Conectado com

Notícias

2ª Conbrasul Ovos 2019 debate avicultura de postura do futuro

Evento de gala da avicultura de postura no Brasil vai reunir lideranças da cadeia produtiva do mundo todo de 16 a 19 de junho, em Gramado, RS

Publicado em

em

Para qual direção caminham as transformações globais da produção de ovos? Quais são as tendências mais importantes da comercialização e consumo de ovos? Quais são as estratégias mais eficientes para o uso cada vez mais restrito de antibióticos na produção animal? Enfim, como será a produção e o consumo de ovos no futuro? Estas são algumas das perguntas que serão respondidas por alguns dos principais especialistas do mundo durante a 2a Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul Ovos) que vai acontecer de 16 a 19 de junho, em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Organizado pela ASGAV (Associação Gaúcha de Avicultura)/Programa Ovos RS, o encontro vai debater as principais perspectivas de mercado e as mais recentes pesquisas e tecnologias para a avicultura de postura, com temas como produção, saúde animal, biosseguridade, bem-estar animal, além de apresentar alguns cases de sucesso na produção de ovos, antecipou o diretor Executivo da ASGAV (Associação Gaúcha de Avicultura) e coordenador executivo do evento, José Eduardo dos Santos.

A expectativa é reunir cerca de 500 participantes, entre produtores, empresários, representantes das principais entidades da cadeia produtiva, da agroindústria e dirigentes dos segmentos de equipamentos e tecnologias, além de órgãos de comunicação setorial e convidados internacionais. O encontro, consolidado já em sua primeira edição pelo elevado nível de debates e palestrantes de renome nacional e internacional, segue diretrizes das conferências internacionais promovidas pela International Egg Comission (IEC) e Organização Mundial da Indústria e Produção de Ovos.

Outras informações sobre a 2a Conbrasul estão disponíveis no site www.conbrasul.ovosrs.com.br, através do telefone (51) 3228. 8844, com Kamila Beheregaray, ou pelo e-mail: comercial.conbrasul@ovosrs.com.br.

 

Programa

A organização do encontro já disponibilizou um programa prévio do evento. De acordo com a programação preliminar, a secretaria da 2a Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul Ovos) será aberta a partir das 14h do dia 16 de junho para credenciamento e retirada de material. A partir das 19h haverá um Coquetel de Abertura com uma recepção aos participantes realizada pelo coordenador Conbrasul Ovos 2019, José Eduardo dos Santos, o presidente do Conselho Diretivo do Instituto Ovos Brasil, Ricardo Santin, o presidente Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra e o presidente da Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV/SIPARGS), Nestor Freiberger.

A partir das 19h35, o co-fundador do Destemperados, um dos principais editoriais de gastronomia do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, Diogo Carvalho, vai ministrar a palestra “Olhar Destemperado: O ovo na gastronomia”. Logo depois haverá um coquetel de confraternização e boas vindas entre os participantes.

Na segunda-feira, dia 17 de junho, a programação técnica e científica será aberta às 9h com um Painel de Mercado e Economia e uma apresentação de boas-vindas. A partir das 9h05 o debate será sobre “A transformação global da produção de ovos e os desafios para os produtores e indústrias”, encabeçado pelo administrador rural com pós-graduação em Desenvolvimento Gerencial, Cláudio Machado, e coordenado pelo diretor da Granja Nienow, Jairo Nienow.

Em seguida, o economista Chefe da Farsul (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul), eleito Economista do Ano de 2017 pelo Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Sul, e professor dos cursos de Especialização e MBA da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), Antônio da Luz, vai destacar as “Perspectivas e rumos para o agronegócio brasileiro no cenário econômico nacional e internacional”, com a coordenação do diretor da granja Ovos Bampi, Daniel Bampi.

Logo depois, o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Souza Neto, vai apresentar a “Visão dos supermercadistas sobre o comércio de proteína animal na atualidade, tendências e comportamento do consumidor (carnes, ovos e laticínios)”.

A coordenação será do diretor comercial da Naturovos, Anderson Herbert.

A partir das 13h45, a programação segue com o Painel Produção e Qualidade, que será aberto por um dos principais especialistas em nutrição animal do mundo, o professor de zootecnia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Antônio Mario Penz Jr, que vai discutir “Qualidade dos ingredientes e das dietas como fatores decisivos na produção sustentável das proteínas de origem animal”. A coordenação deste debate será da química com pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos e consultora Andrea Bandeira.

Na sequência, haverá o Colóquio: Lideranças Egg Business, que vai debater “O cenário atual e perspectivas para o mercado nacional e internacional de ovos e derivados”, do ponto de vista da “Produção e Consumo”, “Sanidade: biosseguridade na produção de ovos”, “Bem-estar animal: criações alternativas x custo de produção e impactos no mercado” e “Tecnologia, inovação, exportações e as políticas governamentais de amparo ao setor”. Este colóquio terá entre seus debatedores algumas das mais relevantes lideranças da cadeia produtiva de ovos do Brasil, o presidente da granja Mantiqueira, Leandro Pinto, a diretora da Somai Nordeste, Maria Luiza Pimenta e um representante da Sohovos.

O colóquio será moderado pelo jornalista da RBS, afiliado da TV Globo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Irineu Guarnier. A programação desta segunda-feira será encerrada pelo empresário holandês, da Ovotreck, Job Beekhuis, com uma apresentação sobre “Tecnologias e sistemas para rastreabilidade na produção e indústria de ovos”. Na sequência haverá mensagens dos patrocinadores Ovo de Ouro. Nesta noite (17) acontecerá o jantar especial night Conbrasul Ovos 2019 que reunirá todos os participantes da conferência.

Na terça-feira, dia 18 de junho, o Painel Sanidade e Medidas de Prevenção abre o programa científico às 8h45 com um debate com Mr. Juan Felipe Montoya da OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) sobre “Atividades e programas da OIE sobre a influenza aviária e outras enfermidades no mundo”. Em seguida, um representante da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) vai destacar “Bioterrorismo: alertas e cuidados no agronegócio”. Este painel será mediado pelo chefe do Serviço de Saúde Animal (SFA-RS), do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Dr. Bernardo Todeschini.

Logo depois, o Painel Antimicrobianos e a produção de ovos será aberto pela auditora fiscal federal agropecuário DSA/SDA/MAPA-DF, Dra. Suzana Bresslau, com a palestra “Atualizações e diretrizes do MAPA referente antimicrobianos na produção de proteína animal”. Em seguida, o debate será sobre “Estratégias e alternativas ao uso de antibióticos”, com o especialista em Ciência Animal, Luiz Gustavo Rombola. Na sequência, um representante da Embrapa Suínos e Aves vai discutir “O amparo ao produtor e o papel dos órgãos de pesquisa” com a moderação do representante do SIPOA10/Mapa, Dr. Leonardo Isolan.

No período da tarde, a programação segue com a Sessão Marketing e Promoção: Cases Nacionais e Internacionais com apresentações de aproximadamente 20 minutos cada. O diretor executivo da Asgav/Sipargs, coordenador Programa Ovos RS e embaixador da IEC/WEO no Brasil, José Eduardo dos Santos, vai apresentar o case “Programa Ovos RS 2018/2019 – A evolução continua!”.

Depois, o vice-Presidente da Avipe (Associação Avícola de Pernambuco), Edival Veras, vai debater o case “Associação Pernambucana de Avicultura: Marketing e Promoção do Ovo em Pernambuco”. E o diretor Executivo da ABPA e Presidente do Conselho Diretivo do Instituto Ovos Brasil, Ricardo Santin, vai destacar “Atividades do Instituto Ovos Brasil na Promoção e Consumo de Ovos”.

A partir das 15h haverá um Show Case do Ovo Gastronomia Restaurante, com o sócio do empreendimento, Junior Maroso. Em seguida, o presidente da Capia (Câmara Argentina de Produtores Avícolas), Javier Prida, vai apresentar o case “Capia: Marketing de ovos na Argentina”.

O representante Egg Farmers Canada, vai destacar o case “Egg Farmers Canada: Marketing e Promoção de Ovos no Canadá”. Às 16h40, o debate será sobre a “Importância das marcas e variedades de produtos em uma produção de ovos em larga escala”. No encerramento da programação do dia 18, haverá mensagens dos patrocinadores Ovo de Prata e coquetel de confraternização no início da noite.

Na quarta-feira 19, o Painel Bem-Estar Animal abre a programação com o tema “Bem-Estar Animal e os rumos da produção mundial de ovos” em apresentações de aproximadamente 25 minutos. O Mr. Juan Felipe Montoya da International Egg Comission (IEC) e World Egg Organization (WEO), vai debater “Atividades e diretrizes da I.E.C e WEO sobre conceitos de bem-estar animal para galinhas poedeiras no mundo”. O delegado OIE no Brasil, Geraldo Marcos Moraes, vai falar sobre os “Trâmites na O.I.E. do código terrestre de bem-estar animal para aves poedeiras”.

O representante do Instituto Certified Humane Brazil, Luiz Mazzon Neto, vai discutir “A atuação e o papel das certificadoras de bem-estar animal na produção de ovos”, enquanto o representante da ABPA e IOB, Ricardo Santin, apresenta “A visão setorial e os impactos na produção de ovos com as exigências de bem-estar animal”. Esta programação será mediada pela representante do Mapa, Dra. Tais Oltramari Barnasque. O evento será encerrado pelo seu coordenador, José Eduardo dos Santos com o sorteio de um IPhone 10 e um Samsung Galaxy entre os participantes presentes. Esta programação está sujeita a alterações.

Serviço:

2a Conferência Brasil Sul da Indústria e Produção de Ovos (Conbrasul)

Data: 16 a 19 de junho de 2019

Local: Wish Serrano Resort & Convention, Gramado, Rio Grande do Sul

Informações: www.conbrasul.ovosrs.com.br

Telefone: (51) 3228. 8844 com Kamila Beheregaray

E-mail: comercial.conbrasul@ovosrs.com.br

 

 

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 11 =

Notícias Sanidade

ABPA e DIPOA promovem encontro sobre inspeção

Será apresentado o sistema de treinamento na inspeção ante e post mortem de aves e suínos

Publicado em

em

Divulgação/Agrostock

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura (DIPOA/MAPA) realizam ao longo desta semana um encontro conjunto para tratar sobre temas do sistema de inspeção do setor de proteína animal. A programação do evento, iniciada na segunda-feira (18), segue até sexta-feira (22), em São Paulo, SP.

Na ocasião, será apresentado o sistema de treinamento na inspeção ante e post mortem de aves e suínos. Além disso, também serão discutidas as ações e procedimentos de verificação oficial dos controles em estabelecimentos produtores de carne e suínos. Participam do encontro técnicos das agroindústrias produtoras e exportadoras e auditores fiscais do Ministério da Agricultura.

“Este é um trabalho que tem como princípio o fortalecimento do trabalho pela qualidade e a reconstrução da imagem do setor produtivo, seguindo todos os parâmetros legais em uma parceria do setor público e da iniciativa privada.  Esperamos realizar, em breve, novos eventos com o mesmo objetivo”, ressalta Francisco Turra, presidente da ABPA.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Notícias Mercado Leiteiro

Estoques reduzidos e menor produção elevam preço do UHT

Altas estiveram atreladas aos estoques, que continuam controlados, e à redução da produção por parte de alguns laticínios

Publicado em

em

Divulgação

O preço do leite UHT negociado no atacado do Estado de São Paulo subiu 0,24% entre as duas últimas semanas, fechando com média de R$ 2,4357/litro no período entre 11 e 15 de fevereiro. Conforme colaboradores do Cepea, as altas estiveram atreladas aos estoques, que continuam controlados, e à redução da produção por parte de alguns laticínios.

Apesar da valorização, as negociações entre laticínios e atacados permaneceram baixas. Já o queijo muçarela se desvalorizou 0,83% na mesma comparação, fechando com média de R$ 17,2862/kg entre 11 e 15 de fevereiro. Quanto à liquidez no mercado deste derivado, permaneceu estável no período.

Fonte: Cepea
Continue Lendo

Notícias No Paraná

Trigo pode ser boa alternativa ao produtor na 2ª safra

Como o clima está favorável, os preços e custos de produção irão balizar tomada de decisão dos agricultores

Publicado em

em

Divulgação/SECS

Com o avanço da colheita dos grãos de verão no Paraná, triticultores do Estado já planejam a divisão das áreas de semeio na segunda safra. Como o clima está favorável ao desenvolvimento tanto do trigo quanto do milho, os preços e custos de produção é que irão balizar a tomada de decisão dos agricultores por um ou outro.

Segundo dados da equipe de custos agrícolas do Cepea, em Cascavel, PR, o custo operacional de produção do milho 2ª safra foi calculado em R$ 2.822,54/hectare, contra R$ 1.901,03/ha para o trigo. A produtividade média das últimas três safras foi de 93 sacas/ha para o milho e de 49 sc/ha para o trigo, de acordo com dados do Deral/Seab.

Considerando-se os valores médios de venda em janeiro/19, as receitas geradas seriam de R$ 2.724,08/ha para o milho e de R$ 2.343,38/ha para o trigo. Portanto, a receita obtida com a cultura do trigo foi suficiente para saldar os custos operacionais e gerar margem positiva ao produtor, de R$ 442,35/ha. Já a receita obtida com o milho 2ª safra não foi suficiente para cobrir o total de desembolsos, resultando em margem negativa ao produtor, de R$ 98,46/ha.

Fonte: Cepea
Continue Lendo
APA
Facta 2019
Nucleovet 2
Biochem site – lateral

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.