Conectado com
FACE

Empresas Leite

Casa Glória traz ao mercado novidade em equipamento para vacas leiteiras

R-CCS separa o leite contaminado com mastite, garantindo a produção e a segurança alimentar

Publicado em

em

O RCC-S ajuda a separar o quarto infectado e a reduzir a CCS do tanque - Divulgação.

Classificada como uma inflamação da glândula mamária gerada por bactérias e fungos que atingem um ou mais quartos mamários da vaca, a mastite se apresenta em dois tipos: mastite clínica e a mastite subclínica (CCS). A forma clínica da infecção é comumente identificada por meio do teste da caneca, feito diariamente e em todas as ordenhas.

Na identificação da mastite subclínica, a Contagem de Células Somáticas (CCS) é avaliada em um exame de laboratório ou testes realizados na ordenha. A CCS tem um importante papel no controle da saúde da glândula mamária de vacas de leite, uma vez que o aumento da CCS do leite é a principal causa da incidência de infecções intramámarias causadas, principalmente, por bactérias. Para auxiliar o produtor no manejo adequado e evitar desperdício, a Casa Glória Suprimentos Inteligentes traz para o mercado brasileiro o R-CCS.

Já utilizado em mercados como os Estados Unidos da América, Nova Zelândia, Holanda e Reino Unido, o produto é um separador de leite contaminado com mastite clínica e subclínica (CCS), hemorragias e tetos machucados, e garante que o leite sadio não tenha contato com o produto contaminado. Dessa forma, todos os tetos do animal podem ser ordenhados simultaneamente, separando os infectados para o equipamento R-CCS e aproveitando o leite dos tetos saudáveis.

“Com essa ordenha assertiva é possível garantir que o pecuarista tenha uma maior produção de leite, menores taxas de CCS no tanque, mais produtividade e menos descarte. Além disso, separar o quarto infectado ajuda a reduzir a CCS do tanque e melhorar o preço do leite nos programas de premiação”, explica Patrícia Braga, médica-veterinária da empresa +Leite Soluções Zootécnicas e consultora da Casa Glória.

O R-CCS se destaca por racionalizar a mão de obra, o tempo de ordenha e evitar a contaminação do tanque. É uma solução para os produtores que almejam por praticidade e excelência nos resultados, facilitando a tomada de ação e evitando ou diminuindo o uso de antibióticos na produção, visto que a relação entre a alta incidência de CCS do leite e a presença de resíduos de antimicrobianos pode ser danosa à saúde humana.

Praticidade no manejo

“O produto foi desenvolvido para ser simples, prático e eficiente. A ordenha é realizada embaixo da vaca e por ser manual tem uma instalação rápida e não atrapalha a ordenha nem a movimentação dos ordenhadores”, detalha a médica-veterinária.

“Na +Leite somos especialistas em qualidade do leite, desde nossa fundação nos dedicamos a levar ao produtor o que existe de melhor para se alcançar esse resultado. Temos também um laboratório especializado em análise de cultura para identificar os agentes causadores da mastite. Agora, com o auxílio do separador de leite R-CCS, entregamos também praticidade, pois quando identificamos um teto com mastite conseguimos realizar a ordenha simultânea sem atrapalhar a rotina mecânica da ordenha”, detalha Patrícia.

Entre as vantagens do produto está a ordenha simultânea dos tetos sadios, economia de tempo, utilização do sistema de vácuo do animal e aproveitamento da ocitocina (hormônio natural liberado durante a ordenha que tem papel fundamental para a manutenção da lactação e descida do leite), garantindo também um maior bem-estar do animal.

Fonte: Ass. de Imprensa.
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + treze =

Empresas Parceria

MCassab traz ao mercado sul-americano duas novas soluções para suinocultura

Soluções têm propósito de atender a nova demanda sobre qualidade de carcaça de suínos e isospora em leitões

Publicado em

em

Arquivo / OP Rural

Reforçando o compromisso em levar aos clientes soluções inovadoras em Nutrição e Saúde Animal, o Grupo MCassab vem investindo cada vez mais em soluções pautadas de tecnologias. O objetivo é atender os mais variados mercados importadores de proteína animal.

Para tornar o objetivo uma realidade, a Linha de Saúde Animal e Especialidades ganha um reforço importante no portfólio de produtos naturais e na substituição de soluções convencionais.

Em parceria com a empresa Francesa IDENA, referência em soluções naturais na Europa, o Grupo MCassab traz ao mercado sul-americano duas novas soluções: o ValiMP e o Forcix SW, ambos com propósito de atender a nova demanda sobre qualidade de carcaça de suínos e isospora em leitões.

O Grupo MCassab continua desenvolvendo soluções inovadoras, juntos com os parceiros, para entregar o melhor ao agronegócio.

Continue Lendo

Empresas Suinocultura.

Pigger Cream a escolha ideal para o apoio a matrizes hiperprolíficas

O desenvolvimento da suinocultura nacional exige o uso de tecnologias nutricionais e ferramentas para o suporte aos desafios diários da atividade

Publicado em

em

Claudilene Aparecida Costa / Divulgação

Sempre em busca por soluções nutricionais voltadas para a suinocultura é que a Polinutri, empresa especializada em nutrição animal sediada em Osasco (SP), trouxe para o mercado o Pigger Cream, produto lançado no início de 2019 como forma de apoio ao manejo as fêmeas hiperprolíficas em parceria com a Liprovit (Holanda).

“Este é um alimento em linha ao notório avanço genético e a alta prolificidade das granjas nacionais que em muitos casos atingem índices superiores a 18 leitões vivos/porca”, explica a Gestora Comercial da Polinutri, Camila Brandão.

De acordo com o Gerente de Negócios Suinocultura da Polinutri, Felipe Ceolin, ao longo deste período, os resultados da parceria entre a Polinutri e a empresa holandesa têm sido consistentes e motivo de comemoração. Isso por conta da qualidade e facilidade do uso do Pigger Cream. “Oferecemos para o mercado um leite UHT palatável de elevada qualidade nutricional que atua diretamente para o desenvolvimento de leitões fortes e saudáveis, além de ser pronto para uso”, detalha Felipe.

Quem atesta todas essas considerações é a encarregada de Maternidade na Agropecuária Ponta Verde, Leopoldo de Bulhões (GO), Claudilene Aparecida Costa. Em um plantel formado por 626 matrizes ela relata que passou a fazer uso do Pigger Cream com objetivo de reduzir os índices de mortalidade neonatal da granja.  “Passamos a utilizar o Pigger Cream para leitões de baixa viabilidade. Estratégia que já apresenta resultados por meio da redução da mortalidade desses leitões”, relata e continua: “o que mais surpreendeu foi uma leitegada prematura com 106 dias de gestação. Fornecemos o Pigger Cream misturado ao leite, 50% de cada nos dois primeiros dias. Dos 12 leitões nascidos conseguimos salvar 10 leitões.”

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Contratação

Departamento Técnico/Comercial Aves – Norte conta com reforço

Área de avicultura da Vetanco conta com os trabalhos de Roney desde Novembro de 2020

Publicado em

em

Roney da Silva Santos / Divulgação

O Técnico Agrícola Roney da Silva Santos passou a integrar o time da Vetanco desde novembro do ano passado.

Roney tem formação no Técnico Agrícola com Habilitação em Agricultura e Zootecnia pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Bambuí (hoje Instituto Federal de Minas Gerais – IFMG) e é pós-graduando em Gestão do Agronegócio pela Faculdade Famart de Itaúna/MG.

O Assistente Técnico tem experiência na área de avicultura onde atuou na assistência técnica para a criação de frangos de corte, biossegurança e construção de aviários.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.