SBSA - 07.03.2017

Peruzzo: “O mundo da avicultura estará em Chapecó”

Evento será realizado de 04 a 06 de abril, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó –SC

- Divulgação/Assessoria

Em sua 18ª edição o Simpósio Brasil Sul de Avicultura se firma como um dos principais eventos técnicos do setor no Brasil. O evento será realizado de 04 a 06 de abril, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês, em Chapecó –SC. Pelo segundo ano consecutivo, todas as palestras terão tradução simultânea para o espanhol.

A programação inclui palestras de excelente nível, com palestrantes nacionais e internacionais para discutir aspectos sanitários, nutricionais, de mercado, legislação, entre outros. Os desafios em relação à legislação brasileira serão debatidos no Painel de Abertura, que reúne agroindústria, governo, produtores e entidades representativas do setor. O SBSA é organizado pelo Nucleovet - Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas.

O presidente do Nucleovet, médico veterinário Luis Carlos Peruzzo, destaca as expectativas para a edição de 18 anos do SBSA. “O foco do Núcleo é oferecer sempre uma excelente programação científica, abordando temas atuais e de acordo com as demandas e necessidades do mercado”. Ele comemora a fidelidade dos parceiros do evento, com 100% dos patrocínios fechado e destaca o trabalho voluntário de toda a equipe do Nucleovet. “Vamos repetir o sucesso das edições anteriores”, garante.

A programação científica contempla os desafios de um setor extremamente competitivo e repleto de desafios em aspectos como gestão de pessoas na agroindústria, genética, nutrição, manejo, sanidade das aves e legislação. Destaque ainda para a palestra que tratará da influenza aviária e a experiência mexicana.

Temas de impacto na cadeia avícola, como a regulamentação no uso de antibióticos e a experiência da agroindústria também serão debatidos. “O Brasil é o maior exportador mundial de aves, presente em mais de 150 países com seus produtos. Não tem como não nos relacionarmos com esta realidade”, salienta Peruzzo. “A produção absorve o impacto das questões sanitárias, de logística e políticas de todo o mundo”.

A adoção de altos padrões sanitários na produção brasileira é, na visão de Peruzzo, uma vantagem competitiva. “Antes de ocorrer o alarme para a Influenza Aviária na América Latina, a programação cientifica do evento já tinha a preocupação. A biossegurança e as questões sanitárias são recorrentes em todos os simpósios. É uma preocupação da cadeia produtiva e precisamos trabalhar para nos proteger ainda mais”, destaca.

Legislação brasileira

O mercado é composto por vantagens competitivas e vantagens qualitativas, avalia Peruzzo. “Ações que envolvem questões políticas, legislativas, logísticas, entre outras, acabam impactando diretamente em toda a cadeia”. Segundo ele, o setor tem dois cenários para administrar: a demanda dos seus clientes, prontamente atendidas e os processos de legislação. “Precisamos juntar a agroindústria, os técnicos e os órgãos públicos, para produzir uma legislação que trabalhe com bom senso e garantias de segurança”, acredita. “Buscar o equilíbrio entre produção e legislação, visando não perder nossas vantagens qualitativas e competitivas é muito importante”, finaliza.

IX Poultry Fair

Paralelo ao Simpósio Brasil Sul, ocorre a IX Poultry Fair. A feira de negócios e oportunidades será palco de lançamentos e soluções inovadoras para o mercado. Este ano, A Poultry Fair terá um modelo diferente, visando uma maior interação entre os expositores e os participantes do evento.

Inscrições

As vagas para o evento podem ser garantidas pelo site www.nucleovet.com.br até o dia 21 de março a um valor de R$ 350 para profissionais e R$ 250 para estudantes. A partir desta data os valores passam a R$ 380 e R$ 270 respectivamente. As inscrições poderão ser feitas ainda durante o evento a R$ 450 para profissionais e R$ 350 para estudantes. 

Fonte: Assessoria

PORK EXPO 2018

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

Nutriquest TechnofeedACSURSPORK EXPO 2018NOXONFarmácia na Fazenda