Consumo - 28.03.2018

Paraná tem campanha de incentivo ao consumo de carne de frango

Ação é uma parceria entre o Sindiavipar e a Cobb e será realizada até o mês de maio

- Divulgação/Sindiavipar

 -

Com o objetivo de apresentar à população os diversos benefícios do consumo de carne de frango e toda a tecnologia envolvida no processo produtivo desta proteína, o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) lançou, no dia 28 de março, a “Campanha de Incentivo ao Consumo de Carne de Frango” no Estado, durante um almoço no Restaurante Madalosso, em Curitiba. A ação será realizada em parceria com a Cobb-Vantress, empresa especializada no fornecimento de aves de produção para frangos de corte e em especialização técnica no setor avícola.

Nos meses de abril e maio, a campanha impactará o público em vários municípios do estado, como Curitiba, Maringá, Londrina e Cascavel. As ações serão divididas em quatro temáticas: família, esporte, consumo e sustentabilidade, mostrando as vantagens da proteína em todos esses aspectos. Os paranaenses terão contato com a campanha por meio de materiais informativos, anúncios em veículos de imprensa e outdoors. Com isso, os organizadores buscam manter o contato com os consumidores, fornecer informações e promover a carne de frango no Paraná.

“Estamos bastante engajados em desenvolver uma campanha informativa sobre os benefícios do consumo da carne de frango. Para que seja de amplo conhecimento que esta é uma das proteínas mais acessíveis e mais saudáveis disponíveis”, afirma o gerente de Marketing da Cobb, Cassiano Bevilaqua.

Números

A produção avícola paranaense tem crescido constantemente. Em 2017, o estado abateu em torno de 1,79 bilhão de aves, um acréscimo de 1,8% em relação ao ano anterior, de acordo com levantamento do Sindiavipar. Para o presidente do Sindicato, Domingos Martins, é importante pensar sempre em ações que proporcionem benefícios aos consumidores e também ao setor avícola. “Os números representam a consolidação de um setor que foca na qualidade e produtividade. A nossa intenção é, cada vez mais, fazer parte dos mercados interno e externo e investir em tecnologia e eficiência", afirma.

No Brasil, o consumo de carne de frango por habitante gira em torno de 42kg, o que significa que do total produzido, aproximadamente 66% fica no país. "O Brasil exporta para 160 países pelo mundo. Mas nosso principal cliente é o próprio Brasil. Aqui ficam dois terços de nossa produção. Como proteína mais consumida pelo brasileiro, a carne de frango é uma dádiva para o país, como um dos alimentos mais importantes para a garantia da segurança alimentar nacional”, comenta o vice-presidente e diretor de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, que participou do evento de lançamento da campanha.

Genética

Para assegurar que a carne de frango chegue à mesa com qualidade, um ponto é essencial: a genética. Por meio dela 70% do desenvolvimento do frango é assegurado, resultando em uma fonte rica em vitaminas e nutrientes e redução de gordura na carne. “O objetivo maior é contribuir para a produção de uma proteína de baixo custo e sustentável, com qualidade intrínseca, como sabor, textura e cheiro, baixo teor de gordura e fácil digestibilidade”, comenta o diretor Geral da Cobb América do Sul, Jairo Arenazio.

Fonte: Assessoria

ACSURS

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

IntercorteSINSUI 2018PORK EXPO 2018ACSURSFACTA 2018