Relações Internacionais - 16.04.2018

Presidente da ACCS participa de missão internacional na Alemanha

Objetivo é conhecer tecnologias aplicáveis na suinocultura catarinense para a geração de biogás

- Divulgação/Assessoria

A convite da Câmara Técnica Brasil-Alemanha e do Sistema Faesc/Senar, o presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), Losivanio Luiz de Lorenzi, participa de uma missão internacional na Alemanha, com o objetivo de conhecer novas tecnologias para a produção de biogás e energias renováveis. A meta é elencar métodos que sejam aplicáveis à realidade da suinocultura catarinense, levando em consideração a viabilidade econômica e as características das propriedades rurais.

“Temos uma capacidade muito grande para produzir energia renovável, principalmente em Santa Catarina, por ser o maior produtor de suínos do Brasil. Nós ainda não temos tecnologias que possam ser adquiridas pelos médios e grandes produtores”, avalia Losivanio, levando em consideração os altos custos para implantar biodigestores nas propriedades.

O presidente da ACCS ressalta que já fez contato com empresários da Alemanha que têm o interesse em investir em empresas brasileiras que possam desenvolver a tecnologia na América do Sul. “A destinação do dejeto que hoje é um dos desafios na atividade pode se transformar mais uma fonte de renda para os suinocultores”.

Fonte: Assessoria

PORK EXPO 2018

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

ACSURSSINSUI 2018FACTA 2018IntercortePORK EXPO 2018