Mercado - 11.08.2017

Preços do boi gordo sobem com demanda aquecida

O aquecimento da demanda durante a primeira quinzena do mês tornou o cenário propício a reajustes

- Arquivo/OP Rural

O mercado de boi gordo apresentou preços mais altos nesta semana nas regiões produtoras brasileiras. “O aquecimento da demanda durante a primeira quinzena do mês, além da restrição de oferta de animais terminados, tornou o cenário propício a reajustes. Mas é importante salientar que esse movimento pode perder intensidade durante a segunda quinzena do mês, considerando o arrefecimento esperado para o consumo”, aponta o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.

Os preços médios da arroba do boi gordo nas principais praças de comercialização estavam assim na segunda semana de agosto.

* São Paulo – R$ 126 a arroba, contra R$ 125 na segunda semana 
* Goiás – R$ 122 a arroba, contra R$ 120. 
* Minas Gerais – R$ 124 a arroba, contra R$ 122 a arroba.
* Mato Grosso do Sul – R$ 118 a arroba, estáveis. 
* Mato Grosso – R$ 121 a arroba, contra R$ 118.

Exportações

As exportações de carne bovina "in natura" do Brasil renderam US$ 81,5 milhões em agosto (4 dias úteis), com média diária de US$ 20,4 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 18,9 mil toneladas, com média diária de 4,7 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.316.

Na comparação com julho, houve queda de 5,0% no valor médio diário da exportação, baixa de 6,8% na quantidade média diária exportada e ganho de 1,9% no preço médio. Na comparação com agosto de 2016, houve avanço de 33,7% no valor médio diário, alta de 31,8% na quantidade média diária e valorização de 1,5% no preço médio.

Fonte: SAFRAS & Mercado

ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

NOXONACSURSNutriquest TechnofeedFarmácia na FazendaPORK EXPO 2018