Conectado com
O Presente Rural Youtube

Empresas Inglês

Agricultura e Agroindustrialização ocupam o segundo lugar em empregabilidade no Paraná

95% da população brasileira não fala inglês – Fluência no idioma será um dos diferenciais para ocupar as as vagas disponíveis no estado

Publicado em

em

Indústria do Agronegócio é o que mais emprega no Paraná: inglês é o diferencial p/ conseguir vaga no setor (Foto: Markus Spiske)

Com o surgimento do novo Coronavirus e a necessidade de isolamento, a economia do Brasil foi e segue sendo afetada. Já são 12,9 milhões de trabalhadores em busca de uma oportunidade de trabalho. Só na segunda semana de Agosto, houve o aumento de 300 mil pessoas desempregadas. Esses dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No Paraná, o saldo negativo já atingiu 22 mil postos de trabalho, de acordo com o CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Neste cenário, as habilidades exigidas para as vagas no mercado de trabalho vão além das técnicas. Avaliações comportamentais, ter um segundo idioma, e aderência a valores globais são os diferenciais. ” Antes aprender inglês, fazer um curso superior ou mesmo um intercâmbio era possível apenas para quem tinha uma excelente condição financeira. Hoje é possível a preços justos e com ensino de qualidade. Basta dedicação do aluno”, explica Nathan Souza, professor e franqueado da escola de inglês, Minds Idiomas (Cascavel e Palotina).

Nathan é professor desde os 17 anos , e hoje com 26 anos abrirá a sua segunda escola de idiomas no estado do Paraná. A cidade escolhida foi Palotina, um dos 10 municípios que mais está empregando desde o começo da pandemia. De acordo com o CAGED, as cidades que apresentaram o melhor desempenho de empregabilidade são: Arapongas, Umuarama, Ponta Grossa, Rolândia, Ortigueira, Cafelândia, Palmas, Cambé , Colombo e Palotina.

O nicho que apresenta mais vagas disponíveis no mercado de trabalho Paranaense é o da Indústria da Transformação, seguido da Agricultura (Agroindustrialização), construção civil e comércio. Apenas o setor de serviços tem resultado negativo (Dados de Julho/2020 do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho).

Em Palotina, cidade que receberá no próximo dia 15 de Setembro, a escola Minds Idiomas, dentro do polo da Universidade Unicesumar. A rede de idiomas oferece também pacotes de intercâmbio da Minds Travel, empresa parceria e especializada em intercâmbios da língua inglesa.

1% da população brasileira tem fluência no inglês, 5% sabe se comunicar um pouco no idioma, e 95% não fala inglês (Dados da instituição British Council). No ramo da agroindustrialização existe a necessidade de se comunicar no idioma principalmente para transações internacionais (exportações). ” A nossa unidade em Cascavel opera há 10 anos. Agora, em 2020, inauguro a minha segunda escola de idiomas no Paraná. Escolhi Palotina porque além de operar dentro da universidade em que os jovens precisam aprender inglês, o mercado de trabalho da cidade está aquecido, mesmo na pandemia.No dia 15 de Setembro estaremos operando dentro da Unicesumar”, comemora Nathan Souza, franqueado da Minds Idiomas e que já está com 30 novos alunos.

É o primeiro curso da cidade de Palotina de aprendizado rápido do inglês. O curso regular tem 18 meses de duração, aulas que são marcadas de acordo com os melhores horários dos estudantes, e funcionará no campus da Unicesumar – Palotina. Além disso, terá o modelo híbrido – Online e/ou presencial – em decorrência da pandemia.

“O maior ganho que os jovens e adultos de Palotina tem ao fazer o curso de inglês é conseguir unir o aprendizado do idioma mais pedido no mercado de trabalho, dentro e fora do Brasil, e a experiência do intercâmbio. Isso porque o estudante pode fechar o curso de 18 meses seguido do pacote de intercâmbio. Tudo facilitado e que cabe no bolso. Falar inglês e ter uma vivência no exterior abrirá portas no mercado de trabalho paranaense e demais lugares do Brasil” , finaliza Nathan Souza.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Empresas Avicultura

Phibro Saúde Animal lança vacina contra Salmonella dos sorogrupos B, C e D em aves

A prevenção das Salmonellas não é simples e deve ser baseada em um programa de controle integrado, envolvendo diferentes etapas da produção, sempre com a biosseguridade e vacinação como elos indispensáveis desta corrente

Publicado em

em

Foto: Assesssoria

Salmonella é uma palavra que desperta atenção. Esse gênero de bactérias está entre as principais causas de doenças em aves e também afetam os humanos. Além de prejudicar a saúde dos animais, as “salmoneloses” geram grande prejuízo econômico na cadeia produtiva. Para ajudar no combate a esse problema, a Phibro Saúde Animal desenvolveu uma nova vacina: Salmin Plus já disponível no mercado brasileiro.

“Esses microrganismos estão presentes no intestino das aves e desempenham funções importantes na digestão delas. Contudo, o aumento significativo da população bacteriana no ambiente favorece a manutenção da agente na granja, tornando seu controle ainda mais difícil. Por ser uma importante causa de infecções em humanos, muitas vezes associadas à multirresistência a drogas antimicrobianas, a legislação costuma ser severa quando se trata de contaminação por Salmonellas paratíficas “, explica Eva Hunka, gerente de negócios biológicos da Phibro.

A prevenção das Salmonellas não é simples e deve ser baseada em um programa de controle integrado, envolvendo diferentes etapas da produção, sempre com a biosseguridade e vacinação como elos indispensáveis desta corrente. Lançamento da Phibro, a vacina Salmin Plus é a primeira vacina do mercado contra as Salmonellas dos sorogrupos B, C e D, bem como um adjuvante de última geração capaz de proporcionar uma imunidade ampla e de longa duração para as aves, com baixíssimo grau de reação no local de aplicação.

“Bactérias como a Salmonella são conhecidas por causar reações pós-vacinais severas, que podem ser agravadas dependo do adjuvante a ser utilizado. A Salmin Plus possui um adjuvante a base de óleo metabolizável natural e um emulsificante altamente refinado da família do monooleato de manida, que aumenta a produção de anticorpos mesmo para antígenos de baixa imunogenicidade”, salienta Eva, que é médica veterinária formada pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e mestre na mesma área pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).

A gerente da Phibro também explica que o adjuvante presente em Salmin Plus, é seguro para uso em animais de produção, pois não contém componentes de origem animal ou bacteriana. “Além dos benefícios percebidos nas aves, este adjuvante sofre menos impacto da temperatura na sua viscosidade, facilitando a sua aplicação e melhorando o bem-estar do vacinador”, finaliza.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Empresas Cargos.

Felipe Ceolin é o novo gerente da Unidade de Negócios Suinocultura da Polinutri

Profissional assume a segunda maior conta da companhia

Publicado em

em

Felipe Ceolin / Divulgação.

A Polinutri acaba de anunciar o novo nome que passa a responder pela a Unidade de Negócios Suinocultura, Felipe Ceolin. O profissional está presente na empresa desde janeiro de 2020 e atuava na posição Gerente Regional para o Sul do Brasil. “Desde que cheguei tenho trabalhado estrategicamente na estruturação do time e promoção dos negócios, com foco especial na geração de valor para nossos clientes.”

Sua carreira iniciou em 2008 como estagiário na Pamplona Alimentos, na sequência uma série de multinacionais deram a base para que ele pudesse crescer e chegasse ao cargo atual. Formado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC), com especialização em Inspeção e Tecnologia de Produtos de Origem Animal (Universidade Castelo Branco – UCB), MBA em Gestão Empresarial (FGV) e Mestre em Ciência Animal Nutrição Animal pela mesma instituição em que se formou, somada a sua vida associativa na posição de Tesoureiro do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet – Chapecó/SC) dão o tom para que o profissional lidere o time Suinocultura Polinutri.

Neste momento o profissional está tomando a par de toda estrutura de operação da unidade. “Estamos rodando o País, com todas as precauções necessárias a fim de conhecer de perto os profissionais e clientes que formam o ambiente deste importante mercado que é suinocultura brasileira”, destaca Felipe.

Fonte: Ass. de Imprensa.
Continue Lendo

Empresas Reforço de equipe

Aviagen América Latina tem nova coordenação de Meio Ambiente

O engenheiro ambiental Gustavo Braz Vilela atenderá todas as unidades da empresa no Brasil e América Latina

Publicado em

em

Gustavo Braz Vilela / Divulgação.

Com o compromisso de fortalecer ainda mais a sua produção sustentável e minimizar sempre os impactos da produção ao meio ambiente, a Aviagen anuncia a contratação do engenheiro ambiental Gustavo Braz Vilela para o cargo de coordenador de meio ambiente. A ação visa a melhoria contínua das unidades de produção da Aviagen.

Vilela irá trabalhar no escritório da Aviagen América Latina, na cidade de Campinas (SP), atendendo também as demais unidades no Brasil e na América Latina. Vilela vai se reportar ao presidente da Aviagen América Latina, Ivan Pupo Lauandos, nos assuntos estratégicos relacionados ao meio ambiente, e ao gerente de Sustentabilidade e Recursos Humanos, Ed Wilson Fava, nas rotinas de meio ambiente.

“A cadeia produtiva do frango de corte proporciona a redução contínua da necessidade de área cultivada de grãos através da melhoria de conversão e da viabilidade. Além disso, a nossa produção seguirá cada vez mais sustentável. Os temas relacionados ao meio ambiente serão mais e mais prioritários dentro da empresa”, cita Ivan.

Sobre Gustavo Braz Vilela

Gustavo tem experiência com coordenação de meio ambiente desde 2007. É graduado em engenharia ambiental pela PUC Campinas, possui extensão em gestão para baixo Carbono pela FGV São Paulo, tem MBA em Gestão Empreendedora de Negócios pela ESAMC e pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Unicamp.

“A Aviagen América Latina busca sempre fortalecer seu compromisso com a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente onde atua. Por isso, segue investindo em pessoas competentes que possam agregar aos objetivos ambientais da empresa. Tenho certeza que, com essa nova contratação, atingiremos novos patamares na área ambiental”, finalizou Ed Fava.

Fonte: Ass. de Imprensa.
Continue Lendo
Dia Estadual do Porco – ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.