnico, pois eles envolvem momentos de integração e compartilhamento de conhecimentos entre cliente e fornecedor, além do desenvolvimento de soluções customizadas com a realidade regional.

“Nossos programas de capacitação continuada, a garantia de fornecimento de peças de reposição e a certeza da atualização tecnológica permitem aos nossos clientes a melhor gestão de seu AMINOSys”, conclui Marco Lara, Gerente Regional de soluções de manuseio e tecnologia de fábrica de ração.

Fonte: Assessoria da Evonik
Continue Lendo
Biochem site – lateral
Mais carne
AB VISTA Quadrado

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.