Sustentabilidade - 13.03.2018

Copagril lança projeto-piloto de produção de energia solar

Projeto-piloto atende a Loja Agropecuária instalada no município de Quatro Pontes, PR

- Carina Ribeiro/Copagril

Entrou em operação há poucos dias o Projeto-piloto de Produção de Energia Fotovoltaica da Cooperativa Agroindustrial Copagril, o qual atende a Loja Agropecuária instalada no município de Quatro Pontes, Oeste do Paraná. De acordo com o engenheiro ambiental da Copagril, Dimas José Detoni, o sistema instalado tem o propósito de alcançar autossuficiência na geração de energia limpa e renovável na referida unidade da cooperativa, em função do alto custo que esse insumo representa. “Nosso objetivo é gerar 100% da energia elétrica consumida naquela unidade”, assegura.

A energia solar fotovoltaica é a energia obtida através da conversão direta da luz em eletricidade, considerada limpa em razão de não ser derivada de combustíveis fósseis. “Do ponto de vista do usuário é considerada uma energia firme, com o benefício da disponibilidade linear, o que garante maior confiabilidade”, acrescenta Detoni.

Potência

O projeto da Copagril foi homologado e aprovado pela Copel, consistindo-se em um sistema de geração de energia solar fotovoltaica conectada à rede elétrica (on-grid-tie).

Na cobertura do prédio da Loja Agropecuária Copagril de Quatro Pontes foram instaladas 60 placas de 325 Wp. Esse conjunto de módulos tem 19,5 kWp de potência, com capacidade de gerar até 2.340 kWh por mês, sendo a estimativa de performance 80% de eficiência. “O sistema entrou em operação no dia 06 de março e nosso plano é acompanhar o seu desempenho mensalmente para poder realizar comparativos com períodos equivalentes e fazer uma avaliação após 12 meses”, explana o engenheiro.

Expansão do projeto

Em caso de produção de energia excedente ela irá para a rede da Copel, gerando créditos que podem ser compensados em outras unidades consumidoras da cooperativa. Conforme Detoni, em uma visão macro, o projeto-piloto permitirá estudar a possibilidade de novos investimentos nesse modal de geração de energia. “Vamos avaliar a viabilidade de expandir o projeto para outras unidades da Copagril”, conclui o engenheiro.

Fonte: Assessoria

FACTA Dez 2018

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

FACTA Dez 2018EurotierACSURSSBSB 2018PORK EXPO 2018VIII Clana