Conectado com

Notícias

Carne de frango é a proteína animal mais consumida no Brasil

Com a tecnologia atual, a produção é mais segura e sustentável, resultando em uma proteína com baixo teor de gordura, sabor, textura e cheiro agradáveis, alto valor nutricional e com preço acessível

Publicado em

em

O Brasil é referência em frango. É o maior exportador, segundo lugar no ranking de produção e o quarto país que mais consome a carne. No mercado interno a preferência do consumidor por essa proteína animal é alta. No ano passado o brasileiro consumiu 42 quilos de carne de frango, 186% a mais do que a suína e 59% superior à bovina. Essa força é resultado da qualidade do alimento, atingida com um processo produtivo seguro e eficiente.

Com um abate no ano passado de 1,79 bilhão de aves, 66% da produção é destinada ao mercado interno. De acordo com os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) a carne de frango é a proteína animal mais consumida no Brasil, e ainda em crescimento. De 2016 para 2017 houve um acréscimo de 2,18% no consumo per capta, saindo de 41,2 quilos e atingindo 42, enquanto a carne bovina chegou a 26,47 kg/habitante e a suína 14,7.

Consuma mais

Consumo que ainda tem potencialidade. O vice-presidente da Associação dos Avicultores do Oeste do Paraná (Aaviopar) Edenilson Copini afirma que o consumo vem caindo ao longo dos anos. “Houve queda de uns 5 kg por habitante desde os melhores anos, por volta de 2011. Isso aconteceu com todas as carnes, sabemos que motivado muito pela crise, que fez o brasileiro reduzir a proteína animal. Porém na cadeia do frango ainda temos o problema do excesso de produção. Agora o preço deve reduzir ainda mais e o consumo aumentar”, avalia.

Pensando justamente em incentivar esse consumo apresentando à população os benefícios do da carne de frango e toda a tecnologia envolvida no processo produtivo desta proteína, o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) está realizando a Campanha de Incentivo ao Consumo de Carne de Frango.  O presidente do Sindicato Domingos Martins afirma que esta é uma ação que proporciona benefícios aos consumidores e também ao setor avícola. “Com a consolidação de um setor que foca na qualidade e produtividade", afirma.

Qualidade produtiva

Setor que avança constantemente na busca pela melhoria da produção. O gerente de fomento de frangos Eduardo Leffer afirma que o produto brasileiro apresenta excelente qualidade e segurança para o consumidor. Ele exemplifica que a ração tem como base milho e soja com o mesmo nível de qualidade que é consumido pela população, ambiente de criação do frango climatizado durante 100% da vida da ave.

“Ainda os frangos são prevenidos de enfermidades pelas mais modernas tecnologias de vacinas.  As granjas possuem isolamentos, 100% delas são monitoradas para salmonela. E ainda há controle de qualidade das empresas, que monitora toda a cadeia. Todos os frangos produzidos pelas agroindústrias são inspecionadas pelo serviço de inspeção Federal (SIF)”, completa.

Apoio à causa

A campanha recebe o apoio do deputado estadual do Paraná José Carlos Schiavinato. Ele é presidente da Frente Parlamentar sobre o embargo da União Europeia à carne de frango brasileira da Assembleia Legislativa do Paraná e defende o setor. “Além de atuarmos para minimizar essa crise provocada pela restrição e buscarmos a solução, temos que incentivar e promover o consumo do frango. Mostrar que não pode haver desconfiança nos serviços veterinários brasileiro, já que o embargo é mais decorrente de questões comerciais. Temos que buscar o fortalecimento da cadeia produtiva”, finaliza.

“O frango é uma excelente proteína magra, indispensável para uma alimentação saudável”

A escolha dos brasileiros pela carne de frango também é motivada pelo seu sabor e valor nutricional. Ela está entre as melhores proteínas de origem animal, com baixo teor de gordura, rica em vitaminas e minerais.  “O frango é uma excelente proteína magra, indispensável para uma alimentação saudável e equilibrada”, avalia a nutricionista Sofia Perinazzo.

Ela explica que o frango é considerado uma carne branca, mais magra, com menor quantidade de gordura saturada. “Ainda contém vitamina B3; importante contra o câncer, vitamina B6; ferro; fósforo e outros nutrientes que auxiliam no metabolismo, saúde do cérebro, coração, entre outros benefícios”.

Porém, a nutricionista ressalta que mesmo sendo uma carne saudável, é preciso alguns cuidados, como a forma de preparo, evitando frituras, e ainda a quantidade consumida. “Como tudo, para uma dieta balanceada, é preciso equilíbrio, nada de exageros. O frango tem a vantagem de ter sabor suave e ser de fácil aceitação, podendo ainda ser consumido de diversas formas, em várias receitas”, acrescenta.

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =

Notícias Investimento

C.Vale investirá R$ 500 milhões em indústria de farelo e óleo de soja

Nova planta industrial terá capacidade para processar 2.500 toneladas de soja por dia, com possibilidade de ampliação para até 3 mil toneladas/dia

Publicado em

em

Divulgação

A C.Vale vai construir uma indústria para esmagamento de soja em Palotina, PR. O presidente da cooperativa, Alfredo Lang, e o governador do Paraná, Ratinho Júnior, assinaram nesta quarta-feira (23), em Curitiba, protocolo prevendo tratamento fiscal diferenciado que resultará no novo empreendimento. A nova planta industrial terá capacidade para processar 2.500 toneladas de soja por dia, com possibilidade de ampliação para até 3 mil toneladas/dia. Quando alcançar a capacidade plena de operação, o consumo de soja será de 50 mil sacas/dia.

 Lang revelou que a nova estrutura exigirá investimentos de R$ 552 milhões em oito anos. Ele explicou que, numa primeira etapa, a indústria produzirá farelo de soja para a produção de rações. A cooperativa mantém sistemas de integração que produzem, atualmente, 620 mil frangos/dia e 100 mil tilápias/dia, e ainda fabrica rações para bovinos e suínos. Conforme Lang, as obras da esmagadora de soja devem iniciar já em 2021 e serem concluídas em 2023. “É um sonho antigo dos nossos associados que estamos realizando. Começaremos com a fabricação de farelo e óleo, e depois vamos ampliar o leque com outros produtos”, revelou.

O novo empreendimento resultará na criação de 70 empregos diretos, numa primeira etapa.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Sanidade Vegetal

Mapa registra 31 defensivos agrícolas genéricos, com quatro produtos biológicos

Com a publicação de hoje, 2020 soma 60 produtos de baixo impacto registrados; esse é o maior número de registros de produtos desse perfil em um mesmo ano

Publicado em

em

Divulgação/Jacto

O Ato n° 55 do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária, publicado nesta quarta-feira (23) no Diário Oficial da União traz o registro de 31  defensivos agrícolas formulados. A publicação divulga quais foram os produtos formulados que foram registrados e efetivamente estarão disponíveis para uso pelos agricultores.

Todos os produtos utilizam ingredientes ativos já registrados anteriormente no país. “Os novos registros são importantes pois diminuem a concentração do mercado de defensivos e aumentam a concorrência. Isso acaba resultando em um comércio mais justo e em menores custos de produção para a agricultura brasileira”, explica o coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins, Bruno Breitenbach.

Dos produtos registrados hoje, quatro deles são compostos por microrganismos como a Beauveria bassiana, o Bacillus thuringiensis, o Metarhizium anisopliae e o vírus Spodoptera frugiperda multiplenucleopolyhedrovirus que são agente biológicos de controle de pragas que atacam os cultivos brasileiros. Os produtos poderão ser utilizados em qualquer cultura em que forem encontradas as pragas para as quais esses agentes biológicos possuem recomendação de controle. Dois desses produtos poderão ser utilizados nas produções orgânicas certificadas.

Com a publicação de hoje, 2020 soma 60 produtos de baixo impacto registrados. Esse é o maior número de registros de produtos desse perfil em um mesmo ano.

Os produtos que utilizam agentes de controle biológicos são alternativas de controle para os agricultores no combate às pragas, ao mesmo tempo que contribuem para o aumento da sustentabilidade da agricultura nacional.

Do total de produtos registrados e divulgados hoje, alguns contém mais de um ingrediente ativo. A maioria dos ingredientes ativos registrados já têm registros nos Estados Unidos, na Europa e na Austrália.

Todos os produtos registrados foram analisados e aprovados pelos órgãos responsáveis pela saúde, meio ambiente e agricultura, de acordo com critérios científicos e alinhados às melhores práticas internacionais.

Fonte: MAPA
Continue Lendo

Notícias Internacional

Processamento de soja na Argentina cai mais de 20% em agosto na comparação anual

Processamento em agosto rendeu 2,5 milhões de toneladas em farelo de soja e 657.229 toneladas de óleo de soja

Publicado em

em

Danilo Estevão/Embrapa

A Argentina, maior exportador global de soja processada, viu os volumes esmagados do grão caírem 20,6% na comparação anual em agosto, para 3,3 milhões de toneladas, segundo dados do ministério da agricultura do país.

Nos primeiros oito meses do ano, as unidades de esmagamento de soja argentinas processaram um total de 25,9 milhões de toneladas, ou 9% abaixo do visto no mesmo período do ano passado, segundo relatório mensal do governo divulgado na noite de segunda-feira (21).

O processamento em agosto rendeu 2,5 milhões de toneladas em farelo de soja e 657.229 toneladas de óleo de soja. A soja processada será fornecida a compradores na Europa e no Sudeste Asiático.

A Argentina colheu 49 milhões de toneladas de soja na safra 2019/20, encerrada em julho, abaixo das 55,3 milhões de toneladas na temporada anterior.

O plantio da safra 2020/21 começará em outubro.

Fonte: Reuters
Continue Lendo
PORK EXPO

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.