Nutriad - 16.04.2018

V SITEC – Simpósio técnico Nutriad 2018 reuniu especialistas em agronegócio em Foz do Iguaçu

A Nutriad fornece produtos e serviços para mais de 80 países, através de uma rede de escritórios de vendas e distribuidores próprios. Conta com o apoio de 4 laboratório de pesquisa e 5 fábricas em 3 continentes.

- Foto: Assessoria

O Sitec é um evento técnico promovido anualmente pela Nutriad Nutrição Animal desde 2013. Em sua 5ª edição, o SITEC reuniu 100 profissionais, de 4 continentes, em Foz do Iguaçu - PR, no sul do Brasil. Entre os assistentes, nutricionistas, veterinários, gerentes, consultores e representantes de instituições de pesquisa. O evento foi dividido em três módulos: palatabilidade, manejo de micotoxinas e saúde intestinal.

O simpósio iniciou com a apresentação da empresa Nutriad, recentemente adquirida pela Adisseo. “As duas empresas se completam. O sinergismo entre os produtos é evidente; formamos uma empresa ainda melhor e com maior capacidade de atender as necessidades de nossos clientes” pontua Marcelo Nunes, diretor geral da Nutriad Brasil e América do Sul.

O primeiro dia foi marcado por palestras técnicas e sobre o agronegócio mundial, com a presença do Dr. Marcos Fava Neves, anunciando que bons tempos virão: “Voltamos a acelerar! Nos próximos dez anos, as exportações de soja, milho, algodão e carne aumentarão em 28 bilhões de dólares” afirmou. Sua palestra foi seguida pela apresentação do mercado europeu na produção de aves e suínos, por Jeroen De Gussem (diretor de marketing da Nutriad) e Juan Eladio (CEFU S.A.), respectivamente.  As soluções em palatabilizantes foram apresentadas em duas etapas, por David Vanni Jacob, gerente técnico para o Brasil e América do Sul, e Simon Eskinazi, gerente técnico e de marketing para a linha de palatabilizante. David ilustrou como a seleção genética afeta a produção leiteira da fêmea suína, principalmente sob efeito do estresse térmico; e como o comportamento da fêmea influencia no padrão de consumo dos leitões, seguido por Simon que apresentou os resultados de experimentos com o uso dos produtos.

O segundo dia teve como foco o manejo de micotoxinas e seus efeitos na saúde e imunidade dos animais. “Não há níveis seguros se tratando de micotoxinas” afirmou a Dra. Siska Croubles da Universidade Guent, na Bélgica. A seguir, a Prof. Dra. Ana Paula Bracarense falou sobre a interação entre micotoxinas e estresse oxidativo. Após uma breve pausa para o café, o tema foi retomado pela Dra. Radka Borutova com a apresentação do quadro atual de contaminação por micotoxinas, obtido através dos serviços de análise realizados pela Nutriad no Brasil. Ela reforçou os problemas resultantes das micotoxinas e o quanto é importante o gerenciamento de risco. A sessão matinal foi finalizada por Guilherme Bromfman, diretor de desenvolvimento de negócios e produtos da Nutriad USA, falando sobre a importância do controle de micotoxinas em sistemas de produção sem antibióticos.

No último dia de Simpósio, o Prof. Dr. Filip Van Immerseel abordou o tema: Metabólitos Essenciais produzidos pela microbiota intestinal de Frangos de Corte. Segundo o palestrante, a microbiota produz ácidos graxos cruciais para manutenção da saúde intestinal. Neste ambiente o ácido butírico tem papel de destaque. “Essa substância atua não somente na modulação da microbiota, mas também melhorando a imunidade e reduzindo o efeito negativo dos processos inflamatórios”, afirma o Dr Filip. Sua palestra foi seguida pela apresentação do Dr. Haitham Yakout, diretor de vendas técnicas EUA da Nutriad sobre o uso de antibióticos e as novas perspectivas, e enfatizou: “Precisamos voltar as práticas básicas de controle e adotar novas estratégias; deve-se levar em conta que o ambiente e condições de cada galpão influencia na performance dos animais de diferentes maneiras ”. Então foi a vez do Dr. Bruno Silva dar continuidade ao assunto: “Os antibióticos foram sempre utilizados para corrigir erros no sistema de produção, precisamos utilizar mais as alternativas disponíveis para melhorar a saúde intestinal” afirmou. Dr. Tim Goossens, gerente de desenvolvimento de Negócios Performance Digestiva da Nutriad Bélgica, falou sobre as ferramentas que podem ser utilizadas para otimizar a saúde intestinal através do uso de aditivos. Tim finalizou com uma abordagem prática sobre o uso de produtos do portfólio da empresa.

Marcelo Nunes, diretor geral América do Sul da Nutriad destacou a importância do evento para a Nutriad e seus parceiros: “Mais uma vez tivemos um evento de alto nível técnico, e atingimos nosso objetivo, de trazer novos conhecimentos e tecnologias. Estamos muito felizes com a aceitabilidade do SITEC e certamente estaremos juntos novamente no próximo ano”.  

“O V Sitec foi uma excelente oportunidade para aproximarmos ainda mais as equipes Nutriad/Adisseo, assim como melhor conhecermos clientes e parceiros, que se juntam agora numa única família. O evento foi de alto nível técnico e sem dúvidas reforça o objetivo de nossas empresas em colocarmos os clientes no centro de nossas atenções”. Roger Solitão, diretor geral América do Sul da Adisseo.

“O V SITEC encantou a todos os participantes pela organização, diversidade e importância dos temas tratados nas palestras. A mescla de palestrantes internacionais e nacionais foi muito interessante; foram três dias agradáveis, e bastante produtivos. Parabéns a equipe Nutriad!”. Comentário de José Henrique Barbi, gerente executivo técnico América do Sul da Adisseo.

A Nutriad fornece produtos e serviços para mais de 80 países, através de uma rede de escritórios de vendas e distribuidores próprios. Conta com o apoio de 4 laboratório de pesquisa e 5 fábricas em 3 continentes. 

A Adisseo opera em mais de 140 países. Sua principal dedicação é servir a indústria de produção animal e ajudar premixeiros, fabricantes de ração e integrações a melhorarem seu desempenho e a se tornarem mais competitivos. Nesse sentido, a Adisseo desenvolve, fabrica e distribui aditivos nutricionais e especialidades sob as marcas Rhodimet® (metionina), Microvit® (vitaminas), Rovabio® (enzimas NSP e fitase), MetaSmart® e Smartamine® (metionina protegida para ruminantes), Adisodium® (Sulfato de Sódio) e Selisseo® (fonte de Selênio Orgânico).

Fonte: Ass. de Imprensa

FACTA 2018

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

ACSURSFACTA 2018IntercortePORK EXPO 2018SINSUI 2018