Sanidade - 16.10.2017

Por que é importante usar detergente no processo de limpeza?

A limpeza e desinfecção realizada de forma correta é capaz reduzir a pressão de infecção do ambiente

- Divulgação

Artigo escrito por Maurício Marchi, médico veterinário e assistente técnico da Theseo Saúde Animal

Atualmente, no Brasil, o tema biosseguridade vem sendo alvo das discussões em encontros e simpósios das cadeias produtivas de aves e suínos. Nas últimas edições dos Simpósios Brasil Sul de Avicultura e Suinocultura, ocorridos em Chapecó, SC, o assunto foi amplamente discutido por especialistas de diversas áreas do conhecimento, sendo colocado em pauta como uma das principais alternativas para se reduzir o uso massivo de antibióticos como aditivos promotores de crescimento nas rações; em virtude do crescente e cada vez mais exigente mercado consumidor e do aumento de casos de bactérias multirresistentes a antibióticos. 

A biosseguridade é uma ampla temática, em que cada fator possui relevância para alcançar a redução de gastos com antibióticos. Um destes fatores é o conceito de limpeza e desinfecção de instalações, o qual tem papel fundamental neste contexto.

A limpeza e desinfecção realizada de forma correta, isto é, cumprindo-se todas as etapas e associada a um período de vazio sanitário adequado, é capaz reduzir a pressão de infecção do ambiente. Isso resulta na redução dos níveis de contaminação a um limiar seguro para os animais, de forma a evitar que o ambiente seja uma fonte de infecção para o lote.

No Brasil, porém, a concepção das etapas do processo de limpeza e desinfecção são, muitas vezes, negligenciadas. Uma das etapas mais importantes dentro da limpeza é a de detergência, ou seja, a limpeza de superfícies fazendo uso de detergentes, e não apenas de água, como se observa em vários casos.

Os detergentes são compostos responsáveis por reduzir a tensão superficial da água, fazendo com que exista maior molhabilidade da solução, isto é, maior capacidade da água de se espalhar por uma superfície, conferindo maior poder de penetração da água em fendas, superfícies porosas e frestas. Isso gera, por consequência, maior poder de limpeza e auxilia na remoção de biofilmes.

Quando se utiliza detergente no processo de limpeza, percebe-se um menor ângulo de contato entre a solução (líquido) e a superfície (sólido), indicando menor tensão superficial e conferindo à solução mais facilidade de se espalhar pela superfície (sólido), e consequentemente facilitando a remoção da matéria orgânica.

São vários os benefícios trazidos pela utilização de detergente no processo de limpeza:

- Remove biofilmes mais facilmente
- Garante limpeza visual
- Remove matéria orgânica mais facilmente
- Reduz a flora total
- Mais eficácia na redução dos níveis de contaminação ambiental
- Mais garantia de lotes saudáveis no futuro

A etapa de detergência pode ser realizada por diferentes vias de aplicação, variando conforme o tipo de equipamento utilizado. Atualmente, uma das formas mais comuns de aplicação é via bomba de alta pressão e vazão. Entretanto, outras formas de aplicação estão sendo cada vez mais utilizadas, como a lança e geradores de espuma.

A aplicação de detergentes sob forma de espuma é amplamente utilizada em incubatórios e frigoríficos, que exige, além do gerador, o ar comprimido encanado. Já a lança de espuma, geralmente acoplada em bombas de alta pressão e baixa vazão, podem ser facilmente utilizadas em aviários e pocilgas.

Dentro da porteira, a etapa de detergência ainda é pouco utilizada em instalações de avicultura e suinocultura. O processo de limpeza continua sendo realizado apenas com água, o que acarreta em maior tempo gasto no processo, mais mão de obra utilizada, e o mais importante: maior consumo e desperdício de água.

Mais informações você encontra na edição de Aves de agosto/setembro de 2017 ou online.

Fonte: O Presente Rural

Farmácia na Fazenda

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

Farmácia na Fazenda