Conectado com

Empresas Bovinos

Ceva Saúde Animal desenvolve protocolo de IATF sem o hormônio eCG e com excelentes resultados a campo

cada R$ 1,00 investido em IATF proporciona retorno de R$ 4,50 para os pecuaristas na forma de mais bezerros/ano

Publicado em

em

Rudsen Pimenta, gerente da linha de produtos para gado de corte da Ceva Saúde Animal - Foto: Divulgação

O Brasil é um campeão mundial de pecuária e de uso das modernas tecnologias de reprodução animal. Anualmente, cerca de 13 milhões de vacas e novilhas de corte e de leite utilizam protocolos de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo), técnica comprovadamente eficaz para aumentar os índices de reprodução. Esse número cresce ano após ano.

“Produtividade é o nome do jogo e o objetivo é que cada vaca do rebanho gere um bezerro por ano. Aquelas que não conseguem cumprir esse objetivo reprodutivo quase sempre não têm segunda chance e são descartadas. A IATF é, comprovadamente, uma solução que contribui para o aumento da produção”, explica Rudsen Pimenta, gerente da linha de produtos para gado de corte da Ceva Saúde Animal. “Além disso, trata-se de uma questão econômica: cada R$ 1,00 investido em IATF proporciona retorno de R$ 4,50 para os pecuaristas na forma de mais bezerros/ano”.

A IATF é utilizada no Brasil desde o início dos anos 2000, com sucesso cada vez maior. Porém, simultaneamente aos benefícios proporcionados pela técnica, novos desafios são colocados para os pecuaristas e técnicos. O mais recente deles está relacionado à questão do bem-estar animal. Instituições de defesa dos animais e outros agentes ligados à cadeia da carne e do leite pressionam pela substituição do eCG na Europa e, como em outros casos recentes, essa pressão também pode chegar ao Brasil”, informa Rudsen.

A Ceva Saúde Animal levou esse desafio muito a sério e, após dois anos de pesquisas e estudos de campo, está colocando no mercado brasileiro uma alternativa ao uso do eCG, o protocolo Ceva HBE, parte do programa ReprodAction.

O novo protocolo de IATF da Ceva substituiu o eCG pelo hormônio hCG (gonadotrófica coriônica humana), extraído da urina de mulheres grávidas.

“O protocolo Ceva HBE para vacas a campo em anestro mostrou-se extremamente competitivo nos experimentos feitos a campo, com excelente retorno do investimento e sem nenhum questionamento ético quanto ao bem-estar animal”, explica Rudsen Pimenta.

 

O hCG apresenta as seguintes características:

  • atividade biológica de 30 horas;
  • forte ação LH e quase nenhuma ação FSH;
  • fonte: urina de mulheres grávidas;
  • usado normalmente como indutor de ovulação e agora como suporte gonadotrófico ao folículo.

 

Compõem o protocolo Ceva HBE os seguintes produtos: Benzoato HC (estradiol), Prociclar (progesterona intravaginal), Luteglan (prostaglandina) e o lançamento: Fertigon (hCG). O gerente da linha de produtos para gado de corte da Ceva Saúde Animal ressalta que o sucesso dessa descoberta só foi possível graças ao perfil de liberação de progesterona do Prociclar, já que tentativas anteriores com outros dispositivos foram frustradas.

Estudos da Ceva conduzidos em colaboração com os laboratórios do prof. Pietro Baruselli (FMVZ/USP) e do professor Roberto Sartori (ESALQ/USP) comprovam a viabilidade do uso de hCG + benzoato de estradiol no protocolo Ceva HBE, no momento de retirada do dispositivo Prociclar de progesterona, proporcionando “ótima dinâmica folicular e resultados positivos em termos de prenhezes a campo”. O protocolo Ceva HBE foi testado a campo em uma fazenda comercial envolvendo 1.120 vacas, com 60,6% de taxa de concepção média em 6 lotes.

“A Ceva tem muita satisfação em oferecer à pecuária brasileira o protocolo IATF para vacas a pasto em anestro com hCG em substituição ao eCG e, o melhor, com muito bons indicadores de desempenho. Essa inovação reforça o nosso compromisso de desenvolver novas tecnologias e colocar à disposição do mercado nacional”, ressalta Rudsen Pimenta.

Fonte: Assessoria da Ceva
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − doze =

Empresas Prosa de campeão:

Ceva Saúde Animal promove dia especial a vendedores de destaque, com show exclusivo e curso especial

Ao todo, 45 clientes da companhia foram contemplados, além de cinco vendedores da própria Ceva

Publicado em

em

Foto: Divulgação

A Ceva Saúde Animal realizou a campanha “Prosa de Campeão”, durante os meses de junho, julho e agosto, para reconhecer o trabalho dos melhores vendedores de medicamentos da companhia em todo o país. Os resultados foram comemorados em evento realizado em 21 de setembro.

Ao todo, 45 clientes da companhia foram contemplados, além de cinco vendedores da própria Ceva. A prosa desses campeões os levou ao Hotel San Raphael Country, em Itu (SP). Lá, eles participaram de show exclusivo da dupla Rionegro & Solimões, onde puderam tirar foto com os famosos e cantar seus sucessos.

“Para reconhecer e incentivar o trabalho desses exímios vendedores também oferecemos um curso de cortes de carnes, realizado pelo Vila Beef, para que os participantes pudessem tirar todas as suas dúvidas e aprender a fazer um super churrasco”, conta a gerente da linha de produtos para pecuária leiteira da Ceva, Beatriz Ortolani.

A venda de 17 produtos colocou os profissionais na disputa: os anti-inflamatórios Dexacort, Ketofen, NGF-5 e Niglumine; os antimicrobianos Florkem, Oxitape LA, Tilmicovet, Tyladen e Curseon; os bactericidas Amoclox S, Cefavet e Partocilina; o cicatrizante Cicatrilex; o endectocida Ade-Tec; o estimulante do sistema digestivo Indigest; o terapêutico contra babesiose (tristeza parasitária) Vivazene; e o tônico revigorante Roboforte.

“Mais do que ‘premiar’ os nossos campeões de prosa para venda de medicamentos veterinários, a aproximação nesse evento teve como objetivo estreitar os laços da empresa com clientes”, afirma Beatriz. “A Ceva cuida dos animais investindo em pessoas e em produtos inovadores. Foi um fim de semana muito divertido.”

Fonte: Assessoria da Ceva
Continue Lendo

Empresas

Parceira da austro-brasileira Biosen, executivos da Agromed realizaram visita ao Brasil

Executivos passaram uma semana no país e reforçaram o compromisso com o desenvolvimento da cadeia de produção de proteína animal por meio de investimento em tecnologia para a alimentação animal

Publicado em

em

Foto: Divulgação

Atenta a demanda global por alimentos e amparada nas projeções da Food and Agriculture Organization (FAO, Roma/Itália), que prevê o aumento da população mundial, é que a Agromed (Áustria) esteve em visita ao Brasil juntamente com a sua parceira Biosen para estreitar relacionamento com os elos da cadeia de produção de carnes, leite e ovos.

“Há seis anos mantemos esta parceria oferecendo soluções nutricionais não antibióticas da Agromed para o mercado de nutrição animal de toda a América Latina. São ingredientes que ganham expressão pela entrega de resultados expressivos tano pelo lado zootécnico como econômico”, discorre o Diretor Geral da Biosen, Fernando Toledano.

De 7 a 11 de outubro os executivos da Agromed visitaram clientes e parceiros com a finalidade de estreitar relacionamento, fortalecer acordos e desenvolver novos negócios. “O Brasil, como player mundial de alimentos, faz parte da estratégia de crescimento dos negócios da Agromed, por isso a importância destas vistas”, informa Toledano.

 

Fonte: Assessoria da Biosen
Continue Lendo

Empresas

Novus reconhece Mantiqueira e Cogran com Bússola da Sustentabilidade

Empresas com atuação em Minas Gerais desenvolvem ações concretas nos pilares ambiental, social e econômico para benefício de parceiros, clientes e toda a região.

Publicado em

em

Mantiqueira - Fotos: Divulgação

Para ir longe, vá acompanhado de quem compartilha valores e objetivos alinhados aos seus. Foi por isso que a Novus Int. homenageou a Cogran (Cooperativa dos Granjeiros do Oeste de Minas) e o Grupo Mantiqueira, em setembro, com o troféu Bússola da Sustentabilidade.

O reconhecimento ocorreu com base em cinco critérios adotados globalmente pela Novus: “Colaboradores engajados e preparados”, “Produção animal sustentável”, “Nutrição e saúde humana”, “Eficiência na cadeia de abastecimento” e “Produtividade e rentabilidade do cliente”.

“Com este troféu, celebramos as parcerias em busca de soluções para melhorar desempenho, diminuir o impacto ao meio ambiente e beneficiar as pessoas. A homenagem considera as tecnologias nutricionais de cada produtor e período de utilização, a fim de estimar seu impacto positivo na cadeia”, explica Roberto Vituzzo, diretor-geral LAS da Novus.

Bússola da Sustentabilidade

Conheça mais sobre as homenageadas:

Mantiqueira

O Grupo Mantiqueira é, hoje, o principal produtor de ovos da América do Sul (uma das 12 maiores granjas do mundo) e conta com clientes em 22 estados e seis países.

“A Bússola indica que estamos no caminho certo para uma produção eficiente, adequada às novas demandas e que respeita o meio ambiente, recursos naturais e animais, bem como as pessoas”, avalia Leandro Pinto, presidente do Grupo Mantiqueira.

Com mais de 30 anos de atividade, a empresa conta com 2,1 mil colaboradores em diferentes áreas para a produção de 2 bilhões de ovos ao ano, com o alojamento de 11,5 milhões de galinhas e, além de duas fazendas de gado. No caso das aves, as soluções nutricionais da Novus geram mais renda e menos impacto ambiental.

Números de uma empresa líder e consciente de que os três pilares da sustentabilidade (social, ambiental e econômico) andam juntos. André Carreira Carlos, zootecnista do Grupo, lembra que produzir alimentos desta forma é um princípio previsto na própria missão da Mantiqueira.

“Sempre buscamos aprimorar e estabelecer novas práticas voltadas para a sustentabilidade em nossos processos desde o início de nossas atividades. Atualmente, já com conhecimento avançado no assunto, vemos que este tema só tende a crescer em importância para a companhia”, prevê.

A empresa também mantém diversas ações voltadas ao meio ambiente como o tratamento da água das granjas, a compostagem dos resíduos para produção de um condicionador de solos de alto valor agronômico, além de coleta seletiva nas unidades e outras práticas no cotidiano.

No aspecto social, a atuação faz parte do cotidiano e até com ações pioneiras. A Mantiqueira, por exemplo, foi a primeira a criar um Food Truck Social beneficente no país. O chamado Egg Truck distribui lanches gratuitos com ovos e leva informações nutricionais para instituições no eixo Rio/SP, entre outras.

Leandro Pinto e Henrique Prata

Cogran

Antônio de Melo Silva, presidente da Cogran, explica que a empresa reúne 72 avicultores e suinocultores, sendo uma das maiores cooperativas de Minas Gerais com a produção mensal de 2 milhões de frangos e 40 mil suínos para os mercados mineiro, fluminense e das regiões Norte e Nordeste.

“Este reconhecimento é uma maneira efetiva de informar ao público em geral e nossos parceiros sobre a evolução da nossa nutrição animal, seja na melhoria de resultados zootécnicos e econômicos, como no aumento da segurança para a saúde humana e animal e a sustentabilidade ao meio ambiente”, frisa Donizetti Ferreira do Couto, gerente Unidade de Premix.

Localizada no Oeste de Minas Gerais, a cooperativa tem 575 colaboradores diretos, um abatedouro de aves e uma unidade de processamento de carne suína, além de armazém de distribuição de insumos e uma fábrica de premix.

Até por ser uma cooperativa, a Cogran tem em seus ideais de fundação, há quase 40 anos, a preocupação de conduzir seus integrantes às melhores práticas seja em eficiência e sustentabilidade como forma de garantir a continuidade de suas atividades.

“Buscamos o pilar econômico da sustentabilidade com a validação permanente de parceiros com princípios técnicos e comerciais que favoreçam o sistema ganha–ganha. Assim, temos condições de evoluir em nosso planejamento econômico, sobretudo o estratégico”, explica Donizetti.

Sobre o pilar ambiental, a cooperativa vai além da legislação e começa desde os pequenos anos até a formação cultural de todos os colaboradores no sentido de zelar pelo meio ambiente.

Os colaboradores recebem regularmente treinamentos sobre preservação ambiental e uso correto de recursos naturais, entre eles, a água, o ar e o solo. Equipes especializadas, inclusive, estabelecem os parâmetros técnicos necessários para os projetos ambientais, seja quanto ambiência, uso correto de aditivos nutricionais e documentação oficial.

O cuidado com os recursos naturais se repete no pilar social. Além do modelo de cooperativa, que permite a seus associados total autonomia em sua propriedade, a Cogran participa ainda de programas voluntários de desenvolvimento de entidades locais para apoio a crianças, idosos e outros grupos.

Fonte: Assessoria da Novus
Continue Lendo
AB VISTA Quadrado
PSA
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.