Conectado com
OP INSTAGRAM

Empresas

B3 confirma JBS no Índice de Carbono Eficiente

Índice leva em conta compromisso das empresas com as metas de redução de gases de efeito estufa

Publicado em

em

Divulgação.

A JBS S.A. (“Companhia” ou “JBS” – B3: JBSS3; OTCQX: JBSAY), nos termos da Instrução CVM nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi mais uma vez escolhida para fazer parte da carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2) da B3, que leva em conta o compromisso das empresas com as metas de redução de gases de efeito estufa.

A edição de 2021 é a primeira a contemplar empresas pertencentes ao IBrX 100 que apresentaram formalmente seus inventários de emissões de gases de efeito estufa à B3. Anteriormente, eram convidadas apenas as empresas que faziam parte do IBrX 50, ou seja, as detentoras das 50 ações mais negociadas da bolsa.

JBS tem obtido importantes reconhecimentos em sustentabilidade 

A presença na carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2) da B3 não foi o único reconhecimento sustentável recebido pela JBS. A CDP, maior e mais respeitada plataforma global de informações corporativas de sustentabilidade, divulgou no último dia 08 de dezembro os resultados dos reportes relativos ao ano de 2019, que demonstraram que a JBS avançou em critérios avaliados, ocupando a melhor posição entre as brasileiras do setor Food, beverage & tobacco.

A empresa foi avaliada em três frentes: Mudanças Climáticas; Segurança Hídrica; e Florestas, sendo esta última dividida nas categorias Madeira, Gado e Soja. Em 2020, a JBS subiu de B para A- em Mudanças Climáticas, atingindo o nível de liderança no tema, e de B- para B em Florestas: Soja, mantendo a nota B nos demais itens analisados.

A evolução no ranking Coller FAIRR Protein Producer Index, divulgado em novembro de 2020, foi outro importante reconhecimento recente recebido pela JBS. A Companhia saltou oito posições na classificação geral (o maior entre as companhias brasileiras listadas na B3), em crescimento que demonstra claramente o compromisso da JBS em avançar em suas práticas sustentáveis e transparência.

“Essa é uma validação muito relevante e uma demonstração clara de que estamos trabalhando fortemente na transição para uma economia de baixo carbono, além de estarmos entregando ao mercado dados cada vez mais transparentes”, destaca Márcio Nappo, diretor de Sustentabilidade da JBS.

 

Fonte: Ass. de Imprensa
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 9 =

Empresas Avicultura

Programas Integração e Mais Grãos da Avivar são pauta do VetanCast #10

Publicado em

em

Foto: Divulgação

O diretor de logística e suprimentos da Avivar Alimentos, Eliênio Costa, é o convidado do podcast que foi ao ar nesta segunda-feira (18), no canal do VetanCast no Spotify. Este episódio trouxe um pouco sobre os programas Integração e Mais Grãos, desenvolvidos pela Avivar, que atua no Centro-Oeste mineiro, região pouco favorável à produção de grãos. “É um plano um pouco ambicioso, mas é um projeto de longo prazo. A gente estima aproximadamente 10 anos para a sua totalidade”, destacou Eliênio, em um dos momentos da conversa.

Sobre o VetanCast: O VetanCast é um projeto da Vetanco Brasil. Trata-se de uma ferramenta que foca na comunicação auditiva, através da realização de entrevistas com personalidades do agronegócio no formato de podcast. Cada episódio tem a duração de 12 minutos, e as publicações acontecem a cada 15 dias com a participação de um convidado.

Entre os intervalos do VetanCast, no mesmo canal também são disponibilizados os informativos em formato de áudio do Pílulas Técnicas Vetanco, com a apresentação de temas técnicos atualizados.

Para ter acesso a todo este conteúdo, deve-se acessar o Spotify e digitar VetanCast. Caso queira acompanhar as atualizações, clique no botão Seguir.

VetanCast #10: https://open.spotify.com/episode/5TGnuKLgRcyUc11g1oRrlU?si=u0Ko3rGjTZ-U1ge_BNwqyw

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas

American Nutrients recebe certificação em bem-estar animal

Produtos da linha de saúde do úbere atenderam critérios de avaliação durante auditoria de empresa da Nova Zelândia

Publicado em

em

Divulgação/American Nutrients

A American Nutrients, empresa especialista em saúde animal, com sede no estado do Rio Grande do Sul, recebeu a certificação em bem-estar animal para seus produtos da linha de saúde do úbere ORDENHA 10 pré-dipping e ORDENHA 10 pós-dipping, no último dia 13 de novembro. A comprovação é emitida pelo movimento #BebaMaisLeite, em parceria com a empresa de consultoria da Nova Zelânida QConz, sendo baseado nas regras da Organização Mundial de Saúde (OMS), bem como nas pesquisas desenvolvidas por universidades e instituições brasileiras e internacionais, adaptadas para a realidade da pecuária leiteira do Brasil.

O programa tem como objetivo credenciar empresas do setor agropecuário que estejam alinhadas com os propósitos de promover o bem-estar animal através de seus produtos ou serviços. “A conquista dessa certificação reforça o comprometimento da American Nutrients com a visão de saúde única, alinhando diretrizes que integram a saúde animal, humana e meio ambiente. Inovar na prática, levando as melhores soluções para nossos clientes e parceiros”, ressaltou o diretor da empresa Claus André Kettermann.

Os requisitos básicos para a certificação envolveram análises e indicadores específicos, integrando um eficiente controle de qualidade e de processos, atendimento à legislação vigente e estudos de eficácia. “Todos os produtos da linha de saúde do úbere da American Nutrients atenderam integralmente os critérios de avaliação do programa, comprovando que a empresa adota em seus processos, iniciativas voltadas a manutenção da saúde e bem-estar dos animais, garantindo segurança e confiabilidade para toda a cadeia da bovinocultura de leite”, ressaltou o diretor Kettermann.

As auditorias foram feitas pela QCONZ América Latina Consultoria e Treinamento, empresa que atua há 16 anos desenvolvendo sistemas de qualidade para setor primário e prestando serviços de auditoria, consultoria e treinamento. A empresa é líder de mercado na Nova Zelândia, além de ser referência em excelência para os órgãos públicos e indústrias do país em que atua.

Requisitos que foram auditados para a certificação:

– Atendimento integral à legislação vigente (Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento)

– Procedimentos de boas práticas de fabricação implementados

– Ambos os produtos devem possuir, em sua composição, matérias-primas que proporcionem conforto e bem-estar ao animal durante e após a ordenha

– Controle de processos durante a fabricação dos produtos, desde o recebimento das matérias-primas, análises de controle de qualidade e garantia de rastreabilidade

– Eficiência antimicrobiana comprovada dos produtos pré-dipping e pós-dipping, tanto in vivo, quanto in vitro, frente a microrganismos comumente relacionados a incidência de mastite clínica e subclínica

– Pós-dipping deve possuir potencial de hidratação do teto comprovado após o uso

– Treinamentos periódicos da equipe de produção e comercial

– Eficiente Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC)

– Possuir o conceito de sustentabilidade como cultura na empresa

Fonte: Ass. de Impressa.
Continue Lendo

Empresas Evento

FMC participa do Dia de Campo Digital da C.Vale com tecnologias sustentáveis para soja e milho

Publicado em

em

Entre os dias 18 a 22 de janeiro, a FMC participa do Dia de Campo digital C.Vale, levando inovações para os mercados de soja e milho. No evento, que será realizado em moderna plataforma online, a companhia estará presente com a equipe técnica especializada apresentando seu amplo e eficiente portfólio, com soluções para controle para pragas, plantas daninhas e doenças nas culturas de soja e milho, além de oferecer os benefícios do novo programa de relacionamentos da empresa, o JUNTOS produtor.

“Para nós, é uma grande satisfação estar presente nesse grande evento para estreitar nosso relacionamento com os produtores e com a C.Vale. Estamos com um portfólio ainda mais robusto, levando soluções e praticidade ao dia a dia do produtor, garantindo produtividade e sustentabilidade em sua lavoura. Além disso, queremos marcar uma nova etapa do relacionamento entre a empresa e os agricultores, com efeitos práticos na forma de buscar e multiplicar soluções personalizadas, tudo isso por meio do JUNTOS”, comenta o Gerente de Marketing Regional da FMC, Bruno Lucas.

O JUNTOS é um programa de benefícios, onde os produtores ganham FMC Coins toda vez que adquirem produtos da empresa nos estabelecimentos participantes. Para isso, basta fazer o upload das notas fiscais na plataforma juntosfmc.com.br. Com a moeda, é possível resgatar prêmios (catálogo online com as mais variadas opções) e benefícios exclusivos, como equipamentos, programas de capacitação e consultorias especializadas.

 

TECNOLOGIAS

Para a cultura da soja, a FMC destaca seu projeto de soja, que tem como objetivo divulgar as importantes iniciativas que a Companhia vem realizando com todos os elos da cadeia na troca de conhecimento e ações que buscam melhores práticas e resultados no campo.

Na ocasião, a equipe técnica da companhia apresentará, para ambas as culturas, os inseticidas Hero®, que utiliza sua alta potência inseticida para conter percevejos adultos, com resultados imediatos, Premio® e Avatar®, tecnologia de ponta para controle de lagartas, que promove a proteção da lavoura por mais tempo contra as espécies mais importantes do milho e da soja, e Talisman®, uma solução completa para manejo de percevejos, controlando ovos, ninfas e adulto e impulsionando a performance no manejo da praga. Outro destaque tecnológico para a cultura da soja é o herbicida pré-emergente Stone®, utilizado para controlar as plantas daninhas desde seu início, mesmo as mais difíceis, deixando o caminho limpo para a produtividade.

Continue Lendo
Dia Estadual do Porco – ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.