Conectado com

Empresas Avicultura

Ceva Saúde Animal lança livro eletrônico sobre laringotraqueíte infecciosa em parceria com professora da USP

Material foi escrito pela Dra. Masaio Mizuno Ishizuka, uma das mais reconhecidas pesquisadoras do setor avícola

Publicado em

em

Profa. Dra. Masaio Mizuno Ishizuka, uma das pesquisadoras mais renomadas do setor avícola - Foto: Divulgação

Para compartilhar com produtores e veterinários conhecimento técnico e científico sobre a Laringotraqueíte Infecciosa, a Ceva Saúde Animal lança o livro eletrônico: Epidemiologia e profilaxia da Laringotraqueíte Infecciosa das aves – História Natural da Doença, em parceria com a Profa. Dra. Masaio Mizuno Ishizuka, uma das pesquisadoras mais renomadas do setor avícola.

“A Ceva, como líder na área de vacinas aviárias, tem um orgulho em poder divulgar um material de alta qualidade e expressão científica como o elaborado pela Dra. Masaio. A professora é hoje a maior autoridade em epidemiologia do país e conseguiu traduzir nesse livro toda a preocupação da Ceva em um controle consciente das patologias aviárias. Não é somente uma vacina que controla uma patologia como a Laringotraqueíte Infecciosa, mas sim um conjunto de medidas de biossegurança baseadas no conhecimento epidemiológico da doença”, explica Giankleber Diniz, Diretor da Unidade de Negócios de Aves da Ceva.

O material foi feito com base em extenso levantamento de dados e compilação das informações de campo sobre a doença, realizadas pela Dra. Masaio, PhD, professora Titular Sênior da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (USP) e coordenadora do Comitê de Sanidade Avícola de São Paulo.

O livro, embasado em uma extensa bibliografia, apresenta um resumo robusto sobre a Laringotraqueíte Infecciosa (LTI) abordando diferente aspectos da doença, como o histórico, importância econômica, impactos na granja, formas de diagnóstico, mecanismos de transmissão, medidas de profilaxia, imunidade, vacinação, entre outros assuntos ligados a LTI.

“Como professora universitária estou sempre muito atenta à educação continuada, por isso, para mim é fundamental compartilhar conhecimentos. Esse e-book foi criado com o objetivo de mostrar quais caminhos de controle seguir, em momentos de “guerra”, durante um surto efetivo da doença, e em momentos de “paz”, quando não existe suspeita e nem presença do vírus na granja. O material apresenta um raciocínio epidemiológico. Este é meu papel como educadora, apontar o caminho e estimular o raciocínio dos profissionais do setor”, afirma a Dra. Masaio.

No Brasil, o vírus da Laringotraqueíte Infecciosa foi detectado pela primeira vez na década de 1970. Hoje, a LTI está incluída na lista de doenças de notificação compulsória do MAPA/Brasil (Ministério da Agricultura e Abastecimento) e qualquer caso suspeito deve ser informado ao Serviço Oficial do Estado a que pertence o estabelecimento avícola. Recentemente a nova legislação, aplicada pelo Memorando Circular nº 72/2018, do Departamento de Saúde Animal/PNSA/MAPA/Brasil, liberou a utilização, em todo território nacional, da vacina recombinante, para proteger as aves contra os avanços da doença.

“A Laringotraqueíte infecciosa é causada por um alfaherpesvírus, e hoje não sabemos o real status de disseminação da enfermidade no país, visto que o vírus nem sempre causa a doença clínica, muitas vezes o vírus causa apenas uma infecção (assintomática), o que também é um risco, pois deixará aquela população exposta vulnerável para o surgimento da LTI”, explica a Profa. Masaio.

No e-book, a pesquisadora apresenta a trajetória do vírus nas granjas, mostrando o caminho que ele percorre desde a infecção de uma ave, até a infecção de todo plantel, abordando, assim, como o vírus circula de uma população a outra.

“Para conter a doença é preciso entender profundamente o seu mecanismo de transmissão, e só assim será possível preveni-la. Por isso, no material também abordo as medidas necessárias para proteção das aves e que envolve a vacinação associada à aplicação e manutenção de medidas de biosseguridade na granja”, finaliza a Profa. Masaio.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 9 =

Empresas

Polinutri estará presente com estande na IPPE

Presença no evento que marca o início da agenda dos grandes eventos da cadeia de produção de proteína animal está alicerçada na consolidação internacional da Polinutri

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Polinutri inicia 2020 com pé direito. Após dois intensos anos de trabalhos para internacionalização da companhia, a empresa confirma presença no maior encontro da cadeia de produção de proteína animal das Américas, a International Production & Processing Expo (IPPE, Atlanta/Estados Unidos) que acontecerá de 28 a 30 de janeiro. “Sempre estivemos envolvidos neste encontro seja como expositor ou visitante, mas nesta edição a Polinutri participará como expositora e apresentará todas suas soluções para a produção de proteína animal por meio do seu time internacional. Apresentaremos todas as plataformas de negócios voltadas para nutrição e saúde animal multiespécie Polinutri”, destaca o Gerente da Unidade de Negócios Internacionais Polinutri, Jonas Pereira.

O profissional revela que esta participação representa a coroação da internacionalização Polinutri. “Essa decisão consolida o posicionamento da companhia nos negócios internacionais e celebraremos este momento com todos clientes e parceiros presentes na IPPE, além de prospectar novas operações”, informa Jonas.

Neste trabalho de prospecção internacional a Polinutri já consolida presença em diversos mercados, relata o gerente da BU: “Contamos com distribuidores no Uruguai, Bolívia, Peru, Guiana, Suriname, Costa Rica, entre outros”, pontua e revela que a empresa iniciará ainda este ano negócios no Paraguai e Camarões.

A participação está amparada no projeto de internacionalização da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) com apoio do Setor de Promoção Comercial (SECOM) da Embaixada do Brasil em Atlanta.

 

-A Polinutri estará no pavilhão A87

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Avicultura

 Phibro Saúde Animal apresenta Amprosil, com nova formulação e padrão de qualidade, para combater com eficácia a coccidiose avícola

Fabricado com a molécula Original Amprolium, que é aprovada e comercializada em países da União Europeia e nos Estados Unidos, mercados extremamente exigentes quanto à qualidade e eficácia de aditivos para controle da coccidiose

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A PHIBRO SAÚDE ANIMAL amplia o arsenal de soluções para proteger os plantéis avícolas contra coccidiose. A empresa passa a oferecer no mercado brasileiro o novo Amprosil, aditivo anticoccidiano com padrão de qualidade Phibro, em nova formulação de alta performance para o controle dessa importante enfermidade na avicultura. “O novo Amprosil não é antibiótico e pode ser utilizado com segurança em sistemas de produção sem antibióticos ao longo de todo ciclo de vida das aves”, explica Daniel Miranda, gerente de marketing da Phibro.

Fabricado com a molécula Original Amprolium, que é aprovada e comercializada em países da União Europeia e nos Estados Unidos, mercados extremamente exigentes quanto à qualidade e eficácia de aditivos para controle da coccidiose. “O novo Amprosil é produzido a partir de matérias-primas sintéticas, sendo livre de material de origem animal, garantindo com isso que não haja risco de contaminação por encefalopatia espongiforme bovina (EEB)”, esclarece Daniel.

O Original Amprolium está em conformidade com os padrões da USP (United Farmacopeia dos Estados Unidos), BP (Farmacopeia Britânica) e IPC (Comissão de Farmacopeia da Índia), proporcionando aos avicultores uma alternativa viável e eficaz para a saúde intestinal das aves.

O produto é fabricado com o Original Amprolium de acordo com as Atuais Boas Práticas de Fabricação (CGMP) na União Europeia e em conformidade com todas as leis aplicáveis e regulamentos.

Com a nova formulação, o novo Amprosil, pode ser usado ao longo do ciclo de vida das aves: desde o primeiro dia dos pintos até 5 dias antes do abate, em todas as condições climáticas e localizações geográficas e com múltiplos protocolos de produção.

A Phibro Saúde Animal é líder no mercado brasileiro de anticoccidianos, oferecendo marcas reconhecidas, como Nicarmix, Aviax Plus e Coxistac.

Fonte: Assessoria da Phibro
Continue Lendo

Empresas Avicultura

Especialistas da Cobb-Vantress debatem incubação de ovos e matrizes de frango

Workshop realizado em Recife, PE, teve foco na capacitação de profissionais para o setor avícola

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Cobb-Vantress, uma das principais fornecedoras de matrizes de frangos de corte e serviços técnicos da avicultura, deu sua contribuição em mais um evento do setor. Em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana de Recife, PE, dois especialistas proferiram palestras que integraram o Curso Internacional sobre Incubação de Ovos e Curso Internacional sobre Matrizes de Frangos de Corte, promovido pela Fundação Apinco de Ciência e Tecnologia Avícolas (Facta) nos dias 25, 26 e 27 de novembro.

Além de patrocinar o evento, a Cobb-Vantress ofereceu os especialistas, que propuseram em suas apresentações temas fundamentais para que as empresas e profissionais da avicultura possam ganhar mais eficiência. Para centenas de profissionais, o diretor de Produção de Incubatório da Cobb-Vantress na América do Sul, Eduardo Costa, esmiuçou o tema “Do incubatório à granja de corte: manejo de transporte e ambientação na primeira semana de vida”. Costa destacou ao público presente as necessidades do acompanhamento rigoroso dos processos nessa etapa, que ele considera “crucial para o sucesso da atividade e para bons resultados”.

No curso sobre Ambiência para Matrizes, Costa também falou sobre instalações, equipamentos, ventilação e ambientação. De acordo com ele, são pontos importantes para que se consiga obter o máximo desempenho da linhagem Cobb. Ele ainda falou sobre o manejo de fêmeas, também parte crítica para se obter bons resultados com as matrizes de corte.

O especialista Mundial em Nutrição da Cobb-Vantress, Vitor Hugo Brandalize, falou sobre o manejo nutricional e os programas de alimentação para machos. Segundo ele, é um dos pontos centrais para a consolidação de uma criação de destaque. O objetivo da participação dos profissionais foi o fomento e a difusão de novos conhecimentos e tecnologias para o desenvolvimento da avicultura.

Fonte: Assessoria da Cobb
Continue Lendo
Biochem site – lateral
Mais carne

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.