Saúde Animal - 12.09.2018

Evonik lança probiótico com foco na saúde intestinal e bem-estar animal

A vasta experiência na área de nutrição e saúde animal permitiu mais uma ampliação de portfólio e a empresa apresenta uma novidade para o mercado brasileiro: o probiótico Ecobiol®

- Foto: Divulgação

A Evonik – umas das líderes mundiais em especialidades químicas - considera que nutrição e saúde estão fortemente ligadas para assegurar o bem-estar e o desempenho animal na produção.

A destacada atuação da empresa na área da nutrição e alimentação animal propiciou a ampliação do seu portfólio e a extensão de seu know-how em nutrição para a área de saúde animal por meio de uma nova linha de produtos destinados a tal segmento. E a novidade que chega ao mercado brasileiro é o Ecobiol®.

Ecobiol® é um probiótico (Bacillus amyloliquefaciens) de rápido crescimento que ajuda a melhorar a condição geral de saúde dos animais e, consequentemente, auxilia os produtores a melhorar a qualidade e rentabilidade dos seus produtos, com a vantagem de tornar suas operações mais sustentáveis.

 

Microbiota intestinal

Sabe-se que a produção eficiente das aves é baseada em um equilíbrio entre nutrição, saúde intestinal e bem-estar animal. Com a crescente demanda de consumidores exigindo a retirada de antibióticos promotores de crescimento das rações, sabe-se que sem essa proteção pode ocorrer um crescimento excessivo de determinadas bactérias patógenas no trato instestinal dos animais e assim causar variados distúrbios, que afetam diretamente a eficiência produtiva e o bem-estar dos animais.

A suplementação das dietas com Ecobiol® auxilia no balanço microbiano no intestino. Entre suas vantagens, está a estabilidade sob temperaturas de peletização e para condições de armazenamento; o fácil manuseio por funcionários em fábricas de rações, além de compatibilidade com outros aditivos, tais como anticoccidianos, promotores de crescimento, ácidos orgânicos, etc, fornecendo a base para um produto eficaz e de desempenho garantido.

“Ecobiol® promove uma relação simbiótica entre nutrição, microbiota intestinal e imunidade, melhorando potencialmente o estado geral de saúde dos animais, o que permite aos produtores solucionarem os desafios relacionados à segurança alimentar e baixo desempenho”, destaca Maria Melo, gerente técnica - Brasil da Evonik.

 

Fonte: Ass. de Imprensa

Intercorte

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter e recebas as principais notícias em seu email.

FACTA Dez 2018IntercorteACSURS